Afogados On-Line

Governo convoca 580 profissionais de saúde aprovados em concurso

Resultado de imagem para qual a função do medico

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) convocou nesta quinta-feira (16) os 580 profissionais da saúde que foram aprovados no último concurso para trabalhar no atendimento de emergência adulto e pediátrico, além da assistência materno-infantil.

São 312 médicos, 110 enfermeiros, 28 fisioterapeutas, 25 farmacêuticos, 1 assistente social, 84 técnicos de enfermagem e 20 técnicos em farmácia. Os convocados vão atuar em 11 hospitais da Região Metropolitana do Recife, entre eles o Agamenon Magalhães, da Restauração, Getúlio Vargas, Barão de Lucena, Otávio de Freitas, Correia Picanço e o Hospital Geral de Areias.

Hospitais do interior do estado, como o Regional do Agreste, em Caruaru e o Dom Moura, em Garanhuns, também vão receber alguns dos profissionais. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (16) e o governo do estado também anunciou um reforço nas unidades da Farmácia de Pernambuco.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, a busca por esses profissionais é por conta da alta demanda nas emergências, em decorrência da crise econômica. “Em Pernambuco, mais de 200 mil pessoas perderam plano de saúde. Isso pressiona por mais atendimento nas nossas emergências. Fizemos uma análise nas escalas e encontrou a necessidade de fazer o chamado para recompor a nossa equipe”, afirmou.

Uma grande queixa da população é a falta de medicamentos nas farmácias públicas do estado. Ainda segundo o secretário André Longo, uma força tarefa foi montada para reverter o desabastecimento dos remédios nas unidades. “Uma parte expressiva desse desabastecimento é por conta da falta de medicamentos que são fornecidos pelo Governo Federal. Nós montamos um grupo para trabalhar na agilização desse processo para que a gente posso ter o retorno desse abastecimento de medicamentos”, completou.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, os profissionais têm até 30 dias para assumirem os cargos nas mais diversas unidades de saúde.

Corpo de diretor de escola é achado carbonizado em Arcoverde; dois suspeitos são presos

Professor, ator e diretor de teatro, Henry Pereira da Silva teve pertences roubados antes de ser morto

O corpo do professor e diretor da Escola Estadual Monsenhor José Kerhle, Henry Pereira da Silva, de 49 anos, foi encontrado carbonizado dentro da sua residência na madrugada dessa quarta-feira (15), em Arcoverde. Menos de 24 horas após o crime, a Polícia Civil de Pernambuco prendeu André Vilela dos Anjos e Ayanne Santos de Freitas Bezerra, dois dos suspeitos de envolvimento no crime.

Segundo a polícia, André informou em interrogatório que mantinha um relacionamento amoroso com a vítima e estava na casa do professor antes da morte. A perícia inicial aponta que Henry foi asfixiado com um saco plástico e golpeado com uma faca ou punhal na altura da nuca, antes de ter o corpo carbonizado. Segundo a Delegacia de Arcoverde, a carbonização impediu que os peritos observassem preliminarmente as lesões provocadas pelo autor (ou autores) do assassinato.

Carro roubado foi encontrado queimado na zona rural da cidade horas depois

De acordo com as investigações preliminares da polícia, André entrou na casa do professor para roubar alguns pertences, como um carro modelo Chevrolet Prisma – que foi encontrado queimado na zona rural da cidade horas depois -, e bolsas com objetos da vítima. Ayanne estaria agindo como olheira na frente da casa enquanto André e outros suspeitos estavam na residência.

Imagens de câmeras de segurança da área ajudaram os policiais a identificar alguns dos demais participantes do crime. A polícia então levantou a hipótese de que o incêndio que resultou na carbonização do corpo do professor Henry havia sido criminoso. Uma perícia foi realizada no local e coletou material genético. As investigações sobre a morte do professor seguem em andamento e novas provas técnicas devem ser anexadas. A Polícia Civil trabalha para localizar e prender os demais envolvidos no crime.

Senado articula medida que derruba decreto das armas

Resultado de imagem para decreto armas

Senadores articulam votar na semana que vem, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, os projetos que anulam os efeitos do decreto sobre armamento assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. O ato facilita porte de arma de fogo para 19 categorias, entre elas políticos, caminhoneiros e moradores de área rural, e enfrenta resistências no Congresso.

