Pernambuco mais próximo de proibir canudos plásticos

Resultado de imagem para canudos de plastico

Canudos plásticos podem deixar de ser comercializados e distribuídos em Pernambuco a partir de janeiro de 2022. A proibição, aprovada nessa quarta (12) pela Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), visa reduzir os impactos ambientais provocados pelo acúmulo desse material, cujo tempo médio de decomposição ultrapassa os 450 anos.

Segundo a proposta, hotéis, restaurantes, bares e lanchonetes instalados no Estado deverão disponibilizar aos clientes canudos produzidos com elemento biodegradável, como papel, ou que sejam de material reutilizável, a exemplo de metal e vidro. O descumprimento das disposições sujeitará o infrator a penalidades previstas na Lei Federal n° 9.605/1998, que trata de atividades lesivas ao meio ambiente.