Para Dilma, Cunha diz que Temer ‘roubava’

Resultado de imagem para dilma e temer

A presidente cassada Dilma Rousseff disse, em entrevista ao jornal Valor Econômico, que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) indicou ser o presidente Michel Temer o responsável por desvios de recursos na Caixa Econômica Federal e pelo recebimento de contribuição "não declarada" na campanha presidencial de 2014.

Na interpretação de Dilma, a sugestão do ex-presidente da Câmara está nas perguntas encaminhadas por ele a Temer no final do ano passado. "Quando li a primeira vez, lá sabia quem era José Yunes (ex-assessor da Presidência)? Mas lá está Eduardo Cunha dizendo que quem roubava na Caixa Econômica Federal, no FGTS, é o Temer. Leia, minha filha. Não tenho acesso às delações, mas sei o que é um roteiro. E lá está explícito roteiro da delação de Eduardo Cunha. Explícito. Alguém não sabe que o Cunha está dizendo que não foi o Yunes, mas o Temer?"

Em novembro passado, a defesa de Cunha protocolou 41 perguntas direcionadas a Temer, arrolado pelo deputado cassado como testemunha de defesa em processo que responde na Lava Jato. As perguntas foram vetadas pelo juiz Sérgio Moro. Cunha está preso desde outubro do passado.

O deputado cassado perguntou se Temer indicou o nome de Wellington Moreira Franco, hoje ministro da Secretaria-Geral da Presidência, para a Vice-Presidência do Fundos de Governo e Loterias da Caixa Econômica Federal , e se tinha conhecimento se na coordenação do Centro-Oeste couberam indicações do vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa e da vice-presidência de Governo do Banco do Brasil. Questionou ainda se o presidente conhece o advogado José Yunes e se ele recebeu alguma contribuição de campanha para alguma eleição, seja do PMDB ou do próprio Temer.

Dilma usou palavras como "frágil", "fraco" e "medroso" para se referir ao sucessor. "O Temer é isso que está aí, querida. Não adianta toda a mídia falar que ele é habilidoso. Temer é um cara frágil. Extremamente frágil. Fraco. Medroso. Completamente medroso."

'Gato angorá'. Na entrevista, a petista ataca também Moreira Franco, referindo-se a ele pelo apelido "gato angorá". Investigadores da Lava Jato atribuíram ao ministro o codinome Angorá na delação da Odebrecht. Dilma afirma que demitiu Moreira Franco da Secretaria de Aviação Civil porque não deixou ele roubar.

"O gato angorá tem uma bronca danada de mim porque eu não o deixei roubar, querida. É literal isso: eu não deixei o gato angorá roubar na Secretaria de Aviação Civil. Chamei o Temer e disse: 'Ele não fica. Não fica!'", afirmou ao Valor.

Tribunal de Justiça de Pernambuco se prepara para realizar concurso público

Fachada do Palácio da Justiça do TJPE

Os presidentes do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, e do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), Alexandre Faraco, assinaram contrato referente à realização de concurso público para o provimento de cargos de servidores no Judiciário estadual. A assinatura aconteceu na manhã desta sexta-feira (17), em São Paulo (SP), onde fica a sede da empresa, que venceu o processo licitatório, homologado em janeiro deste ano, para contratação de instituição prestadora de serviços técnicos especializados de organização e aplicação de provas.

Na última semana, representantes do IBFC estiveram no Palácio da Justiça, no Recife (PE), para uma reunião com membros da Diretoria Geral e da Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal. Entre alguns pontos abordados, a elaboração de um calendário preliminar e o início das tratativas do edital, previsto para ser divulgado até maio próximo com aplicação de provas, possivelmente, no mês de agosto deste ano.

Mais detalhes sobre o concurso, a exemplo da quantidade de vagas ofertadas e valor das inscrições, serão gradativamente divulgados pela Assessoria de Comunicação Social do TJPE no site e nas redes sociais da instituição. O último certame para servidor do Judiciário pernambucano foi realizado em 2011 para os cargos de técnico, analista e oficial.

