Polícia oferece R$ 2 mil por informações sobre triplo homicídio em Caruaru

Coletiva foi realizada na Delegacia Regional de Caruaru (Foto: Mário Flávio/G1)

O Disque Denúncia está oferecendo uma recompensa de R$ 2 mil a quem prestar informações que levem à prisão dos suspeitos de assassinarem três integrantes de uma mesma família na zona rural de Caruaru. Uma quarta vítima foi baleada, mas sobreviveu. As denúncias podem ser feitas pelos telefones (81) 3719-4545, (81) 3421-9595 e pelo WhatsApp da Delegacia de Homicídios de Caruaru, no número 994887099.

A informação foi divulgada durante entrevista coletiva realizada na 14ª Delegacia Seccional (Desec Caruaru), com a participação da delegada Polyanne Farias, do delegado Bruno Vital, chefe da Divisão de Homicídios do Agreste, do diretor Integrado do Interior 1, coronel Flávio Morais, do comandante do 4º Batalhão, tenente-coronel Ely Jobson e ainda do perito criminal Ismar Bruno Silva Santos, gestor do Instituto de Criminalística (IC) de Caruaru.

"O caso está sendo investigado pelos delegados Luiz Bernardo e Francisco Souto, escolhidos pela experiência em homicídios complexos. Ressaltamos a importância da população ajudar com informações", acrescentou a delegada Polyanne Farias.

Os corpos das três vítimas foram sepultados nesta quinta no cemitério localizado nas proximidades da localidade onde residiam.

‘ninguém faz limpeza melhor do que a mulher’, diz relator do projeto da terceirização

Resultado de imagem para deputado laercio oliveira

O relator do projeto da terceirização, aprovado na quarta-feira, 22, pela Câmara, deputado Laércio Oliveira (SD-SE), afirmou que a maioria dos trabalhadores do País no setor de asseio e conservação é do sexo feminino porque "ninguém faz limpeza melhor do que a mulher". A declaração foi feita durante debate promovido nesta quinta-feira, 23, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

"Somente no setor básico, asseio e conservação, é unanimidade, se terceiriza em todo lugar. Somente nessa atividade tem mais de dois milhões de trabalhadores, 60% dessa mão de obra é feminina, porque faz limpeza. E ninguém faz limpeza melhor do que a mulher. À exceção de mim, que sou muito bom", declarou.

Ele também falou sobre o sexo feminino ao falar sobre a modalidade de contratação do home office. Para Laércio, é preciso conhecer a mulher do trabalhador para entender se o ambiente do trabalho remoto será propício para desenvolver as atividades ou estressante.

"Eu vi um comentário nesta semana que a gente tem de estar preocupado com o trabalhador que vai trabalhar dentro dessa modalidade de contratação, porque precisa entender a mulher dele. Como é a mulher dele? Ela vai ser uma pessoa agradável e trazer um cafezinho de vez em quando ou vai ficar reclamando com ele: 'Acaba esse negócio aí, venha pegar o menino e trocar a roupa do menino? E o cachorro, vai lá caminhar com o cachorro", comentou em tom de brincadeira.

Visita de Lula e Dilma à transposição na Paraíba vira alvo de investigação

Ex-presidentes Lula e Dilma

A 'inauguração popular' do canal da transposição das águas do Rio São Francisco, no domingo (19), na cidade de Monteiro (PB), com a participação dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff (PT) e políticos de todo o país, é alvo de investigação pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) em Brasília, por antecipação de campanha e por abuso de poder econômico. Os denunciados, além de multa, podem perder o registro de candidatura para a disputa de 2018, caso a representação seja julgada procedente pela Justiça Eleitoral.

A iniciativa partiu da Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba (PRE-PB), que instaurou procedimento para investigar possível irregularidade eleitoral no evento e a prática de propaganda antecipada, a partir de notícia do fato.

De acordo com o procurador regional eleitoral da Paraíba, Marcos Queiroga, o material foi reunido e encaminhado à Procuradoria Geral Eleitoral (PGE), em Brasília, em virtude da atribuição para a análise ser da PGE, por se tratar de pessoas que gozam de privilégio de função e da suposta postulação apresentada ser de candidatura à Presidência da República.

O procurador disse ainda que, em caso de condenação, poderá ser aplicada multa e, dependendo do caso, quando iniciado o processo eleitoral, em 2018, poderá haver representação por abuso de poder econômico com cassação de registro, mesmo por fatos cometidos em 2017.

Queiroga explicou que, toda manifestação que antecipe campanha política, com pedidos de votos, slogan, cores de campanha, números de candidato, configura ilícito eleitoral passível de multa. “O caso do último domingo, em Monteiro, foi comunicado à Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE), em Brasília, por envolver candidatos presidenciáveis. Durante esta semana, todo o material a respeito do fato está sendo reunido para apreciação da PGE”, afirmou.

“A PRE na Paraíba está vigilante a todos os casos de antecipação da campanha eleitoral, que é um ilícito eleitoral que pode resultar em multa e cassação do registro do pretenso candidato”, Marcos Queiroga – procurador regional eleitoral.

Hospital Regional Emília Câmara passará a ser gerenciado por uma Organização Social

Resultado de imagem para hr de afogados da ingazeira

O Hospital Regional Emília Câmara de Afogados da Ingazeira passará a ser gerenciado por uma Organização Social (OS). A informação foi passada na manhã desta quinta (23) pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), durante entrevista na Rádio Pajeú.

De acordo com o governador, essa experiência já foi realizada na cidade de Arcoverde e vem obtendo bons resultados com o aumento no atendimento e realizando procedimentos que antes não existiam na unidade.

O secretário de Saúde estadual, Iran Costa, disse que a vantagem da OS é que ela desburocratiza várias ações que em sua maioria demora muitas vezes mais de um ano para acontecer, que é caso de contratação de pessoas. Iran afirmou que, com o gerenciamento da OS, a contratação pode ser realizada de forma imediata. O secretário afirmou que há dados que mostram que as OS são 33% mais baratas que a administração direta.

No tocante aos funcionários concursados do HR, Iran Costa disse que os mesmos continuarão a trabalhar sem sofrer nenhuma alteração (demissão ou transferência).

O prazo para o HR passar a ser gerenciando por uma OS será de até 90 dias.

Comissão de Cidadania recebe denúncias de intimidação de testemunhas do caso Itambé

Comissão de Cidadania

Testemunhas do episódio que resultou em uma pessoa baleada por policial militar durante um protesto em Itambé (Mata Norte), na semana passada, teriam recebido ameaças e retaliações de agentes de segurança locais, segundo denúncia recebida pela Comissão de Cidadania da Assembleia. Em reunião do colegiado, nesta quarta (22), Ronaldo Jordão, advogado de Edvaldo da Silva (estudante ferido), afirmou que o dono de um restaurante da região, que prestou depoimento sobre o caso, teria sido ameaçado. O encontro também contou com a presença de Maria Sebastiana e de José Roberto da Silva, mãe e irmão da vítima, que está internada em estado grave no Hospital Miguel Arraes, em Paulista (RMR).

Segundo relato do advogado da família, “na noite da sexta (17), quando Edvaldo foi baleado, três viaturas com policiais e bombeiros militares se dirigiram ao restaurante e, sem fazer nenhuma inspeção, disseram que o local deveria ser fechado por não ter extintor de incêndio”. Ainda conforme Jordão, foi dito à testemunha, na ocasião, “que ela deveria ficar calada ou seria processada por desacato”.

Conforme o advogado, uma outra testemunha foi ameaçada com mensagens enviadas por meio de aplicativos de celular. “A situação exige a prisão preventiva dos envolvidos e a troca de toda a força policial de Itambé”, solicitou. “Também queremos que as testemunhas sejam incluídas em programas de proteção”, completou. Jordão criticou a falta de estrutura do Poder Judiciário naquele município e uma suposta preferência da Polícia Militar em realizar policiamento nos locais que contratam empresas de segurança das quais os PMs fariam parte.

