Amazônia já tem mais queimadas em 2020 do que em todo o ano passado

Amazônia: 72% das queimadas de 2019 nas áreas críticas ocorreram em grandes  fazendas - Época

O número de queimadas na Amazônia até o dia 22 de outubro de 2020 já é maior do que o registrado em todo o ano de 2019.

Até aqui, já foram registrados 89.604 focos de incêndio na Amazônia neste ano. Em todo 2019, o número de queimadas foi de 89.176. O ano atual também já supera diversos anteriores, como 2018 e 2016.

O crescimento do fogo na Amazônia acontece apesar da presença das Forças Armadas, na Operação Verde Brasil 2, na floresta desde maio.

Considerando somente o mês de outubro, até o dia 22 o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) registrou 13.574 focos de calor, um número 73% maior do que o do mesmo mês do ano passado. O número também já é 27% superior ao de outubro de 2018 e se encaminha para superar 2016 e 2017.

As queimadas vêm crescendo mês após mês desde junho deste ano. Em relação ao observado em 2019, agosto de 2020 teve um registro levemente inferior, mas, naquele mês, houve um problema com os satélites que acompanham o fogo no bioma, o que resultou em um valor subestimado.

Lula vira réu pela quarta vez na Lava Jato por lavagem de dinheiro

Lula vira réu pela quarta vez na Lava-Jato do Paraná - Jornal O Globo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva virou réu pela quarta vez pela Operação Lava Jato no Paraná. Nesta sexta (23), o juiz Luiz Antonio Bonat recebeu a denúncia do MPF (Ministério Público Federal) contra Lula e mais quatro pessoas por lavagem dinheiro na Petrobras.

A denúncia foi protocolada em setembro. O ex-presidente é acusado de usar o Instituto Lula para lavar R$ 4 milhões doados pela Odebrecht entre dezembro de 2013 e março de 2014. Segundo a denúncia, os valores —feitos formalmente por doações legais— foram repassados em quatro operações de R$ 1 milhão cada uma e tiveram como origem contratos fraudados da Petrobras.

Afogadense será ordenado diácono transitório neste sábado, em Roma

Mateus com o bispo da diocese de Afogados da Ingazeira, dom Egidio Bisol

Neste sábado, 24 de outubro, às 17:30 em Roma (12:30 horário de Brasília), na Basílica de São João de Latrão, será celebrada a missa na qual serão ordenados diáconos oito seminaristas da Diocese de Roma, presidida pelo Cardeal Angelo De Donatis, Vigário Geral de Sua Santidade para a Diocese de Roma. Entre eles, um está se formando no Seminário della Madonna del Divino Amore, o seminarista Mateus Henrique Ataíde da Cruz, dois estudam no Colégio Diocesano Redemptoris Mater, os seminaristas Riccardo Cendamo e Samuel Piermarini, e cinco do Pontifício Seminario Romano Maior, os seminaristas Diego Armando Barrera Parra, George Marius Bogdan, Giorgio De Iuri, Salvatore Marco Montone e Manuel Secci. A celebração será animada pelo Coro da Diocese de Roma dirigido pelo Mons. Marco Frisina. A Santa Missa de ordenação será transmitida, ao vivo, pela Página da Diocese de Roma e pelos meios de comunicação locais.

Mateus iniciou seus estudos nos seminários (Propedêutico e Maior) da diocese de Afogados da Ingazeira.

“Caros amigos, visto o tempo na qual estamos vivendo com a pandemia e com a limitação das viagens, convido de todo coração a quem puder e quiser acompanhar a ordenação pelo Facebook da Diocese de Roma (https://m.facebook.com/diocesiroma/). Desde já, peço as vossas orações por nós, e em especial por mim, para que o Senhor derrame suas graças para que possamos viver o nosso diaconato na forma mais evangélica possível, com humildade, amor e serviço”, diz o afogadense Mateus em seu convite.

