Para evitar desvios, Ministério Público decide fiscalizar vacinação em todo o Estado

Ministério Público de Pernambuco - Início

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) decidiu fiscalizar, em todos os municípios do Estado, a aplicação das vacinas contra a covid-19. O objetivo é evitar desvios para pessoas que são fazem parte dos grupos prioritários. Na cidade de Jupi, no Agreste, um caso está sendo investigado.

O procurador-geral de Justiça de Pernambuco (PGJ-PE), Paulo Augusto de Freitas Oliveira, expedirá recomendação para que, em todo o Estado, os membros do MPPE intensifiquem a fiscalização e o monitoramento da realização da vacinação.

“Estamos vivenciando um caso de emergência em saúde pública em todo solo nacional e é inadmissível que, considerando o quantitativo de vacinas recebidas pelo Estado de Pernambuco, haja qualquer descumprimento das normas estabelecidas pelo Plano Nacional de Imunização, bem como pactuações locais. Estamos formatando uma recomendação que irá orientar os membros de todo o Estado nesse processo de fiscalização”, disse, em nota.

Deixe um comentário