Já o irmão de Edvaldo, José Roberto da Silva revelou ter sido procurado por duas pessoas que se apresentaram como policiais da Corregedoria da Secretaria de Defesa Social (SDS). “Nossa família não foi ameaçada, mas achei estranha essa abordagem. Eles perguntaram sobre pessoas que apareciam no vídeo em que meu irmão leva o tiro. Depois desse fato, comecei a sentir medo”, declarou. “O que queremos é que, ao fim disso tudo, haja justiça”, frisou.

Os parentes e o advogado de Edvaldo também reclamaram do atendimento prestado pela Polícia Civil e pelo Hospital Miguel Arraes à vítima. Segundo eles, a Delegacia de Itambé teria se recusado a registrar um boletim de ocorrência. A deputada Laura Gomes (PSB) lembrou, entretanto, “que, juridicamente, não há necessidade de se prestar queixa nesse caso, já que a própria Polícia Civil pode fazer a denúncia e a apuração, como está acontecendo”.

Com relação ao Hospital Miguel Arraes, a família não teria recebido um prontuário formal sobre o estado de saúde do estudante. Além disso, os familiares afirmaram que uma foto de Edvaldo na UTI teria sido divulgada nas redes sociais, violando a intimidade do paciente. A Comissão de Cidadania anunciou que pedirá esclarecimentos à Polícia Civil e à Secretaria de Saúde sobre as questões.

“As acusações feitas são muito graves, e os Poderes Judiciário e Executivo já tomaram a iniciativa de investigar o caso”, declarou o líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB). A Comissão decidiu encaminhar ofícios informando sobre as denúncias ao Ministério Público, ao Tribunal de Justiça e à Secretaria de Defesa Social. “Vamos pedir celeridade na apuração não só desse caso, mas de toda a situação de violência em Itambé”, anunciou o presidente do colegiado, deputado Edilson Silva (PSOL).

Câmara aprova projeto para terceirização de todas atividades

Mesmo sob forte protesto da oposição, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta (22) o Projeto de Lei (PL) 4.302/1998, de autoria do Executivo, que libera a terceirização para todas as atividades das empresas. O projeto foi aprovado por 231 a favor, 188 contra e 8 abstenções.

O projeto, que já havia sido aprovado pelo Senado, seguirá para sanção presidencial.

Desde o início da sessão, a oposição obstruía os trabalhos. A obstrução só foi retirada após acordo para que fosse feita a votação nominal do projeto e simbólica dos destaques. O acordo foi costurado entre o líder do governo, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), e parte da oposição.

Pelo projeto, as empresas poderão terceirizar também a chamada atividade-fim, aquela para a qual a empresa foi criada. A medida prevê que a contratação terceirizada possa ocorrer sem restrições, inclusive na administração pública.

Atualmente a legislação veda a terceirização da atividade-fim e prevê que a prática possa ser adotada em serviços que se enquadrarem como atividade-meio, ou seja, aquelas funções que não estão diretamente ligadas ao objetivo principal da empresa.

Justiça suspende a greve dos servidores municipais de Petrolina

Resultado de imagem para tjpe

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE) determinou nesta quarta-feira (22) a suspensão da greve dos servidores municipais de Petrolina. A decisão foi do desembargador Frederico Ricardo de Almeida Neves. Segundo ele, a greve foi deflagrada antes que todas as negociações entre a prefeitura e o sindicato da categoria fossem encerradas.

A decisão obriga todos os servidores a voltarem ao trabalho imediatamente, sob pena de multa diária de R$20 mil aplicada ao Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp).

Aposta de Vitória de Santo Antão leva sozinha quase R$ 6 milhões na Mega-Sena

O sorteio do concurso 1.914 da Mega-Sena, ocorrido na noite desta quarta-feira em Teodoro Sampaio (SP), teve um "sortudo (a)" acertador das seis dezenas. Uma única aposta feita na cidade de Vitória de Santo Anão, em Pernambuco, embolsou sozinha o prêmio de R$ 5,8 milhões.