Com duelos entre brasileiros e argentinos, Conmebol define confrontos das oitavas de final da Libertadores

DIVULGAÇÃO/CONMEBOL

A Conmebol realizou nesta sexta-feira (23) o sorteio dos confrontos das oitavas de final da Copa Libertadores da América 2020. O sorteio que determinou o chaveamento até o final da competição foi realizado na sede da entidade, em Luque, no Paraguai e foi transmitido ao vivo pelo site do SBT e pela página do SBT News no Facebook. A decisão da Libertadores será em jogo único realizado no dia 21 de novembro, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

O sorteio foi dividido de forma que as 16 equipes classificadas ficassem separadas em dois potes, onde necessariamente aqueles que ficaram em primeiro lugar enfrentassem os times que ficaram em segundo nas suas respectivas chaves. Com isso, o destino tratou de colocar frente a frente três confrontos entre brasileiros e argentinos. As equipes que se classificaram em primeiro na fase de grupos fazem o jogo de ida como visitantes e o jogo da volta como mandantes.

O Grêmio abre as oitavas de final visitando o Guaraní, do Paraguai, no jogo de ida. Já o rival gaúcho, o Internacional, terá pela frente uma pedreira. O Colorado vai encarar um dos maiores campeões da Libertadores com seis títulos, o Boca Juniors. O time argentino tem a vantagem de decidir o confronto em casa, já que avançou para as oitavas em primeiro lugar no grupo H.

Atual campeão da Libertadores, o Flamengo vai encarar o Racing, da Argentina, com a vantagem de decidir a classificação em seus domínios, no Maracanã. Por outro lado, o Athletico Paranaense vai encarar o atual vice-campeão, River Plate, com a decisão marcada para acontecer na Argentina. Já o Palmeiras terá, ao menos na teoria, o confronto mais fácil entre os brasileiros que estão na competição. O alviverde vai enfrentar o Delfín, do Equador, com o jogo decisivo no Allianz Parque.

Outro brasileiro que segue nas oitavas de final é o Santos, do técnico Cuca. O alvinegro praiano vai encarar a LDU de Quito. O primeiro jogo acontece no Equador e a decisão na Vila Belmiro. Por fim, o último confronto da fase será entre o pior primeiro colocado contra o segundo pior colocado da fase de grupos. Libertad e Jorge Wilstermann se enfrentam com a decisão sendo realizada na casa do time boliviano.

Professores da rede estadual decidem acatar decisão judicial e encerram greve em Pernambuco

Professores da rede estadual encerram greve e Governo de Pernambuco promete  suspender aulas presenciais até 21 de outubro - TV Jornal

Professores da rede estadual de Pernambuco acataram, em assembleia virtual realizada na manhã desta sexta-feira (23), a proposta do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) de cumprir a determinação judicial para o encerramento da greve e retomada das aulas presenciais, apesar de continuarem alegando que não há segurança sanitária para a volta, devido à pandemia.

A paralisação começou quarta-feira (21), data da reabertura das escolas estaduais para os 81 mil estudantes do 3º ano do ensino médio. Assim, docentes voltam às salas de aula nesta segunda-feira (26), e nova assembleia está prevista para o dia 30 de outubro.

Sertão pernambucano entra em estado de alerta por baixa umidade do ar

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta de umidade baixa para o Sertão Pernambucano. De acordo com a Agência, uma massa de ar seco irá abaixar a umidade relativa do ar até o próximo dia 26. Por conta disso, os valores devem chegar a 20%, no período da tarde.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), alguns problemas de saúde podem ocorrer por conta do ar seco, como: complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas; sangramento pelo nariz; ressecamento da pele; irritação dos olhos; eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos.

Quando a umidade relativa do ar atinge níveis entre 12 e 20%, se classifica como estado de alerta. Nesse caso, a população deve evitar exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Governo Bolsonaro não deve pagar 13º salário do Bolsa Família em 2020

Bolsa Família: 14,28 milhões de famílias receberam o benefício em maio —  Português (Brasil)

Técnicos da equipe econômica e assessores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmaram que o governo não deve pagar um 13º salário para os beneficiários do Bolsa Família neste ano. Gestor do programa, o Ministério da Cidadania foi procurado por setores da imprensa, mas não se manifestou sobre o assunto.

O governo Bolsonaro editou uma MP (Medida Provisória) no ano passado para pagar o 13º em 2019. O plano, porém, era que o pagamento fosse apenas uma vez, para que o presidente cumprisse uma promessa de campanha. Por isso, a MP era pontual, prevendo o benefício apenas em 2019.

No início do ano, o governo operou para que a MP caducasse. A oposição queria tornar o 13º permanente e estendê-lo também ao BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Com isso, o pagamento de um 13º para os beneficiários do Bolsa-Família dependeria da edição de uma nova MP ou do envio de um projeto de lei ao Congresso Nacional.

