Quem veste uma toga deixa de ter lado político, diz Flávio Dino

Flávio Dino

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino –indicado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para o STF (Supremo Tribunal Federal)– disse nesta quarta (29) que “quem vai ao STF […] deixa de ter lado político”. A declaração foi feita depois de um encontro com o presidente interino do Senado, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB).

“Para mim, nessas matérias não existe governo ou oposição. Esse é um tema do país. Quem vai ao STF –ou pretende, ao vestir uma toga– deixa de ter lado político. Para mim, não olho se é governo ou oposição, mas olho para o país e para a instituição”, afirmou o ministro.