A presidente da CCJ no Senado, Simone Tebet (MDB-MS), escolheu o senador Veneziano Vital do Rego (PSB-PB) para relatar três projetos de decreto legislativo que cancelam os efeitos do ato de Bolsonaro. As propostas foram apresentadas pelos senadores Eliziane Gama (Cidadania-MA), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Fabiano Contarato (Rede-ES) e pela bancada do PT na Casa. Depois da CCJ, a proposta seguirá para o plenário do Senado.

Na semana passada, a consultoria legislativa do Senado emitiu um parecer afirmando que o ato de Bolsonaro extrapolou o limite de regulamentação de um decreto presidencial.

Além dos projetos, a Rede protocolou uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo que a Corte cancele o decreto de Bolsonaro. O senador Randolfe Rodrigues teve uma reunião ontem com a relatora da ação, a ministra Rosa Weber.

STF pede abertura de inquérito para investigar ‘rachadinha’ no gabinete de Daniel Coelho

Foto: Gustavo Lima/Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) encaminhou para o Ministério Público Federal (MPF) um pedido para abertura de inquérito contra o deputado federal Daniel Coelho (Cidadania). A investigação tem o objetivo de apurar se o parlamentar teria recebido parte do salário pago a um ex-assessor, Sérgio Almeida do Nascimento, que exercia o cargo de secretário parlamentar. Os indícios do possível envolvimento de Daniel na prática, conhecida como “rachadinha”, foram apontados pela Polícia Federal e encaminhados ao STF por meio da petição de número 8189, segundo a assessoria de comunicação do Supremo.

As informações foram divulgadas ontem no site O Antagonista. Segundo a nota, a Polícia Federal constatou que Sérgio recebeu salários até junho de 2017, mas viajou para os Estados Unidos em janeiro do mesmo ano e não mais retornou ao país. No portal da Câmara, onde constam os dados sobre remuneração dos parlamentares e servidores da Casa, a reportagem observou que o ex-assessor recebeu até maio de 2017 o salário de R$ 3.367,46 e mais R$ 982,29 de auxílios. Ele foi exonerado em junho e recebeu R$ 1.526,57 de salário e R$ 1.769,94 com a rubrica de vantagens indenizatórias.

Ainda de segundo O Antagonista, a PF suspeita que a prática venha ocorrendo desde 2011, quando Daniel Coelho exercia o mandato de deputado estadual. A assessoria do Supremo Tribunal Federal também informou à reportagem que a relatoria do caso ficou com o ministro Luís Roberto Barroso, que encaminhou o pedido de investigação para o Ministério Público Federal a quem, segundo a assessoria do STF, compete acatar a abertura ou não do inquérito.

Procurado para falar sobre o assunto, o deputado Daniel Coelho enviou nota por meio de sua assessoria. “Ainda não fui notificado sobre essa questão, mas a nota do Antagonista deixa claro que o ex-assessor foi exonerado após ter deixado o país. Ele foi para os Estados Unidos com visto de turista e não retornou. Meu gabinete e a Câmara dos Deputados foram enganados por uma falsa viagem de turismo”, disse o parlamentar.

Sérgio Almeida do Nascimento, conforme informações do gabinete do deputado, começou a trabalhar para o parlamentar em 2015, até ser exonerado em 2017. Ainda segundo informações da assessoria de Daniel Coelho, ele tirou férias em janeiro de 2017, quando viajou para os Estados Unidos. O ex-assessor teria que voltar ao trabalho na segundo quinzena de fevereiro, mas não retornou às suas atividades na Câmara. Antes de acontecer a exoneração, em maio, a assessoria afirma que o gabinete tentou localizá-lo, mas o então secretário parlamentar não retornou os contatos. Esclareceu, ainda, que o caso do afastamento do ex-assessor aconteceu, portanto, pelo abandono de trabalho, descartando qualquer possibilidade da ligação do caso com a prática de “rachadinha”.

Comissão de Cidadania da Assembleia Legislativa discute falta de medicamentos na Farmácia do Estado de Pernambuco

05-15-cidadania-ap-abastecimento-de-medicamentos-rs-1

A falta de medicamentos na Farmácia de Pernambuco foi debatida em audiência pública promovida pela Comissão de Cidadania nesta quarta (15). A situação dos pacientes foi exposta em cartazes com pedido de socorro. Eles contam que alguns remédios estão fora de disponibilidade há mais de um ano. Participantes também criticaram a ausência de representante da Secretaria Estadual de Saúde (SES) no encontro.

