Paysandu vai entrar com pedido no STJD para tentar anular partida contra o Náutico

Resultado de imagem para nautico e paysandu

A partida entre Náutico e Paysandu, que culminou com o acesso alvirrubro para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2020, pode estar longe de terminar. Isso porque o clube paraense irá entrar nesta terça-feira com um pedido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para tentar anular a partida por conta do pênalti marcado a favor do time pernambucano nos acréscimos do segundo tempo. A alegação é que a marcação do árbitro Leandro Pedro Vuaden foi um erro de direito, não de interpretação.

A informação foi revelada pelo presidente do Paysandu, Ricardo Gluck Paul, ao canal Fox Sport na noite desta segunda-feira. “A primeira medida foi inverter a viagem que faria de volta à Belém e vim direto ao Rio de Janeiro, onde passei o dia de hoje (segunda-feira) com uma pauta focada com escritórios e especialistas nessa área para que a gente possa dar entrar com pedido de impugnação da partida, apoiado na legislação do campeonato. Temos um prazo de 48 horas desse pedido de impugnação e nós faremos o pedido certamente amanhã (hoje, terça-feira). E nós esperamos que o STJD seja coerente e aceite a impugnação para que haja um julgamento que seja capaz de reverter essa verdadeira injustiça que aconteceu nos Aflitos”, revelou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *