Amazônia tem 8.590 km quadrados de área desmatada em 1 ano

Área desmatada e queimada

A Amazônia completou mais um período de elevada destruição. De agosto de 2021 até julho de 2022, foram derrubados 8.590,33 km² do bioma. A taxa é a terceira maior do histórico recente do Deter, ferramenta do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) que mede desmatamento praticamente em tempo real. O novo dado só fica atrás de 2019-2020 e de 2020-2021, respectivamente o primeiro e o segundo ano com maiores desmates, segundo o Deter.

A nova taxa de desmate foi divulgada na manhã desta sexta-feira (12) pelo Inpe.

Os novos números deixam ainda mais consolidados os patamares altíssimos de desmatamento alcançados durante o governo Jair Bolsonaro (PL).

Carnaíba: TCE aprova exercício financeiro de 2020 de Anchieta Patriota

A FOLHA DAS CIDADES: Carnaíba: Pesquisa Múltipla revela que Anchieta  Patriota continua liderando cenários para 2020

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), julgou,  nesta quinta (11), a Prestação de Contas de Governo da Prefeitura Municipal de Carnaíba, relativas ao exercício financeiro de 2020, de responsabilidade do atual gestor Anchieta Patriota.

No julgamento, a Segunda Câmara, à unanimidade, emitiu Parecer Prévio recomendando à Câmara Municipal de Carnaíba a aprovação com ressalvas das referidas contas, fazendo determinações a atual gestão.

Em ofício, Sindicato dos Enfermeiros diz que processará Paulo Câmara se piso for adiado para 2023

Governador de PE diz que próximos dias serão duros e anuncia hospitais de  campanha no interior para vítimas de Covid-19 | Pernambuco | G1

O Blog de Jamildo revelou, que reunião, entre a Secretaria de Administração de Pernambuco (SAD) e Procuradoria Geral do Estado (PGE), debateu possíveis manobras jurídicas para adiar a implantação do piso da enfermagem para os profissionais da rede estadual de saúde.

O prazo para pagamento é 31 de dezembro deste ano de 2022. No documento, a entidade sindical diz que vai entrar na Justiça caso o Estado ultrapasse o prazo de dezembro.

O piso é decorrente de lei sancionada recentemente pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem, categoria beneficiada pelo piso, já tinha protocolado um ofício, pedindo uma reunião com o Governo do Estado.

Agora, o Sindicato protocolou um novo ofício, dizendo que poderá processar o governador Paulo Câmara (PSB), caso o gestor não implante o piso salarial.

Caso ATIKUM: Polícia Civil realiza simulação para investigar morte de indígena em abordagem da PM

Edvaldo, tinha 61 anos, era nativo da aldeia Olho D%u2019água do Padre, Terra Indígena Atikum, em Carnaubeira da Penha, PE. (Foto: Reprodução)

Nesta quinta-feira (11), ocorre a reprodução simulada dos fatos da morte de Edvaldo Manoel de Souza, de 61 anos, nativo da aldeia Olho D’água do Padre, Terra Indígena Atikum, em Carnaubeira da Penha. A morte do indígena que ocorreu no dia 15 de junho deste ano e está sob processo de investigação, pois familiares e vizinhos de Edvaldo denunciam que o indígena foi espancado durante interrogatório realizado por policiais militares no quintal de sua casa. Ele morreu a caminho da unidade de saúde.

A abordagem ocorreu devido a suspeita dos agentes sobre uma arma de fogo para caça, na propriedade de Edvaldo. Vizinhos relaram que o indígena já tinha realizado denúncias sobre violência policial em outras ocasiões. A morte do indígena ganhou grande visibilidade e alcance nacional, logo após atingiu redes de comunicações internacionais e ao Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU).

O Conselho Indigenista Missionário (CIMI), o Gabinete de Assessoria Jurídica às Organizações Populares (GAJOP) e o Programa Estadual de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos (PEPDDH) estão ao lado da família acompanhando o caso desde o ocorrido e acompanham a reprodução simulada buscando garantir que seja realizada dentro da legalidade e com o devido rigor técnico exigido.

Vice na chapa de Bolsonaro, Braga Netto recebeu R$ 926 mil em 2 meses

 (Foto: Isac Nóbrega/PR)

O general Walter Braga Netto (PL), candidato a vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro (PL), recebeu R$ 926 mil em dois meses de 2020. O general tem um salário bruto mensal de R$ 31 mil, com a reserva do Exército, mas entre março e junho de 2020, acumulou um montante de R$ 926 mil. A informação foi dada pelo jornal Estado de S. Paulo.

Além de Braga Netto, outros militares do governo, como o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Eduardo Ramos, e o ex-ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque, tiveram pagamentos com valores expressivos em 2020.

Após decisão do TSE, Lula apaga vídeo em que chama Bolsonaro de ‘genocida’

Após decisão do TSE, Lula apaga vídeo em que chama Bolsonaro de 'genocida'

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) apagou nesta quinta-feira (11) a transmissão ao vivo de seu discurso em Garanhuns (PE), no dia 20 de julho de 2022, em que chama o presidente Jair Bolsonaro (PL) de “genocida”. O vídeo acumulava quase 45 mil visualizações em seu canal de YouTube antes da exclusão.

Na quarta-feira (10), o ministro Raul Araújo, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), acolheu um pedido do PL e determinou que a plataforma removesse sete vídeos do discurso de Lula em até 24 horas. Antes de o prazo terminar, o petista tirou o conteúdo do ar.

Maioria do STF vota a favor de reajuste dos próprios salários; valor chegará a R$ 46 mil

Ministros do STF aprovam reajuste em seus próprios salários e também no de servidores do Judiciário

Sete ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votaram nesta quarta-feira, 10, a favor de um reajuste de 18% dos próprios salários, o que eleva de R$ 39 mil para R$ 46 mil o valor recebido mensalmente pelos magistrados. O aumento dos integrantes da mais alta Corte do País vai provocar o chamado “efeito cascata”, elevando também os vencimentos de desembargadores e juízes, como revelou o Estadão.

Os ministros também votaram um aumento com o mesmo percentual para os servidores do Poder Judiciário. O julgamento ocorre em sessão administrativa convocada pelo presidente do Supremo, Luiz Fux. Ainda restam os votos de quatro magistrados. Assim que a votação for encerrada, o projeto de lei elaborado pelos ministros será encaminhado ao Congresso para ser analisado por deputados e senadores, que darão a palavra final sobre os aumentos.

Alcymar Monteiro pede desculpas após ser acusado de humilhar músicos durante apresentação em Santa Terezinha

INSTAGRAM E YOUTUBE/REPRODUÇÃO

O cantor Alcymar Monteiro, nome tradicional da música nordestina, resolveu se pronunciar para pedir desculpas após um vídeo seu brigando com banda em show viralizar nas redes. O momento foi gravado durante show em Santa Terezinha e ganhou repercussão nacional.

A frase que mais causou indignação foi a que Alcymar disse que ele era “quem tinha que aparecer em cima do palco”, e não a banda.

“Para que entortar isso aí hein? Isso daí não pode acontecer. Tô falando em público porque não é a primeira vez que acontece isso em público”, disse o cantor, no começo da reclamação.

Para ele, os músicos estavam em descompasso com a versão original da canção. “Qual é a nota? Simples. Aqui quem tem que aparecer sou eu. Sou eu quem tenho que aparecer. São 36 anos de luta”, continuou.

“Eu dou essas broncas porque se não a coisa vira bagunça. Aqui quem tem que aparecer sou eu. O artita sou eu ou não sou?”, perguntou ao público, que reagiu negativamente.

“Quem quiser fazer concerto, que faça em outro canto, aqui não”, finalizou.

Alcymar Monteiro pede desculpas
O cantor Alcymar Monteiro se pronunciou após a repercussão do vídeo nas mídias sociais. O artista elogiou a banda, a quem pediu desculpas.

“A nossa banda é uma banda maravilhosa. Tem músico que toca nela há mais de 30 anos. Eu peço desculpa pelo o que houve. Não faz parte do meu eu, da minha personalidade. É muito estresse, muita viagem, muito show, muito assédio e tem uma hora que a gente fica exausto. Por isso, estou aqui para pedir desculpa ao pessoal da banda e ao meu público”, disse.

STF marca nova audiência sobre disputa por Fernando de Noronha

Fernando de noronha: Notícias sobre fernando de noronha | Folha Tópicos

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para 8 de novembro deste ano uma nova audiência de conciliação entre representantes do governo federal e de Pernambuco sobre a disputa pela titularidade sobre o arquipélago de Fernando de Noronha.

Na reunião realizada nesta terça (9), representes das partes retomaram as tratativas de conciliação e vão realizar reuniões internas para tratar de questões ambientais e obrigacionais para apresentar uma proposta em novembro.

Na ação protocolada no STF em março deste ano, a Advocacia-Geral da União (AGU) argumenta que o governo estadual não estaria cumprindo um acordo assumido com a União em 2002.

Entre os pontos questionados, está a suposta autorização para construções hoteleiras na faixa de praia sem autorização da Secretaria de Patrimônio da União (SPU).

Em contrapartida, o governo de Pernambuco argumenta que Fernando de Noronha foi incorporado ao estado por determinação da Constituição e que a ação no STF deve ser rejeitada.

Promessa de Bolsonaro, transposição do S. Francisco tem licitação cancelada

Bolsonaro e o então ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, em inauguração de trecho do eixo norte da transposição do São Francisco, em 2020 - Isac Nóbrega/Divulgação

Um dos principais trunfos da campanha de Jair Bolsonaro (PL) para conquistar votos no Nordeste, a transposição do rio São Francisco parece mais longe de ser concluída.

O governo cancelou na última sexta-feira (5) o edital de licitação para a execução do Ramal do Salgado, umas das obras complementares mais importantes e que abasteceria moradores de 54 municípios do semiárido cearense.

Segundo o governo, o motivo do cancelamento foi “um equívoco operacional no cadastramento das condições editalícias no sistema Comprasnet [portal de compras do governo federal]”.

O empreendimento de R$ 600 milhões vem sendo anunciado pelo presidente e candidato à reeleição desde o ano passado. Em outubro, Bolsonaro participou de um evento em Russas, no Ceará, ao lado do então ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (PL), para anunciar e assinar a obra.

“Nos próximos meses concluiremos toda a transposição do São Francisco. Toda a transposição”, disse Bolsonaro à época. Foi anunciado também que a obra beneficiaria 4,7 milhões de pessoas.

O Ramal do Salgado é um dos três do projeto original, da década de 2000, que foram retomados após serem cortados em 2013 pelo governo da então presidente Dilma Rousseff (PT) — além dele, há o do Agreste Pernambucano (que foi entregue em outubro de 2021) e o do Apodi (em obras).

TCU condena Deltan, Janot e Romão a devolverem R$ 2,8 mi gastos na Lava Jato

Da ascensão às polêmicas: conheça a trajetória de Deltan Dallagnol

Os ministros da 2ª Câmara Ordinária do Tribunal de Contas da União, em votação unânime, condenaram nesta terça-feira, 9, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, o ex-chefe da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba Deltan Dallagnol e o ex-procurador-chefe do Ministério Público no Paraná João Vicente Beraldo Romão a ressarcirem, solidariamente, dano de R$ 2,831,808,17 aos cofres públicos em razão de ‘ato de gestão ilegítimo e antieconômico’ ilegais com o aval para pagamento de diárias e passagens a integrantes da extinta força-tarefa. Além disso, os caciques da falecida operação terão de pagar multa individual de R$ 200 mil cada. Cabe recurso.

A Lava Jato foi a maior operação já deflagrada no País contra a corrupção. Aberta em março de 2014, foi extinta em fevereiro de 2021, após a execução de 80 fases ostensivas que levaram à prisão e condenação de doleiros, empreiteiros, lobistas e políticos. Após a decisão do TCU, Deltan – hoje pré-candidato à Câmara dos Deputados – afirmou que a 2ª Câmara da corte de contas ‘entra para a história como órgão que perseguiu os investigadores do maior esquema de corrupção já descoberto na história do Brasil’.

