Crise: Prefeitura corta grandes atrações do São João de Patos, a exemplo de Safadão, Gustavo Lima e Xand Aviões

Imagem relacionada

O prefeito interino de Patos-PB, Sales Júnior (PRB), anunciou nesta segunda-feira (6) que irá cortar as grandes atrações que iriam se apresentar nos festejos de São João no município. De acordo com o prefeito, a medida é devido à crise financeira pela qual a cidade vem passando. Com a decisão, atrações importantes como Wesley Safadão, Gabriel Diniz, Gusttavo Lima, Xand Aviões, entre outros, não irão mais tocar no Terreiro do Forró.

Segundo Sales, seria uma irresponsabilidade realizar o São João nos moldes das últimas edições. “Não posso fazer de todo jeito porque eu preciso manter a merenda escolar, os insumos e os medicamentos nas UPA, garantir o posto de gasolina em dia para abastecer a viatura do Samu e eu não posso interromper isso para fazer o São João, isso seria irresponsabilidade”, falou.

Porém, ele garantiu que os festejos acontecerão, mas sem as apresentações que chegaram a ser anunciadas para o Terreiro do Forró. “O São João de Patos vai acontecer, 100% voltado para cultura, potencializando e voltando mais ainda a nossa tradição. O que estamos suspendendo são aquelas festas que eram realizadas no Terreiro do Forró”, disse.

Fábrica da Jeep em Goiana para até 15 de maio

Imagem relacionada

O agravamento da crise argentina, que reduziu o poder de compra dos hermanos, tem impactado a indústria automotiva brasileira. Afinal, é para a Argentina que vai grande parte dos carros brasileiros produzidos para exportação.

De acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a Argentina é o principal parceiro comercial do Brasil. Por isso, o volume de exportações das montadoras brasileiras caiu 42% no primeiro trimestre deste ano, passando de 180,2 mil em 2018 para 104,6 mil veículos em 2019. E essa queda já vem sendo sentida pela indústria pernambucana.

De acordo com a Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe), se comparado o primeiro trimestre do ano passado com o mesmo período deste ano, o Estado exportou 62% a menos de veículos em 2019. Só a Fábrica da Jeep de Goiana teve queda de 83% em relação ao período de janeiro a abril do ano passado, quando foram exportados 9,5 mil modelos Jeep, com a Argentina sendo o principal receptor desses produtos.

A montadora, por sinal, parou suas atividades ontem em Goiana. A Jeep informou, porém, que a parada não está relacionada ao cenário externo. “A interrupção é parte do calendário da empresa, para a realização de manutenção preventiva na planta”, alegou a Jeep, que ficará parada até 15 de maio. “As atividades serão retomadas normalmente na terça-feira (16) nos três turnos de produção”, afirmou a montadora, que chamou a paralisação de “parada técnica programada” e que, no fim do ano passado, já havia interrompido a produção por três dias por conta da crise argentina.

Assessor da presidência da Fiepe, Maurício Laranjeira afirma, porém, que a piora no mercado argentino impacta diretamente a produção pernambucana. “O impacto existe, como dá para ver na balança comercial. A Argentina é um grande mercado, mas a população está sem poder de compra.”

Vale lembrar que somente a Fábrica da Jeep de Goiana produz mil veículos por dia. Por isso, na parada, pelo menos oito mil carros devem deixar de ser produzidos. Em abril de 2019, as vendas da Jeep no mercado brasileiro alcançaram 10.699 unidades. Entre janeiro e abril, as vendas acumuladas somam 39.382 unidades, 4,9% de participação no mercado.

Bispo de Garanhuns é eleito novo presidente do regional Nordeste 2 da CNBB

Dom Paulo Jackson é eleito novo presidente do regional Nordeste 2 da CNBB

Durante a 57ª Assembleia Geral da CNBB, que está sendo realizada em Aparecida/SP, foram realizadas eleições para os novos presidentes dos 18 regionais da CNBB. Para o NE2, foi eleito dom Paulo Jackson, bispo diocesano de Garanhuns, sucedendo dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, que estava na função há dois mandatos consecutivos. Dom Paulo Jackson foi eleito para o quadriênio 2019-2022.

Deputado Wanderson Florêncio anuncia saída da bancada governista

O deputado Wanderson Florencio (PSC) anunciou, na Reunião Plenária desta segunda (6), ter deixado a bancada governista da Alepe. Segundo o parlamentar, a decisão foi tomada, entre outros motivos, pela falta de diálogo com os deputados aliados, pela aliança com o PT nas eleições de 2018 e pelo que ele vê como “campanha antecipada das eleições de 2020 por parte do PSB na Capital”.

