Notícias

Jornal dos EUA diz que Bolsonaro é o “Trump brasileiro”

O deputado Jair Bolsonaro

Após o deputado Jair Bolsonaro aparecer em segundo lugar em pesquisas de intenções de votos à Presidência, o jornal norte-americano Quartz publicou uma comparação entre o brasileiro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que também era tido como candidato improvável nas eleições à Casa Branca em 2016.

"A eleição de Trump ensinou aos norte-americanos que qualquer candidato, não importa o quanto ele pareça, deve ser levado a sério por todos antes que seja tarde demais", diz o texto.

De acordo com a publicação, embora a população dos EUA não conheça a história de Bolsonaro, ela é parecida com a do republicano e, portanto, "os brasileiros precisam entender isso agora".

 

O deputado, que representa o Rio de Janeiro na Câmara dos Deputados do Brasil, tem feito reivindicações racistas, homofóbicas e xenófobas desde que entrou na política em 1988. "Eu não tento agradar a todos. Eu não sou bom, mas os outros são muito ruins. Eles tentam me derrubar, mas continuo a subir nas pesquisas", declarou o brasileiro ao portal Vice News .

Belchior será o homenageado do Festival de Inverno de Garanhuns 2017

Resultado de imagem para belchior

O Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), será realizado de 20 a 29 de julho e homenageará o cantor e compositor cearense Belchior. De acordo com a Secult-PE e a Fundarpe, a escolha se deu pela poética que traduz nossos anseios contemporâneos e a esperança que muitos brasileiros precisam vivenciar no Brasil de hoje.

Um concerto em homenagem a Belchior vai marcar a abertura oficial do FIG que, pelo segundo ano consecutivo, acontecerá na Catedral de Santo Antônio. A poesia de Belchior vai estampar a decoração da cidade durante o evento.

Outros dois espaços do FIG também prestarão homenagens a artistas nordestinos. A Praça da Palavra vai lembrar o centenário de Hermilo Borba Filho e e o Palco de Cultura Popular, a partir deste ano, passa a se chamar Palco da Cultura Popular Ariano Suassuna, para marcar o 90º aniversário do escritor paraibano.

Cachês de Aviões do Forró para shows no Agreste sob suspeita

Aviões do Forró

A divergência entre os valores dos cachês pagos pela Prefeitura de Gravatá e Caruaru, para a contratação da banda Aviões do Forró acendeu um sinal de alerta no Ministério Público de Pernambuco (MPPE). A suspeita de superfaturamento na contratação surgiu após a informação de que o show realizado pelos músicos, no último sábado (16), em Gravatá custou R$ 280 mil aos cofres municipais, enquanto a gestão caruaruense desembolsou metade do valor – R$ 140 mil – pela mesma atração no início do mês. Devido a diferença, a 1ª Promotoria de Justiça de Gravatá instaurou um inquérito civil para apurar o pagamento feito pela Prefeitura de Gravatá.

O promotor João Alves de Araújo solicitou informações sobre a contratação de artistas para as festas juninas da cidade, além de cópias dos procedimentos licitatórios e a relação com dados qualitativos da Comissão de Licitação e da Secretaria Municipal de Turismo. A denúncia do promotor leva em conta ainda a repercussão nas redes sociais da diferença dos cachês.

O representante do Ministério Público já havia emitido, em fevereiro deste ano, uma recomendação com “advertências, ponderações, observações e determinações” quanto aos cuidados, princípios administrativos e limitações no gasto com verbas públicas “na contratação de artistas e bandas nas festividades periódicas” em Gravatá.

Em seu site oficial, a Prefeitura municipal de Gravatá divulgou um “público recorde” de 70 mil pessoas, segundo a Polícia Militar. A administração divulgou uma nota pública negando superfaturamento no valor da contração que teria incluído despesas com a logística da realização do show.

Acusado de matar colunista em Caruaru é condenado a 30 anos de prisão

Resultado de imagem para marcolino jr caruaru

Depois de quase 15 horas de julgamento, o acusado de matar o jornalista e colunista social Marcolino Júnior, 46, em Caruaru, foi condenado a 30 anos e cinco meses de prisão. O design gráfico Rafael Leite da Silva, de 33 anos, deve cumprir pena em regime fechado por homicídio triplamente qualificado, quando o réu pratica o crime por motivo torpe com requintes de crueldade e sem chance de defesa da vítima. Além disso, a pena ficou mais alta porque o acusado ocultou o cadáver do jornalista.

Rafael Leite já estava preso desde 18 de abril do ano passado, na Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru. O crime ocorreu no dia 16 de abril do ano passado, dentro de um quarto de motel naquela cidade. A sessão aconteceu na sala do Tribunal do Júri do Fórum Demóstenes Batista Veras, no Bairro Universitário, e foi presidida pela juíza auxiliar da vara, Priscila Vasconcelos Areal Cabral Farias Patriota, que anunciou a sentença pouco antes da meia-noite dessa quarta-feira.

Segundo o inquérito policial, o jornalista teria sido morto a facadas, após receber um golpe de jiu-jitsu, aplicado por Rafael. O julgamento foi marcado por embates entre a defesa e acusação. O advogado do réu já adiantou que vai recorrer da decisão e também pediu que seu cliente respondesse pelo crime em liberdade. Pedido que foi negado pela magistrada.

De acordo com as investigações realizada pela Polícia Civil, o executor do crime foi Rafael Leite da Silva, que terminou preso após tentar vender o veículo do colunista social.

Prefeito de Tabira, Sebastião Dias, é multado em mais de R$ 36 mil pelo TCE

Resultado de imagem para SEBASTIAO DIAS TABIRA

Tratam os autos do Relatório de Gestão Fiscal (RGF) da Prefeitura Municipal de Tabira relativo ao exercício financeiro de 2014, cujo responsável é o Prefeito Sr. Sebastião Dias Filho. Do Relatório de Auditoria e da defesa O Relatório de Auditoria apontou que a análise dos Relatórios de Gestão Fiscal – RGF dos 1º, 2º e 3º quadrimestres de 2014 revelou que o Poder Executivo do Município de Tabira deixou de ordenar ou de promover, na forma e nos prazos da LRF, a execução de medidas necessárias e suficientes para a recondução ao limite máximo da sua Despesa Total com Pessoal – DTP. Conforme se verificou no relatório de Contas de Governo do exercício de 2010, Processo TCE-PE nº 1170077-4, o comprometimento da RCL com despesas com pessoal atingiu o percentual de 62,79%, apresentando um excedente de 8,79%, que deveria ser eliminado até o segundo período fiscal seguinte, através de medidas de restrição de gastos, conforme determinado no art. 23 da LRF. Entretanto o Poder Executivo do município continuou na situação de reincidência da irregularidade por todos os períodos fiscais compreendidos entre o terceiro quadrimestre do exercício 2010 e o final do exercício 2014.

A Primeira Câmara Julgou irregular a gestão fiscal do exercício financeiro de 2014, sob a responsabilidade de SEBASTIÃO DIAS, Prefeito do Município de Tabira, bem como aplicou ao mesmo multa no valor de R$ 36.720,00.

Nordeste poderá perder cultivo de mandioca por causa das mudanças do clima, diz estudo

Resultado de imagem para mandioca

A região Nordeste poderá ‘perder’ a produção de mandioca por conta do aumento de temperatura causado pelas mudanças climáticas, segundo projeção de especialistas que participaram de um estudo inédito promovido pela Empresa Brasileira de Agropecuária (Embrapa) e o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Comente no fim da matéria.

Segundo o estudo, a concentração de gás carbônico na atmosfera, antes de 2050, pode vir a favorecer a produção de mandioca na região Nordeste já que a planta é resistente aos efeitos de mudanças climáticas do planeta, mas até certo ponto.

“Nas simulações que fizemos, a mandioca fica com alta vulnerabilidade na região do Semiárido [até 2050]. Portanto, ela tende a se deslocar para regiões onde há mais água, mesmo com temperaturas elevadas”, disse o pesquisador da Embrapa Informática Agropecuária (SP) Eduardo Assad.

Porém, o pesquisador também afirmou que existe a possibilidade de que o Nordeste permaneça com a cultura da mandioca com uma nova técnica descoberta.

“Existe a possibilidade de a mandioca migrar para essas regiões para substituir parte da área daquelas culturas. No entanto, há a possibilidade de que a área de mandioca não seja reduzida no Nordeste, porque, como mostra o trabalho, a elevação no gás carbônico compensará, ainda que parcialmente, a redução da precipitação”, contou o pesquisador da Embrapa Mandioca e Fruticultura (BA) Jailson Lopes Cruz.

