Ministério Público apresenta denúncia contra suspeita de participar da morte do delegado em Jataúba

Delegado morre após ser baleado em Jataúba, no Agreste | NE10 Interior

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) apresentou uma denúncia contra Elisângela Almeida Alves Santana, de 43 anos, suspeita de participar da morte do delegado Anderson Liberato, em Jataúba.

De acordo com o MPPE, Elisângêla está sendo indiciada por homicídio qualificado contra Anderson Liberato e tentativa de assassinato contra os outros policiais. Em uma entrevista dada ao programa ‘TV Jornal Notícias’, da TV Jornal Interior, o promotor de Justiça, Rolemberg Feitosa, disse que a Polícia Civil já concluiu o inquérito e que a suspeita responderá pelos crimes.

“O Ministério Público apresentou hoje a denúncia. A Polícia Civil concluiu o inquérito, trouxe um robusto relatório, dando conta que ela participou sim. A justiça já recebeu a denúncia, então ela já é réu. Nos próximos 90 dias estaremos dando conclusão nesse procedimento”, afirmou.

Segundo informações do promotor, ela deverá apresentar a defesa a partir de segunda-feira (03), com o prazo final em 10 dias.