Presidente do colegiado, a deputada Jô Cavalcanti, do mandato coletivo Juntas (PSOL), registrou que “a população está desassistida e vivendo um drama”. Proponente da audiência, o deputado William Brigido (PRB) chegou a declarar que estuda a possibilidade de pedir a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI): “É fundamental colocar um ponto final nessa história”.

A deputada Priscila Krause (DEM) – cuja solicitação de audiência pública sobre o tema foi rejeitada pelo Plenário em abril – expôs dados obtidos no Portal da Transparência para enfatizar que “está havendo redução sistemática dos recursos para a Farmácia”. Ela apontou 15 decretos do ano passado com alterações orçamentárias nesse sentido: “Houve anulação de R$ 23,13 milhões e crédito de R$ 7,36 milhões, resultando numa redução total de R$ 15,77 milhões”.

Priscila observou que o valor subtraído é próximo do total destinado à ação, que, segundo ela, foi de R$ 15,97 milhões em 2018. “Desse montante, R$ 14,41 milhões foram obtidos por meio de repasses do Governo Federal”, prosseguiu. “A retirada desse dinheiro foi uma decisão política do governador, causando a desassistência aos doentes e a inviabilidade da política de assistência farmacêutica.”

Homem é detido com carro clonado na BR 232, em Sertânia

Veículo havia sido roubado no início do ano. Foto: PRF / Divulgação

Um homem foi preso, nesta quarta (15), com um carro clonado, na BR 232, em Cruzeiro do Nordeste, Sertânia. O veículo havia sido roubado em janeiro de 2019 na cidade de Santa Cruz do Capibaribe e possuía diversas adulterações nos elementos identificadores.

Ao realizar uma fiscalização de rotina, policiais rodoviários abordaram uma picape e, após realizarem identificação veicular, constataram que se tratava de um clone, o que acontece quando um veículo irregular faz uso de placas e documentos de um veículo legalmente documentado e de mesmas características. O veículo havia sido roubado em janeiro deste ano, na cidade de Santa Cruz do Capibaribe. O condutor recebeu voz de prisão e foi encaminhado junto com o carro clonado para à Polícia Judiciária da região, que irá investigar o caso.

Mais de 90 municípios de Pernambuco não registraram assassinato em abril, diz SDS; 14 estão no Pajeú

Resultado de imagem para violencia em pernambuco

Depois de anunciar a queda no número de assassinatos no primeiro trimestre deste ano, a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco informou que a redução no Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) continua. Em abril deste ano, o Estado completou 17 meses consecutivos de queda em assassinatos – foram 309 homicídios contra 355 do abril anterior, uma diminuição de 13%. Além disso, 92 municípios pernambucanos, entre eles – Brejinho, Calumbi, Carnaíba, Flores, Iguaraci, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Triunfo e Tuparetama, não registraram nenhuma morte em seu território 

O recuo nos números dos homicídios em abril aconteceu na maioria das regiões de Pernambuco – a queda maior foi no Agreste, de 28,83% (de 111 em abril de 2018 para 79), seguido pelo Sertão, onde os casos caíram de 49 para 35 (28,57%). Na Região Metropolitana, sem considerar a capital, a retração foi de 15,69%, tendo reduzido de 102 para 86 ocorrências. Já o Recife contabilizou teve 37 mortes violentas em abril deste ano, número 19,57% menor em relação aos 46 de abril do ano passado. Em contrapartida, a Zona da Mata registou aumento do número de assassinatos: de 47 para 72 em números absolutos, alta de 53,2%.

Ciro diz que Lula é ‘enganador profissional’ e ‘defunto eleitoral’

Resultado de imagem para ciro gomes

O candidato derrotado à Presidência da República em 2018 Ciro Gomes (PDT) fez críticas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao PT em sua participação na reestreia do programa Provocações, da TV Cultura, agora apresentado por Marcelo Tas ontem.

Ciro diz ter ficado “deprimido” ao assistir a entrevista que Lula concedeu da prisão aos jornais El País e Folha de S.Paulo pela falta de autocrítica.

“Eu conheço o Lula. Ele é um encantador de serpentes, um enganador profissional. Não tem um companheiro com quem ele não tenha sido desleal ao longo da vida inteira, ele cultiva isso”, disse.