Governador Paulo Câmara tenta adiar implementação do piso da enfermagem

PISO ENFERMAGEM: Veja NOVOS salários para ENFERMEIROS, TÉCNICOS de  ENFERMAGEM, AUXILIARES e PARTEIRAS

O governo Paulo Câmara (PSB) está estuda a possibilidade jurídica para poder adiar no estado a implantação imediata do novo piso dos profissionais de enfermagem, decorrente de lei federal sancionada na semana passada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL).

O Blog de Jamildo teve acesso, através de fonte, ao que foi debatido em reunião entre a Secretaria de Administração de Pernambuco (SAD) e a Procuradoria Geral do Estado (PGE), a qual ocorreu nesta segunda-feira (8) para tratar de medidas jurídicas que possam adiar a implantação do piso da enfermagem para os profissionais que trabalham direta ou indiretamente para a rede estadual de saúde.

O Governo de Pernambuco estudar adiar até 31 de dezembro a implantação do piso da enfermagem. A data é o último dia de mandato de Paulo Câmara como governador de Pernambuco.

“Caso a medida venha a ser tomada, a conta financeira do novo piso da enfermagem ficará para ser paga pelo próximo governador, a ser eleito em outubro”, confirmou uma fonte do blog do Jamildo.

Atualmente, dentre os profissionais de enfermagem, o Governo de Pernambuco tem trabalhando na rede estadual de saúde efetivos, celetistas, cooperativados e via organizações sociais.

Secretaria de Educação de Pernambuco abre inscrições para concurso público com 596 vagas

Dia seis de setembro será o último dia para pagamento da taxa de inscrição  (Ademar Filho/Divulgação)

A Secretaria de Educação de Pernambuco iniciou, nesta terça-feira (9), as inscrições para o concurso público com 596 vagas para cargos no órgão. Dessa vez, serão ofertadas 500 vagas para os cargos de Analista em Gestão Educacional e 96 para Assistente Administrativo Educacional.

As oportunidades para o cargo de Analista em Gestão Educacional contemplarão as 16 Gerências Regionais da Educação (GREs), bem como a sede da secretaria, localizada no Recife.

Os candidatos que tiverem os cursos de Administração, Arquitetura, Ciências Sociais, Economia, Engenharia, Fisioterapia, Informática, Relações Públicas e Sociologia concorrerão a 106 vagas disponíveis. O edital, divulgado em 20 de julho, também contempla outras áreas, como Ciências Contábeis (51), Direito (51), Pedagogia (117), Nutrição (36), Serviço Social (17), Psicologia (95), Biblioteconomia (10) e Fonoaudiologia (17).

Já para concorrer ao cargo de Assistente Administrativo Educacional (96), o candidato deverá ter apenas o ensino médio completo. As provas serão aplicadas nos 13 municípios das Gerências Regionais de Educação.

Cronograma previsto

09 a 15 de agosto – período de solicitação de inscrição com isenção de taxa de inscrição

09 de agosto a 02 de setembro – período de inscrições

06 de setembro – último dia para pagamento da taxa de inscrição

09 de outubro – aplicação das provas objetivas e da prova discursiva

Pernambuco tem 47 notificações de casos de varíola dos macacos

Varíola dos macacos: surto entre homens intriga médicos britânicos | Saúde  | G1

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgou, nesta segunda-feira (08), mais uma atualização dos casos notificados envolvendo varíola do macaco, causada pelo vírus monkeypox. O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância à Saúde (Cievs-PE) contabiliza, até o momento, 47 notificações, sendo 33 casos que ainda estão em investigação, 13 confirmados e um caso descartado.

Do total das notificações, treze pacientes tiveram confirmação laboratorial para o vírus e envolvem pessoas residentes nos municípios de Recife (8), Jaboatão dos Guararapes (2), Paulista (1), além de dois casos de outros estados, Rio de Janeiro (1) e São Paulo (1). As faixas etárias são: 20 a 29 (6), 30 a 39 (4) e 40 a 49 (3). Todos são do sexo masculino. Dos confirmados, todos estão em isolamento domiciliar.