Nova técnica

O estudo também mostra que a elevação de gás carbônico atmosférico faz com que a produtividade das plantas de mandioca sem água (que não recebem irrigação normalmente, como nas regiões mais secas do Nordeste) cresça proporcionalmente mais em relação às que contam com água sob as mesmas condições.

Tio e sobrinho capturados após roubo em Custódia

Adulto e adolescente estavam de posse de quatro sacolas com moedas, notas de R$ 2 e ainda uma marreta e uma ponteira. Foto: PM/ Divulgação

Policiais militares capturaram, na madrugada desta quarta-feira, por volta das 3h,  uma dupla que, momentos antes, teria arrombado uma casa lotérica no centro da cidade, em Custódia. De acordo com a polícia, os suspeitos, um adulto e um adolescente, confessaram o crime e estariam de posse de quatro sacolas com moedas, notas de R$ 2 e ainda uma marreta e uma ponteira.

Durante uma ronda na Avenida Vereador Joaquim Pereira, os PMs desconfiaram do comportamento da dupla, que seguia em uma moto. Ao serem abordados, eles teriam confessado o arrombamento. Tio e sobrinho, de 39 e 15 anos, já eram conhecidos do efetivo por praticar outros furtos. Os dois foram encaminhados, junto com o material apreendido, para a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

Mais de 95% dos brasileiros não querem reforma trabalhista, diz enquete do Senado

Resultado de imagem para reforma trabalhista

A decisão da Comissão de Assuntos Sociais do Senado de rejeitar o texto da reforma trabalhista pode ter desagradado o governo mas está na direção do que diz enquete feita pelo site da Casa. Para 95,7% dos que opinaram sobre o projeto, as mudanças devem ser rejeitadas pelos senadores. O projeto de lei complementar (PLC 38/17) prevê, entre outras medidas, que as negociações entre patrões e empregados prevaleçam sobre a legislação.

Mais de 135 mil internautas responderam à enquete do Senado sobre o tema. Destas, 129.377 responderam ser contra o projeto. Outras 5.709 pessoas disseram ser a favor. A rejeição à reforma também já foi expressada em recentes manifestações populares.

Apesar da comemoração dos oposicionistas, a rejeição do relatório do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), não significa a derrubada da proposta.

O líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), apresenta nesta quarta-feira parecer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). “Vai ser dada vista coletiva de uma semana. Vamos votar a matéria na quarta seguinte a partir daí ela vai para o plenário. Vão para o plenário os três relatórios e destes vamos fazer o requerimento de prioridade em um, que será votado. A tendência é que a gente peça para o relatório da CAE”, disse.

Ivanildo do Gás passa na segunda fase da OAB e já pode atuar como advogado

Resultado de imagem para ivanildo do gás

Os parabéns vão para os mais novos advogados, Ivanildo Valeriano da Silva (Ivanildo do Gás) e seu sobrinho, João Valeriano da Silva Neto, que passaram na segunda fase da OAB.

Ivanildo escolheu como área de atuação o Direito Criminal, já o seu sobrinho, Direito Trabalhista. Ivanildo do Gás tem um filho advogado que atua no Direito Criminal em Mato Grosso, e uma sobrinha que atua na área do Direito Trabalhista.

Ivanildo do Gás é da primeira turma de formandos da Faculdade de Formação de Professores de Afogados da Ingazeira (Fafopai) em Ciências, na licenciatura de matemática, e estudou Direito em Serra Talhada.

Oposição repudia expulsão da Polícia Militar de líderes da Operação Padrão


Joel da Harpa e Edilson Silva criticaram a expulsão dos policiais

Rendeu críticas ao Governo do Estado o processo disciplinar da Secretaria de Defesa Social (SDS) que resultou na exclusão dos policiais militares Alberisson Carlos e Nadelson Leite, à frente da Operação Padrão da PM, realizada no final do ano passado. Nesta terça (20), no Plenário, a Oposição acusou o Poder Executivo de “perseguir” os servidores e de tentar “implantar uma ditadura” nas corporações de segurança de Pernambuco. A maioria da base do Governo esteve ausente da reunião, o que também foi alvo de queixas dos oposicionistas.

