Após chamar Paulo Câmara e Geraldo Julio de genocidas, médico Blancard Torres grava vídeo se desculpando

MARCOS CORRÊA/DIVULGAÇÃO

O pneumologista Blancard Torres, que atende no Recife, divulgou nesta quinta-feira (10) um vídeo pedindo perdão ao governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), e ao prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), após tê-los chamado de “genocidas” em reunião promovida pelo presidente Jair Bolsonaro, nessa terça-feira (8), no Palácio do Planalto, com médicos que apoiam o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina contra a covid-19.

“Minha fala trouxe alguns transtornos pela eloquência, e gostaria de dizer, até pelo meu estado de espírito tranquilo, civil, de não agredir pessoas, pedir perdão aos gestores do nosso estado e da nossa cidade, porque eu usei palavras fortes que não condizem com o que nós pensamos”, afirmou o médico. “Estou dizendo em público que foi uma excedência de palavras, gostaria de pedir, mais uma vez, desculpas”, completou.