Arcoverde: TCE imputa débito solidário de mais de R$ 450 mil ao ex-prefeito Zeca Cavalcanti

Resultado de imagem para zeca cavalcanti arcoverdeA Primeira Câmara do TCE, durante reunião, julgou uma auditoria especial realizada na gestão do ex-prefeito de Arcoverde, Zeca Cavalcanti, sobre Análise de pagamentos de honorários advocatícios feitos à Empresa Bernardo Vidal e Associados , fundamentados em compensações de créditos previdenciários junto ao INSS irregulares.

A Primeira Câmara, à unanimidade, decidiu em julgar IRREGULAR o objeto da presente AUDITORIA ESPECIAL, sob a responsabilidade de José Cavalcanti Alves Júnior, então Prefeito à época; IMPUTAR um débito no valor de R$ 468.484,89, o qual deve ser devolvido ao Erário, solidariamente pelo então Prefeito, Sr. José Cavalcanti Alves Júnior, pelo ex-Secretário, Eduardo Geovane de Freitas Leite, e pela Empresa Bernardo Vidal Consultoria Ltda., que deverá ser atualizado monetariamente a partir do primeiro dia do exercício financeiro subsequente ao das contas ora analisadas, segundo os índices e condições estabelecidos na legislação local para atualização dos créditos da Fazenda Pública Municipal, e recolhido aos cofres públicos municipais no prazo de 15 dias do trânsito em julgado do referido Acordão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *