Chuvas causam transtornos na Mata Sul e no Agreste de Pernambuco

REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Conforme previsto pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a chuva está provocando transtornos em cidades da Mata Sul e Agreste de Pernambuco neste sábado (2).

Correntes, no Agreste, foi um dos municípios mais atingidos, sendo o terceiro na lista de onde mais choveu nas últimas 24 horas. A cidade acumulava, até as 17h, 89,32 milímetros.

A chuva provocou o transbordamento do Rio Mundaú, localizado na divisa com Alagoas, e segundo o secretário de governo municipal, Edimilson da Bahia, a situação de Correntes é crítica. “Já temos mais de 500 pessoas desabrigadas e desalojadas”, afirmou.

No final da manhã, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que ocorreu uma interdição total no quilômetro 126 da BR-424, em Correntes, por causa de rachaduras verificadas na ponte que dá acesso ao município. A área foi liberada após o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) constatar que não há comprometimento da estrutura.