‘Vamos torcer para que Bolsonaro não destrua o Brasil’, afirma Lula em entrevista

Resultado de imagem para lula ao the guardian

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu sua primeira entrevista a um jornal estrangeiro, o britânico The Guardian, desde que saiu da prisão.

Ao jornal, Lula declarou que sua atual missão é “lutar pela democracia”. O ex-presidente considera que o governo de Jair Bolsonaro represente uma ameaça: “Bolsonaro já deixou claro o que ele quer para o Brasil: ele quer destruir todas as conquistas democráticas e sociais das últimas décadas”, afirmou.

A política externa do governo Bolsonaro também foi alvo de críticas “Vamos torcer para que Bolsonaro não destrua o Brasil. Vamos torcer para que ele faça algo de bom pelo país … mas duvido disso. Sua submissão a Trump e aos EUA … é realmente embaraçosa. A imagem do Brasil é negativa agora. Temos um presidente que não governa, que está discutindo notícias falsas vinte e quatro horas por dia. O Brasil precisa ter um papel no cenário internacional”, comentou.

Lula comentou que o PT está se preparando para “retornar e governar” o Brasil, mas não citou um possível nome para a candidatura nas eleições de 2022. O ex-presidente afirmou que credita a vitória de Bolsonaro à sua ausência nas urnas, acredita que a melhor maneira de recuperar esses votos seria através do diálogo.

Deixe um comentário