As dezenas sorteadas foram: 06 – 09 – 15 – 22 – 39 – 48

A Caixa Econômica Federal informou também que 27 apostas acertaram cinco números e levaram com isso R$ 60.549 cada uma. Já a quadra pagou R$ 971,90 para cada uma das 2.403 pessoas que acertaram 4 dezenas. A arrecadação total atingiu mais de R$ 28 milhões. O próximo prêmio, que será sorteado no sábado (25), pode pagar R$ 16 milhões.

MPPE instaura inquérito para investigar déficit de pessoal na Polícia Militar

Resultado de imagem para pmpe

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) instaurou nesta quarta-feira um inquérito civil para investigar a “possível omissão e/ou insuficiência” do governo do estado para suprir o déficit de pessoal na Polícia Militar de Pernambuco.

A medida foi tomada diante do aumento de 47,3% no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) no estado nos dois primeiros meses 2017 em relação ao mesmo período de 2016. No documento, a Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, responsável pelo inquérito, aponta o “inegável impacto negativo na segurança pública decorrente, entre outros fatores, do decréscimo de efetivo policial militar lançado nas ruas para a atividade do policiamento ostensivo”.

De acordo com o MPPE, atualmente 18.850 policiais militares atuam em Pernambuco. As secretarias estaduais das secretarias de Defesa Social (SDS), Administração (SAD) e de Planejamento e Gestão (Seplag), além do Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco e os conselhos estaduais de Defesa Social e Direitos Humanos, ainda não foram notificados sobre o inquérito.

O MPPE considera ainda o Programa de Jornada Extra de Segurança (PJES), criado para otimizar as atividades de defesa social executadas pelas polícias Civil, Militar e pelo Corpo de Bombeiros, como uma "medida paliativa para minimizar o déficit de pessoal da PMPE”.

Augusto César critica atraso na construção de campus da UPE em Serra Talhada

Resultado de imagem para augusto cesar alepe

A retomada da construção do campus da Universidade de Pernambuco (UPE) em Serra Talhada foi solicitada pelo deputado Augusto César (PTB), no Pequeno Expediente desta terça (21). O parlamentar cobrou explicações para a falta de repasses para a obra, destinada ao curso de medicina na cidade sertaneja, que deveria estar pronta desde o ano passado. Atualmente, o curso funciona no prédio da Autarquia Educacional de Serra Talhada.

“É lamentável que a obra esteja parada por falta de pagamento para a construtora responsável. Solicitamos com urgência esclarecimento sobre essa situação”, discursou o deputado. Segundo Augusto César, em 2015 apenas 50,8% do valor devido foi efetivamente repassado para a empreiteira à frente da obra. Em 2016, o pagamento foi ainda menor: 32,8% do total de R$ 1,54 milhão gastos pela construtora, de acordo com o parlamentar. “Ao Governo ainda resta pagar mais de R$ 847 mil só de gastos já efetuados. Essa dívida inviabiliza a continuidade da construção do campus”, afirmou.

“A presença de um curso de medicina em Serra Talhada gera empregos e serviços ao redor do campus, e contribui para fixação de médicos no Interior, mas sem cumprir os compromissos firmados com o setor educacional não chegaremos a ter qualquer desenvolvimento na região”, ressaltou.

Presidente do TRE-PE visita municípios de Calumbi e Santa Cruz da Baixa Verde em busca de apoio para a biometria

Resultado de imagem para biometria eleitoral pe

Na última sexta-feira (17), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, Antônio Carlos Alves da Silva; a diretora-geral, Isabela Landim e o coronel Gondim visitaram os municípios de Calumbi e Santa Cruz da Baixa Verde para firmar parceira para a realização da biometria.

Ambos os prefeitos, tanto de Calumbi, Sandra de Cacia Pereira e o de Santa Cruz da Baixa Verde, Tássio José Bezerra dos Santos se disponibilizaram para ajudar a Justiça Eleitoral no processo do recadastramento biométrico nos municípios.

Calumbi é termo de Flores, 67ª Zona Eleitoral e possui 6.568 eleitores. O início da biometria no município está previsto para o dia 05/04. Já em Santa Cruz da Baixa Verde que  é termo de Triunfo, 69ª Zona Eleitoral e possui 9.825 eleitores, o recadastramento biométrico iniciará no dia 19/04.

