Paulo Câmara deve deixar governo em abril de 2022 e ser candidato a deputado federal

HÉLIA SCHEPPA/SEI

O governador Paulo Câmara (PSB) tem até abril de 2022 para deixar o cargo se quiser ser candidato a deputado federal ou a senador. E isso deve mesmo acontecer, segundo fontes no Palácio do Campos das Princesas.

A primeira possibilidade, deputado federal, é a mais provável, por causa da configuração da aliança do PSB em Pernambuco.

A decisão vem sendo amadurecida há algum tempo, mas ficou em segundo plano diante da pandemia. Hoje, a candidatura de Paulo ao Parlamento é tratada com o mesmo nível de certeza que se tem sobre a candidatura de Geraldo Julio (PSB) ao governo de Pernambuco, dificilmente será alterada.

“Paulo acredita que pode seguir contribuindo com Pernambuco, dessa vez em Brasília. Como Geraldo Julio deve ser o candidato ao governo, fica difícil impor aos partidos aliados que o PSB ocupe também a vaga de candidato ao Senado, por isso ele deve mesmo ser candidato a deputado federal”, disse uma fonte do PSB.