Mulher é internada após ser atacada por um porco no Sertão de PE

Não jogue fora o focinho de porco. Mande para a China | EXAME

Um mulher de 27 anos está internada após ser atacada por um porco em uma fazenda na zona rural de Lagoa Grande. O caso ocorreu na última quinta-feira (26), mas foi divulgado apenas nessa quarta-feira (1º). A vítima foi passar alguns dias na fazenda do sogro com os filhos.

Ao perceber que as crianças foram atacadas por um porco que é criado na propriedade, a mulher tentou salvá-los e acabou sendo mordida nos braços e nas pernas pelo animal. Algumas pessoas que estavam na casa conseguiram afastar o animal.

Os filhos foram levados para o hospital de Lagoa Grande e foram liberados. A mulher teve ferimentos graves e foi transferida para o Hospital Universitário de Petrolina. Uma prima da vítima informou que a mulher está em observação no hospital.

Homem de 65 anos com suspeita de coronavírus está internado no Hospital São Vicente, em Serra Talhada

OMS considera o novo Coronavírus como pandemia; saiba o que isso ...

Por meio de boletim oficial, o Hospital São Vicente confirma que há um caso do novo coronavírus em investigação na unidade, localizada em Serra Talhada. O paciente é um homem, com 65 anos, proveniente do município de São José do Egito. Ele está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. O local ainda não tem registros de casos confirmados da Covid-19.

O estado de Pernambuco confirmou mais duas mortes por conta da Covid-19 na tarde desta quarta-feira, aumentando o número de óbitos para oito. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, são mais oito casos confirmados totalizando 95 contaminados pelo vírus. No Sertão pernambucano, já há casos em Petrolina e Ipubi.

AFOGADOS DA INGAZEIRA – A secretaria de Saúde do município informou em boletim que uma mulher de 56 anos está sob investigação. Ela retornou do estado do Ceará e apresenta sintomatologia compatível para síndrome respiratória aguda grave (SRAG). No momento aguarda exames laboratoriais e a conduta da regulação estadual de leitos para transferência à unidade de referência, no Recife.

Procurador-geral de Justiça requer ao Tribunal de Justiça de PE a intervenção em município pernambucano

Francisco Dirceu é escolhido como procurador-geral de Justiça do ...

Nesta quarta-feira (1), o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu de Barros, protocolou representação junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), para que seja decretado intervenção em um município pernambucano.

Segundo o MPPE, a documentação colhida nos procedimentos de investigações comprovam nove ilicitudes, com práticas de infringência a vários princípios constitucionais, conduta de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública.

A representação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) está fundamentada em quatro investigações : Procedimento Investigatório Criminal, instaurado pelo próprio MPPE; Relatório de auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE); Inquérito Policial, instaurado pela DRACO; e Inquérito Cível por atos de improbidade, instaurado pelo MPPE no município, que apontam supostas irregularidades em quase todas as Secretarias Municipais da cidade.

“Configura-se entre o conjunto de ilícitos uma das hipóteses constitucionais de intervenção estadual prevista no artigo 212, no que tange ao comprometimento do funcionamento dos serviços fundamentais de educação e saúde.”

“É de conhecimento da Procuradoria Geral de Justiça de Pernambuco que os dados municipais quanto à contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19) são preocupantes e que uma das ilicitudes do gestor municipal do Poder Executivo, da cidade em questão, é a descontinuidade nas ações de planejamento no setor de saúde.”

De acordo com a entidade, a situação atual do município na contramão de toda mobilização no Estado de Pernambuco para o enfrentamento da pandemia, decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no dia 11 de março, já coloca o município, frente à situação de calamidade, em grande desvantagem em comparação com outras cidades pernambucanas, fato que pode provocar grande risco à vida dos cidadãos.