Brasil é o país com menor valorização dos professores, indica estudo internacional

Laboratório de Redação: Valorização do professor

O Brasil é o país onde os professores têm menor prestígio na sociedade. A profissão é vista como sendo desrespeitada e mal paga.

O estudo foi feito pela Varkey Foundation, organização educacional, para avaliar a percepção da população de 35 países sobre a carreira docente. O levantamento considera como os professores são avaliados em relação a outras profissões e percepções implícitas e explícitas.

Na comparação com profissionais de outras áreas, os brasileiros são os que pior avaliam os professores. Em uma escala de 0 a 14 para indicar o status da carreira docente, o Brasil tem nota 5. Na China, a nota é 9. Nos lugares em que os alunos têm melhor desempenho escolar, há maior prestígio.

“Existem muitas razões para explicar por que o status do professor é tão baixo no Brasil. Salário é apenas uma peça de um grande e complexo quebra-cabeça”, diz a fundação.

Seca atinge 70% da área territorial de Pernambuco

De acordo com a última atualização do Monitor de Secas da Agência Nacional de Águas (ANA), que foi divulgada nessa quarta-feira (21), no último mês de setembro, o estado de Pernambuco computou 70,27% de sua área territorial em situação de seca.

Atualmente, 114 dos 184 municípios que compõem PE se encontram em situação de emergência devido à seca. “Seca atinge 70% da área territorial de Pernambuco. Os impactos do fenômeno são de curto e longo prazo no Sertão do São Francisco e nordeste pernambucano e apenas de curto prazo nas demais áreas”, informou a ANA.

No último mês de setembro, o Governo de Pernambuco decretou situação de emergência por seca em 55 municípios, no dia 11, e em mais 59 cidades, no dia 19.

Candidato a vereador é preso com mais de R$ 15 mil na cueca

Segundo a PM, a suspeita é de compra de votos

Um candidato a vereador foi preso em flagrante, nessa quarta-feira (21), no município de Carira, no Sertão do Sergipe, por transportar R$ 15,3 mil escondidos na cueca. De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, a suspeita é de compra de votos.

Ao revistar o candidato Edilvan Messias dos Santos, o “Vanzinho de Altos Verdes”, a PM encontrou a soma em dinheiro escondida na sua cueca. “Ao ser questionado sobre a procedência do dinheiro, o infrator apenas respondeu que havia recebido um pagamento na cidade de Itabaiana e pretendia usar o valor para comprar um veículo”, informou a comunicação da PM.

O caso envolvendo o candidato sergipano foi registrado apenas uma semana depois de a Polícia Federal ter flagrado o senador Chico Rodrigues (DEM-RR) com R$ 33 mil socados na cueca.

DelegaciaApós o flagrante – mais de R$ 15 mil na cueca – o material foi apreendido e o candidato conduzido até a Delegacia de Carira e liberado em seguida. Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil, que vai investigar o caso.

1ª Câmara julga auditoria em transporte escolar de Arcoverde e aplica multa ao diretor de Finanças

A Primeira Câmara do TCE apreciou, na terça-feira (20), uma auditoria especial realizada no município de Arcoverde com o objetivo de analisar o contrato de locação e gerenciamento de veículos de transporte escolar dos alunos da rede estadual e municipal. O relator do processo (nº 17522225) foi o conselheiro Valdecir Pascoal.

A auditoria analisou a economicidade do contrato n° 057/2012 (Pregão Eletrônico n° 001/2012) com a BPM – Serviços Ltda. para a prestação dos serviços de transporte, verificando os valores apresentados nas notas de empenho, subempenho, ordens de pagamento (ordem bancária, cheque, etc.), notas fiscais, recibos, boletins de medição e respectivas memórias de cálculo, entre outros.

O relatório de auditoria apontou, entre outros, o não recolhimento, por parte da gestão, do Imposto Sobre Serviços (ISS). No entanto, o relator entendeu que não restou configurado dano capaz de ensejar o ressarcimento por parte dos gestores. “Entendo que a configuração do dano somente ocorreria caso restassem frustradas as iniciativas tomadas pelo Município para cobrança do tributo. Não há nos autos nenhuma comprovação nesse sentido”, destacou o relator em seu voto.

Sendo assim, o conselheiro Valdecir Pascoal, acompanhando parecer do procurador do MPCO, Gustavo Massa, votou pela regularidade, com ressalvas, do objeto de auditoria, aplicando, no entanto, uma multa no valor de R$ 4.257,25 ao diretor de Finanças do município, Edilson José de Sá.

O relator também recomendou à Prefeitura Municipal de Arcoverde que proceda à cobrança do ISS não retido na fonte, no prazo máximo de 180 dias, comunicando adoção das medidas ao TCE.

O voto também determina ao município que proceda uma análise da planilha de preços apresentadas pela empresa responsável, verificando se os custos apontados na planilha, para fazer face à execução do transporte escolar em si, excluindo-se os custos administrativos referentes à gestão do contrato, foram efetivamente repassados aos subcontratados. E, caso não ocorra o repasse da totalidade dos custos, deverá o município envidar esforços no sentido de abater essas diferenças nos pagamentos futuros, bem como cobrá-las à empresa BPM.

Justiça Federal recebe denúncia do MPF contra prefeito de Salgueiro no caso de furto da água da transposição

#pracegover arte com fundo branco e molduras pretas. Em branco está escrito Recebimento de Denúncia A Justiça Federal recebeu, na terça-feira (20), denúncia que o Ministério Público Federal (MPF) ofereceu contra o prefeito de Salgueiro (PE), Clebel de Souza Cordeiro (PMDB), pelos crimes de invasão de terras da União, furto de água de canal do Rio São Francisco e desmatamento de área de preservação permanente.

Na segunda (19), o gestor renunciou ao acordo de não persecução penal proposto pelo MPF em agosto. Com isso, na terça (20), a Justiça Federal recebeu a denúncia do MPF, e o prefeito tornou-se réu no processo. O responsável pelo caso é o procurador da República Rodolfo Lopes.

De acordo com as investigações, Clebel Cordeiro substituiu cercas e piquetes de demarcação instalados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), órgão federal que administra as obras da transposição do Rio São Francisco, e ocupou irregularmente cerca de 2,3 hectares de terras da União.

O objetivo foi chegar à área em que fica braço do Reservatório Mangueiras, de onde era captada água para irrigação de plantios na propriedade particular do prefeito. Ele também foi responsável por desmatamento na área de preservação permanente em torno do reservatório, contribuindo para contaminação da água que será levada a milhões de pessoas por meio dos canais da transposição do Rio São Francisco.

Clebel Cordeiro foi preso em flagrante pela Polícia Federal (PF), em dezembro do ano passado, durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão requisitado pelo MPF. A ocupação irregular das terras ocorria desde 2018. A área rural havia sido desapropriada em 2007 pela União, que pagou indenização a vários proprietários, inclusive ao próprio prefeito.

Caso seja condenado pela Justiça Federal, a pena aplicada a Clebel de Souza Cordeiro pode chegar a 14 anos de reclusão. O MPF também requer que a Justiça condene o gestor ao pagamento de multa de 100 salários-mínimos, estimada como o valor mínimo para reparação dos danos causados.

Processo nº 0800316-20.2020.4.05.8304 – 20ª Vara Federal em Pernambuco

Justiça de Pernambuco dobra multa ao Sintepe por descumprimento de liminar que proíbe greve

Professores do estado fazem nova assembleia na sexta-feira - Afogados Online

A pedido da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE), a Justiça de Pernambuco dobrou na tarde desta terça-feira (20) para R$100 mil a multa diária após a deflagração da greve pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), em razão do descumprimento de uma liminar que proibia a paralisação da categoria no estado.

O desembargador Fábio Eugênio Dantas Oliveira Lima determinou ainda uma advertência imediata aos dirigentes da entidade, que estabeleceram a 0h desta quarta-feira, dia 21 de outubro, para início da greve.

Confira a decisão da Justiça 

“Majoro a multa diária por descumprimento para R$100.000,00 (cem mil reais), sem prejuízo de eventual configuração de crime de desobediência. Fica o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco – SINTEPE advertido, ainda, que o descumprimento da decisão judicial implicará em ato atentatório à dignidade da justiça, fazendo incidir a multa prevista no art. 77, IV, §5º, do CPC/15”, escreveu o desembargador, que havia estabelecido anteriormente uma multa no valor R$ 50 mil reais.

Descumprimento da decisão – Na decisão, o desembargador destacou que os documentos apresentados pela PGE-PE e o ofício enviado pelo próprio Sintepe “evidenciam o inequívoco descumprimento da decisão antecipatória, ao anunciar a decretação da greve, com início às 0h do dia 21/10/2020”.

