Datafolha: No Recife, Marília Arraes tem 43%; João Campos, 40%

Justiça manda tirar do ar mais uma propaganda da campanha de João Campos  contra Marília Arraes | Eleições 2020 em Pernambuco | G1

Os candidatos a prefeito do Recife, Marília Arraes (PT) e João Campos (PSB), aparecem em empate técnico na pesquisa Datafolha divulgada na noite desta quinta-feira (26). Considerando-se os votos totais, a petista tem 43% e o socialista marca 40%, enquanto 13% dos eleitores declararam votar em branco ou nulo e 4% não souberam responder. Levando em conta os votos válidos, que excluem brancos, nulos e indecisos, Marília tem 52% e João, 48%.

levantamento, contratado pela TV Globo e Folha de S.Paulo, foi realizado entre os dias 24 e 25 de novembro e tem margem de erro de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Levantamento anterior

Na primeira pesquisa Datafolha sobre o segundo turno, divulgada no dia 19 de novembro, Marília Arraes tinha 55% dos votos válidos, e João Campos, 45%. Nos votos totais, a petista tinha 41%, enquanto o socialista aparecia com 34%. Declararam voto em branco ou nulo 21% dos entrevistados, e 3% não souberam responder.

Segmentos

Segundo o Datafolha, Marília Arraes leva vantagem entre os homens (46% a 36%) e entre as mulheres fica no mesmo patamar de João Campos, porém numericamente atrás (41% a 43%).

Entre os eleitores mais jovens, de 16 a 24 anos, a petista abre distância (47% a 33%). Na faixa etária seguinte, de 25 a 34 anos, ela tem 43% e João Campos marca 41%. No eleitorado de 35 a 44 anos, Campos fica numericamente à frente (45% a 37%). Entre quem tem de 45 a 59 anos, Marília abre vantagem (48% a 34%). No grupo de eleitores mais velhos, com 60 anos ou mais, o socialista tem 44% e a petista, 43%.

No grupo de eleitores com ensino fundamental, Campos tem 48%, ante 42% da adversária. Entre eleitores com escolaridade média, Marília Arraes obtém 42%, ante 39% do deputado do PSB, e entre os mais escolarizados a candidata do PT lidera (47% a 32%).

No segmento com renda familiar de até dois salários mínimos, que contempla 58% dos eleitores, João Campos tem 44% das intenções de voto, ante 40% de Marília Arraes. Entre os que recebem de dois a cinco salários mínimos, a petista passa à frente (52% a 31%), e entre os mais ricos ela mantém a liderança com menor margem (47% a 34%).

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 1.036 eleitores do Recife
Quando a pesquisa foi feita: entre 24 a 25 de novembro
Registro no TRE-PE: 06935/2020
Nível de confiança: 95%, o que quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.

Contratantes: TV Globo e Folha de S.Paulo

Deixe um comentário