“Após três meses de mandato, não consigo me manter na desesperança desse grupo político no qual não mais acredito. É um desestímulo fazer parte da base do Governo, pois o Executivo faz ouvidos moucos para esta Casa, numa relação gélida, hostil e desatenciosa com seus aliados”, afirmou. “Sempre busquei, em meus mandatos, criar pontes. Eu insisti nessa postura sem lograr qualquer reciprocidade. Se ser aliado crítico não serve, prefiro manter minha independência”, considerou, registrando ter sido aliado do PSB nos governos de Eduardo Campos, no Estado, e de Geraldo Julio, na Prefeitura do Recife.

O deputado avalia que “não há a menor perspectiva de uma melhora dessa relação com os parlamentares”. “A aliança com o PT, iniciada na campanha eleitoral da maneira mais medonha já vista, reduz a quase nada a importância de Pernambuco no cenário nacional. O Governo Estadual defende posições populistas, irrealistas e rasas, apequenando as nossas tradições políticas”, considerou.

Wanderson Florêncio também acusou o PSB de usar indevidamente a máquina pública para favorecer a pré-candidatura a prefeito do Recife do deputado federal João Campos (PSB-PE). “O 11º andar da Prefeitura virou um comitê eleitoral de uma campanha antecipada, onde todos os despachos só têm o sentido de pavimentar a candidatura de João Campos. Não hesitarei em usar essa tribuna para denunciar essa situação”, declarou.

Ele relembrou que, quando vereador da Câmara do Recife, apresentou projeto para denominar o parque que será instalado no terreno do Aeroclube do Pina de Parque Boa Viagem. “Um integrante da Prefeitura pediu para retirar esse projeto, pois o nome a ser indicado para o local seria Parque Eduardo Campos”, destacou. “Precisamos mostrar que Recife e Pernambuco não têm dono. O governador Eduardo Campos estaria constrangido se estivesse vendo isso”, opinou.

Os parlamentares da bancada oposicionista saudaram a decisão de Florêncio. “Recife e Pernambuco não podem mais passar pelo que estão passando. São 20 anos de PT e PSB no Governo, um período que poucas ditaduras alcançaram no poder”, declarou o líder da Oposição, Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB).

Para Priscila Krause (DEM), a entrada do colega na Oposição “não vai contribuir só com o nosso grupo, mas com o Estado, a cidade do Recife e todas as pessoas que fazem política com convicção”. Álvaro Porto (PTB) parabenizou o deputado do PSC “pela coragem em tomar essa decisão”. “Sabemos que muitos dos estão na base do Governo têm vontade de fazer o que você fez”, afirmou o petebista.

Carga de madeira apreendida em Salgueiro é doada a casa de acolhimento

Crédito: PRF/Divulgação

Uma carga de 23 metros cúbicos de madeira apreendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi doada, nesta segunda-feira (6), para a construção de salas na Casa de Acolhimento São Francisco de Assis, em Salgueiro. A entrega foi realizada pela Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) e pela PRF na sede da instituição, localizada próximo à BR 116.

A carga de madeira havia sido apreendida durante uma fiscalização da PRF na mesma rodovia, em Salgueiro. Na ocasião, o motorista foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal, pois apresentou uma documentação da mercadoria com indícios de falsificação. A Casa de Acolhimento São Francisco de Assis é mantida pela Diocese de Salgueiro e oferece assistência para dependentes químicos.

Incêndio, sem vítimas, na Feira da Sulanca, em Caruaru

Segundo informações iniciais, não houve vítimas. Foto: Reprodução

No início da noite desta segunda (6), por volta das 18h, o Corpo de Bombeiros foi acionado para conter um incêndio no espaço da Brasilit, na Feira da Sulanca, Caruaru.

O fogo foi controlado por volta das 20h. Foram enviadas cinco viaturas, dentre elas Auto Bomba Tanque, Auto tanque, Auto Resgate e Auto Comando de Operações. Não há registros de pessoas feridas até o momento. A causa do incêndio ainda não foi identificada. Segundo testemunhas, houve dificuldade em controlar as chamas.

