Policiais militares de Pernambuco apreendem duas armas de guerra após perseguição a veículo

Resultado de imagem para pmpe apreende armas de guerra

Policiais militares apreenderam duas armas de guerra após perseguição de veículos ocorrida na noite desta quarta-feira (5). Três criminosos estavam em um veículo prata com dois fuzis, um AK-47 e um AR-15, munições e 17 kg de crack. As armas são de uso restrito das forças armadas e policiais. Com essa quantidade de droga, de acordo com os policiais, seria possível produzir cerca de 85 mil pedras do entorpecente. Dois bandidos foram presos e um conseguiu fugir.

Uma viatura estava fazendo um patrulhamento na região da Estrada da Batalha, no município de Jaboatão dos Guararapes, quando o efetivo desconfiou de um veículo Fiat Uno prata. Quando os policiais tentaram abordar, o veículo acelerou numa tentativa de fuga. A perseguição terminou na BR-101 Sul, sentido Cabo Santo de Agostinho, no distrito de Comportas, em Jaboatão, quando o carro veio a colidir. O passageiro do banco de trás saiu do carro, trocou tiros contra a polícia e fugiu do local.

Após a troca de tiros, os policiais realizaram a abordagem no veículo colidido onde verificaram que havia um fuzil AK-47 carregado no colo do motorista e o outro fuzil, AR-15, descarregado no banco de trás. Foram encontradas munições de dois tipos, .762 e .556, cada uma para um fuzil que se encontrava no veículo, 96 munições o AK-47 e 30 para o AR-15.

O motorista, Fagner Silva da Costa, 28 anos, foi baleado na região cervical e levado para o HR. Ele não corre risco de morte e não tinha passagens pela polícia. O passageiro do banco da frente, Ismael das Chagas Cordeiro Junior, 25, foi preso e já tinha passagem por receptação. O criminoso que fugiu não foi identificado pela polícia. Os dois presos vão responder pelos crimes de porte ilegal de arma restrita das forças armadas e policiais e de tráfico de entorpecentes.

O comandante do 6° BPM, tenente-coronel Cleto Ribeiro, afirmou que a rapidez dos policiais foi extremamente eficaz na investida, pois impossibilitou uma resposta mais forte por parte dos criminosos, em vista que eles não chegaram a utilizar as armas de grosso calibre contra os policiais.

“São armamentos com alto poder de fogo, podendo o alcance chegar a 500 metros de distância, utilizados frequentemente nos roubos às instituições financeiras. A rapidez da guarnição impediu uma reação por parte dos criminosos e foi, evidentemente, crucial para que a ocorrência tivesse esse desfecho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *