Gabriel Diniz, do hit ‘Jenifer’, morre em acidente de avião

Gabriel Diniz, famoso pelo hit “Jenifer”, morreu em um acidente de avião hoje, em Sergipe, na região de Porto do Mato, em Estância. O músico, que tinha 28 anos, estava a bordo de uma aeronave que caiu em um mangue. A assessoria de imprensa do cantor confirmou que ele e os dois tripulantes que estavam estava a bordo morreram. Um passaporte de Gabriel Diniz foi achado junto aos destroços.

“A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com está triste notícia que pegou todos de surpresa nessa manhã, 27. Com muito pesar confirmamos a morte do Gabriel Diniz e de todos tripulantes! O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde. Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma! Estendemos nossos sentimentos também aos familiares dos outros tripulantes envolvidos”, diz o comunicado oficial.

O cantor havia feito um show na noite de ontem em Feira de Santana, na Bahia, e partiu de um voo fretado de Salvador.

Gabriel Diniz nasceu em 18 de outubro de 1990, em Campo Grande, no estado de Mato Grosso do Sul. Quando era adolescente, mudou-se para João Pessoa, na Paraíba, onde teve mais contato com a música e fez parte de vários grupos. Montou uma banda com amigos e também foi vocalista do Forró na Farra e Cavaleiros do Forró.

Seu primeiro álbum solo, “GD Verão”, foi lançado em novembro de 2016. No ano seguinte veio “GD”. Seu lançamento mais recente é “À Vontade”, lançado em fevereiro desse ano.

O maior sucesso do cantor é o single “Jenifer”, que dominou as paradas de sucesso das rádios e streaming. “Não sou um artista de uma música só. Já tenho uma história antes e vou mostrar que tenho uma história depois”, disse ele em entrevista.

Carro com 116 quilos de maconha é apreendido pela PRF na BR-232, em Gravatá

Foto: Divulgação/PRF. (Foto: Divulgação/PRF.)

Um homem foi detido e teve o carro apreendido após transportar 120 quilos de maconha. A droga foi achada dentro das portas, do parachoque, dos bancos e dentro assoalho do veículo. A abordagem foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), neste domingo (26), no quilômetro 71 da BR 232, no município de Gravatá.

Questionado pelos policiais, o motorista, de 25 anos, que não teve a identidade revelada informou que foi contratado para realizar o transporte do entorpecente. O carregamento havia saído do Paraguai e seria entregue em Abreu e Lima, no Grande Recife. O condutor é do Recife e disse ainda que foi a primeira vez que realizou esse tipo de transporte, devido a dificuldades financeiras.

O efetivo suspeitou do condutor, que apresentou nervosismo e os policiais realizaram uma vistoria no automóvel até encontrar 156 tabletes do entorpecente. A abordagem ao veículo, com placas do Recife, foi realizada pelo Núcleo de Operações Especiais da PRF. Os policiais não identificaram registro de roubo do veículo, que e está em nome de outra pessoa.

O suspeito foi detido e encaminhado junto com a droga à Delegacia de Polícia Federal, no Cais do Apolo, centro do Recife, e deverá responder pelo crime de tráfico internacional de drogas, com pena de cinco a 15 anos de reclusão, e multa.

Mais de 370 mil ainda não se vacinaram em Pernambuco

Resultado de imagem para vacinação gripe

Cerca de 2,2 milhões de pessoas foram vacinadas contra o vírus da gripe em Pernambuco. Após o segundo Dia D de vacinação contra a influenza, cerca de 86% do total de 2,6 milhões de pernambucanos inclusos no público-alvo da campanha receberam a imunização. O estado é o terceiro no país com o maior percentual de protegidos. Até o momento, atingiram a meta mínima de 90% os grupos formados pelos funcionários do sistema prisional, professores, indígenas, puérperas, trabalhadores de saúde e gestantes. A campanha de vacinação segue até sexta-feira para os mais de 370 mil que ainda não foram imunizados.