O presidente do TRE-PE, Antônio Carlos falou da importância das visitas nos municípios. “A importância primeiro é para os eleitores, que  anteriormente teriam que ir para outro município votar. E como estamos fazendo a biometria nos seus municípios, eles não terão mais que se deslocar”, afirmou o presidente.

Quem não realizar o recadastramento biométrico, terá o  título cancelado e com isso terá restrições no CPF, perdendo benefícios de programas sociais como o Bolsa Família, e não poderá fazer matrículas em instituições de ensino, nem obter passaporte ou assumir cargos públicos.

Prefeito interino de Ipojuca cumpre recomendação e exonera irmão de candidato a vice que recebia sem trabalhar

Prefeito interino de Ipojuca cumpriu recomendação do Ministério Público Eleitoral e exonerou, no dia 16 de março, Gentil Vasconcelos da Silva Filho do cargo de chefe de divisão da Secretaria de Infraestrutura. Segundo o que foi apurado pelo Ministério Público, ele é irmão do candidato a vice-prefeito nas Eleições Municipais 2016 João Vasconcelos da Silva e, apesar de constar da folha de pagamento do município, nunca trabalhou na Secretaria de Infraestrutura.

De acordo com a promotora de Justiça com atuação na 16ª Zona Eleitoral, Bianca Stella Azevedo, o Ministério Público Eleitoral recebeu denúncia do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) referente a um acordo entre João Vasconcelos da Silva e o candidato a prefeito pela coligação Ipojuca segue em frente, Carlos José de Santana. Segundo essa denúncia, o candidato à vice teria aceitado integrar a chapa em troca de poder indicar pessoas para ocupar cargos públicos no município de Ipojuca “sem a necessidade prestar qualquer contrapartida laboral”.

Apesar das alegações do prefeito interino Ricardo José de Souza, que disse não conhecer Gentil Vasconcelos da Silva Filho e tampouco saber onde ele estaria lotado, a promotora de Justiça Eleitoral identificou a nomeação na Portaria nº963/2017, de 2 de janeiro deste ano, subscrita pelo prefeito interino. O Ministério Público também confirmou, em consulta ao Portal da Transparência de Ipojuca, que Gentil Vasconcelos exercia o cargo de chefe de divisão, categoria CC-6, com vencimento de R$ 1.538,00.

“Pelos documentos levantados pelo Ministério Público, o referido nomeado não exerce nenhuma função na Secretaria de Infraestrutura. Além disso, em cumprimento a requisição ministerial, a Usina Trapiche SA enviou registro de empregado em nome do senhor Gentil Vasconcelos da Silva Filho, em que consta ser ele empregado da usina desde 16 de março de 1998, trabalhando em período integral e diariamente”, detalhou a promotora de Justiça no texto da recomendação.

Nova eleição – os eleitores de Ipojuca voltarão às urnas no dia 2 de abril para eleger o prefeito. O candidato mais votado no pleito de 2016, Romero Sales, teve a candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) em razão de ter sido condenado judicialmente por ato de improbidade administrativa com dano ao erário e enriquecimento ilícito. Como não houve candidato diplomado para o cargo de prefeito, o presidente da Câmara de Vereadores de Ipojuca assumiu o comando do Poder Executivo de forma provisória até a conclusão do novo processo eleitoral.

Temer retira servidores estaduais da reforma da Previdência

O presidente da República, Michel Temer, tirou da proposta de reforma da Previdência enviada ao Congresso Nacional os servidores públicos estaduais. O anúncio foi feito na noite desta terça (21) no Palácio do Planalto. Segundo o presidente, a decisão reforça o princípio federativo e a autonomia dos estados, algo que segundo ele é exaltado pelo governo. Com a decisão, os servidores públicos estaduais saem da reforma discutida atualmente na Câmara dos Deputados.

"Vários estados já providenciaram sua reformulação previdenciária. E seria uma relativa invasão de competência, que nós não queremos levar adiante, portanto disciplinando a Previdência apenas para servidores federais", disse o presidente, em rápido pronunciamento. A decisão faz com que professores da rede pública estadual e policiais civis estaduais, dentre outras categorias vinculadas aos governos dos estados, aguardem uma reforma específica, definida pelos governadores e deputados estaduais.