Coronavírus: Mais de 40 detidos por desobediência às medidas preventivas em Pernambuco

Pernambuco sem novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Um total de 41 pessoas acusadas de desobedecer as medidas de enfrentamento à epidemia da Covid-19 impostas pelo Governo de Pernambuco foram detidas no estado. O saldo é computado desde a ativação do Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), no dia 18 de março. As operações evolvendo as operativas de segurança, em que houve necessidade de condução a uma unidade de Polícia Civil, ocorreram em 24 municípios. Entre eles, Goiana, no Grande Recife, foi o município que registrou mais ocorrências, com quatro, seguido por Cabrobó; Caruaru; e Itambé, na Mata Norte, com três cada.

Na noite de ontem (31), duas pessoas foram conduzidas para a delegacia na zona rural de Petrolina. Os detidos são donos de dois bares onde pessoas jogavam sinuca. A Polícia fez a orientação para imediata dispersão da aglomeração e fechamento dos estabelecimentos, mas houve recusa por parte dos proprietários.

De acordo com o Decreto Estadual nº 48.832, assinado pelo governador Paulo Câmara, desde o dia 21 de março só podem funcionar normalmente os serviços considerados essenciais, a exemplo de supermercados, farmácias, casas de ração, depósitos de água e emergências hospitalares. Estabelecimentos que fornecem refeições podem funcionar apenas como entrega em domicílio ou ponto de coleta.

Padre de Santa Catarina oferece ‘drive-thru’ para fieis se confessarem durante o isolamento

Pároco adaptou um espaço no pátio da igreja para o acesso de carros (Foto: Diocese de Joinville/ Divulgação)

Para ajudar os cristãos a manterem seus rituais religiosos neste período de distanciamento social, um padre de Santa Catarina decidiu inovar e adotou um sistema de “drive-thru” para ouvir as confissões dos fieis. O pároco, da cidade de São Francisco do Sul, no norte catarinense, adaptou um espaço no pátio da igreja para o acesso de carros. A iniciativa começou no domingo (29).

Em entrevista ao telejornal Bom Dia SC, da Rede Globo, o padre Fábio Bosco, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, contou que foi inspirado por um amigo, pároco em Portugal. “Eu recebi essa ideia de um padre amigo meu que é de Portugal e sei que outros sacerdotes também fizeram aqui no Brasil. O importante é que a pessoa tenha feito uma boa preparação antes, com um exame de consciência adequado”.

Nesta época do ano, o calendário litúrgico celebra a quaresma, período que antecede a ressurreição de Cristo. Para os cristãos, incluindo os católicos, os quarenta dias entre o carnaval e o domingo de páscoa representam um tempo de reflexão, o que aumenta o número de confissões nas igrejas.

Em meio ao coronavírus, Medida Provisória dispensa escola de cumprir 200 dias de aula

 (Foto: Pixabay / Reprodução)

O governo Jair Bolsonaro editou nesta quarta-feira (1º) uma MP (medida provisória) que permite que escolas e redes de ensino não cumpram o mínimo legal de 200 dias letivos de aulas presenciais por causa do coronavírus. A flexibilização vale para a educação básica e para o ensino superior.

O texto ainda permite adiantar a formatura de estudantes de medicina, farmácia, enfermagem e fisioterapia, contanto que os alunos tenham cursado uma carga mínima de curso.

Para medicina, esse mínimo se refere a 75% da carga horária do internato do curso. O mesmo percentual se aplica à carga curricular obrigatória dos demais cursos.

A MP de Bolsonaro, assinada também pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, permite que, na educação básica, sejam consideradas atividades não presenciais para compor a carga horária mínima de horas aulas. No ensino médio, por exemplo, é de 800 horas por ano.

Congresso Eucarístico Nacional que seria realizado no Recife é adiado

XVIII Congresso Eucarístico Nacional é adiado

O arcebispo de Olinda e Recife (PE), dom Antônio Fernando Saburido, anunciou nesta segunda-feira, 30 de março, o adiamento do XVIII Congresso Eucarístico Nacional (XVIII CEN) para 2021. Por conta da pandemia do novo coronavírus e das incertezas em decorrência deste momento, foi definida a nova data para o período de 12 a 15 de novembro do próximo ano, também na arquidiocese pernambucana.