Segundo a portaria da Secretaria de Defesa Social, os dois policiais, que são diretores da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco, foram expulsos “a bem da disciplina”, por fazerem “comentários falaciosos e inconsequentes, fomentando a insubordinação dos membros da instituição militar contra superiores”. Os PMs punidos estavam presentes à Reunião Plenária.

Para o deputado Joel da Harpa (PTN), o episódio revela a “truculência” da SDS. “A livre manifestação do pensamento é direito constitucional, que não pode sofrer qualquer restrição”, asseverou. O parlamentar comentou que outros policiais, civis e militares, respondem a processos disciplinares semelhantes. “Que Governo é esse que não aceita ser criticado?”, protestou.

Presidente da Comissão de Cidadania, o deputado Edilson Silva (PSOL) classificou o episódio como “uma arbitrariedade inaceitável”. Na visão do psolista, a atitude do Governo tem o “DNA da censura”.  “A expulsão desses PMs significa uma tentativa de fechar, definitivamente, a Associação de Cabos e Soldados”, afirmou.

Em aparte, o líder da Oposição, Sílvio Costa Filho (PRB), disse que a ausência dos governistas no Plenário  “atrofia o debate e desrespeita a população pernambucana”. No discurso, o parlamentar dirigiu-se aos policiais militares presentes nas galerias, que gritaram palavras de ordem contra o secretário de Defesa Social, Angelo Gioia.

Também em apartes, Júlio Cavalcanti (PTB) chamou de “manobra” o não comparecimento dos governistas à reunião. “Esta é a casa da democracia, e o Palácio do Campo das Princesas, a casa do autoritarismo”, criticou. Álvaro Porto (PSD), cujo partido integra a base do Governo, analisou que “quem está na política tem que aguentar críticas ou, se não, sair do cargo”. Augusto César (PTB) também registrou solidariedade com os agentes de segurança pública no Plenário.

PMs realizam ato contra a exclusão do presidente e do vice da Associação dos Cabos e Soldados

Resultado de imagem para pms realizam protesto contra a expulsao do presidente da associação em pernambuco

Uma reunião plenária ocorrida na tarde desta terça (20) na Assembleia Legislativa discutiu a exclusão do presidente da Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS-PE), Albérisson Carlos da Silva, e seu vice, Nadelson Leite Costa, dos quadros da Polícia Militar. Os dois entraram com recurso de revisão do processo após publicação no Diário Oficial, assinada pelo secretário Ângelo Gioia, publicada no sábado passado.

Apesar da mobilização contrária à decisão, a ACS nega que fará qualquer paralisação. "A associação, desde o começo da Operação Padrão, nunca propôs greve. A gente sabe que essa é uma atitude que a SDS está esperando para poder ter o aparato jurídico e pedir ao Ministério Público a dissolução da Associação. Não posso descartar que a categoria não vá fazer greve, agora a nossa proposta é de diálogo", afirmou Albérisson Carlos da Silva.

"Entramos com recurso de revisão do processo e não tivemos defesa, foi um sistema ditatorial que foi implantado na segurança pública. Esse secretário não tem sensibilidade de negociar. Isso é perseguição política em cima da gente porque não fomos ouvidos", criticou Nadelson Leite Costa.

De acordo com o deputado estadual Joel da Harpa (PTN), que convocou a reunião, além dos dois cabos expulsos, mais cinco policiais militares estão presos após fazerem críticas ao governo. "Nos impressionou a tentativa da base do governo de esvaziar a sessão. Na minha opinião, houve intolerância do governo em perseguir porque há uma verdadeira ditadura política instalada em Pernambuco", afirmou.

Eleições Limpas em Belo Jardim

Eleições Limpas em Belo Jardim

A 45ª Zona Eleitoral em parceria com a Assessoria de Comunicação do TRE-PE estão promovendo a campanha Eleições Limpas para o pleito suplementar que vai acontecer dia 2 de julho no município de Belo Jardim.

Essa campanha será através da mobilização de veículos de comunicação da região, rádios e blogs, para conscientizar a população sobre a proibição de se jogar santinhos nas ruas da cidade. “Pedimos aos eleitores para dar o exemplo deixando as ruas limpas, pois o derramamento de santinhos é crime e pode prejudicar o candidato com punição de detenção de 06 meses a 1 ano, além de multa que pode chegar a R$ 15.961,50”, afirmou o chefe de cartório de Belo Jardim, Lauro Sylvio dos Santos Neto.

