Mesária é detida por forjar fraude de urna em Petrolina

Resultado de imagem para urna eletronica

Uma mesária foi detida na tarde deste domingo (28) em Petrolina por forjar a fraude de uma urna. De acordo com Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, (TRE-PE), Daniele Barbosa era a presidente de uma seção do colégio eleitoral onde aconteceu.

Tudo aconteceu após um eleitor, que não teve o nome divulgado, colar na urna eletrônica o número de um candidato, inutilizando o equipamento. Daniele fez os procedimentos para substituir a urna, mas, antes disso, tirou uma foto da urna (o que é proibido) e publicou nas redes sociais dizendo que a urna tinha sido fraudada, o que não aconteceu.

Daniele foi levada para a Delegacia da cidade, onde foi lavrado contra ela um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Ela vai responder por crime de incitação à fraude.

Ao todo, 104 prisões aconteceram no país durante o segundo turno, sete delas em Pernambuco, por diversos tipos de crimes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *