Chuva forte no Agreste faz açude sangrar pela primeira vez em anos

De acordo com relatos dos moradores, após 55 minutos de chuva o açude sangrou  / Foto: Cortesia

Moradores de São Bento do Una, no Agreste de Pernambuco, respiraram aliviados após anos castigados pela seca. Na madrugada deste sábado (23), o Açude Velho, que tem a nascente em Capoeiras, limite com São Bento do Una, sangrou após chover 40,67 milímetros no município, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac).

Segundo o diretor de cultura da Prefeitura de São Bento do Una, Ailson Campos, há anos o açude não sangrava porque o paredão estava rachado. “Quando chove forte em Capoeiras, nós ficamos na expectativa, mas há vários anos não sangrava por conta do paredão rachado. O Açude Velho é um patrimônio aqui da cidade”, afirmou. Ailton, que mora há mais de 50 anos em São Bento do Una, destacou que a chuva começou por volta da meia-noite e 55 minutos depois, o açude começou a sangrar.

“No centro de São Bento não choveu. Quando o pessoal que mora em Capoeiras disse que estava chovendo, nós achamos estranho. Há anos a gente sofre com a seca e hoje a cidade está em festa. No passado, o Açude Velho era como uma praia para os moradores daqui”, completou o diretor, que também é poeta e escreve sobre as belezas do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *