Exoneração de Rita Serrano da presidência da Caixa é publicada no Diário Oficial desta segunda

A exoneração de Rita Serrano da presidência da Caixa foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (30). A saída foi anunciada na última quarta (25), após uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Rita será substituída por Carlos Antônio Vieira Fernandes, funcionário aposentado do banco ligado ao presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Após a confirmação da troca, a ex-presidente do banco afirmou que enfrentou o desafio de “ser mulher em espaços de poder” nos dez meses em que ocupou o cargo. “Ser mulher em espaços de poder é algo sempre desafiador. Não foi fácil ver meu nome exposto durante meses a fio na imprensa”, escreveu ela.

“Espero deixar como legado a mensagem de que é preciso enfrentar a misoginia, de que é possível uma empregada de carreira ser presidente de um grande banco e entregar resultados, de que é possível ter um banco público eficiente e íntegro, de que é necessário e urgente pensar em outra forma de fazer política e ter relações humanizadas no trabalho”, declarou Rita.

Servidora do banco desde 1989, Rita afirmou que voltará a ser bancária. Ela sofria desgaste no governo e no mundo político desde o primeiro semestre, e seu cargo já era negociado desde julho.