O Sintepe – A categoria decidiu entrar em greve nesta segunda-feira (19), durante assembleia realizada dois dias antes da data definida pelo Governo de Pernambuco para o retorno das aulas presenciais na rede pública de ensino, marcada para esta quarta-feira (21), com os alunos das turmas do 3º ano. O Sintepe alega que as condições de segurança e higiene de 100% das escolas que ofertam o ensino médio no estado, precisam ser verificadas pelo Governo, para então considerar um possível retorno de maneira segura para os profissionais de educação às salas de aulas. A categoria volta a se reunir em assembleia na próxima sexta-feira, dia 23, às 9h.

Afogados e Salgueiro buscam reabilitação, enquanto Central mira segunda vitória

Guarany de Sobral 2 x 0 Afogados - Campeonato Brasileiro Série D rodada 7
Afogados perdeu por 2 x 0 jogando em Sobral-CE

A rodada do último fim de semana no Campeonato Brasileiro da Série D teve sentimentos distintos para os pernambucanos. Isso porque, enquanto Afogados e Salgueiro amargaram derrotas, o Central conseguiu a primeira vitória na competição. Por isso, nesta quarta-feira (21), o Carcará enfrenta o Floresta, no Estádio Domingão e a Coruja do Sertão recebe o Guarany de Sobral no Vianão, ambos em busca de reabilitação, em partidas válidas pela 7ª rodada. Já a equipe caruaruense mira a segunda vitória na Série D contra o Coruripe fora de casa, no Estádio Gérson Amaral, pela 8ª rodada. Os três jogos serão realizados às 15h30.

Apesar de estarem em grupos diferentes, os três times têm a mesma pontuação na Série D. Com nove pontos em seis jogos, Afogados e Salgueiro estão na terceira e quarta colocação respectivamente do grupo 3. A Coruja leva vantagem por somar uma vitória a mais do que o atual campeão Pernambucano. No geral, são três vitórias e três derrotas, com oito gols marcados e 11 sofridos. Já o Salgueiro tem duas vitórias, três empates e apenas uma derrota, com três gols marcados e dois sofridos. O aproveitamento de ambas equipes é de 50%.

Pernambuco: Mais de 80% dos candidatos a vereador não têm curso superior

Dos quase 20 mil candidatos a vereador em Pernambuco, apenas 18,45% (ou 3.364) têm ensino superior completo. E 77,62% nunca entraram numa universidade, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De um total de 19.693 postulantes a uma vaga nas câmaras municipais de Pernambuco, quase metade (8.682, ou 44,09% deles) têm somente o ensino médio completo. Há até mesmo um candidato que se declara analfabeto (o que configuraria inelegibilidade, segundo a Constituição).

Os que declaram apenas saber ler e escrever somam 3,49% das candidaturas (687 pessoas). Já os que afirmam ter ensino fundamental incompleto respondem por 13,82% dos candidatos (2.721). Os que completaram o fundamental representam a parcela de 11,33% (2.232), enquanto os que não concluíram o ensino médio são 4,88% (962). Os que chegaram a iniciar o ensino superior são 3,93% (774 candidatos).

Homem, casado, entre 40 a 44 anos, pardo e com ensino médio completo. De acordo com o TSE, este é o perfil médio dos candidatos. São mais de 2 mil a mais do que em 2016 (eram 17.918). O número de homens (13.129) candidatos é o dobro do de mulheres (6.564). Entretanto, houve um crescimento das candidaturas femininas em relação às últimas eleições municipais. Na ocasião,
eram 5.572 mulheres tentando o cargo de vereadora no estado.

Em relação ao estado civil, os candidatos casados são mais da metade (51,31%, ou 10.104), seguidos pelos que se declararam solteiros (39,24%, ou 7.728). Na faixa etária, que concentra candidatos entre 16 e 90 anos, o grupo entre 40 e 44 anos tem o maior número de representantes: são 3.296, respondendo por 16,74% das candidaturas.

Já no quesito cor/raça, o número de candidatos que se declaram brancos (34,57% ou 6.808), negros (11,03%, ou 2.172) e pardos (52,88% ou 10.413), com mais de 98%, é a esmagadora maioria, ao contrário dos que dizem ser amarelos (0,29% ou 58), indígenas (0,61% ou 121) ou ainda sem informação (0,61% ou 121).