Por falta de quórum, projeto que causou polêmica é rejeitado em Carnaíba

Imagem relacionada

A Câmara de Vereadores de Carnaíba esteve reunida nesta quarta (20) durante sessão que teve início na manhã e que terminou por volta das 15h e, por falta de quórum (5 votos contra e 4 a favor) rejeito o projeto de lei do Executivo de recursos públicos numa obra que deveria ser realizada na Escola Padre Frederico Bezerra, localizada no povoado da Itã. De acordo com o presidente, Glaybson Martins, seriam necessários 6 votos ou para aprovar ou para rejeitar.

De acordo com as informações repassadas aos veículos de comunicação, no ano de 2018, o prefeito Anchieta Patriota abriu o processo licitatório n.º 045/2018, por meio do qual contratou uma empresa especializada para construir salas de aulas, auditório, banheiros e quadra poliesportiva coberta naquela escola no importe de R$ 636.701,22 (seiscentos e trinta e seis mil setecentos e um reais e vinte e dois centavos).

Em 06 de fevereiro de 2019, além de não ter concluído o serviço, o prefeito apresentou a proposição de n.º 04/2019, solicitando a Câmara de Vereadores que aprovasse um crédito adicional de tipo especial (autorização de abertura de crédito suplementar) para empregar na mesma obra mais meio milhão de reais.

Segundo denúncia dos vereadores da oposição, o prefeito aplicou os recursos da licitação e construiu até o presente momento apenas dois galpões de uma obra que vem se arrastando por cerca de um ano sem conclusão, em que pese ter licitado R$ 636.701,22 (seiscentos e trinta e seis mil setecentos e um reais e vinte e dois centavos) e firmado o contrato de n.º 163/2018.

Deixe um comentário