O ex-governador do Ceará voltou a falar que, se Lula se considera um preso político, deveria ter pedido asilo em alguma embaixada. “A petezada amalucada não percebe a incongruência. Se eu sou acusado falsamente e ameaçado de prisão arbitrária e política, eu iria a uma embaixada pedir asilo e denunciar. Se Lula se acha um preso político, é a única saída. Sugeri isso.”

O ex-ministro disse que o PT tem dificuldades para lidar com o fato de Lula ter se tornado um “defunto eleitoral” por conta das condenações. O ex-presidente está preso em Curitiba e foi condenado em três instâncias pelo caso do triplex na Operação Lava Jato.

“No PT todo mundo sabe que do ponto de vista eleitoral o Lula é carta fora do baralho. Como manejar este defunto eleitoral é muito delicado para todos eles. Ele fez uma lei que determina que num País com quatro graus de jurisdição, no 2º grau de condenação, você perde os direitos políticos. Ele está inelegível até fazer 90 anos.”

Ciro também falou sobre Jair Bolsonaro. Disse que o presidente venceu a eleição aproveitando-se da onda antipetista e, com a facada, teve uma razão factível para não ir aos debates na TV, algo que o favoreceu, na avaliação do ex-ministro.

“Significava que o mais tosco, simples e fácil de ser entendido como intérprete do antipetismo decolava. Era o Bolsonaro. Nenhum de nós, políticos, achava que ele se aguentava porque era muito vazio. Ninguém botava fé. Ele foi adiante por conta da facada, que deu a ele uma razão para não ir aos debates.”

Criticado pela esquerda por não ter declarado apoio a Fernando Haddad, candidato do PT contra Bolsonaro no 2º turno na eleição do ano passado, Ciro diz não sentir culpa e criticou o partido de Haddad citando erros da gestão de Dilma Rousseff e a escolha de Michel Temer (MDB) para a vice-presidência de Dilma.

“Era só olhar para as pesquisas. Para o bolsominion, o Bolsonaro pode andar pelado na rua e isso vai ser relativizado. Assim virou o fanático do PT. Só que eu já engoli m* em nome deles demais. Mais muita. Dilma 1 e Dilma 2, por exemplo. Se ninguém sabia, eu sabia que ela não tinha experiência de nada. E o Michel Temer eu denunciei que ele rouba há mais de 30 anos. O governo dela foi um desastre transcendental e o PT apaga”, afirmou.

Deputados manifestam apoio à greve geral contra cortes na educação

Deputados manifestam apoio à greve geral contra cortes na educação

A mobilização nacional contra os cortes efetuados pelo Ministério da Educação (MEC) nas instituições de ensino federais, marcada para esta quarta (15), recebeu o apoio dos deputados Lucas Ramos (PSB) e Teresa Leitão (PT), na Reunião Plenária desta terça (14). Promovida por entidades estudantis, acadêmicas e sindicais, a greve geral da educação deve realizar atos em todas as capitais do País.

Lucas Ramos destacou o impacto que o corte de 30% das despesas não obrigatórias das universidades federais pode ter nas instituições de ensino. “A Universidade do Vale do São Francisco (Univasf), uma instituição com papel crucial na região do Semiárido, pode ficar incapacitada de cumprir contratos obrigatórios após perder R$ 11 milhões de seu orçamento”, afirmou o parlamentar.

O socialista também salientou que, além de não pagar contas de luz e outras despesas básicas, a Univasf precisará demitir 200 funcionários de apoio e não terá recursos para assistência estudantil, atingindo 70% dos alunos. “Estamos unidos numa cruzada para que o Ensino Superior não entre em colapso”, disse Ramos.

A deputada Teresa Leitão ressaltou que, em Pernambuco, a concentração para a greve geral será no Ginásio Pernambucano, na Rua da Aurora, Centro do Recife. “Os quatro meses de desmandos no Ministério da Educação fizeram o movimento ir bem além das universidades, com diversas escolas públicas e mesmo particulares aderindo ao movimento”, pontuou a parlamentar.

A petista leu, na tribuna, manifesto da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) a favor da paralisação. Além do repúdio aos cortes no Ensino Superior, o texto coloca em pauta o combate à Reforma da Previdência, assim como ao “patrulhamento ideológico e perseguição do pensamento crítico”. “O ato do dia 15 será o primeiro grito de repúdio a um governo que promove o retrocesso civilizatório no País”, considerou Teresa.

