Panasonic encerra produção de TVs no Brasil e demitirá 130 funcionários

Fábrica da Panasonic em Tosu, no Japão - Getty Images

Após 40 anos, a marca japonesa Panasonic anunciou hoje que vai encerrar a produção e a venda de TVs no Brasil. A notícia foi confirmada por Tilt com a assessoria de imprensa da empresa no país.

Até dezembro, 130 funcionários serão demitidos, de um total de 2.400 colaboradores. Nenhuma fábrica será fechada, porém.

Segundo a Panasonic, o fim da produção e venda de TVs será consumado até o final do ano, mas “o consumidor não ficará sem assistência”. Trata-se, segundo a empresa, de uma decisão de estratégia global.

“Essa decisão criará uma oportunidade para as outras frentes de negócio nas quais a Panasonic continua a crescer”, diz a empresa, citando as unidades de negócio em máquinas de lavar, geladeiras, cuidados pessoais, baterias e soluções corporativas.

“A Panasonic acredita no potencial e no mercado brasileiro, e continuará investindo e fomentando novas linhas e novos produtos.”