“Feita a devida consulta aos bispos do Regional Nordeste 2 e à Presidência da CNBB recebi, através de telefonema do Secretário Geral da CNBB – Dom Joel Portella Amado, a confirmação de que toda a presidência está de acordo com o adiamento do XVIII Congresso Eucarístico Nacional, a ser sediado pela Arquidiocese de Olinda e Recife, para o período de 12 a 15 de novembro de 2021, em comunhão com os 21 bispos do Regional que também se manifestaram favoráveis, devido à pandemia da Covid-19 presente em todo o mundo”, anunciou dom Saburido.

A Presidência da CNBB manifestou, por unanimidade, a concordância quanto ao adiamento do XVIII Congresso Eucarístico Nacional para 2021. Em comunicado, o bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da entidade, dom Joel Portella Amado, elogiou a decisão: “Trata-se de atitude de profundo bom senso diante de um quadro imprevisível, não apenas quanto ao tempo de duração da pandemia causada pelo coronavírus quanto em relação às sequelas econômicas que poderão advir”.

O evento – O XVIII Congresso Eucarístico Nacional já iniciou algumas atividades desde 2019, como o Ano Eucarístico na arquidiocese de Olinda e Recife, sede do evento, e trabalha o tema “Pão em Todas as Mesas” e o lema “Repartiam o Pão com alegria e não havia necessitados entre eles”. O propósito, de acordo com dom Fernando Saburido, é “promover a comunhão das Igrejas em torno da Eucaristia, no desejo de que esse evento, que reúne o Brasil em terras do Nordeste, nos leve a entender que o ‘Pão da Vida’ move a Igreja a sair de si, das zonas de conforto, para alcançar as periferias existenciais bem lembradas pelo Papa Francisco”.

Além do Recife, os municípios de Olinda e São Lourenço da Mata, região metropolitana da capital pernambucana, também sediarão alguns eventos do Congresso. A realização do XVIII CEN acontece com a participação das províncias eclesiásticas de Pernambuco, Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte, pertencentes ao Regional Nordeste 2 da CNBB.

Os Congressos Eucarísticos Nacionais acontecem em todo o mundo e aqui no Brasil é realizado normalmente a cada quatro anos. O encontro visa reunir os fiéis católicos em torno da Eucaristia, que é o centro da fé católica: Corpo e Sangue de Jesus Eucarístico.

Alepe reconhece estado de calamidade em 64 municípios de Pernambuco; apenas 6 municípios do Pajeú na lista

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou por unanimidade nesta terça-feira (31), em sessão remota, projetos que reconhecem estado de calamidade pública em 64 municípios pernambucanos. Com esse reconhecimento, tais municípios deixam de ter algumas amarras para poder tomar medidas mais ágeis e com menos burocracia no combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O que é estado de calamidade pública – A ideia do estado de calamidade pública é dar mais celeridade e diminuir a burocracia das ações administrativas nos municípios, neste caso para o combate ao novo coronavírus, como compra de insumos e equipamentos e contratação de profissionais.

O estado de calamidade pública desobriga os municípios de cumprir uma série de restrições e prazos estabelecidos pela LRF. Com isso, eles poderão criar cargos, nomear servidores, reajustar a remuneração, entre outras medidas, mesmo que extrapolem o limite de comprometimento da Receita Corrente Líquida com despesa de pessoal, que no caso do Poder Executivo Municipal é de 54%.

O município permanece apto a receber transferências voluntárias, obter garantias de outro ente federativo e contratar operações de crédito. Em situações normais, a Lei LRF veda tais ações no caso de descumprimento do limite.