Dono de depósito de carros roubados em Caruaru é preso em Sertânia

Depósito foi localizado no Sertão  (Foto: Divulgação/PRF)

Dois carros e três motocicletas foram recuperados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde desta sexta-feira (17), em um depósito clandestino localizado no Distrito Industrial de Caruaru. O estabelecimento foi localizado a partir de um veículo que foi recuperado em Sertânia.

Ainda segundo a PRF, agentes realizavam uma fiscalização na BR-232, quando deram ordem de parada a um carro que havia sido roubado recentemente. O motorista de 38 anos foi detido e informou que havia roubado outros veículos e encaminhado para um depósito em Caruaru.

Ao chegar no local indicado, a equipe encontrou outro carro e três motocicletas com registro de roubo. Os veículos e o suspeito foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Caruaru.

Petrobras anuncia aumento de 9,8% no preço do gás de cozinha

Resultado de imagem para gas de cozinha

O preço do gás liquefeito de petróleo (GLP), mais conhecido como gás de cozinha, será reajustado pela Petrobras. Assim, os botijões de até 13 kg (GLP P-13) vão subir nas refinarias em 9,8%, em média, e entre em vigor à 0h da próxima terça (21). A correção não atinge o GLP para uso industrial.

Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o botijão de GLP P-13 pode subir 3,1% ou cerca de R$ 1,76 por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos. Pela lei brasileira, é garantida a liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, então os reajustes nas refinarias podem, ou não, chegar ao consumidor final, o que dependerá dos repasses de distribuidoras e revendedores.

O ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados pela Petrobras sem incidência de tributos. A última vez que a Petrobras reajustou o GLP foi em 1 de setembro de 2015.

Inaugurado Fórum Eleitoral de Afogados da Ingazeira

TRE-PE - Inauguração Fórum Afogados da Ingazeira

Nesta quinta-feira (16), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, desembargador Antônio Carlos Alves da Silva inaugurou o Fórum Eleitoral José Virgínio Nogueira, em Afogados da Ingazeira (sede do Pólo 18), onde passa a funcionar o Cartório da 66ª Zona Eleitoral. O Fórum fica localizado na Av. Padre Luiz de Campos Góes, no bairro de Manoel Valadares. A 66ª Zona possui, atualmente, 35.074 eleitores aptos (26.831 de Afogados da Ingazeira e 8.243 de Iguaraci, que é município termo). O Pólo Eleitoral é destinado a abrigar as urnas eletrônicas e Unidades Administrativas e de Treinamento, além do Cartório Eleitoral.

O presidente do TRE-PE Antônio Carlos proferiu algumas palavras na solenidade: “A doação do terreno foi realizada pelo Governo do Estado, por meio da aprovação do desmembramento de uma área de aproximadamente 24 mil hectares, que foi doada a União para a construção do Fórum. A concessão ocorreu, conforme a lei estadual nº 14.695, de 4 de junho de 2012, no mandato do governador Eduardo Campos e no mandato do prefeito de Afogados da Ingazeira, Antonio Valadares de Souza Filho, com o auxílio do desembargador Ricardo Paes Barreto, que era o presidente do TRE-PE na época”, explicou o presidente.

HISTÓRIA DO JUIZ JOSÉ VIRGÍNIO – O nome do juiz José Virgínio Nogueira foi escolhido pelo ex-presidente do TRE-PE, Ricardo Paes Barreto, devido a importância de suas atividades em prol do município, como seu cargo de vereador nos anos de 1968 a 1970. E também foi professor de várias disciplinas nos colégios em Afogados da Ingazeira, Ginásio Monsenhor Pinto de Campos e Ginásio Industrial do Estado de Pernambuco. Além do cargo de gerente na Companhia de Armazéns Gerais do Estado de Pernambuco (CAGEP), na agência ou Cais de Afogados da Ingazeira e de chefe de classificação de algodão, mamona e outros produtos regionais, da Sociedade Algodeira do Nordeste Brasileiro (SANBRA S/A), na Agência de Afogados da Ingazeira.

O filho do homenageado, desembargador Alberto Virgínio Nogueira fez o discuso de agradecimento. “Fico feliz e emocionado. Agradeço aos que fazem parte do TRE pela homenagem que prestam ao meu pai, por tudo que ele representou para esta cidade”, concluiu o desembargador.

Preso assaltante de bancos que agia em Pernambuco e vários estados do NE

Resultado de imagem para assaltos a agencias bancarias em pernambuco - coletiva

Preso o assaltante de bancos Carlos Doberto Silva, conhecido como Playboy. Com o suspeito também foi apreendido um vasto material utilizado em arrombamentos, armamento de grosso calibre e veículos. De acordo com a polícia, ele seria responsável por ações criminosas em Pernambuco e outros estados do Nordeste. A apresentação da prisão foi realizada na tarde desta sexta-feira durante entrevista coletiva no auditório do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), no Recife.

Na ocasião também foi divulgado balanço operação “Comunheiro”, deflagrada na manhã desta sexta-feira para prender pessoas suspeitas de integrarem uma organização criminosa envolvida em crimes licitatórios e lavagem de dinheiro. O foco inicial das investigações são três empresas, que, segundo a Polícia Civil, agiam utilizando laranjas para fraudar e ganhar licitações nas áreas de gênero alimentício, material de expediente e serviços. As investigações apontaram que as licitações foram realizadas em vários municípios de Pernambuco, desviando cerca de R$ 13 milhões.

A meta é cumprir três mandados de prisão preventiva e sete debusca e apreensão domiciliar, além de duas conduções coercitivas e o bloqueio judicial de contas bancárias, todos expedidos pelo juiz de Direito da 1ª Vara Criminal da Comarca de Carpina.

As investigações, realizadas pela Delegacia de Crimes Contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) com apoio da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil (Dintel), Controladoria Geral da União e Ministério Público da Comarca de Carpina,

foram motivadas por uma notícia crime enviada pelo Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE). Já a operação policial é executada por 60 policiais civis, entre delegados, agentes, escrivães, além de dois auditores do TCE, sob a supervisão da Chefia de Polícia Civil.

Gabinete Itinerante do MPPE vai percorrer Estado a partir do dia 17 de março; Afogados será no dia 11 de abril

Ouvir as demandas do Ministério Público de Pernambuco in loco. Essa é uma das motivações do Gabinete Itinerante, projeto que começa a funcionar no dia 17 de março. A ideia do procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros, é percorrer o Estado, do Litoral ao Sertão, para identificar os problemas por que passam os promotores e servidores de 16 municípios pernambucanos, incluindo a Capital. O início do projeto ocorrerá em Petrolina, no Sertão do São Francisco, e a previsão é que seja encerrado em 13 de junho, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana.

“A itinerância é um dos três pilares do que estamos implantando no MPPE, junto com a virtualidade e a agilidade. Nós vamos até as Circunscrições para saber o que está ocorrendo e o que poderemos fazer para solucionar os problemas”, avalia Francisco Dirceu. “Vamos receber as demandas dos colegas, dando o imediato encaminhamento, além de termos a oportunidade de colher ideias e transmitir informações importantes para a região”, ressaltou o procurador-geral de Justiça.

Estão marcadas ainda para este mês visitas do Gabinete Itinerante a Serra Talhada, no Sertão do Pajeú (dia 22), e Salgueiro, no Sertão Central (dia 23), além de Petrolina, cuja convocação aos promotores foi publicada no Diário Oficial dessa terça-feira (14).

Já em abril, a programação inclui Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú (dia 11), e Arcoverde, no Sertão do Moxotó (dia 12).

Justiça do Maranhão condena ex-prefeita símbolo de ‘ostentação’

PF busca prefeita suspeita de desvios no MaranhãoA Justiça do Maranhão condenou a ex-prefeita de Bom Jardim (MA), Lidiane Leite da Silva (DEM), por atos de improbidade administrativa durante sua gestão entre 2012 e 2015. Sua figura ficou conhecida por estar envolvida em esquemas de corrupção, enquanto ostentava carros luxuosos e roupas de marca nas redes sociais.

De acordo com o UOL, Lidiane é acusada de reduzir salários de professores sem justificar a ausência de recursos nos cofres municipais. O juiz Raphael Leite Guedes acatou as denúncias do MPE (Ministério Público Estadual) e suspendeu os direitos políticos da ex-prefeita.

A sentença, proferida na última segunda (13), também determina uma multa de 50 vezes o valor da remuneração de Lidiane, cujo valor será revertido aos cofres municipais.

Pernambuco tem 69 municípios em risco de surto de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti

Resultado de imagem para arbovirose

Após a drástica diminuição nos casos de arboviroses registrada durante janeiro deste ano, que provocou suspeita de subnotificação por causa da mudança nas gestões municipais, o Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti divulgado pela Secretaria de Saúde mostra que ao menos 69 dos 184 municípios de Pernambuco estão em risco de surto.

O índice de infestação predial aponta para alerta em outras 63 cidades, segundo o boletim epidimiológico que inclui dados de 1º de janeiro a 11 de março deste ano. Nesse período, foram 2.502 notificações de dengue, zika e chikungunya.

Segundo a secretaria, houve diminuição de 98% no número de casos de arboviroses no estado, em comparação com os números de 2016. No mesmo período, foram registrados 128.886 casos suspeitos das três doenças, com 41.287 confirmações. Os casos foram registrados em 102 dos 184 municípios de Pernambuco.

Apenas de dengue, foram notificados 1.802 casos. Destes, 392 foram confirmados e outros 309 foram descartados. Nas ocorrências de chikungunya, a diminuição foi de 37.252 para 606 notificações, e de 16.762 para 123 confirmações, com 115 descartes, neste ano. Do vítus da zika, a baixa foi de 7.948 para 94, com, até o momento, nenhuma confirmação, e 22 descartes. No ano passado, foram 129 confirmações.

Houve uma diminuição drástica nos números de mortes por suspeita de arboviroses em Pernambuco, entre 1º de janeiro e 11 de março. Até o momento, foram notificados oito casos, 95% a menos que no mesmo período de 2016, quando houve 163 mortes suspeitas em todo o estado. Até o momento, não houve confirmações ou descartes dos óbitos em 2017. No ano passado, foram 89 resultados laboratoriais positivos, sendo 29 para dengue, 31 para chikungunya e 27 para dengue e chikungunya ao mesmo tempo, um para zika e outro para o conjunto de zika e chikungunya.

MPPE recebe candidatos de concurso da Polícia Civil para analisar argumentos contrários à anulação de prova psicotécnica

Uma comissão de candidatos do concurso da Polícia Civil esteve nessa quarta-feira (15) na Sede de Promotorias de Justiça da Capital, em Santo Amaro. Eles se reuniram com a 25ª promotora de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, com atuação na Defesa do Patrimônio Público, Andréa Fernandes Nunes Padilha, sobre a recomendação que pede a anulação da prova de avaliação psicológica aplicada no teste psicotécnico, uma das fases do concurso público regulamentado pelo Edital nº 01/2016-SDS-PE. A prova de avaliação psicológica foi realizada em 23 de outubro de 2016.

O concurso visa preencher vagas e formar cadastro de reserva nos cargos de agente, delegado e escrivão de polícia do Grupo Ocupacional Policial Civil, além do provimento de auxiliar de legista, auxiliar de perito, perito papiloscopista, médico legista e perito criminal do Grupo Ocupacional Policial Científica da Secretaria de Defesa Social (SDS).

A recomendação é para que as avaliações sejam refeitas, publicando novo cronograma de realização para elas, e que se adotem todas as cautelas necessárias para que tal falha de segurança não volte a acontecer. O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) se baseou em denúncias por parte de diversos candidatos. Eles se queixam de irregularidades como cadernos de exames já preenchidos com as respostas das questões na sala de avaliações, motivando a instauração de inquérito civil.

Nas considerações da recomendação, a promotora de Justiça Andréa Nunes Padilha citou que o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), responsável pelo concurso, se manifestou em ofício sobre o ocorrido e admitiu que, das 76 salas onde foram aplicados os testes da avaliação psicológica, houve o registro da ocorrência de cadernos riscados, marcados ou rasurados em seis salas. Apurou-se ainda que houve o registro de mais de cinco cadernos de provas riscados, marcados ou rasurados em cada uma dessas seis salas. O Cebraspe também admitiu que reaproveita cadernos de respostas. “Há possibilidade destes cadernos não terem sido revisados pela equipe do Cebraspe e anotações de candidatos de concursos anteriores terem vazado. Não há como determinar quem e quantos se beneficiaram ou não”, avaliou a promotora.

