Marília Arraes pode deixar PT, entrar no PSOL e sair candidata ao Senado

Presidente do PT no Recife demonstra má vontade com Marília Arraes -  Afogados Online

Esnobada no PT de Pernambuco para uma eventual disputa ao Senado pela Frente Popular, a deputada federal Marília Arraes está se movimentando nos bastidores e nesta semana marcou um encontro com Guilherme Boulos, liderança do PSOL, onde pode desembarcar.

Marília Arraes avalia deixar o PT e ingressar no PSOL para ter uma legenda que lhe dê sustentação em um projeto majoritário. A ex-vereadora do Recife mantém boas relações com o pessoal do PSOL no Estado, tanto que o atual candidato a governador do partido, João Arnaldo, já foi seu candidato a vice nas eleições municipais do Recife.

A deputada, que já lançou pré-candidatura ao Governo de Pernambuco e foi ignorada pelo partido, já teria abandonado a ideia de disputar o Palácio nesta eleição. O PSOL, por sua vez, não teria condições financeiras de oferecer recursos à sua candidatura ao executivo.

“Ela é muito pragmática, não quer disputar majoritária e arriscar perder a eleição, a não ser que fosse ao Senado”, avalia interlocutora da coluna. Nesse sentido, a movimentação casa com a pesquisa que mostra Marília Arraes liderando a pesquisa de intenção de voto à Câmara Alta.

Fontes ouvidas pela reportagem contam que Marília Arraes vem sendo procurada por diversos partidos. O PSOL, institucionalmente, não fez convite à pernambucana, mas quadros do partido vem convidando-a à migração.

Veja como ficou o rosto de Danilo Fernandes após ataque com bombas contra ônibus do Bahia

FELIPE OLOVEIRA/BAHIA

O goleiro Danilo Fernandes ficou gravemente ferido após o ataque da torcida do Bahia ao ônibus da delegação. O caso ocorreu na noite desta quinta-feira, próximo da Arena Fonte Nova, em Salvador. Isso poucas horas antes do jogo contra o Sampaio Corrêa pela Copa do Nordeste.

Segundo técnico Guto Ferreira, Danilo Fernandes quase perdeu a visão. Isso porque uma das três bombas quebraram os vidros do ônibus do Bahia. E, assim, os estilhaços atingiram o arqueiro.

“Matheus não foi nada grave, mas Danilo ficou a um dedo de perder a visão. Sofreu um corte muito perto do olho. E não só isso. O tamanho da bomba, o estrondo dela, se entra no espaço da primeira, com certeza teríamos uma morte”, disse o técnico Guto Ferreira, do Bahia.

Por causa dos ferimentos, Danilo Fernandes desfalcou o Bahia diante do Sampaio Corrêa.

REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Bolsonaro desautoriza Mourão e diz que vice deu “peruada”

Presidente Jair Bolsonaro - 22/02/2022

O presidente Jair Bolsonaro (PL) desautorizou nesta quinta-feira, 24, o vice Hamilton Mourão (PRTB) por ter se manifestado sobre a invasão da Ucrânia pela Rússia. Mais cedo, Mourão disse que o Brasil respeita a soberania da Ucrânia. “Quem fala dessa questão chama-se Jair Messias Bolsonaro. Mais ninguém fala. Quem está falando, está dando peruada naquilo que não lhe compete”, criticou o presidente em transmissão ao vivo pelas redes sociais.

Bolsonaro disse, ainda, que “nas próximas horas” fará uma reunião para analisar a situação. “O artigo 84 da Constituição diz que quem fala sobre esse assunto é o presidente. Com todo respeito a essa pessoa que falou isso, e eu vi a imagem, falou mesmo, está falando algo que não deve. Não é de competência dela, é de competência nossa”, afirmou Bolsonaro.

Em conversa com jornalistas, na manhã desta quinta-feira, 24, Mourão negou que o Brasil não tenha tomado posição sobre o conflito. “O Brasil não está neutro. O Brasil deixou muito claro que ele respeita a soberania da Ucrânia. Então, o Brasil não concorda com uma invasão do território ucraniano. Isso é uma realidade”, destacou o vice-presidente.

Ao longo do dia, porém, Bolsonaro evitou criticar a Rússia pelos ataques. Na transmissão ao vivo, ele disse que é “da paz” e destacou o diálogo com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, a quem visitou na semana passada.

Itapemirim: Justiça afasta Sidnei Piva e determina uso de tornozeleira e eletrônica

O que aconteceu com os voos da Itapemirim? O dono abriu empresa no Reino  Unido? Entenda | Empresas | Valor Econômico

Foi publicada no Diário Oficial na tarde desta quinta-feira (24) a decisão da Justiça de São Paulo que destituiu Sidnei Piva de Jesus de qualquer cargo à frente da empresa Viação Itapemirim, em recuperação judicial, bem como determinou que o empresário use tornozeleira eletrônica e entregue seu passaporte em até 24 horas, ficando proibido de sair do país.

A decisão ocorre no âmbito do processo de representação criminal por crimes contra as relações de consumo, movido por Camilo Cola Filho contra a Itapemirim Transportes Aéreos. A família Cola é a fundadora e antiga proprietária do grupo.

“Consta dos autos que o averiguado, valendo-se da condição de gestor de processo de recuperação judicial descrito na portaria de procedimento investigatório criminal vem, paulatinamente desde, pelo menos agosto de 2020, se apropriando de valores das empresas “recuperandas” para criar empresas paralelas, notadamente, no caso dos autos, a Itapemirim Aérea (grupo ITA), que gerou prejuízos milionários para, pelo menos 45.000 passageiros e inúmeros tripulantes que se viram despojados de seus direitos trabalhistas (art. 203 do CP)”, diz trecho da decisão proferida pela juíza Luciana Menezes Scorza.

Greve dos policiais civis. Categoria rejeita proposta do Governo e fará operação padrão por tempo indeterminado

Simpol/Divulgação

Após mais de uma semana de greve, cerca de dois mil Policiais Civis de todas as regiões do Estado ocuparam as ruas do Recife nesta quarta-feira (23) em mais uma passeata pela campanha salarial.

A concentração teve início às 15h na sede do SINPOL-PE, de onde saíram por volta das 18h30 pelas principais vias do Centro do Recife, passando pelas avenidas Cruz Cabuga e Conde da Boa Vista, em direção à Assembleia Legislativa de PE (ALEPE), onde fizeram uma assembleia que definiu os rumos do movimento.

A assembleia ocorreu na Rua da Aurora, em frente à ALEPE, com discursos de indignação “com a falta de diálogo e sensibilidade do Governo com a classe”.

Ao final da assembleia, a maioria dos Policiais Civis presentes deliberou pela rejeição da proposta do Governo, pela suspensão da greve, mas adotando uma operação padrão por tempo indeterminado.

O presidente do SINPOL, Rafael Cavalcanti, disse que a decisão foi sensata.

“Vamos agora partir para a Operação Policia Cidadã (OPC), por tempo indeterminado, até nossa valorização chegar, porque a categoria rejeitou a proposta do Governo e está empenhada em buscar sua valorização a todo custo” afirmou.

Os Policiais Civis de Pernambuco reclamam que estão sem aumento desde 2019 reajustado pela inflação, ou seja, quatro anos sem aumento real.

Com cenário indefinido, pelo menos dez partidos já têm pré-candidatos à Presidência

Pré-candidatos

Em um ano de eleições, os partidos se preparam para costurar alianças e se fortalecer. Pelo menos dez nomes já foram apresentados aos eleitores como pré-candidatos à Presidência da República para o pleito de outubro deste ano. Apesar das movimentações intensas, o cenário só deve ficar mais claro a partir de abril, na avaliação de lideranças envolvidas nas negociações partidárias.

As principais siglas do país avaliam quais serão suas posições para outubro, mas afirmam que o momento ainda é de espera. Isso se dá pela janela partidária, que estará aberta entre 3 de março e 1º de abril. Durante esse período, deputados com mandato poderão deixar os atuais partidos para aderir a outra sigla. Um dos que deve receber novos filiados é o PL, que espera que apoiadores do presidente Jair Bolsonaro se juntem à legenda.

Bolsonaro concorrerá à reeleição pelo PL e deve ter como adversários na corrida o ex-presidente Lula (PT), Sergio Moro (Podemos), o ex-ministro e ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a senadora Simone Tebet (MDB), o senador Alessandro Vieira (Cidadania), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), o deputado André Janones (Avante) e o cientista político Luiz Felipe D’Ávila (Novo).

A expectativa é que o atual cenário se afunile nos próximos meses.

Operação contra clonagem de veículos do Exército cumpre mandados na Pernambuco e mais 10 estados

Operação

A Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagraram, nesta quinta-feira (24), a Operação Fiat Lux para coibir crimes contra o sistema veicular brasileiro. São cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão na Paraíba, Pernambuco, Ceará, Maranhão, São Paulo, Minas Gerais, Tocantins, Pará, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná.

Até o momento, a força-tarefa identificou cerca de 10 mil adulterações em veículos. Desse total, mais de 3.300 fraudes ocorreram em viaturas do Exército Brasileiro.

O Poder Judiciário, a pedido da Polícia Federal, determinou o afastamento das funções de 95 servidores do Detran, sendo 85 do Detran-SP, sete do Detran-TO e três do Detran-MG. Vinte despachantes também foram afastados de suas funções no Estado de São Paulo.

A operação contou também com o apoio da Secretaria de Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo.

A Polícia Federal e a PRF não divulgaram detalhes das ações em Pernambuco.

Investigação
O inquérito policial instaurado no fim de 2020 teve origem após ter sido detectada a clonagem de veículos do Exército. Os números dos chassis eram utilizados ilegalmente com objetivo de obter documentos legítimos, de forma a tentar “legalizar” veículos oriundos de roubo ou furto.

A investigação apontou que as “clonagens” dos chassis do Exército só foram possíveis porque contaram com a participação de servidores do Detran e de despachantes.

Equipes do Exército prestaram apoio logístico durante a deflagração da operação Fiat Lux, sendo relevante ressaltar que a investigação não aponta a participação de integrantes do Exército nas fraudes.

Crimes contra sistema financeiro
Além da clonagem de veículos, a operação também identificou uma outra prática criminosa: crime contra o Sistema Financeiro Nacional.

Os envolvidos “criavam” veículos fictícios que existiam apenas no Sistema Federal da Secretaria Nacional de Trânsito, permitindo assim, a realização de financiamentos e a participação em consórcios.

Em razão desta falsificação, que contava com a participação de servidores do Detran, cooptados pelo esquema criminoso, os veículos eram dados como garantia em operações financeiras.

Crimes fiscais
A investigação também apontou que servidores do Detran e despachantes inseriam, no Sistema Federal de Registro de Veículos Automotores, automóveis comprados na Zona Franca de Manaus – com isenção de PIS e Confins – e emplacavam indevidamente esses carros em São Paulo para burlar a fiscalização.

Com essa prática, o abatimento ilegal de cada veículo, a maioria caminhonetes, girava em torno de R$ 30 mil a R$ 40 mil. Após isso, os veículos eram revendidos sem recolhimento dos impostos, tendo sido identificado o uso de documentos falsificados em aproximadamente 300 automóveis.

O prejuízo causado pelas fraudes veiculares identificadas pela investigação soma mais de R$ 500 milhões, sendo que em 10 meses de atuação foram recuperados R$ 35 milhões em veículos, entre eles: caminhões, caminhonetes e automóveis de luxo.

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de inserção de dados falsos, financiamento fraudulento, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Governo de Pernambuco assina proposta de aumento salarial para forças de segurança pública

 (Foto: Aluísio Moreira/SEI.)

O governador Paulo Câmara assinou, nesta quarta-feira (23), uma proposta de reajuste salarial para as polícias Militar, Civil, Científica, Penal e Corpo de Bombeiros de Pernambuco. O projeto de lei, enviado à Assembleia Legislativa para votação, estabelece aumentos com percentuais que variam entre 16% e 20%. De acordo com o governador, a iniciativa é fruto de diversos estudos, visando valorizar os trabalhadores da segurança e promover melhorias na qualidade de vida desses servidores.