Com o decreto, o Poder Executivo Estadual também pode não atingir os resultados fiscais previstos na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2020, que fixa as receitas e despesas para este ano. Isso quer dizer que, mesmo que a receita fique abaixo do previsto, o estado poderá gastar mais do que arrecada.

Veja a lista dos municípios que tiveram o reconhecimento do estado de calamidade aprovados:

Afogados da Ingazeira

Água preta

Aliança

Amaraji

Barra de Guabiraba

Belém de Maria

Betânia

Bezerros

Bodocó

Cabo de Santo Agostinho

Cabrobó

Camaragibe

Camocim de São Felix

Carnaubeira da Penha

Cedro

Condado

Cortês

Cumaru

Cupira

Custódia

Dormentes

Flores

Gameleira

Ibimirim

Ingazeira

Ipojuca

Itambé

Itapissuma

Joaquim Nabuco

Jurema

Lagoa de Itaenga

Lagoa dos Gatos

Limoeiro

Macaparana

Machados

Moreno

Olinda

Panelas

Paudalho

Paulista

Pesqueira

Petrolina

Poção

Ribeirão

Rio Formoso

Sairé

Santa Cruz

Santa Cruz da Baixa Verde

Santa Cruz do Capibaribe

São Benedito do Sul

São Bento do Una

São Lourenço da Mata

São Vicente Férrer

Serra Talhada

Surubim

Tacaimbó

Taquaritinga do Norte

Terezinha

Tracunhaém

Triunfo

Verdejante

Vertente do Lério

Vertentes

Vicência

PB registra 1ª morte por coronavírus; vítima tinha 36 anos e residia em Patos

Novo coronavírus, Coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou na tarde desta terça-feira (31) o primeiro óbito confirmado na Paraíba pelo novo coronavírus, causador da Covid-19. De acordo com a nota do órgão, a vítima era um homem de 36 anos, residente do município de Patos e que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Clementino Fraga, em João Pessoa. Ele era empresário na cidade sertaneja.

A SES também emitiu pesar pelo falecimento do homem, se solidarizando com a família. “A Secretaria de Estado da Saúde se solidariza com a família neste momento de dor e pesar”, diz a nota.

Números – Já são 18 os casos confirmados de coronavírus na Paraíba, conforme atualização divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), no fim da tarde desta terça-feira (31). A maior parte dos casos está em João Pessoa, onde há 13, e os demais são registrados no interior do estado. Há uma morte provocada pela Covid-19, doença causa pelo novo vírus, e 387 casos descartados.

PE: Dez novas confirmações de coronavírus nas últimas 24 horas; Noronha tem segundo caso

Coronavírus: Pernambuco investiga oito casos suspeitos e descarta ...

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta terça-feira (31), mais 10 casos da Covid-19 em Pernambuco. Com a atualização, o Estado contabiliza 87 ocorrências pelo novo coronavírus. Não houve nenhuma nova morte confirmada nas últimas 24 horas, sendo seis o número de óbitos registrados até agora no estado.

De acordo com o novo boletim epidemiológico, dos 10 novos casos confirmados, sete são do sexo masculino, com idades entre 30 e 69 anos; e três do sexo feminino, na faixa etária entre 30 e 70 anos. Dos pacientes, seis são residentes do Recife; dois de São Lourenço da Mata; um de Ipubi, no Sertão do Araripe, além de um novo caso registrado em Fernando de Noronha. Este é o segundo caso confirmado na ilha. O paciente teve contato com o primeiro caso do arquipélago, confirmado na última sexta-feira (27).

Até agora, os casos estão distribuídos por 11 municípios pernambucanos: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Petrolina, Ipubi e Goiana. Há ainda casos de Fernando de Noronha e ocorrências de pacientes em outros estados e países.

No momento, de acordo com a SES-PE, 23 pacientes estão internados, sendo 12 em UTI/UCI e 11 em leitos de isolamento. Outros 44 estão em isolamento domiciliar e 14 já se recuperaram da Covid-19.

