Caxito comemora “artilharia” do Campeonato Pernambucano 2017

Caxito marcou nove gols com a camisa do Afogados (Foto: Romário Silva / Ascom Afogados)

O campeão do Campeonato Pernambucano 2017 foi conhecido nesta quarta-feira: o Sport bateu o Salgueiro por 1 a 0, no estádio Cornélio de Barros, e ficou com a taça. Mas, o artilheiro da competição não entra em campo desde o dia 8 de março. Caxito, ex-Afogados da Ingazeira, marcou 9 gols durante todo o Estadual – somando primeiro turno e hexagonal da Permanência.

Apesar de Caxito ser o goleador geral, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) só reconhece os tentos feitos no hexagonal do Título. Com isso, Everton Santos, do Santa Cruz, fica com o prêmio individual, mesmo marcando quatro gols a menos. Longe da discussão, o hoje atacante do Penapolense comemorou a artilharia.

– Fico muito feliz. Foi com muito trabalho, dedicação e ajuda dos companheiros de Afogados da Ingazeira. Eles que me ajudaram a conquistar o objetivo pessoal. Também conseguimos o principal objetivo, que era manter o time na primeira divisão. Para mim foi um presente. Graças a Deus termino como artilheiro geral. Mesmo a federação não reconhecendo, para mim é muito importante.

Grato ao Afogados, o goleador afirmou que pretende voltar ao clube no futuro. Mas, o objetivo hoje é fazer uma boa temporada pelo Penapolense.

– Meu desejo é sempre buscar o melhor. Se Deus quiser, vão aparecer oportunidades melhores para mim. Agradeço muito ao Afogados. É um clube um sempre fui bem acolhido. Estou buscando meu espaço no futebol. Espero fazer uma boa Copa Paulista para crescer no futebol com muita humildade e trabalho.

Do Globo Esporte.com

Prefeito Sávio Torres a um voto de ser cassado ou não

Resultado de imagem para tse

Trata-se do pedido de registro de candidatura de DOMINGOS SÁVIO COSTA TORRES, para o cargo de prefeito do Município de Tuparetama – PE, que sofreu ação de impugnação pela COLIGAÇÃO FRENTE POPULAR DE TUPARETAMA e o PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL – PC do B.

A coligação Frente Popular e o Partido Comunista do Brasil afirmam, em síntese, que o candidato, ora impugnado, teve a sua prestação de contas relativa ao Fundo de Previdência do Município de Tuparetama rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, por meio do processo nº 0802493-5, bem como foi condenado à suspensão dos direitos políticos por atos dolosos de improbidade administrativa nos autos das Ações Civis Públicas nº 0000492-34.2010.8.17.1540 e 0000053-28.2007.8.17.1540, que tramitaram na Vara Única da Comarca de Tuparetama e condenações penais nos autos dos Processos nº 0000440-15.2015.4.05.8303 e 0000447-20.2014.4.05.8310, na 18ª Vara da Justiça Federal e nos Processos nº 0000516-67.2014.8.05.8305 e 0000446-35.2014.4.05.8310, na 38ª Vara da Justiça Federal, incorrendo nas causas de inelegibilidade previstas no art. 1º, inciso I, alíneas "e" "g" e "l", da Lei Complementar nº 64/90.

O julgamento teve início no dia 07 de março deste ano, quando o relator do Processo, ministro Luiz Fux, votou pela cassação do prefeito Sávio Torres, foi quando o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, pediu vistas do processo.

Na manhã desta quinta (29) o julgamento foi retomado, com voto do presidente Gilmar Mendes pelo desprovimento da ação de cassação, que foi seguido por mais dois ministros. Outros dois seguiram o voto do relator pela cassação. Estando empatado em 3 a 3, o ministro Tarcísio Vieira pediu vistas do processo.

Votaram pela cassação: Luiz Fux (relator), Admar Gonzaga e Rosa Weber.

Votaram pela absolvição: Gilmar Mendes, Napoleão Maia e Herman Benjamin.

O ministro Herman mesmo tendo votado pela não cassação, disse que, já como o ministro Tarcísio pediu vistas, ele também fará uma nova avaliação e que com isso poderá “refluir” do voto.