“Estamos enviando à Assembleia esse projeto, que é fruto de muita colaboração e discussão, para melhoria dos serviços oferecidos aos pernambucanos e pernambucanas. Além disso, é também uma valorização dos profissionais das nossas forças policiais, para que eles tenham condições de trabalho adequadas e reconhecimento pelo seu desempenho, através de ações”, frisou Paulo Câmara.

O secretário de Defesa Social, Humberto Freire, classificou a proposta como mais uma demonstração de comprometimento do governador com a segurança pública. “É mais um passo importante na valorização do que nós temos de mais importante, que é o profissional dessa área. É um reconhecimento do valor desses homens e mulheres que compõem nosso quadro e do trabalho que eles entregam ao povo pernambucano”, disse.

Após 30 anos, Câmara aprova texto-base de projeto que libera jogo do bicho, cassino e bingo

Câmara aprova urgência na votação sobre jogo do bicho e cassino; veja os  votos dos alagoanos | 7Segundos - Maceió

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (24) o texto-base do projeto que legaliza cassinos, bingos e jogo do bicho no país, derrotando tentativas de obstrução de grupos evangélicos e católicos e sob críticas de parlamentares sobre a urgência de votar a proposta neste momento.

Para conseguir votar o texto, o relator do projeto, deputado Felipe Carreras (PSB-PE), fez uma série de concessões para tentar diminuir a resistência. No entanto, ele fracassou em obter o apoio da oposição e de grupos religiosos, que passaram a apostar em um veto do presidente Jair Bolsonaro (PL) à proposta. ​

O texto-base foi aprovado por 246 a 202. Agora, os deputados precisam analisar nesta quinta sugestões para modificar a proposta, que, a seguir, vai para o Senado.​

Corpo de Paulinha Abelha, do Calcinha Preta, é velado em Sergipe

Corpo de Paulinha, do Calcinha Preta, é velado em ginásio - Gabriela Ferreira/Colaboração para Splash

O corpo da cantora Paulinha Abelha, morta ontem aos 43 anos, está sendo velado em Aracaju. Durante a madrugada, amigos e familiares realizaram uma cerimônia privada. Desde às 7h, o velório da vocalista do Calcinha Preta acontece no ginásio Constâncio Vieira, também na capital sergipana, aberto ao público.

No local, há uma área reservada à família, enquanto os fãs passam por um corredor para se despedir da artista.

haverá outro velório em Simão Dias (SE), cidade em que ela nasceu. A cerimônia também será aberta para os fãs. O sepultamento de Paulinha, às 15h, será restrito aos familiares.

Lula se muda para São Paulo por motivo de segurança

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursa em evento em São Paulo
12/08/2021 REUTERS/Carla Carniel

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se mudou de São Bernardo do Campo para São Paulo após sofrer pressão de amigos, de sua assessoria e de lideranças do partido que, preocupados com a sua segurança, tentavam convencê-lo a morar em um local mais protegido. Ele aceitou se mudar no fim do ano passado.

Anteriormente, Lula morava em um sobrado em São Bernardo do Campo, em uma situação descrita por amigos como precária no que diz respeito à segurança. Com a aproximação das eleições, o clima político acirrado no País foi uma das justificativas para que amigos e a equipe do petista o convencessem a se mudar. Ele, de início, não tinha interesse de sair do sobrado para morar na capital paulista.

Raquel Lyra lidera, Miguel é o segundo e Danilo só tem 4,8%

Eleições 2022: em Pernambuco, oposição larga na frente – Heron CidNa primeira pesquisa sobre a sucessão estadual deste ano em Pernambuco, feita pelo Instituto Opinião, de Campina Grande (PB), com exclusividade para o Blog do Magno, apontando o cenário para governador, a pré-candidata do PSDB, Raquel Lyra, lidera com 18,4%, seguida pelo pré-candidato do União Brasil, Miguel Coelho, que aparece com 10,2%. Em terceiro lugar, Anderson Ferreira, pré-candidato do PL, desponta com 6,5%, enquanto o pré-candidato do PSB, Danilo Cabral, tem apenas 4,8%.

