Ministério Público se reúne com comunidade quilombola na zona rural de Mirandiba e colhe reivindicações dos moradores

Resultado de imagem para mppeCom o objetivo de conhecer os maiores pleitos dos moradores da comunidade quilombola Serra do Talhado, na zona rural de Mirandiba, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) participou de uma reunião com os moradores da comunidade, onde vivem 28 famílias.

Segundo o promotor de Justiça Raul Bastos Sales, a temática dos cuidados com a saúde das mulheres e a orientação sobre a saúde sexual e gravidez na adolescência foram os temas principais. O promotor de Justiça apresentou informações sobre crimes contra a dignidade sexual e a importância de estimular a permanência dos jovens na escola. Já a técnica de enfermagem da Prefeitura de Mirandiba, Maria Augusta Lopes, apresentou palestra sobre educação sexual, orientações sobre o período pré-natal e o uso de métodos contraceptivos para evitar a gravidez precoce.

Como encaminhamento prático da reunião, a Promotoria de Justiça de Mirandiba solicitou à gestão municipal que informe, no prazo de cinco dias, sobre o serviço de atenção básica em saúde e de atendimento pré-natal na cidade. O poder público precisa apresentar a escala de profissionais que atuam nas áreas de Obstetrícia e Pediatria.

Durante a visita, os moradores também apresentaram a comunidade, que conta com uma escola para crianças até o 5º e possui um centro de convivência. Os cerca de 120 moradores da Serra do Talhado se dedicam ao cultivo de milho e feijão, criam bois e animais de pequeno porte, além de serem beneficiários do programa Bolsa Família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *