Prefeito de Itapissuma é afastado novamente em operação da Polícia Civil contra corrupção

Divulgação/Polícia Civil de Pernambuco

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã desta terça-feira (29) a sua 48ª Operação de Repressão Qualificada do ano de 2021 nos municípios de Itapissuma, Igarassu e Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR). O prefeito de Itapissuma, José Bezerra Tenório Filho, conhecido como Zé de Irmã Teca (PSD), foi afastado do cargo no âmbito da operação.

Denominada de “Dragão do Mar II”, a operação mira uma associação criminosa suspeita da prática dos crimes de peculato, corrupção, fraude à licitação, falsidade ideológica, frustração de direito assegurado por lei trabalhista e crime de responsabilidade.

As investigações começaram ainda em janeiro de 2020, com o apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (DINTEL).

A primeira fase da operação, deflagrada em dezembro de 2019, resultou na suspensão temporária do cargo público de 12 pessoas, entre elas o prefeito de Itapissuma, José Bezerra Tenório Filho, conhecido como Zé de Irmã Teca (PSD), a então vice-prefeita Elionilda José de Santana (PP), o presidente da Câmara Municipal de Itapissuma, Jefferson Telles Alves Carneiro de Albuquerque, conhecido como “GG de Seu Antônio” (PSDB), o 1º secretário da Casa, Nivaldo Vicente da Silva, conhecido como “Irmão Nivaldo” (PMN) e quatro servidores municipais.