“Só o fato de candidatos terem tido acesso a anotações no caderno de questões já afeta a isonomia entre os concorrentes, uma vez que é impossível determinar quantas e quais pessoas foram beneficiadas no decorrer da prova com tais informações”, justificou Andréa Nunes Padilha. “Ainda há de se considerar que tal número de incidentes diz respeito apenas às salas onde tal fato foi registrado em ata, havendo relato nesses autos de que o fato se repetiu em diversas outras salas, onde não chegou a ser registrado em ata, atingindo um número indiscriminado de candidatos”, avaliou ela.

Os candidatos expuseram seus argumentos, entre eles de que as conversas em grupos da rede social WhatsApp, que constam no processo, onde candidatos se gabam de terem tido cadernos de resposta já preenchidos podem ter sido criadas justamente para forjar uma falta de lisura do concurso e assim anulá-lo. Também argumentaram que os cadernos rasurados foram observados apenas em testes para algumas categorias e que candidatos a outras não deveriam ser assim prejudicados.

A promotora de Justiça Andréa Nunes Padilha pediu que a comissão registrasse uma petição com suas alegações, anexando evidências, se possível, para que fossem analisadas e, se relevantes, serem base para alguma nova decisão. “Esse é um concurso para pessoas que vão ingressar no sistema de segurança e justiça. Não podemos de forma alguma liberar uma quebra de isonomia, com candidatos levando vantagem sobre outros. Há conversas de WhatsApp onde existe gente rindo e se vangloriando de terem tido acesso a questões resolvidas”, comentou a promotora. “Recebemos aqui no MPPE diversos pedidos para impugnar esse mesmo concurso, inclusive a prova de aptidão física. Assistimos a vídeos do teste, nada de errado constatamos e indeferimos os pedidos. Mas o caso dos cadernos rasurados mostra a isonomia comprometida”, completou ela.

Líder da Oposição alerta para cortes em programas sociais do Estado

Reunião Plenária - Dep. Sílvio Costa Filho

O recuo no orçamento de programas sociais conduzidos pelo Governo de Pernambuco foi criticado pelo líder da Oposição, deputado Sílvio Costa Filho (PRB), em pronunciamento no Plenário, na terça (14). O parlamentar denunciou que “conquistas estão ficando para trás” e propôs às Comissões Permanentes da Assembleia que promovam audiências públicas para discutir o assunto em profundidade. Governistas argumentaram que as restrições acontecem em razão do atual momento da economia nacional.

Segundo os dados apresentados por Costa Filho, sofreram cortes, entre 2015 e 2016, os gastos com os programas Atitude (-25%), Mãe Coruja (-15%) e Chapéu de Palha (-14%). As iniciativas se dedicam, respectivamente, ao tratamento da dependência química, à atenção à saúde materno-infantil e à distribuição de renda no campo. O oposicionista ainda citou a interrupção, em 2016 e 2017, do lançamento de novas edições do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), que financia projetos voltados à melhoria da qualidade de vida nas cidades.

O deputado sugeriu ao Executivo que remaneje recursos de ações menos urgentes para ampliar o financiamento desses programas. “O Governo vem acumulando perdas em áreas nas quais Pernambuco havia avançado. Deixar de investir na base da assistência social é algo que preocupa a todos”, afirmou. O posicionamento foi acompanhado por Júlio Cavalcanti (PTB). “Houve avanços nos governos anteriores, mas precisamos ser realistas nesse momento.”

Respostas – Em aparte, Waldemar Borges (PSB) observou que o encolhimento decorre da necessidade de readequação dos gastos do Estado à recente realidade econômica. O deputado elogiou a capacidade da gestão de evitar um colapso na assistência social, ressaltando que, embora reduzidos, os programas continuam atendendo a população. “Neste momento sem precedentes pelo qual passa o País, é possível que tivéssemos de diminuir muito mais drasticamente a prestação de serviços se não fosse a nossa competência em dar respostas que outros Estados não têm encontrado.”

