Ministério da Justiça nega ter pedido cessão de delegada Patrícia Domingos

Resultado de imagem para patricia domingos delegada

Após quase um mês da notícia sobre o pedido de transferência da ex-titular da Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) Patrícia Domingos para a pasta do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, a assessoria do próprio ministério, por meio de nota oficial, negou que a solicitação tenha sido enviada para o governo de Pernambuco.

Em uma nova nota divulgada na noite desta sexta-feira (12), a pasta explicou que analisou o nome de Patrícia Domingos e de representantes de outros estados. “No entanto, não foi formalizado ofício solicitando ao governo do estado a mobilização da servidora ao MJSP”, reafirmou.

A negativa vem em um momento em que circula nas redes sociais a notícia de que o governador Paulo Câmara (PSB) teria negado o pedido de Moro. “Informamos que a Senasp não enviou ofício referente à mobilização da delegada Patrícia de Oliveira Domingos”, disse, em resposta por e-mail, a assessoria do Ministério da Justiça.

A delegada já havia dito, inclusive, ter aceitado o convite para integrar a Diretoria de Políticas Públicas na Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e chegou a afirmar, em entrevista à Rádio Jornal, aguardar a resposta da Secretaria de Defesa Social (SDS) para assumir o novo cargo como cedida pelo governo do Estado.

A articulação para essa possível transferência tinha sido anunciada e assumida pelo secretário de Ecoturismo do Ministério do Meio Ambiente, Gilson Machado Neto, em vídeo enviado ao Blog de Jamildo. Amigo do presidente Bolsonaro, Machado Neto é um dos novos líderes da direita em Pernambuco e chegou a tentar disputar um mandato ao Senado, na chapa do coronel Meira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *