Na Bahia, prefeitos driblam decretos do governo e liberam bares e cultos

Na ocasião em que anunciou o endurecimento das medidas, Rui Costa esclareceu que não se trata de um lockdown - Reprodução/FacebookNa contramão de capitais e estados que endureceram medidas contra a covid-19, as prefeituras da cidades de Itamaraju e Teixeira de Freitas, na Bahia, decidiram autorizar o funcionamento de bares, restaurantes, comércio de rua e templos religiosos neste fim de semana. A permissão contraria decreto em que o governador Rui Costa (PT) determinou a suspensão de todas atividades não essenciais entre as 17h de ontem até as 5h de segunda (1º).

A restrição foi adotada diante do novo pico de mortes pela covid-19 e para evitar um colapso nas UTIs, que têm taxa de ocupação superior a 80%, a pior desde o início da pandemia. Até agora, o estado soma 11.720 óbitos decorrentes do novo coronavírus.