Na segunda reunião sobre a propaganda eleitoral realizada na última terça (13), o juiz eleitoral de Belo Jardim, Demétrius Liberato Silveira Aguiar estabeleceu que as coligações irão orientar os eleitores e adeptos para que não joguem santinho nas ruas de Belo Jardim no dia da eleição e nos três dias que antecedem o pleito de 2 de julho, pois constitui crime eleitoral.

Assembleia Legislativa presta homenagem a desembargador afogadense, Alberto Virgínio

O desembargador Alberto Nogueira Virgínio foi homenageado, nesta segunda (19), em Reunião Solene na Assembleia Legislativa. A iniciativa foi sugerida pelo deputado Clodoaldo Magalhães (PSB), como forma de enaltecer os 40 anos de carreira do magistrado, que é natural de Afogados da Ingazeira.

Seguir a profissão do pai, juiz de Direito, foi um estímulo à decisão do estudante Alberto para cursar Ciências Jurídicas, tendo concluído o curso de Direito em 1979, na Paraíba, Estado onde iniciou a carreira de advogado. Virgínio permaneceu trabalhando num escritório até 1983, quando ingressou na magistratura pernambucana.

O homenageado foi juiz corregedor auxiliar de presídios em 1994; juiz corregedor auxiliar da 4ª Região, de fevereiro de 1995 a janeiro de 1996, e da 5ª Região, de fevereiro de 1996 a janeiro de 1998. Em 2000, atuou como juiz da 6ª Zona Eleitoral do Recife, quando acumulou as funções de juiz-membro da Comissão de Propaganda Eleitoral. O Tribunal de Justiça de Pernambuco promoveu Virgínio ao cargo de desembargador em 2005, pelo critério de merecimento.

O primeiro vice-presidente da Alepe, deputado Pastor Cleiton Collins (PP), afirmou, na abertura da solenidade, “que a Casa presta oportuna homenagem a um magistrado que, há quatro décadas, atua em defesa da sociedade e da boa prática jurídica”.

Clodoaldo Magalhães destacou que Virgínio é um dos grandes expoentes do Judiciário pernambucano. “Prudência, moderação, ética e amor pelo que faz são as palavras que traduzem o dia a dia do magistrado”, ressaltou.

O homenageado recebeu uma placa comemorativa da Assembleia. Virgínio agradeceu a iniciativa. “O dia de hoje me faz voltar a um passado distante, mas também revela que a minha responsabilidade como magistrado ganha um peso maior”, observou.

Adalto Santos pede aplicação de lei que regulamenta uso de celulares nas escolas

Em pronunciamento no Pequeno Expediente desta segunda (19), o deputado Adalto Santos (PSB) demonstrou preocupação com o uso de aparelhos celulares por estudantes nas salas de aula. Ressaltando que a utilização da ferramenta nas instituições de ensino de Pernambuco é regulamentada pela Lei Estadual n° 15.507/2015, ele informou que fará uma indicação ao Governo do Estado pedindo que a norma seja efetivamente colocada em prática.

“Venho à tribuna dar ciência aos demais parlamentares sobre a indicação que farei ao Governo do Estado. É preciso fazer valer a lei e tirar nossas crianças e jovens do caminho da ignorância”, informou. De acordo com Santos, estudos científicos revelam a diminuição da capacidade intelectual de pessoas que utilizam celulares por longos períodos. “A norma precisa ser respeitada. Isso não será feito à força, mas conscientizando os alunos”, acredita.

Barracas de fogos explodem em Petrolina

Barracas de fogos explodiram

Ao menos três barracas de fogos de artifício explodiram em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, na manhã desta terça-feira (20). O incêndio ocorreu em frente ao cemitério da cidade. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar as chamas. Não houve registro de vítimas

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também enviou equipes ao local. Testemunhas informaram que as explosões duraram mais de um minuto e podiam ser ouvidas à distância, de vários bairros.

As causas da explosão ainda estão sendo apuradas segundo a prefeitura municipal, que disse que as barracas estavam regulares. Moradores da área disseram que as explosões começaram em uma caminhonete carregada de fogos que passava no local. Há ainda informações preliminares de que três veículos que foram parcialmente destruídos e os tetos de algumas residências próximas desabaram.