Arcoverde: Segunda Câmara do TCE emite parecer de rejeição ao exercício financeiro de 2015

Resultado de imagem para prefeita madalena de arcoverde pe

Trata-se da análise da Prestação de Contas de Governo da Prefeitura Municipal de Arcoverde, relativa ao exercício de 2015, de responsabilidade da prefeita Maria Madalena Santos de Brito, sendo auditados os tópicos discriminados a seguir, mínimos necessários à emissão do parecer prévio por parte do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco – TCE/PE:

1. GESTÃO ORÇAMENTÁRIA
2. GESTÃO FINANCEIRA E PATRIMONIAL
3. CONVERGÊNCIA E CONSISTÊNCIA DOS DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS
4. REPASSE DE DUODÉCIMOS À CÂMARA DE VEREADORES
5. GESTÃO FISCAL
6. GESTÃO DA EDUCAÇÃO
7. GESTÃO DA SAÚDE
8. GESTÃO DO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA

Após análise do relator, Conselheiro Carlos Porto, a Segunda Câmara emitiu parecer prévio recomendando à Câmara de Vereadores de Arcoverde a rejeição das referidas contas.