Mãe de criança que caiu do nono andar está registrada como servidora da Prefeitura de Tamandaré

''Aquela criança era minha razão de viver'', conta a mãe de garoto que morreu após cair do nono andar de um prédio na área central do Recife (Reprodução/TV Globo)

Mirtes Renata de Souza, mãe de Miguel Otávio Santana da Silva, criança de 5 anos que caiu do nono andar de um dos prédios das Torres Gêmeas, no Bairro de São José, está registrada como servidora da Prefeitura de Tamandaré. A empregada doméstica trabalhava na residência do prefeito do município, Sérgio Hacker Corte Real (PSB), e Sarí Corte Real, primeira-dama que foi presa em flagrante logo após o acidente e liberada após pagar fiança de R$ 20 mil.

O cargo em que Mirtes está cadastrada, que pode ser conferido no Portal da Transparência de Tamandaré, é o de Gerente de Divisão, com lotação em Manutenção das Atividades de Administração. A data de matrícula consta como dia 1º de fevereiro de 2017 e não há data de desligamento. Ainda de acordo com o portal, Mirtes seguia regime de trabalho estatutário e seu vínculo garantia cargo comissionado. Na folha de pagamento, o valor pago a Mirtes é de um salário mínimo.