Antes dele, a deputada Clarissa Tércio, do PSC, aparece com 5,9%. João Arnaldo, do PSol, pontua 1,6% e Jones Manoel, do PCB, é o último com 1,1%. Brancos e nulos somam 26,6% e indecisos 24,9%. Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é forçado a lembrar o nome do seu candidato seu o auxílio do disco com todos os nomes, Raquel também lidera com 4,8% e Marília Arraes, do PT, vem em segundo com 2,8%, empatada com Miguel Coelho, também com 2,8%. Danilo foi citado por 1,4% dos entrevistados, Clarissa por 1,6%, Anderson 1,1% e Humberto Costa por apenas 1%.

A pesquisa foi a campo entre os dias 17 e 20 deste mês, sendo aplicados dois mil questionários em 86 municípios nas diversas regiões do Estado. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. A pesquisa está registrada sob o protocolo PE-07875-2022.

No quesito rejeição, o Opinião levantou todos os nomes, incluindo Marília Arraes e Humberto Costa, que estão no cenário acima, na segunda postagem. Sendo assim, Humberto lidera. Entre os entrevistados, 14,2% disseram que não votariam nele de jeito nenhum, seguido de Marília Arraes, com 7,7%, Raquel 4%, Danilo 3,9%, Anderson 3,8%, Miguel Coelho 3,6% e João Arnaldo 2,9%.

ESTRATIFICAÇÃO

Fazendo uma radiografia da pesquisa, Raquel tem seus maiores percentuais de intenção de voto entre os eleitores jovens, na faixa de 16 a 24 anos (20,1%), entre os eleitores com grau de instrução no ensino médio (19,9%) e entre os eleitores com renda familiar entre dois e cinco salários (19,5%). Por sexo, 18,9% dos seus eleitores são homens e 18,1% são mulheres.

Já Miguel Coelho tem mais intenção de voto entre os eleitores jovens (13,3%), entre os eleitores com renda familiar entre cinco e dez salários (12,5%) e entre os leitores com grau de instrução superior (13,2%). Por sexo, 10,3% dos eleitores são homens e 10,1% são mulheres. Anderson Ferreira, por sua vez, aparece melhor situado entre os eleitores com renda entre cinco e dez salários (10,1%), entre os eleitores na faixa etária de 35 a 44 anos (7,5%) e entre os eleitores com grau de instrução médio (6,9%). Por sexo, 6,8% dos seus eleitores são homens e 6,3% são mulheres.

POR REGIÃO

Estratificando a pesquisa por regiões, Raquel tem seu maior percentual no Agreste (38,2%), seguido da Zona da Mata (18,2%), Sertão (15,9%), Metropolitana (9,5%) e São Francisco (4,5%). Miguel, por sua vez, tem seu maior eleitorado no São Francisco (70,5%), Sertão (19%), Metropolitana (4,9%), Zona da Mata (3,4%) e Agreste (3,4%). Anderson tem sua maior base na Metropolitana (12,9%), Zona da Mata (4,7%), Sertão (1,3%), Agreste (1%) e São Francisco (0,8%). Danilo Cabral tem, pela ordem, Sertão (6,6%), Zona da Mata (6,1%), Metropolitana (4,4%) e São Francisco (0%). Clarissa Tércio tem 9,9% na Metropolitana, 6,1% na Zona da Mata, 2,8% no Agreste, 0,9% no Sertão e 0% no São Francisco.

CENÁRIO COM GILSON

O Opinião testou o cenário para governador trocando o nome do ministro Gilson Machado pelo de Anderson Ferreira. Nele, Raquel aparece em primeiro com 19,3%, Miguel vem em seguida com 10,8%, Danilo tem 4,8%, João Arnaldo 1,8% e Gilson com 1,2%, enquanto Jones tem 0,9%.

