“Preservar a Terra é salvaguardar a vida das próximas gerações”, diz dom Limacêdo em caminhada

Foto: Rosália Vasconcelos/DP Foto.

Com o objetivo de chamar a atenção para todas as formas de opressão à vida e à pessoa, a Arquidiocese de Olinda e Recife realizou na tarde deste domingo a 13ª edição da Caminhada Sim à Vida. O evento, que reuniu cerca de 50 mil pessoas, aconteceu na Avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife, saindo da altura do Edifício Castelinho, já próximo ao bairro de Setúbal, até o Segundo Jardim de Boa Viagem, perto do Pina. O arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, não pôde comparecer pois foi acometido por uma conjuntivite. O bispo auxiliar, dom Limacêdo Antônio da Silva, foi o responsável por conduzir a Adoração ao Santíssimo Sacramento e dar a benção o Santíssimo aos fiéis que acompanharam a caminhada. O encerramento do louvor ficou a cargo do padre Damião Silva.

Membros das 140 paróquias que compõem o território arquidiocesano, além de movimentos católicos, de comunidades, organizações não governamentais e religiosos participaram da caminhada. Um deles foi o Movimento de Mulheres Católicas, que tem entre seus a deputada estadual Terezinha Nunes. “Participo deste evento desde a primeira edição porque ele foi criado justamente para chamar a atenção para toda forma de injustiça que leva à morte, como tem acontecido com a perseguição aos negros e aos indígenas, e a todo tipo de violência. Isso aqui é um grito dos católicos a favor da vida”, disse Terezinha.

Diario de Pernambuco

Deixe um comentário