Compesa retoma o abastecimento em Solidão

Resultado de imagem para aguas nas torneiras

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) retomou o abastecimento de água na cidade de Solidão. A iniciativa se deu graças a recuperação do nível da Barragem Nossa Senhora de Lourdes, que estava em colapso desde outubro do ano passado. As chuvas registradas nos últimos dois meses permitiram o armazenamento de água no manancial que, hoje, com 55% de sua capacidade, representa um volume de 540 mil metros cúbicos. O novo calendário de distribuição de água será divulgado pela Compesa nesta segunda-feira (27).

A Estação de Tratamento de Água (ETA) Solidão não estava funcionado devido a barragem ter secado pelos sete meses sem chuva. Mas a situação foi revertida no último domingo (19), quando os técnicos da Compesa começaram os testes para reativar a operação do sistema.

A utilização de carro-pipa foi a única alternativa dos moradores durante o período de colapso da barragem. Mas agora os 5,7 mil habitantes de Solidão voltaram a receber água nas torneiras. “Após identificar que a barragem havia atingido um volume suficiente para retirada de água, começamos imediatamente os testes operacionais e de qualidade para retomar o abastecimento de Solidão”, esclarece o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Gileno Gomes.

Papa Francisco recebe cacique Raoni em audiência privada

Resultado de imagem para papa e o cacique

O papa Francisco recebeu nesta segunda-feira (27), em reunião reservada, o líder indígena brasileiro Raoni Metukire, de origem kayapó. Na ocasião, o cacique apresentou demandas do movimento indígena, sobretudo aquelas que têm relação com as condições de vida de povos que vivem na região amazônica.

Em uma viagem feita ao Chile e ao Peru, em janeiro do ano passado, o pontífice afirmou que “provavelmente, nunca os povos originários amazônicos estiveram tão ameaçados nos seus territórios com o estão agora”. O líder religioso também disse, na oportunidade, que “a defesa da terra não tem outra finalidade senão a defesa da vida”.

De acordo com o Vaticano, o encontro desta segunda-feira quase foi cancelado, por pressão de representantes da indústria madeireira e do agronegócio, mas foi confirmado no domingo (26). O compromisso se insere no contexto da Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a região Pan-Amazônica, que tem como tema Amazônia: Novos Caminhos para a Igreja e por uma Ecologia Integral. O evento será realizado entre os dias 6 e 27 de outubro, em Roma.

Família morre em acidente de carro na BR-423, em Garanhuns

FOTO: PRF / Divulgação  (FOTO: PRF / Divulgação )

Três pessoas da mesma família morreram após o carro em que elas estavam bater de frente com um caminhão no Km-87,8 da BR-423, em Garanhuns. As vítimas, identificadas como Patrícia Monteiro, 42, e Kalline Monteiro, 36, eram parentes e morreram no local. O motorista, Iury Monteiro, 23, também veio a óbito. As vítimas eram da cidade de Belém, no estado de Alagoas. O acidente acontecem na manhã deste sábado (25).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão atingiu a traseira do carro modelo Ônix, onde estava a família. O impacto foi tão forte que o veículo foi arremessado para o outro lado da rodovia e atingiu frontalmente uma carreta que vinha no sentido contrário. O motorista do caminhão que acertou a parte traseira do carro da família fugiu sem prestar socorro. Já o da carreta permaneceu no local. Ainda de acordo com a PRF, o motorista da carreta passou pelo teste do bafômetro, que acusou negativo para alcoolemia.

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 48 milhões

Resultado de imagem para mega sena

Nenhum apostador acertou os números sorteados pela Caixa Econômica Federal na Mega-Sena deste sábado (25), concurso 2.154. Os números sorteados foram 07, 25, 41, 47, 50, 53.

A estimativa da Caixa para o prêmio do próximo concurso, a ser sorteado na próxima quarta-feira (29) é de R$ 48 milhões.

O valor da aposta simples, em seis números, é de R$ 3,50. A possibilidade de acerta é de uma em mais de 50 milhões. A aposta mais cara é de R$ 17.517,50, em 15 números. Neste caso, a possibilidade de acertar é de uma em 10 mil.

