Treinador do Afogados é demitido após confusão em jogo contra o Atlético-PB

ROMÁRIO SILVA / AFOGADOS FC

Mesmo com a vitória na Série D sobre a equipe do Atlético-PB, por 3×2, o Afogados da Ingazeira não teve uma noite muito feliz nessa quarta-feira (14). Isso porque o técnico Adelmo Soares, logo após a partida, se envolveu em uma confusão com o massagista Rômulo Bitencourt, conhecido como Mancha, e acabou sendo demitido. Jogadores também discutiram com o treinador, que defenderam o membro da comissão técnica. Higor César, que estava no Petrolina, assumiu o cargo logo em seguida.

O treinador assumiu o Afogados no início da Série D e acumulou três vitórias e duas derrotas no comando da equipe. Assim que a diretoria demitiu o treinador, ainda dentro de campo, entrou em contato com outros nomes para assumir o lugar de Adelmo Soares.

Ex-Petrolina, Higor César foi o escolhido para prosseguir a campanha da equipe sertaneja na quarta divisão do Campeonato Brasileiro. O treinador, que tem boa trajetória no futebol potiguar, já comandou o Globo-RN, Santa Cruz-RN, Força e Luz-RN e o Baraúnas-RN, além do próprio Petrolina.

Higor comandou a Fera Sertaneja em oito partidas. Foram quatro empates, três derrotas e apenas uma vitórias no Campeonato Pernambucano.

Com a vitória sobre o Atlético de Cajazeiras e com uma partida a menos, o Afogados assumiu a 3ª colocação no grupo A3 com 9 pontos, dois a menos dos líderes América-RN e Floresta com 11 pontos. O Afogados está com 5 partidas, faltando uma contra o Salgueiro que foi adiada.

Deixe um comentário