O vice-líder do Governo Rodrigo Novaes (PSD) se juntou às considerações de Borges. “Pernambuco, assim como todo o Brasil, é vítima de um processo iniciado pela administração de Dilma Rousseff, tantas vezes defendida pelo deputado Sílvio Costa Filho”, criticou. “Reclamar agora que o Estado reduziu recursos em programas sociais é fazer um discurso fácil, que acha que vivemos o mesmo momento de anos atrás”, concluiu.

12º homicídio do ano: Pedreiro é morto a tiros enquanto trabalhava em Serra Talhada

Um pedreiro de 50 anos foi morto a tiros na quarta-feira (15) enquanto trabalhava em Serra Talhada. De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava prestando serviço de pintor em um estabelecimento comercial do município.

Testemunhas informaram à PM que o homem foi abordado por duas pessoas em uma moto – que cometeram o crime e fugiram em seguida. A vítima foi levada para um hospital local, mas não resistiu aos ferimentos.

A motivação do crime é desconhecida e o caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil local.

Violência: Quase 18 pessoas foram mortas por dia no estado de Pernambuco em fevereiro

Em apenas 28 dias, um total de 497 pessoas foram assassinadas em Pernambuco. Esse foi o número anunciado na tarde desta quarta-feira pela Secretaria de Defesa Social (SDS) durante coletiva de imprensa na sede do órgão. O resultado deixa a população assustada mais uma vez. Os números refletem que quase 18 pessoas foram mortas por dia no estado. Ainda segundo o secretário de Defesa Social, Angelo Gioia, no mês de janeiro foram contabilizados 480 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) em Pernambuco.

Também foram apresentados na coletiva outros dados sobre criminalidade. De acordo com a SDS, houve, em janeiro, 1.775 roubos de veículos e 1.552 em fevereiro. Os crimes de estupro foram 167 em janeiro e 128 no mês de fevereiro. Em relação aos assaltos a ônibus, a SDS disse que foram 199 no primeiro e 175 no segundo. Os casos de violência doméstica foram 2.915 em janeiro e 2.243 em fevereiro. O secretário Angelo Gioia disse que aposta na investigação qualificada de homicídios para reduzir os índices de assassinatos no estado.

Antônio Moraes questiona operação da Transposição do Rio São Francisco; Quem será o responsável pela vigilância dos canais, pergunta o deputado

MINISTÉRIO - Parlamentar quer saber quem será o responsável pelo funcionamento das estações elevatórias e pela vigilância. Foto: Rinaldo Marques

A preocupação com a operação e o custo da infraestrutura da Transposição do Rio São Francisco foi manifestada pelo deputado Antônio Moraes (PSDB), em seu discurso na Reunião Plenária desta quarta (15). O parlamentar pediu que o Ministério da Integração Nacional seja chamado à Assembleia Legislativa, no âmbito da Comissão de Agricultura, para explicar quem será o responsável pelo funcionamento das estações elevatórias e pela manutenção e vigilância dos canais da transposição.

“O custo da energia necessária das estações elevatórias é altíssimo. Quem vai pagar essa conta? Tenho medo que, depois de toda essa euforia, a obra não possa atender a população tão necessitada do Sertão”, declarou. “Como os canais são a céu aberto, há o risco de haver roubo da água e até mesmo uso para plantações de maconha, caso não haja vigilância”, apontou.

Abono salarial do PIS 2015 poderá ser sacado nesta quinta

Resultado de imagem para abono salarial 2015

Trabalhadores nascidos em maio-junho que são beneficiados pelo Abono Salarial do PIS/Pasep receberão o pagamento do ano-base 2015 a partir desta quinta-feira (16). O benefício, que tem teto de R$ 937, será pago na Caixa Econômica Federal.

Com o pagamento, o governo federal finaliza a liberação de recursos do Abono Salarial de 2015. Os benefícios ficarão disponíveis até 30 de junho.

Esta quinta também será data de pagamento dos servidores públicos com inscrições de finais 8 e 9. Conforme lembra o Extra, estes saques poderão ser feitos no Banco do Brasil.