Mudança em edital gera economia de mais de R$ 1,7 milhão em Itapetim

Resultado de imagem para tce pe

A análise de uma licitação realizada em abril pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), gerou uma economia de mais de R$ 1,7 milhão ao município de Itapetim, no Sertão de Pernambuco. O objetivo foi avaliar o edital da Tomada de Preços, publicado em março, que previa a contratação de uma empresa para execução da limpeza urbana.

De acordo com o relatório, a equipe técnica da Gerência de Auditorias de Obras Municipais constatou diversas irregularidades no edital, com riscos à competitividade e à economia da licitação. Entre elas, proibição da participação de empresas em consórcio sem justificativa razoável e a comprovação de capacidade técnico profissional dos engenheiros responsáveis para a supervisão dos serviços a serem contratados, que são de natureza comum.

Ainda segundo o TCE, o edital exigia que a empresa disponibilizasse um terreno com perímetro máximo de sete quilômetros e área mínima de um hectare, distante três quilômetros do centro urbano, para o depósito e manejo provisório dos despejos coletados. O TCE entendeu que a solicitação caracteriza fuga do objeto principal.

A Comissão de Licitações do município suspendeu a Tomada de Preços, de modo a promover os ajustes necessários no edital e a revisão do projeto executivo e do termo de referência. Os valores da coleta e varrição mensais foram reduzidos para R$ 19.4 mil e R$ 23,1 mil, respectivamente. De acordo com o Tribunal, essas alterações permitiram diminuir em R$ 42,7 mil o orçamento inicial de R$ 119,6 mil, fixando em R$ 76,8 mil o preço máximo da licitação.

Plenário do TSE aprova registros de três candidatos a vereador em Pesqueira

Sessão plenária jurisdicional do TSE

Três candidatos a vereador em Pesqueira tiveram os registros aprovados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na sessão desta manhã (29). O Plenário acompanhou, por unanimidade, os votos do ministro Admar Gonzaga, que deferiu os registros de Lenivaldo dos Santos, João Galindo Cavalcanti e Sebastião Ancelmo.

Ao relatar os recursos sobre o caso, o ministro Admar Gonzaga afirmou que não ficou configurada a causa de inelegibilidade dos candidatos pela alínea “g” do inciso I do artigo 1º da Lei Complementar n° 64/90. Segundo o ministro, o ordenador das despesas questionadas no processo era o então presidente da Câmara de Vereadores.

“Com efeito, diante da dúvida relativa à efetiva responsabilidade dos vereadores, descabe subsistir a conclusão de que a irregularidade, ainda que em tese insanável, se amolda à hipótese do ato doloso de improbidade administrativa, com relação a todos os vereadores que figuravam na prestação de contas da Câmara Municipal de Pesqueira”, afirmou o ministro.

Oposição aponta “promessas não cumpridas” pelo Governo Paulo Câmara após 30 meses de gestão

Levantamento da Oposição apurou que 60 ações do Programa de Governo da administração estadual não foram implementadas até o momento. Líder da bancada, o deputado Sílvio Costa Filho (PRB) apresentou, nesta quarta (28), o resultado da sondagem, divulgada 30 meses após o início do mandato do governador Paulo Câmara (PSB).

Entre os itens listados, Costa Filho destacou compromissos assumidos em campanha pela gestão, como a construção de 20 Centros Comunitários da Paz (Compaz), a entrega do Complexo Prisional de Itaquitinga, a ampliação do Programa Atitude (atenção a usuários de drogas) e a construção de seis novas Unidades Pernambucanas de Atendimento Especializado (Upaes). “Até agora, nada saiu do papel”, criticou.

O parlamentar também citou o atraso na entrega de unidades de saúde em Carpina e Goiana, na Mata Norte; Caruaru e Garanhuns, no Agreste; Serra Talhada, no Sertão do Pajeú; e Petrolina, no Sertão do São Francisco. “Também prometeram construir 20 mil unidades habitacionais, mas a Secretaria de Habitação não ergueu praticamente nenhuma casa em Pernambuco até hoje”, acrescentou.

Em apartes, alguns deputados endossaram as palavras do líder da bancada. Teresa Leitão (PT) chamou atenção para os compromissos de expandir o programa de bolsas de estudos no Exterior Ganhe o Mundo e de aumentar as escolas em tempo integral, também não cumpridos, segundo o levantamento. “Não é difícil apontar as falhas desse Governo”, comentou.

Para Augusto César (PTB), as promessas da administração são “eleitoreiras”. Júlio Cavalcanti (PTB) pediu que a gestão reconheça o que deixou de cumprir. “São 30 meses de ‘desgoverno’”, ironizou. Socorro Pimentel (PSL) cobrou a entrega de hospitais, e Álvaro Porto (PSD) alertou para o aumento da violência. “Vamos divulgar esses dados em cada canto de Pernambuco. Essa é a verdade do Estado, não a propaganda enganosa do Governo”, disparou Porto.

Defesa Social – No tempo destinado à Comunicação de Lideranças, Sílvio Costa Filho repercutiu o anúncio da saída de Angelo Gioia do comando da Secretaria de Defesa Social (SDS). Ele será substituído pelo atual corregedor-geral da SDS, Antônio de Pádua Vieira Cavalcanti.

“É o segundo secretário em pouco mais de 30 meses de gestão. Isso mostra a falta de planejamento e de liderança de Paulo Câmara. Ele ‘terceirizou’ o comando do Pacto pela Vida ao secretário de Planejamento”, declarou. “O resultado que tivemos foi o Carnaval e o São João mais violentos dos últimos anos, e o ‘imposto do medo’ sendo pago pelo povo”, emendou.

O deputado Waldemar Borges (PSB) respondeu às críticas, dizendo que “a forma exaltada como a Oposição coloca o Estado para baixo deve estar irritando os pernambucanos”.  “Uma prova disso foi a derrota que eles tiveram nas eleições municipais, pois o discurso que apresentam não tem aderência na sociedade”, salientou.

Pernambuco: Polícia procura fraudadores de licitações de transporte escolar e coleta de lixo

Resultado de imagem para licitaçao de transporte escolar e lixoResultado de imagem para licitaçao de transporte escolar e lixo

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira a Operação Adsumu, com o objetivo de cumprir 11 mandados de busca e apreensão e 10 de condução coercitiva contra integrantes de uma quadrilha liderada por quatro empresários e que fraudaram licitações de transporte escolar e coleta de resíduos sólidos no município de João Alfredo, Agreste de Pernambuco.

De acordo com as investigações, as fraudes, realizadas entre os anos 2013 e 2017, totalizaram um prejuízo de R$ 6.825.408,00, beneficiando as empresas CJ de Figueiredo e SplendourTur, de propriedade do empresário Adriano Barbosa da Fonseca, conhecido por “Preto”. Segundo a polícia, ele utilizava-se dos nomes das pessoas Flávio Roberto Barbosa de Souza, Cláudio José de Figueiredo e Luciano Barbosa da Fonseca para praticar o crime.

Os envolvidos estão sendo investigados pelos crimes de Organização criminosa, Lavagem de Dinheiro, Fraude a Licitações e Falsidade Ideológica. Um total de 75 policiais civis, entre delegados, escrivães e agentes participam da operação nos municípios de Recife, João Alfredo, Surubim, Orobó e Bom Jardim. Os presos e todo material apreendido estão sendo encaminhados para a 16ª Delegacia Seccional de Limoeiro, onde um balanço parcial será apresentado esta manhã pelo delegado Jean Rockfeller, seccional de Goiana.

STF protocola denúncia contra Temer na Câmara

Resultado de imagem para stf

Sem a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o diretor-geral do Supremo Tribunal Federal (STF), Eduardo Silva Toledo, protocolou, nesta quinta-feira (29), na Câmara a denúncia por corrupção passiva, feita pela Procuradoria-Geral da República (PGR), contra o presidente Michel Temer (PMDB). O processo foi recebido pelo secretário-geral da mesa diretora da Casa, Wagner Padilha.

Pelo regimento da Câmara, o primeiro secretário da mesa, Fernando Giacobo (PR-PR) notificará Temer sobre a chegada da denúncia. A partir da notificação, o presidente terá prazo de dez sessões plenárias para se defender na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Caberá a essa comissão apreciar a admissibilidade do pedido da PGR.

Concomitantemente à notificação de Temer, a denúncia terá de ser lida no plenário da Casa. Essa tarefa é da deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), que é segunda secretária da mesa.

Com a chegada da denúncia à Câmara, a expectativa agora é para o anúncio do relator do processo. O presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), já sinalizou que não indicará um aliado do governo para a função.

O julgamento de um presidente deve ser feito no Supremo Tribunal Federal (STF), porém, o processo só pode ser aberto após autorização no plenário da Casa. Ao menos dois terços dos parlamentares – isto é, 342 parlamentares – precisam votar favoráveis à abertura.

Quadrilha Sanfonar vence 1º Festival de Quadrilhas de Arcoverde

Junina Sanfonar venceu o concurso em Arcoverde (Foto: Divulgação/Prefeitura de Arcoverde)

A quadrilha junina afogadense Sanfonar sagrou-se na noite de ontem (26), a grande campeã do 1º Festival de Quadrilhas Juninas da “Capital do São João”, em Arcoverde.

O evento é organizado pela Prefeitura de Arcoverde com curadoria do produtor cultural Rafael Farias. A grande final ocorreu ontem, com inicio às 20h, no Pólo Multicultural do São João do município.

A Sanfonar concorreu e venceu as quadrilhas Filhos de Lampião (Correntes), Magia Matuta (Ibimirim), Explosão Nordestina (Frei Miguelinho), Levanta a Poeira (Ibimirim) e Luz do Candeeiro (Caruaru). O tema da Sanfonar para este ano foi o “relicário do rei” contando a história da filha de Lampião. Segundo o secretário adjunto de cultura, César Tenório, o público estava esperando a sanfonar, dizendo que tinham ido ver a quadrilha de afogados. “Houve muitos elogios ao desempenho de Paloma Sales durante a apresentação”, informou César. Pelo título, a Sanfonar recebeu 2.500 Reais em premiações, além do troféu de campeã.

Angelo Gioia deixa Secretaria de Defesa Social de Pernambuco

Resultado de imagem para paulo camara e angelo gioia pe

Angelo Gioia deixa, nesta quarta (28), o comando da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), substituído pelo atual corregedor-geral da pasta, Antônio de Pádua Vieira Cavalcanti. O governador Paulo Câmara empossa o novo secretário na próxima sexta (30), no Palácio do Campo das Princesas.

Ao anunciar a troca, o Paulo Câmara disse que Gioia "deixa o cargo a pedido, por questões pessoais. "No seu lugar ficará um profissional da equipe que ele montou nos últimos meses. Pádua dará continuidade ao trabalho incansável das nossas polícias, em sintonia com as diretrizes do Pacto Pela Vida”, disse.

Assim como Gioia, Pádua é delegado da Polícia Federal e, até então, comandava a corregedoria desde outubro do ano passado. "Angelo mostrou determinação, firmeza e uma imensa capacidade de trabalho, nesse pouco tempo em que esteve à frente da Defesa Social. Só tenho a agradecer sua contribuição à Segurança Pública", completou o governador.

Gioia agradeceu o convite do Governo de Pernambuco e o apoio que recebeu durante os oito meses em que esteve à frente da Defesa Social (ele assumiu o cargo em outubro de 2016). "Saio por motivos pessoais, do meu desejo de estar com a família, e com a absoluta tranquilidade e satisfação do dever cumprido. Fizemos mudanças importantes que ajudarão Pernambuco a reduzir a violência, restabelecendo princípios básicos de disciplina e hierarquia nas policias, sem os quais não se faz segurança. Excluímos maus servidores e fortalecemos os comandos. Ao meu amigo Antônio de Pádua, que fez um excelente trabalho na corregedoria, desejo sucesso na jornada, que esta no caminho certo”, afirmou Angelo Gioia.

Entidades protestam contra extinção de zonas eleitorais em audiência pública na Assembleia Legislativa de Pernambuco

Instituições ligadas ao Judiciário, ao Ministério Público e à advocacia criticaram medida do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que pode suspender o funcionamento de 38 zonas eleitorais em Pernambuco e mais de 900 em todo o Brasil. Em audiência pública na Comissão de Justiça, nesta terça (27), representantes das entidades apontaram que a iniciativa pode prejudicar a fiscalização das eleições, sobretudo no Interior. Os deputados presentes, que também desaprovam as mudanças, afirmaram que vão pedir o apoio da Mesa Diretora para encaminhar ofício ao TSE manifestando o posicionamento contrário da Assembleia.