Encontro de Lula e Márcio França frustra PT, que rejeita pesquisa e reafirma escolha por Haddad

Lula e Márcio França se reúnem nesta terça para discutir disputa do governo  de SP | Blog da Julia Duailibi | G1

A conversa entre Lula e o ex-governador Márcio França (PSB-SP), que se reuniram nesta terça (22) para debater a possibilidade de união do PT e do PSB em torno de uma candidatura única em São Paulo, frustrou lideranças petistas que imaginavam que os dois poderiam avançar para uma solução definitiva sobre o assunto. As informações são da Folha de São Paulo.

O PT já reafirmou diversas vezes que o nome da legenda para disputar o governo paulista será o do ex-prefeito Fernando Haddad (PT-SP). Lula também já fez declarações taxativas sobre a candidatura.

A agremiação considera que já abriu mão de concorrer em diversos estados, como Pernambuco e Rio de Janeiro, para apoiar candidatos do PSB. E quer a reciprocidade com o apoio dos socialistas a Haddad em SP.

França, no entanto, mantém a posição de só retirar a própria candidatura, em nome da união das legendas, depois da realização de pesquisas eleitorais que mostrem qual dos dois nomes é o mais viável para vencer a disputa pelo governo de São Paulo. E defende que os petistas e Haddad mostrem a mesma disposição.

Hoje, Haddad aparece à frente, com 28% dos votos contra 18% de França, segundo pesquisa divulgada pelo instituto Ipespe na semana passada.

TV Globo bloqueia compra de casa feita por homem com pix errado de R$ 318 mil realizado pela emissora

Divulgação

No início do mês de fevereiro, foi divulgado que um homem recebeu, por engano, um pix de R$ 318 mil da TV Globo, e não devolveu o dinheiro. A transferência errada aconteceu no final do ano passado e só agora Justiça concedeu decisão favorável à emissora.

O dinheiro na realidade deveria ser depositado para um jornalista que tinha acabado de aceitar um acordo trabalhista com a emissora.

Mas em vez disso, foi transferido para Marco Antônio Rodrigues dos Santos, que não tinha nada a ver com o caso. A TV Globo tentou contato com ele através de aplicativos de mensagem, mas ficou sabendo que o homem havia comprado um imóvel com o dinheiro que foi transferido por engano.

A emissora conseguiu que a Justiça bloqueasse o imóvel, evitando que o homem conseguisse finalizar a compra. De acordo com o Notícias da TV, o responsável pela decisão favorável à emissora foi o juiz Luiz Felipe Negrão, da 3ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

O juiz decidiu que o equívoco no depósito do dinheiro aconteceu pela falta de atualização de dados de quem deveria receber a quantia no setor financeiro da TV Globo.

Remédios usados por Paulinha Abelha podem ter causado lesão na cantora

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

A equipe médica que se dedicar a cuidar da cantora Paulinha Abelha, vocalista da banda Calcinha Preta, promoveu uma entrevista coletiva, na terça (21), para explicar os detalhes da situação da artista.

Na conferência, os médicos contaram as condições clínicas da cantora ao dar entrada na unidade saúde e também falaram sobre o coma profundo, de grau três, que ela enfrenta.

Os profissionais também levantaram a suspeita de que remédios usados por Paulinha possam ter causado a lesão que levou a cantora ao estado no qual se encontra.

Os médicos estão utilizando o termo “síndrome tóxico-metabólica” para se referir ao caso de Paulinha.

Ao explicar sobre o que o termo significa, a equipe afirmou que alguma substância que está circulando no corpo da paciente está causando “uma cascata de inflamações ou lesões ou de lesões nesses órgãos”.

Apesar de ressaltarem que os remédios usado por Paulinha estavam sob “caráter supervisionado”, há a hipótese de que a paciente tenha uma lesão decorrente dos tratamentos e medicamentos usados.

Morte cerebral
De acordo com os médicos, o estado de “morte encefálica” é declarado após análise minuciosa dos profissionais, feita de forma contínua e diária, das funções orgânicas do paciente.

No momento, os médicos descartam a possibilidade de Paulinha Abelha ter morte encefálica.