Vigilância sanitária de Serra Talhada realiza desinfecção de pontos da cidade

 (Reprodução/Prefeitura de Serra Talhada)

Após a enchente da última quarta-feira (25), a Prefeitura de Serra Talhada intensificou o trabalho de prevenção e combate a Covid-19 através de um trabalho de desinfecção na Feira Livre do município. A ação foi desenvolvida pela Secretaria de Saúde, através da Vigilância Sanitária do município.

Aron Lourenço, secretário-executivo de saúde, afirmou que “a ação visa eliminar qualquer tipo de agente etiológico que tenha na área, para deixar o ambiente mais saudável para o trânsito e circulação de pessoas e dos alimentos comercializados na feira”.

Além da Feira Livre, os agentes da Vigilância Sanitária do município estiveram no Terminal Rodoviário de Passageiros da cidade e nas Unidades de Saúde da Família (USFs). “Esse trabalho também é importante tanto na Rodoviária quanto nas unidades de saúde, porque são locais onde circula muita gente, e nas unidades a movimentação aumentou bastante nesse período de vacinação contra a gripe”, avaliou Márcia Conrado.

Ministro do STF encaminha à PGR pedido de parecer sobre afastamento de Bolsonaro

 (Foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou à Procuradoria Geral da República (PGR), uma notícia-crime apresentada por um deputado do PT contra o presidente Jair Bolsonaro. Na peça, o parlamentar lista ações do presidente que colocariam a sociedade em risco durante a pandemia de covid-19.

O parlamentar pede que Bolsonaro seja denunciado por sua conduta “irresponsável e tenebrosa” que coloca em risco “a saúde pública de todos os brasileiros”. No peça, o deputado Reginaldo Lopes diz que “Bolsonaro não está à altura do cargo. A necessidade de sua saída não é uma necessidade política, é de saúde pública”, afirmou o deputado.

Para que a ação tenha andamento, é necessário que a PGR dê parecer favorável a denúncia, caso contrário, é arquivada. Em seguida, a denúncia segue para a Câmara dos Deputados, que envia para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Em seguida, o presidente tem prazo para se manifestar e em última etapa, a solicitação de afastamento é analisada pelo plenário.

Coronavírus: Quatro prefeitos de Pernambuco reduzem próprios salários

Já são 24 os casos confirmados de coronavírus em MS – Secretaria ...

O prefeito de São Lourenço, Bruno Pereira, anunciou que reduziu seu próprio salário em R$ 50% e o do secretariado municipal em 25%. As medidas constam no Decreto Municipal Nº 115/2020 nesta segunda-feira (30). Ele foi o quarto gestor municipal, em Pernambuco, que tomou essa decisão. Outros foram o prefeito de Olinda, Lupércio, e as prefeitas de Surubim, Ana Célia, e Célia Sales, em Ipojuca.

Olinda – O prefeito de Olinda, Professor Lupércio, anunciou que cortaria 10% do próprio salário e também de secretários, secretários-executivos e assessores especiais do município, devido ao combate contra o novo coronavírus no município.

Ipojuca – A prefeita de Ipojuca, Célia Sales (PTB), anunciou que decidiu cortar 30% do próprio salário e 10% da vice-prefeita, secretários municipais e alguns cargos comissionados, devido a epidemia do Coronavírus. Além disso, foi enviado para a Assembleia Legislativa um pedido de decreto de estado de calamidade pública no município do Litoral Sul de Pernambuco.

Surubim – O decreto municipal nº 18/2020 reduz em 30% o salário da prefeita, assim como o do vice-prefeito. Também serão reduzidos, em 10%, os vencimentos de todos os secretários. A mudança é válida a partir de abril, durante 90 dias.

O político também cortou novas nomeações, gratificações e auxílio alimentação dos funcionários do Executivo Municipal, com exceção, aos funcionários que atuam na linha de frente contra o novo coronavírus.