As zonas são regiões geograficamente delimitadas nos Estados sob a jurisdição de cartórios eleitorais – estabelecimentos a que os cidadãos recorrem para regularizar a situação cadastral – e que representam a área de atuação dos juízes eleitorais. Pelos novos critérios, podem ser extintas até 38 das atuais 151 zonas eleitorais em Pernambuco. No Recife, o número já foi reduzido de 14 para 11 no início do mês.

O TSE estima que, no Brasil, somente a supressão de 72 zonas nas capitais deve representar economia de R$ 13 milhões por ano. Associações de magistrados e de promotores públicos questionam a medida no Supremo Tribunal Federal (STF), por reduzir o número de juízes e de promotores dedicados a supervisionar a regularidade das eleições.

TCU aprova contas de 2016 de Dilma e Temer com ressalvas

Resultado de imagem para temer e dilma

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou hoje (28), com ressalvas, as contas do governo federal relativas ao ano de 2016, quando a Presidência da República foi ocupada primeiro por Dilma Rousseff (de 1º de janeiro a 11 de maio) e, em seguida, pelo atual presidente, Michel Temer (de 12 de maio a 31 de dezembro).

O parecer prévio elaborado pelo ministro-relator Bruno Dantas foi aprovado por unanimidade após acolher as sugestões apresentadas pelos demais ministros. O relatório final será entregue ao Congresso Nacional, responsável por dar a última palavra sobre a regularidade das contas da Presidência da República.

A apreciação abrange a análise das contas consolidadas de ministérios e outros órgãos e entidades dependentes do orçamento federal. Como no ano passado o Palácio do Planalto foi ocupado por dois mandatários, o ministro-relator elaborou dois pareceres prévios: um relativo às contas de Dilma e outro às contas de Temer. O objetivo, segundo Dantas, foi individualizar as responsabilidades para cada período de gestão.

Discurso de Temer não agrada a Jarbas

Resultado de imagem para jarbas vasconcelos

O pronunciamento do presidente Michel Temer (PMDB), na tarde desta terça-feira (27) – defendendo-se das acusações contidas no processo apresentado por Rodrigo Janot ao Supremo Tribunal Federal (STF) – não agradou ao deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE). Na opinião do parlamentar, peemedebista histórico e um dos fundadores do partido, seu correligionário preocupou-se mais em “desqualificar o trabalho e a pessoa do procurador”, e não rebateu tecnicamente e nos termos da lei o mérito das denúncias, que classificou como “graves e muito sérias”.

Segundo Jarbas, as denúncias não atingiram a Presidência da República, mas a pessoa do próprio presidente. “É preciso que esclarecimentos sejam dados ao País e à Justiça, já que as denúncias seguem agora um rito processual estabelecido pela Constituição”, afirmou o deputado pernambucano, referindo-se à exigência ao obrigatório pedido de permissão que deverá ser encaminhado à Câmara dos Deputados pelo STF para processar o presidente. Enquanto isso, o deputado disse que segue aguardando as explicações legais e formais de Michel Temer ao longo do processo.

Hospital demite funcionário que filmou Fabio Assunção em Arcoverde

Nota do hospital

Após o episódio envolvendo Fábio Assunção em Arcoverde, o hospital no qual o ator foi internado demitiu o funcionário que fez imagens do artista na unidade de saúde. Quem compartilhou a posição oficial da instituição foi Pally Siqueira, namorada do ator, na última terça-feira (27).

Em nota de esclarecimento, o Hospital Memorial de Arcoverde diz que o funcionário filmou e divulgou nas redes sociais e que fez isso "sem o consentimento ou conhecimento da diretoria, que lamenta profundamente a infeliz iniciativa". Ainda na nota, o hospital diz que "condena veementemente tal atitude, decidindo de imediato pelo afastamento definitivo do funcionário, que feriu o código de ética, a imagem da instituição e do referido ator".

Augusto César cobra recuperação de rodovia em Paranatama

As más condições da estrada que dá acesso ao município de Paranatama, no Agreste, motivaram pronunciamento do deputado Augusto César (PTB) durante a Reunião Plenária desta terça (27). O parlamentar cobrou a recuperação da rodovia, que, segundo ele, “está verdadeiramente intransitável”.

“Desde a gestão anterior que o Governo do Estado faz promessas de recuperação, mas o máximo que fizeram foram ações de tapa-buracos”, queixou-se. “No estado em que se encontra aquela via, os paliativos não adiantam mais. Somente um novo asfalto traria solução”, cobrou.

Segundo Augusto César, a agricultura e a pecuária locais sofrem prejuízos com a precariedade da rodovia. “A população está com medo de transitar porque o trecho também se tornou atrativo para bandidos. Quanto tempo mais teremos que esperar?” indagou o deputado.

A PE-275 que segue do trevo de Albuquerque Né até o trevo de acesso a Sertânia também precisa de reparos e urgente.

Renan e Jucá trocam ameaças no Senado

Senado: Líderes partidários discutem adiamento de votação da votação da reforma trabalhista, no Senado

Mais uma vez os caciques do PMDB Renan Calheiros (AL) e Romero Jucá (RR) entraram em confronto público diante da disputa pelo controle do partido. Após discurso agressivo de Renan contra o governo Temer e a reforma trabalhista, Jucá reagiu em defesa do presidente e ameaçou retirar o colega da liderança da legenda.

A animosidade começou quando o senador Magno Malta (PR-ES), que é da base do governo, questionou Jucá sobre a medida provisória que garantiria as modificações na reforma trabalhista. Segundo o senador, se o governo não apresentar esse texto, não deve contar com o voto dele no projeto. Renan aproveitou o ensejo para criticar a reforma e questionar a credibilidade do governo.

"Temer não tem confiança da sociedade para fazer essa reforma trabalhista na calada da noite, atropeladamente. Num momento em que o Ministério Público, certo ou errado, apresenta uma denúncia contra o presidente, não há como fazer uma reforma que pune a população", afirmou.

Em referência a encontro realizado nesta terça, 27, na residência oficial do Senado, Renan chegou a sugerir que o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), realizasse reunião semelhante para discutir se o Senado vai continuar com a pauta do governo.

"O senhor poderia organizar um almoço para conversarmos sobre uma saída para o Brasil. Para conversar se vamos continuar com essa gente fingindo que governa o País", disse. Renan fez um apelo para que fosse adiada a votação da reforma trabalhista na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), agendada para esta quarta-feira, 28.

O líder do PMDB chegou a ameaçar fazer trocas na composição da bancada do PMDB na CCJ, de modo a alterar o resultado da votação. "Um presidente desgastado não pode dizer que o Senado tem que votar essa reforma. Se o jogo for esse, vou admitir mudanças na composição da CCJ."

O presidente do PMDB não deixou por menos. Jucá ameaçou retirar Renan da liderança do PMDB. Ele alegou que a reforma trabalhista não é uma pauta de Temer, mas do País, e relembrou que a votação na CCJ foi definida em acordo com a oposição.

"A posição do senador Renan sobre mudar membros da CCJ me estranha. Fizemos uma reunião de bancada em que, por 17 votos a 5, decidimos pelo apoio às reformas e pela manutenção de Renan na liderança do PMDB. Se Renan mudar membros da CCJ, podemos mudar liderança do PMDB", disse Jucá.

Renan rebateu dizendo que não fez nenhum acordo para retirar direitos dos trabalhadores. Ele afirmou ainda que, se não tiver liberdade para alterar nomes na CCJ – respeitando a proporção da bancada -, também não vai mais querer liderar o PMDB.

Eduardo Cunha. Renan deixou as críticas mais pesadas ao governo para o final. "O senador Jucá não pode debitar do PMDB o custo de sustentar um governo sem nenhuma credibilidade. Esse governo que está aí não tem condições nenhuma de propor essas reformas", disse.

Em referência ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e à gravação pela qual o presidente Michel Temer foi denunciado, Renan afirma que maior erro do presidente foi se deixar influenciar pelo ex-deputado.

"O presidente Michel Temer tem que entender que ficar à frente do governo sem fortalecer os demais Poderes não adianta em nada. O erro de Michel Temer foi achar que poderia governar influenciado por um presidiário em Curitiba, um presidiário em cárcere recebendo dinheiro. Isso nunca iria chegar a lugar algum", afirmou.

Rádio Web Acauã HD Full

Provedor de Internet em Afogados da Ingazeira – PE

Carlos Master Developer

Hospedamos Sites e Rádios Web. Desenvolvemos Sites, Logo-Marcas e Tampletes. Recuperamos Arquivos de HDs” e Pendrives Danificados. Assistência Técnica em Todos os Tipos e Marcas de Computadores.