Governo de Pernambuco oferta 18 mil novas vagas com criação de 104 escolas integrais

Kleyvson Santos/Secretaria de Educação de PE

Setenta novas escolas de ensino médio da rede estadual de Pernambuco passarão a adotar o modelo integral a partir do próximo ano letivo de 2022. Outros 34 colégios que têm turmas das séries finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano) também se tornarão integrais. Com isso serão abertas cerca de 18 mil novas vagas para alunos que desejarem estudar nesse formato. A expansão torna Pernambuco o primeiro Estado brasileiro a universalizar a oferta de ensino integral para o ensino médio na rede pública.

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (24) pelo governador Paulo Câmara, durante evento no Palácio do Campo das Princesas, bairro de Santo Antônio, área central do Recife. O chefe do Executivo estadual também comunicou a ampliação de escolas técnicas. Atualmente existem 50. Passará para 61.

Para o ano letivo de 2022, seis unidades que já existem serão transformadas em técnicas (duas na capital e uma nas cidades de Barreiros, Salgueiro, Petrolina e Floresta). Mais cinco colégios estão em construção e devem ser inaugurados até o final do próximo ano (nos municípios de Moreno, Jaboatão dos Guararapes, Itaíba, Exu e Cabrobó).