Até o momento, não há evidências de que Pernambuco registre a transmissão local da Monkeypox. Em todos os casos confirmados, as equipes de vigilância conseguiram identificar vínculo epidemiológico entre os pacientes e pessoas que apresentaram histórico de viagem e/ou que se deslocaram para fora do Estado, em locais que já confirmaram transmissão autóctone da doença.

Já os 33 casos que estão em investigação são de pessoas residentes nos municípios de Recife (11), Limoeiro (5), Pesqueira (3), Paulista (2), Abreu e Lima (2), Araçoiaba (1), Camaragibe (1), Gameleira (1), Ipojuca (1), Jaboatão dos Guararapes (1), Petrolina (1), Olinda (1), Timbaúba (1), Inajá (1) e São Paulo (1). As faixas etárias são: 0 a 5 (1), 10 a 19 (7), 20 a 29 (9), 30 a 39 (9), 40 a 49 (5) e 50 a 59 (2), sendo 26 do sexo masculino e 7 do sexo feminino. Os casos notificados estão sendo acompanhados pelas equipes de vigilância epidemiológica municipais.

As amostras coletadas estão sendo encaminhadas para o Laboratório de Enterovírus da Fiocruz/RJ, referência para o diagnóstico da Monkeypox, e para o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE).

Marília avança 6 pontos, Miguel passa Anderson, encosta em Raquel e Danilo recua, diz pesquisa do Instituto Opinião

Candidata do Solidariedade ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes se mantém na liderança em nova pesquisa de intenção de voto do Instituto Opinião, com 34,7%. Em relação ao último levantamento, realizado em junho, ela cresceu seis pontos percentuais. Em segundo lugar, num cenário de empate técnico, aparecem empatados a candidata do PSDB, Raquel Lyra, e o candidato do União Brasil, Miguel Coelho, 11,8% e 10,3%, respectivamente. A pesquisa foi divulgada pelo blog do Magno.

A tucana, entretanto, caiu um ponto – estava com 12,6%. Já Miguel cresceu quase dois pontos – estava com 8,7% na pesquisa passada. Em seguida, também num cenário de empate técnico, aparece o candidato o candidato do PL, Anderson Ferreira, com 8,3%. Na comparação com a anterior, perdeu menos de um ponto.

Já o candidato do PSB, Danilo Cabral, recuou de 4,5% para 4,3%. João Arnaldo (PSol) pontuou apenas 0,7%, Esteves Jacinto (PRTB) vem depois com 0,6%, Cláudia Ribeiro (PSTU) teve 0,4%, mesmo percentual de Wellington Carneiro (PTB). Jadilson Bombeiro (PMB) foi lembrado por 0,3%, Jones Manoel (PCB) por 0,3% e, por fim, Ubiracy Olimpio (PCO) por 0,1%.

Brancos e nulos somam 11,2% e indecisos 16,6%. Na espontânea, modelo pelo qual o entrevistado é obrigado a lembrar o nome do candidato sem o auxílio da lista com todos os nomes, a ordem de preferência do eleitor também é a mesma: Marília aparece com 16,1%, Raquel com 5,6%, Miguel com 5,3%, Anderson com 4,2% e, por fim, Danilo com 1,9%. Brancos e nulos somam 7,7% e indecisos chegam a 56,9%.

No quesito rejeição, Marília também lidera. Entre os entrevistados, 12,1% disseram que não votariam nela de jeito nenhum, seguida por Danilo (6,5%), Anderson (6,5%), Miguel (4,2%), Raquel (4%) e João Arnaldo (1,4%). A pesquisa foi a campo entre os dias 5 a 7 últimos, sendo aplicados dois mil questionários presencialmente em 80 municípios das mais diversas regiões do Estado.

O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação. A pesquisa está registrada sob os protocolos BR-02516/2022 e PE-01429/2022.