Frente Nacional dos Prefeitos critica intenção de Bolsonaro de autorizar o retorno do trabalho formal e informal

Divulgação

A Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) questiona se o governo federal vai assumir toda a responsabilidade de atendimento à população, caso não sejam cumpridas as medidas de isolamento social. A informação consta do ofício nº 213 encaminhada ao presidente da República nesta segunda-feira (30). No documento, os prefeitos citam a visita que Bolsonaro fez, neste domingo (29/03), a localidades como Taguatinga e Ceilândia, no Distrito Federal. Lá, Bolsonaro disse a trabalhadores informais que estava analisando a possibilidade de editar um decreto federal autorizando “o retorno às atividades de trabalho formais e informais”. O isolamento social é uma das maneiras de conter a contaminação pelo coronavírus.

O documento critica Bolsonaro dizendo que ele contrariou as medidas estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde ao não obedecer ao isolamento. O ofício também cita que a Justiça Federal proibiu a campanha Brasil Não Pode Parar, no sábado 28.

Uso massivo de internet pode deixar rede lenta, mas especialistas descartam apagão

Internet via fibra óptica: entenda o que é e como funciona!

As maiores operadoras do país liberaram conteúdos de TV e streaming e anunciaram bônus de dados no celular. O Globoplay, serviço de streaming da Globo, limitou o volume de dados trafegados em vídeos para evitar colapso de infraestrutura.

O Facebook, dono do WhatsApp, dobrou a capacidade dos servidores para seu aplicativo de conversa, líder entre os mensageiros no Brasil.

O isolamento imposto pelo novo coronavírus tem alterado o comportamento de diversas redes no mundo. No Brasil, o IX.br (Brasil Internet Exchange) –responsável pelos pontos públicos de troca de tráfego entre operadoras– divulgou um pico histórico há dez dias, que já foi superado.

Em São Paulo, o pico de uso subiu 25% em relação ao nível de três semanas atrás. Isso demonstra que redes antes ociosas, como as residenciais, estão superutilizadas.

Apesar de ser atribuído a serviços de streaming, a grande novidade desse cenário é a enxurrada de chamadas de voz no celular ou videoconferências, como as feitas pelo Zoom ou pelo Skype.

O tráfego desse tipo de conteúdo passa por redes chamadas ponto a ponto (P2P), que dependem mais da infraestrutura como um todo do que a transmissão de conteúdos da Netflix ou do Youtube.

Uma videochamada de WhatsApp de São Paulo ao interior da região Sul, por exemplo, sai da operadora, vai ao ponto de troca de tráfego, ao operador de backbone (infraestrutura de transmissão por fibra ótica entre servidores a longa distância) e ao provedor local.

Já um vídeo do Netflix ou do YouTube sai de um CDN –um servidor com cópias de arquivos alocado em diversos servidores– o que permite uma distribuição mais linear.

“Não devemos ter problema com Netflix porque ela, Google [dona do YouTube], e Facebook têm CDN dentro de muitos provedores. Isso não congestiona muito a rede”, diz André Rodrigues, da Abrint, associação brasileira de provedores.

O problema está nos operadores que não se prepararam para um pico de demanda do tipo, que parecia improvável antes da epidemia, quando as pessoas não usavam a totalidade da banda contratada em seus pacotes de internet. O risco de colapso, entretanto, não é uma preocupação.

“O risco é a lentidão. A operadora faz estatísticas contando que ninguém vai pedir 200 mega ao mesmo tempo, mas se todo mundo pede, fica lento”, diz Tadeu Viana, diretor da Corning, fornecedora de fibra ótica.

Rádio Web Acauã HD Full

Provedor de Internet em Afogados da Ingazeira – PE

Carlos Master Developer

Hospedamos Sites e Rádios Web. Desenvolvemos Sites, Logo-Marcas e Tampletes. Recuperamos Arquivos de HDs” e Pendrives Danificados. Assistência Técnica em Todos os Tipos e Marcas de Computadores.