Ministério Público Federal vai investigar se o Governo de Pernambuco usou recursos das ações ao combate do coronavírus para pagar parte da dívida

O Ministério Público Federal vai investigar a utilização de R$ 70 milhões que deveriam ser utilizados no programa de Enfrentamento ao Coronavírus e teriam bancado uma parte da dívida pública do Governo de Pernambuco, como informou o blog de Jamildo no último dia 31. A informação está na Portaria nº 83 de 04 de agosto de 2020 publicada no Diário Oficial da União e diz que a finalidade da mesma é “apurar possível improbidade administrativa”.

Ainda de acordo com informações do MPF, o governador Paulo Câmara (PSB) publicou um decreto em 31 de julho último informando que movimentou R$ 70 milhões do “Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus” para serem gastos na despesa “Encargos da Dívida Pública Externa”. Pelo decreto, os recursos foram enviados à Secretaria estadual da Fazenda (Sefaz).