Governo pretende gastar R$ 7 milhões em carros para família de Bolsonaro e de Mourão

Resultado de imagem para bolsonaro

O governo federal pretende desembolsar até R$ 7,14 milhões na compra de carros blindados para a segurança dos familiares do presidente Jair Bolsonaro e do vice-presidente Hamilton Mourão.

Com o argumento de que houve um aumento da demanda na atual gestão, o GSI (Gabinete de Segurança Institucional) autorizou a realização de um pregão eletrônico, no início de junho, para a aquisição de um total de 29 veículos, dos quais 17 blindados e 12 normais.

O edital de compra especifica que o comboio de segurança para cada um dos familiares deve ser composto de dois veículos, da mesma marca e modelo, sendo um blindado e outro normal. A necessidade de serem iguais, segundo o documento, tem como objetivo evitar a identificação do carro que transporta o familiar.

Serra Talhada e São José do Belmonte receberão mutirões da Compesa

Resultado de imagem para compesa

Dois mutirões de negociação de dívidas do Procon-PE, em parceria com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), vão movimentar as cidades do Sertão do Estado no final deste mês de maio. Entre os dias 27 e 29, a chance será oferecida para os clientes de Serra Talhada, já em São José do Belmonte, o serviço chega nos dias 30 e 31.

Acordos – Segundo a Compesa, durante os mutirões, serão disponibilizadas condições para parcelamentos da dívida, em até 48 vezes, e descontos para pagamentos à vista, dependendo da situação financeira e da quantia do débito. Em ambas as cidades o atendimento será das 9h às 14h.

Em Petrolina, Paulo Câmara é vaiado e Bolsonaro diz que Brasil é ‘um só’

O governador pernambucano acompanhou Bolsonaro em suas duas agendas no Estado / Foto: Divulgação

Com a frase de que tem um ‘coração pernambucano’, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) lembrou na cidade de Petrolina, que o Brasil é um só e que não estaria no Nordeste, e sim, no Brasil. “Sou o presidente de todos vocês. Disse há pouco em reunião com os governadores que temos de botar o Brasil em local de destaque. Juntos chegaremos lá. O Brasil é nossa pátria, um só povo, uma só raça. Eu não estou no Nordeste, estou no Brasil”, disse o capitão.

Dessa vez, o capitão inaugurou um condomínio particular de 472 apartamentos, do Programa Minha Casa Minha Vida. O empreendimento foi financiado pela Caixa Econômica Federal com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

“Que não seja apenas uma visita institucional. Hoje, o senhor (Bolsonaro) está realizando um sonho de mais de 472 famílias. Que antes pagavam aluguel, que antes não tinha o sonho da casa própria”, afirmou o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (sem partido).

O capitão reformado ainda anunciou uma linha de crédito da Caixa para produtores de uva e manga no Vale do São Francisco.

Bolsonaro esteve acompanhado dos ministros Osmar Terra (Cidadania), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional), Floriano Peixoto (Secretaria-Geral), Santos Cruz (Secretaria de Governo) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), além de políticos locais como o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE) e Bezerra Coelho.

Justiça eleitoral cancela 2,4 milhões de títulos

Resultado de imagem para titulos de eleitor cancelados

A Justiça Eleitoral cancelou 2.486.495 títulos de eleitores em todo o país e no exterior, por ausência nas três últimas eleições consecutivas. As informações foram divulgadas nesta sexta-feira (24) e podem ser acessadas na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na área Serviços ao Eleitor – Situação eleitoral – consulta por nome ou título. O eleitor também pode comparecer a qualquer cartório eleitoral com um documento de identificação com foto.

A maioria dos títulos cancelados está na Região Sudeste (1.247.066), seguido do Nordeste (412.652), Sul (292.656), Norte (252.108), Centro-Oeste (207.213) e 74.800 de eleitores residentes no exterior. Segundo o TSE, cada turno é contabilizado como uma eleição.