A Feira da Sulanca é composta por quase 5 mil bancos, nos quais são comercializados diversos tipos de mercadorias. Recebe centenas de feirantes e compradores ao longo do ano. Esse não é o primeiro incêndio na feira da sulanca em Caruaru. Em novembro de 2018, um incêndio de pequenas proporções atingiu o local, depois que populares colocaram fogo em uma área de vegetação nos arredores da feira. Já em maio de 2017, 25 pontos comerciais localizados no espaço Brasilit pegaram fogo. Na época, a especulação era de que um vazamento de gás teha motivado as chamas.

Dom Walmor Azevedo, arcebispo de Belo Horizonte, é eleito novo presidente da CNBB

Dom Walmor Azevedo, arcebispo de Belo Horizonte (MG), é eleito novo presidente da CNBB

O arcebispo de Belo Horizonte (MG), dom Walmor Oliveira de Azevedo, foi eleito na tarde desta segunda-feira, 6 de maio, como presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O novo presidente foi escolhido pelos episcopado brasileiro que participa, em Aparecida (SP), da 57ª Assembleia Geral da CNBB no terceiro escrutínio, após receber a maioria absoluta de votos do total de 301 bispos votantes.

Como manda o Estatuto da CNBB, o até então presidente cardeal sergio da Rocha perguntou a dom Walmor se aceita ser presidente. “Aceito com humildade, aceito com temor e aceito à luz da fe”, foram as primeiras palavras que ele dirigiu à plenária da 57ª. Só à luz da fé, segundo dom Walmor, será possível recuperar a força da colegialidade da Igreja no Brasil a partir de uma escuta muito profunda dos irmãos e do povo de Deus. Ele pediu a Deus que não lhe falte sabedoria para assumir este serviço.

Nascido em 26 de abril de 1954, dom Walmor é natural de Côcos (BA). É o primeiro baiano a estar à frente da CNBB. O novo presidente da Conferência é doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana (Roma, Itália) e mestre em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico (Roma, Itália).

Em sua trajetória de formação, cursou Filosofia no Seminário Arquidiocesano Santo Antônio (1972-1973), em Juiz de Fora (MG), e na Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras (1974-1975), em São João Del-Rei (MG). De 1974 a 1977, cursou Teologia no Seminário Arquidiocesano Santo Antônio, em Juiz de Fora. Em 9 de setembro de 1977 foi ordenado sacerdote, incardinando-se na arquidiocese de Juiz de Fora.

Corte em repasses federais para universidades repercute no Plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco

Anunciado na última semana pelo Ministério da Educação, o corte de 30% nos recursos destinados às instituições federais de Ensino Superior repercutiu na Reunião Plenária desta segunda (6). Os deputados Professor Paulo Dutra (PSB) e João Paulo (PCdoB) criticaram o bloqueio orçamentário feito pelo Governo Federal e falaram sobre os efeitos da medida no funcionamento das universidades e institutos federais localizados em Pernambuco.

Segundo o socialista, a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) deixará de receber, apenas em 2019, R$ 55,8 mi. Os cortes somarão R$ 23,6 mi na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE); R$ 11 mi na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e R$ 22,5 mi no Instituto Federal de Pernambuco (IFPE). “Os serviços de manutenção, como segurança, limpeza e energia serão comprometidos, assim como os projetos de pesquisa e extensão”, alertou Dutra. “Não podemos admitir isso”, acrescentou.

Por sua vez, o deputado João Paulo repercutiu as consequências do corte orçamentário no Agreste Central, especialmente no município de Pesqueira e seu entorno. A localidade possui um campus do IFPE. “A medida vai impactar na formação técnica e profissional da população daquela região. Isso trará consequências, também, do ponto de vista econômico e estratégico”, analisou. O parlamentar informou que manifestações contra a medida estão sendo programadas em todo o País.

João Paulo também aproveitou o discurso para citar reportagem em que o líder da “Bancada da Bala” no Congresso Nacional, deputado Capitão Augusto Rosa (PR-SP), afirma haber risco real de impeachment do presidente Jair Bolsonaro devido à falta de articulação do Executivo com o Congresso Nacional.

Em PE, 169 homicídios foram encerrados sem a polícia apontar culpado

Resultado de imagem para crimes em pernambuco

Em 2018, 169 casos de homicídio foram encerrados sem que a Polícia Civil de Pernambuco conseguisse achar os autores. Se já não bastasse o luto pela pessoa que teve a vida ceifada, familiares e amigos agora precisam conviver com a impunidade.

Para o presidente da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe), Francisco Rodrigues, há relatos internos que dizem que o Governo do Estado dá prioridade para investigar crimes do ano vigente.

