Vendas de vinil superam receitas de CDs nos Estados Unidos depois de 30 anos

Onde comprar discos de vinil em SP, no Rio e pela internet | Exame

Os discos de vinil estão vendendo mais do que os CDs nos Estados Unidos pela primeira vez em 30 anos, é o que diz um relatório da indústria do setor divulgado nesta quinta-feira (10).

Os fãs de música gastaram cerca de 232,1 milhões de dólares em discos no primeiro semestre de 2020, segundo a Recording Industry Association of America, ultrapassando os 129,9 milhões gastos em CDs.

As vendas de vinil contribuíram com 62% das receitas totais de mídia musical física – que caíram 23% ano após ano, uma queda que a RIAA atribuiu ao fechamento de casas de shows e lojas de música devido a pandemia do coronavírus.

Entretanto, os números do vinil marcaram um ponto de virada pela moda retrô, cujo o ressurgimento foi alimentado durante anos por colecionadores e apaixonados nostálgicos pelos lados A e B.