Petrolina: Mãe de Beatriz Mota diz que mais um suspeito de envolvimento no assassinato da filha foi preso

A menina Beatriz Angélica Mota foi assassinada com 42 facadas em dezembro de 2015

A mãe de Beatriz Mota, Lucinha Mota, continua lutando para encontrar os responsáveis pela morte da filha. Nessa segunda-feira (14), ela compartilhou um vídeo nas redes sociais em que afirma que mais um suspeito de matar a menina foi encontrado e preso. Lucinha explicou que foi até Canto de Buriti, no Piauí.

Ela disse que foi até a cidade para apurar mais uma denúncia que estava sendo recebida. O suspeito foi identificado e preso pela polícia. De acordo com a mulher, a Polícia Militar colocou esforços para capturá-lo e ele foi encaminhado para a delegacia. Ela também afirmou que o suspeito também é foragido por outros crimes.

Ainda no vídeo, Lucinha pediu que as pessoas continuassem denunciando: “Nos ajudem, vamos identificar e capturar o assassino de Beatriz”.