Dos 169 homicídios sem culpados apontados, 154 foram registrados em municípios do interior. As cidades que registraram maior número de casos de impunidade foram Toritama com 11, Taquaritinga do Norte com 9, Gameleira com 7 e Palmares com 6. Ainda segundo o presidente da Adeppe, a falta de profissionais e estrutura para trabalho nesses locais são alguns dos principais fatores para o problema.

Bolsonaro confirma aumento de validade da CNH

Jair Bolsonaro, Presidente do Brasil, durante cerimônia de lançamento de selo e medalha comemorativa ao 130° aniversário do Colegio Militar-RJ realizada no Colegio Militar em Rio de Janeiro

O presidente Jair Bolsonaro disse que, em breve, vai encaminhar ao Congresso Nacional uma medida provisória para aumentar o tempo de validade da Carteira Nacional de Habilitação, de cinco anos para dez anos.

Em entrevista ao Programa Silvio Santos, do SBT, na noite de ontem (5), ele também defendeu o aumento no limite tolerado de pontos na carteira de motorista e a retirada de radares das rodovias federais.

“Vinte pontos se perde com muita facilidade. [O motorista] é emboscado em todo lugar”, disse. “Você não tem mais prazer em dirigir, a qualquer lugar que você vá está cheio de radar. O radar extrapolou a ideia de proteger a vida, é caça-níquel para aumentar a arrecadação. É dinheiro que tira do povo”, argumentou o presidente.

De acordo com Bolsonaro, ao assumir o governo havia cerca de oito mil pedidos para instalação de novos radares, que foram engavetados. Segundo ele, os radares instalados nas rodovias federais também serão removidos, conforme os contratos com as empresas forem expirando.

Escolas ganham piscinas no Sertão do Pajeú

No Complexo Educacional Governador Miguel Arraes, crianças do sexto ao nono ano do ensino fundamental têm acesso à natação. Crédito: Roberto Arrais/Divulgação

Em 2005, em sua primeira gestão à frente do município de Carnaíba, o atual prefeito Anchieta Patriota, foi abordado na rua por uma garota que o questionou do porquê não haver piscina na cidade para as pessoas pobres. Na época, havia apenas a piscina da Associação Atlética Banco do Brasil, que dava acesso principalmente aos associados. O questionamento da menina ficou na cabeça de Anchieta Patriota. “As piscinas estiveram relacionadas às classes dominantes e mais ricas. O sertanejo sempre viveu essa realidade”, analisa o gestor, que foi criado tomando banho na beira do Rio Pajeú, que corta Carnaíba. Em 2007, quando inaugurou o Complexo Educacional Governador Miguel Arraes, no bairro Zé Dantas, na região central da cidade, Anchieta teve a preocupação de equipar a unidade escolar com uma piscina. A unidade atende crianças do sexto ao nono ano do ensino fundamental.

“A escola pública tem que ser de qualidade, oferecer o melhor ao aluno. A escola é feita para ele, tem que ser atraente”, destaca a secretária de Educação de Carnaíba, Cecília Patriota. De tão convidativa, a piscina semiolímpica provoca o envolvimento do aluno com a escola de tal forma que a diretora Cleide Alves dos Santos computa os benefícios em termos de evasão. No ano passado, de um universo de 617 alunos somente três evadiram. “Os estudantes gostam da escola e não querem ir para casa. Muitos que estudam em outras instituições querem estudar aqui”, conta Cleide. A piscina tem papel decisivo nessas escolhas por parte dos estudantes.

A matéria é do jornalista Sebastião Araújo e é destaque no Diario de Pernambuco.

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 170 milhões

Resultado de imagem para mega sena

A Mega-Sena acumulou pela 13ª vez consecutiva, neste sábado (4), no concurso 2.148. O prêmio estimado para o próximo concurso vai a R$ 170 milhões. Os números sorteados foram: 08 -15 – 32 – 33 – 58 – 59.

Na quina, 296 apostas acertaram os números e cada apostador vai receber R$ 37.66,84. A quadra saiu para 21.684 ganhadores e cada um vai receber R$ 734,53.

O próximo sorteio será na quarta-feira (8).

Apenas 42% do público alvo tomou a vacina da gripe em Pernambuco

Resultado de imagem para vacina da gripe

Pernambuco atingiu 42,35% do público-alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra à Influenza depois das ações do Dia D, realizadas nesse sábado (4). Dados parciais da Secretaria Estadual de Saúde (SES) mostram que 1.119.488 de pernambucanos foram vacinados contra a influenza. Até o dia 31 de maio, a meta é imunizar, no mínimo, 90% do público-alvo. O que, no estado, representa mais de 2,6 milhões de pessoas.