Ministério Público Federal expede recomendações a nove prefeituras de Pernambuco para garantir uso correto de verba do antigo Fundef

Resultado de imagem para fundef

O Ministério Público Federal (MPF) em Salgueiro/Ouricuri (PE) expediu recomendações a nove municípios pernambucanos para que as verbas recebidas em complementação aos recursos do antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) sejam destinadas exclusivamente ao desenvolvimento do ensino e à valorização do magistério. Os documentos são de autoria do procurador da República Marcos de Jesus.

O objetivo é impedir que os recursos vinculados por lei à área de educação tenham a destinação desviada, incluindo o pagamento de advogados que representaram municípios em ações contra a União para receber parcelas atrasadas do Fundef. As prefeituras de Santa Cruz, Ipubi, Ouricuri, Santa Filomena, Exu, Araripina, Bodocó, Granito e Trindade têm até 15 dias, a contar do recebimento das recomendações, para informar se vão acatá-las ou não. Em caso de descumprimento, o MPF poderá adotar medidas de responsabilização cível e criminal.

Na recomendação, o procurador da República argumenta que o fato de se tratar de pagamento de prestações passadas não faz com que a verba possa ser gasta livremente pelas prefeituras. Para o MPF, os recursos legalmente vinculados a uma finalidade específica deverão ser utilizados exclusivamente naquela finalidade, ainda que usados em ano posterior, conforme determina a legislação.

O MPF considerou também decisões do Tribunal de Contas de Pernambuco e do Tribunal de Contas da União relativas à recomposição dos valores do Fundef. Segundo essas decisões, a verba proveniente do fundo deve ser exclusivamente destinada à manutenção e desenvolvimento do ensino, bem como à valorização do magistério. O uso irregular do recurso pode configurar crime e ato de improbidade administrativa.

Na recomendação, o MPF requer ainda que sejam criadas pelas prefeituras contas bancárias específicas para movimentação dos valores do Fundef. Os saques nessas contas não devem ser feitos em espécie ou mediante transferências para outras contas bancárias de titularidade do município. As movimentações deverão ser feitas a prestadores de serviço ou a fornecedores devidamente identificados.

Conselheira Teresa Duere suspende Pregão da prefeitura de Carnaubeira da Penha

A conselheira Teresa Duere expediu monocraticamente ontem, com publicação no Diário Oficial desta terça-feira (14) uma Medida Cautelar determinando ao prefeito de Carnaubeira da Penha, Manoel José da Silva, a suspensão de todos os atos administrativos referentes ao Pregão Presencial número 001/2019, que tem como objeto “futuras aquisições de pneus e acessórios” para a frota municipal no valor de R$ 1.279.489,68. Caso o contrato já tenha sido assinado, o prefeito está autorizado a gastar com a aquisição dos mencionados bens até R$ 151.585,35 que foi a média de gastos nos exercícios de 2017 e 2018, segundo levantamento feito pela Inspetoria Regional de Arcoverde.

De acordo com o levantamento, o valor previsto no Pregão está superestimado em 884% em relação à média dos dois anos anteriores. O prefeito foi notificado pela Inspetoria para dar explicações sobre essa diferença de preços, e alegou não ter a intenção de adquirir “nem próximo” do quantitativo que seria licitado. Contudo, não informou à Inspetoria se pretendia revogar ou alterar os valores descritos no Pregão.

Por isso, dada a possibilidade de haver “grave lesão ao erário”, a Inspetoria sugeriu ao gabinete da conselheira, relatora das contas do município de 2019, a expedição da Cautelar por ter restado incontroverso que o valor previsto no certame está superestimado. Foi dado um prazo de cinco dias ao prefeito para, se tiver interesse, entrar com Pedido de Reconsideração e informar ao TCE em que estágio se encontra o processo licitatório. A Cautelar ainda precisa ser referendada pela Primeira Câmara.

Maioria de turma do STJ vota por conceder liberdade a Temer

Resultado de imagem para temer preso

A maioria da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) votou, nesta terça-feira, por conceder liberdade ao ex-presidente Michel Temer, que está preso preventivamente desde a semana passada em investigação que apura desvios de recursos na Eletronuclear.