Continuam dentro da reforma apresentada pelo governo os servidores públicos federais, bem como os trabalhadores da iniciativa privada, como por exemplo os regidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Festa de São José do Belmonte contou com a presença da imagem que deu origem ao município

Terminou na noite desta segunda (20) mais uma festa em honra a São José, padroeiro da cidade de São José do Belmonte. Primeiro aconteceu a tradicional procissão pelas principais ruas da cidade, e logo em seguida, a missa de encerramento presidida pelo padre Juacir Delmiro e concelebrada pelos padres Claudivan Siqueira, Wanderson Eduardo e Wellington Jacinto.

De acordo com o padre Claudivan Siqueira, trata-se de um novenário não só em sentido paroquial, mas para todo o município, uma vez que São José é padroeiro não só da Paróquia, mas também da cidade. “Este ano de modo especial a primeira imagem de São José, a que deu origem ao município e a Paróquia, saiu em peregrinação visitando todas as nossas comunidades como meio de reavivar a fé e aproximar do povo de Deus esta realidade histórica de fé e devoção”, disse padre Claudivan.

Imagem bicentenário que deu origem ao município peregrinou pela comunidades

Padre Wanderson Eduardo também destacou a devoção dos fieis ao padroeiro do município. “De fato, é muito bonito perceber no olhar de cada sertanejo a alegria e a emoção de colocar-se com muita humildade diante de uma pequena, mas significativa imagem que exprime confiança. O povo sofrido confia que o padroeiro, muito mais próximo de Deus do que nós, será ponte pelo qual nossos pedidos e orações chegam a Cristo”, disse padre Eduardo.

www.dioceseafogadosdaingazeira.com.br

Banco do Brasil é multado em R$ 4 milhões por não reabrir agências atingidas por ações criminosas em Pernambuco

Resultado de imagem para banco do brasil

A não reabertura de agências atingidas por ações criminosas em Pernambuco levou o governo estadual, através da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e do Procon-PE, a multar o Banco do Brasil no valor de R$ 4 milhões. A instituição bancária tem o prazo legal de 10 dias para apresentar recurso da decisão, que foi fundamentada em infração gravíssima, devido a defeitos de prestação de serviço coletivo e à cobrança de taxas a consumidores por serviços bancários durante o período de não funcionamento das agências.

Uma investigação preliminar contra as instituições financeiras que tiveram agências e caixas eletrônicos explodidos foi instaurada pelo Procon-PE em agosto do ano passado. De acordo com o órgão, apenas o Banco do Brasil segue com as agências atingidas no interior do Estado fechadas enquanto os demais bancos apresentaram defesa manifestando que foram reestabelecidos os serviços nos locais afetados pelas investidas criminosas.

Ainda segundo o Procon-PE, o Banco do Brasil alegou que a devolução de valores cobrados a correntistas das agências que estavam fechadas não seria necessária, já que o consumidor teria alternativas para realizar operações bancárias. O órgão entende, porém, que a não realização do estorno dos valores cobrados retira o direito de escolha do consumidor.

A não efetivação dessa cobrança é um dos pontos que constam no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) proposto pelo Procon-PE em audiência realizada em fevereiro deste ano com a presença de representantes dos bancos. O documento, que não foi assinado por nenhuma instituição financeira, previa ainda a efetivação das medidas de segurança voltada à total inutilização de cédulas e a submissão do plano de segurança adotado à Polícia Federal, além do restabelecimento do funcionamento efetivo.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa do Banco do Brasil em Pernambuco informou que a instituição bancária não comentaria a aplicação da multa. No texto, o banco “reafirma o compromisso permanente de continuar prestando ao Procon-PE, em tempo ágil, os devidos esclarecimentos sobre a situação das agências que foram alvo de investidas criminosas, bem como as informações sobre os esforços diários que empreende visando disponibilizar alternativas de atendimento capazes de minimizar o impacto para as comunidades”.