Até o final da campanha podem se vacinar: crianças entre 6 meses e 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes, idosos (60 anos ou mais), puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas e povos indígenas. A imunização, que protege contra as influenzas A(H1N1), A(H3N2) e B, ainda contempla portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, que devem apresentar prescrição médica no ato da imunização, de acordo com recomendação do Ministério da Saúde (MS); adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Além disso, o Ministério da Saúde orienta vacinar policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas, que devem apresentar documento comprobatório no ato da vacinação, assim como os professores e profissionais de saúde.

MEC corta investimentos do ensino infantil à pós-graduação

Apesar de congelar investimentos na educação básica o ministro da Educação, Abraham Weintraub, defendeu que priorizaria creches  / Foto: Reprodução/YouTube Dukascopy TV

O corte de R$ 5,7 bilhões do Ministério da Educação atinge da educação infantil à pós-graduação. O congelamento inclui verbas para construção de escolas, ensino técnico, bolsas de pesquisa, transporte escolar, além de custeio das universidades federais. A iniciativa atende a um decreto de contingenciamento definido pela área econômica do governo da ordem de R$ 30 bilhões. No MEC, ele envolve, no total, 23% dos valores discricionários (que excluem despesas obrigatórias, como salários). As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Na semana passada, o governo definiu um novo bloqueio de R$ 1,6 bilhão. O adicional de contingenciamento resultará em um corte total de R$ 7,3 bilhões. A divisão desse novo congelamento por área ou órgão ainda passa por análises dentro do MEC. E, apesar do discurso do governo ter sido o de privilegiar a educação básica, especialmente a educação infantil, alfabetização e ensino profissional, essas áreas foram atingidas.

Proposta do XVIII Congresso Eucarístico Nacional é apresentada aos bispos em Aparecida; letra do hino é de autoria do Pe. Josenildo Nunes

Proposta do XVIII Congresso Eucarístico Nacional é apresentada aos bispos

O arcebispo de Olinda e Recife (PE), dom Antônio Fernando Saburido, apresentou aos bispos na 57ª Assembleia Geral da CNBB, as novidades do XVIII Congresso Eucarístico Nacional (CEN), que acontecerá de 12 a 15 de novembro de 2020. O local escolhido remete ao sétimo congresso eucarístico, realizado em 1939, quando a capital pernambucana sediou pela primeira vez o evento. Foram apresentados o hino, a oração e a logomarca do CEN 2020.

Dom Fernando exortou todos a fazerem da comunhão um sacramento verdadeiro e eficaz de partilha. “O desafio é fazer com que o tema do Congresso não fique restrito na formulação simpática, mas se traduza realmente em solidariedade e ajude a retomar a Eucaristia como fonte e estímulo à verdadeira partilha do pão, como a chamava o livro dos Atos dos Apóstolos”, disse. O metropolita salientou ainda a especial relação de carinho que dom Helder Câmara possuía pela Eucaristia: “Ele nunca aceitou separar Eucaristia da preocupação com a justiça social”, acrescentou.

O XVIII Congresso Eucarístico Nacional terá como tema “Pão em todas as mesas”, escolhido por inspiração no contraste social vivenciado no Nordeste e em especial, no Recife. O lema do Congresso é “Repartiam o pão com alegria e não havia necessitados entre eles”.

Materiais – O hino do XVIII CEN foi criado pelo padre Josenildo Nunes, da diocese de Afogados da Ingazeira. Já a logomarca, é de autoria das religiosas Pias Discípulas do Divino Mestre. A oração oficial foi elaborada pela comissão de Liturgia da arquidiocese de Olinda e Recife e consiste em instrumento de intercessão pelo êxito do Congresso, a ser rezada durante os dois anos que antecedem o evento.

A logomarca possui como elementos o Pão e o vinho, a comunidade em torno da mesa, a água do batismo e as pontes do Recife. “É uma síntese de tudo aquilo que o Congresso Eucarístico vem nos transmitir. Ela traz como seu ponto central a Eucaristia, que nos alimenta, que é pão partido e partilhado na vida do povo, no mundo, inserido em uma sociedade, em um meio que traz tão marcado por conflitos e situações diversas”, explicou irmã Paula Souza.