A maioria da corte determinou a substituição da prisão preventiva de Temer e do ex-coronel da Polícia Militar João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, por outras medidas alternativas à detenção.

Os ministros decidiram proibir o contato de Temer e do coronel Lima com outros investigados, de mudar de endereço e de deixar o país, ordenou a retenção dos passaportes e ainda o bloqueio de bens de ambos para garantir a instrução do processo.

O colegiado entendeu que não há motivos para justificar a manutenção da detenção de Temer porque ele não seria ameaça para a instrução do processo — uma das razões usadas para se decretar a prisão preventiva.

Até o momento, foram dados dois votos a favor de Temer e do coronel Lima no colegiado formado por cinco integrantes. Diante do fato de um ministro ter se declarado impedido, um placar de dois votos favorece os réus.

Motorista é detido com caminhão adulterado na BR-232, em Cruzeiro do Nordeste

FOTO: PRF / Divulgação  (FOTO: PRF / Divulgação )

Um caminhoneiro foi detido nesta segunda-feira (14) por estar dirigindo um caminhão com placas clonadas na BR-232, em Cruzeiro do Nordeste (Placas). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o veículo portava peças idênticas a de um veículo que havia sido roubado em abril de 2018, na cidade de Cubatão, em São Paulo.

O caminhoneiro foi encaminhado junto ao veículo para a Delegacia de Polícia Civil que irá investigar o caso.

Inscrições abertas para o Vestibular 2019.2 do IFPE

Resultado de imagem para ifpe afogados da ingazeira

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) está oferecendo 3.213 vagas em 63 cursos técnicos e superiores no Vestibular 2019.2. O edital foi divulgado nesta terça-feira (14). As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 9 de junho exclusivamente pelo site cvest.ifpe.edu.br.

Neste ano, o Instituto aumentou do percentual de vagas destinadas a candidatos oriundos da rede pública de ensino, que passa a ser de 60%. “Ao longo dos últimos anos, percebemos que a maior parte dos inscritos no Vestibular vêm da rede pública de ensino. Por isso, a instituição optou por aumentar o quantitativo de vagas reservados para essa modalidade de concorrência como forma de ampliar as oportunidades de acesso para esse público”, explica a presidente da Comissão de Vestibulares e Concursos (Cvest), Thamiris Queiroz.

As provas serão realizadas no dia 30 de junho. Candidatos aos cursos técnicos serão submetidos a 30 questões de múltipla escolha. Quem vai concorrer a uma das vagas dos cursos superiores fará uma prova com 50 questões de múltipla escolha, além de redação. Os exames terão início às 9h e terão duração de três horas, para os cursos técnicos, e de quatro horas para os cursos superiores. A divulgação do listão com os nomes dos aprovados está prevista para dia 15 de julho de 2019.

O IFPE ainda lançou três novos cursos superiores de graduação. O curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas será oferecido nos campi Garanhuns e Paulista. Já o Campus Ipojuca ganhará curso de Engenharia Mecânica e o Campus Belo Jardim passa a oferecer o curso de Engenharia de Software. O IFPE também abriu vagas para três cursos a distância, sendo um subsequente (Técnico em Manutenção e Suporte e Informática) e dois superiores (Licenciatura em Geografia e Licenciatura em Matemática), totalizando a oferta de 430 vagas para cursos em EaD.

Vencedor da Mega-Sena acumulada é pernambucano

Resultado de imagem para mega sena

O vencedor da Mega-Sena acumulada, que ocorreu neste sábado (11), é de Pernambuco e ganhou R$ 289,4 milhões. A Caixa Econômica Federal informou o resultado nesta terça-feira (14). A aposta do ganhador foi feita online.

As dezena sorteadas foram 23, 24, 26, 38, 42 e 49. Quina teve 838 apostas ganhadoras com cada uma levando R$ 30.450,20. Outras 56.994 pessoas ganharam na Quadra. Nesta situação, o prêmio foi de R$ 639,59.

Rádio Web Acauã HD Full

Provedor de Internet em Afogados da Ingazeira – PE

Carlos Master Developer
Hospedamos Sites e Rádios Web. Desenvolvemos Sites, Logo-Marcas e Tampletes. Recuperamos Arquivos de HDs” e Pendrives Danificados. Assistência Técnica em Todos os Tipos e Marcas de Computadores.