O estado de São Paulo lidera o número de cancelamentos, com 674.500 títulos cancelados; seguido do Rio de Janeiro, com 299.121; de Minas Gerais, com 226.761; do Rio Grande do Sul, com 120.190; do Paraná, com 107.815; e de Goiás, com 96.813.

Entre as capitais, a cidade de São Paulo (SP) também encabeça o ranking, com 199.136 documentos cancelados. Em seguida, estão o Rio de Janeiro (RJ), com 126.251; Goiânia (GO), com 39.841; Manaus (AM), com 36.372; Curitiba (PR), com 35.539; e Brasília (DF), com 35.063. A cidade de Belém, capital do Pará, teve apenas 12 títulos de eleitor cancelados.

Regularização – Quem teve o título cancelado deverá pagar uma multa no valor de R$ 3,51 por turno faltante. Em seguida, poderá fazer a regularização da sua situação no seu cartório eleitoral, levando documento de identificação oficial original com foto, comprovante de residência e o título, se ainda o possuir.

A regularização do título eleitoral cancelado somente será possível se não houver nenhuma circunstância que impeça a quitação eleitoral, como omissão de prestação de contas de campanha e perda ou suspensão de direitos políticos, por exemplo.

Garanhuns: Ministério Público recorre à Justiça após Estado descumprir decisão judicial por mais de um ano

Em razão do descumprimento de uma liminar concedida em abril de 2017 obrigando o Estado de Pernambuco a promover adequações no Centro Estadual de Acolhimento de Crianças e Adolescentes de Garanhuns (CEAC Garanhuns), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) requereu à Justiça execução de tutela antecipada para bloquear R$ 1.975.000,00 das contas do Estado a título de multa por descumprimento. O valor equivale a 395 vezes a multa diária de R$ 5 mil determinada pela Vara Regional da Infância e Juventude.

Na mesma ação, a Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e Juventude de Garanhuns requereu ainda que o Juízo determine a intimação do procurador-geral do Estado para comprovar, no prazo de 15 dias, o cumprimento da decisão judicial de 2017. Caso o Estado de Pernambuco não apresenta evidências de que está dando cumprimento à decisão judicial, o MPPE requereu que seja determinado o afastamento dos secretários estaduais de Desenvolvimento Social, Infância e Juventude, de Administração e da Fazenda, apontados como responsáveis pela omissão em fazer cumprir a decisão.

Na hipótese de afastamento de um ou mais secretários estaduais, o promotor de Justiça Domingos Sávio Pereira Agra requereu ainda que a Justiça determine ao substituto a mesma obrigação de comprovar, dentro de 15 dias após a posse, que tomou iniciativas para cumprir a decisão judicial, sob pena de afastamento.

Entenda o caso — a Promotoria de Justiça de Garanhuns obteve, em abril de 2017, decisão liminar determinando que o Estado de Pernambuco providenciasse uma série de melhorias na estrutura do CEAC Garanhuns para adequar o serviço ao que estabelece o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A unidade, que tem por finalidade receber crianças e adolescentes que foram separados de suas famílias por motivos de vulnerabilidade e violência, até hoje convive com o problema da superlotação. Na unidade de Garanhuns vivem hoje 47 crianças, quando o máximo permitido pela legislação é de 20.

Além disso, a decisão judicial estabeleceu que o Estado deveria assegurar a presença de um educador para cada dez acolhidos; realizar reformas para dar condições de higiene, habitabilidade, segurança e acessibilidade ao imóvel do CEAC.

“O Estado de Pernambuco permanece protelando a adoção das medidas cabíveis para oferecer um acolhimento digno paras as crianças e adolescentes mantidos sob a tutela estatal, contrariando ordem judicial”, ressaltou o promotor de Justiça.

Deputados visitam barragem de Brotas

Uma comissão formada por deputados, vereadores e sociedade civil esteve visitando a barragem de Brotas na tarde desta sexta (24) em Afogados da Ingazeira.

Estiveram presentes os deputados estaduais Antônio Moraes e Waldemar Borges, além de vereadores de Afogados da Ingazeira a exemplo de Augusto Martins, Daniel Valadares, Renaldo Lima, Raimundo Lima, Cícero Miguel, Luiz Bizourão e Agnaldo Rodrigues (Cancão). O padre Luiz Marques (Pe. Luizinho) que é membro do comitê de bacias do Pajeú além de representar o comitê, também esteve representando o Grupo Fé e Política da diocese de Afogados da Ingazeira. A Compesa esteve representada por Girleno Gomes e Washington Jordão.

Inicialmente, o padre Luizinho fez uma explanação mostrando que as barragens que foram construídas ao longo do Rio Pajeú nunca passaram por manutenção e que foram realizados vários levantamentos mostrando a real situação das barragens, foram entregues aos governos do Estado (Eduardo Campos e Paulo Câmara) e que até agora não houve uma atenção devida por parte do governo.

Depois, a comitiva desceu até as proximidades da comporta, onde verificaram, in loco, os vazamentos no sangradouro que circularam através de vídeos nas redes sociais, bem como a vegetação que dificulta o acesso a barragem.

O deputado Antônio Moraes que é membro da comissão formada na Assembleia Legislativa, pediu que fossem enviadas as sugestões de Brotas que, ao término do trabalho da comissão na Alepe, vai ser criada uma lei para manutenções periódicas por parte da Compesa ou Recursos Hídricos nas barragens que sejam gerenciadas pela Compesa.

TCE julga processos de Câmaras municipais

A Primeira Câmara do TCE julgou nesta quinta-feira (23) as contas de gestão das câmaras municipais das prefeituras de Calçado, Macaparana, São Joaquim do Monte e Tacaimbó, todas do exercício financeiro de 2017 e com julgamento pela regularidade com ressalvas.

Os processos de São Joaquim do Monte (n° 181003405) e Tacaimbó (n° 181000477) tiveram como relator o conselheiro substituto Carlos Pimentel, os interessados foram José Lenilson da Silva (presidente da Câmara), Carlos Fernandes Monteiro (contador) e Maria Edjailma Cabral (controle interno) por São Joaquim do Monte e Givanildo João da Silva (presidente), Antonio Fernando de Abreu (controle interno) e Tadeu Andre Bezerra (contador) por Tacaimbó.

Em relação a Calçado os interessados no processo (n° 181006169) de relatoria do conselheiro substituto Luiz Arcoverde Filho foram Severino Ramos dos Santos Silva (presidente) e Walfredo Carneiro Cavalcanti Júnior (contador).

Por fim, no processo (n° 181005955) de Macaparana os interessados foram José Ivaldo Brandão de Morais (presidente) e Maria José de Lira (contadora), neste caso, devido a algumas irregularidades, houve aplicação de multa no valor de R$ 4.144,75 ao presidente da Câmara, além de algumas determinações visando ao fortalecimento dos controles internos e à eficiência da Entidade.

Os votos foram aprovados por unanimidade. Representou o Ministério Público de Contas o procurador Ricardo Alexandre.

Alunos debatem direitos das mulheres em Serra Talhada

FOTO: Divulgação/PMPE (FOTO: Divulgação/PMPE)

A defesa e os direitos das mulheres foi debatido por estudantes da Escola Estadual Antônio Timótio, localizada no bairro de Bom Jesus, em Serra Talhada, no Sertão pernambucano. A ação foi promovida pela Polícia Militar, através do 14º BPM, em parceria com o Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM).

Os alunos do ensino médio esclareceram suas dúvidas sobre a Lei Maria da Penha. Temas como violência, medidas protetivas de urgência, rede de proteção e formas de impedir a violência doméstica foram abordados.

O sargento J. Coelho, do 14º BPM, a advogada Simone Soares, a assistente social Vilma Quint e a psicóloga Nadlene Rodrigues, todas do CEAM, coordenaram o evento.