Estado planeja reduzir número de mortes violentas em 30% até 2026

Raquel Lyra e o presidente da Alepe, Álvaro Porto, na apresentação do plano de segurança

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (27), que pretende reduzir em 30% o número de Mortes Violentas Intencionais (MVIs) até 2026.

O anúncio foi feito durante o lançamento do plano ”Juntos pela Segurança”, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, no Grande Recife.

A solenidade contou com a presença da governadora de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), além do secretariado estadual, parlamentares estaduais e o alto comando das forças de segurança do Estado.

Além dos assassinatos, o Poder Executivo promete reduzir em 30% os índices de Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), que consistem em roubos e furtos, além de crimes violentos contra a Mulher, até 2026.

Para garantir o custeio e realizar o plano, o governo de Pernambuco já havia antecipado mais de R,3 bilhão em investimentos voltados para a segurança pública.

Isso significa uma redução anual média de 10%. Para fazer uma comparação, o Pacto Pela Vida (PPV) desenvolvido pelo governo anterior, tinha como meta redução anual de 12%. Esse índice, no entanto, só foi conquistado três vezes, em 16 anos.

Na solenidade, o estado também informou que vai comprar equipamentos para reforçar as ações de combate ao crime.

De acordo com o Poder Executivo, serão adquiridos 15 mil pistolas, 500 pistolas elétricas, 800 submetralhadoras e 800 fuzis.