Monthly Archives: outubro 2018

Ciro Gomes diz que Leonardo Boff é ‘um bosta’ e que Lula é traidor

Foto: André Carvalho/CNI

Em sua primeira entrevista após voltar da Europa, para onde viajou no dia seguinte à derrota no primeiro turno das eleições presidenciais, Ciro Gomes (PDT) declarou ter sido "miseravelmente traído" pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e seus "asseclas".

A entrevista foi publicada, nesta quarta-feira (31), pela Folha de S. Paulo. Ciro abriu o leque de queixas contra os petistas. De acordo com o candidato derrotado, ele não pode ser chamado de traidor por não ter declarado apoio a Fernando Haddad (PT) no segundo turno.  "A gente trai quando dá a palavra e faz o oposto", justificou.

Ciro reiterou o que já havia declarado anteriormente, que não pretende "nunca mais" se aliar ao PT para qualquer campanha eleitoral.

A mágoa de Ciro diz respeito ao veto de Lula para que o PSB apoiasse o pedetista na disputa presidencial. Em troca, Lula fez o PT retirar candidatura própria em Pernambuco, onde o PSB disputava a reeleição do governador Paulo Câmara.

Bajuladores

Ciro também apontou a metralhadora giratória contra aliados próximos aos ex-presidente Lula.

De acordo com ele, Lula está cercado de bajuladores, listando entre eles a senadora Gleisi Hoffmann, também presidente nacional do PT; Frei Betto e o teólogo Leonardo Boff, que chegou a ser chamado de "bosta" pelo pedetista.

Deixar a política

Ciro deixou em aberto a possibilidade de vir a disputar o Palácio do Planalto. "Quem conhece o Brasil sabe que afirmar uma candidatura para 2022 é mero exercício de especulação", afirmou.

O ex-governador e ex-ministro deu essa declaração ao ser indagado se deixaria a política, tendo em vista que durante a disputa eleitoral chegou a cogitar a hipótese caso Jair Bolsonaro fosse eleito presidente do Brasil.

Ciro Gomes culpa PT e Lula pela ascensão de Bolsonaro

Resultado de imagem para entrevista com ciro gomes

Ciro Gomes, terceiro colocado no primeiro turno da eleição presidencial brasileira, acusou o Partido dos Trabalhadores (PT) do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de ter propiciado a vitória de Jair Bolsonaro.

"O PT elegeu Bolsonaro", sentenciou em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo divulgada nesta quarta-feira (31).

"O lulopetismo virou um caudilhismo corrupto e corruptor que criou uma força antagônica que é a maior força política no Brasil hoje. E o Bolsonaro estava no lugar certo, na hora certa", acrescentou Ciro Gomes, do Partido Democrata Trabalhista (PDT).

Ciro, ex-ministro de Lula, obteve  12,5% dos votos no primeiro turno, atrás de Bolsonaro (46%) e de Haddad (29%).

Em um primeiro momento, declarou seu "apoio crítico" a Haddad, mas logo viajou para a Europa, sem se envolver na campanha do segundo turno.

Ao retornar, um dia antes da votação no último domingo, evitou apoiar explicitamente Haddad, parecendo dar como certa a vitória de Bolsonaro, e já se posicionou como líder da futura oposição, ao declarar que "o Brasil precisa a partir de segunda-feira é construir um grande movimento que por um lado defenda a democracia e pelo outro proteja os mais pobres dos ataques contra seus direitos".

Bolsonaro, um admirador da ditadura militar (1964-1985), venceu a eleição com 55% dos votos, contra 45% obtidos por Haddad.

"Não declarei voto ao Haddad porque não quero mais fazer campanha com o PT (…) Fomos miseravelmente traídos. Aí, é traição, traição mesmo. Palavra dada e não cumprida, clandestinidade, acertos espúrios, grana", disse na entrevista.

Lula

Na lista de reprovações, ele sustentou que o ex-presidente Lula (2003-2010) compactuou com o Partido Socialista (PSB) cargos nos dois governos para que esta força política não se aliasse ao PDT.

O cacique político do estado do Ceará assegurou que Lula, proibido de disputar a eleição por sua situação judicial, pediu a ele que fosse seu companheiro de chapa, um papel de Haddad antes que a candidatura de Lula fosse impugnada pela justiça.

"Esses fanáticos do PT não sabem, mas o Lula, em momento de vacilação, me chamou para cumprir esse papelão que o Haddad cumpriu. E não aceitei. Me considerei insultado", afirmou.

O ex-candidato explicou ainda que ele próprio advertiu Lula da "roubalheira" articulada na Petrobras e sustentou que o ex-líder sindical se cercou de bajuladores.

"O Lula se corrompeu por isso, porque hoje está cercado de bajulador, com todo tipo de condescendências".

TJPE prevê convocação de 109 classificados no certame para servidor público

Imagem relacionada

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) prevê para o primeiro semestre de 2019 a homologação do concurso público para provimento do cargo de servidor do Poder Judiciário estadual. Com isso, os candidatos aprovados e classificados dentro do número de vagas oferecidas poderão ser convocados nos meses de abril, julho, setembro e novembro do próximo ano.

O objetivo do TJPE é convocar 27 futuros servidores em cada uma das três primeiras chamadas e outros 28 na quarta, em novembro de 2019. Dessa forma, os 109 candidatos aprovados e classificados dentro do número de vagas oferecidas passarão a compor o quadro de colaboradores do Judiciário pernambucano. Atualmente o quantitativo chega a mais de 7 mil, prestando serviço público em todas as 150 comarcas do Estado.

Durante reunião do Pleno do TJPE, o presidente do Judiciário estadual, desembargador Adalberto de Oliveira Melo, garantiu a nomeação de todos os classificados nas vagas destinadas pelo concurso, em 2019, durante discurso para aprovação do orçamento do próximo ano. A sessão foi realizada na segunda-feira (29/10), pela manhã, no Palácio da Justiça, no Recife.

Magistratura – Também está prevista, para o primeiro semestre de 2019, a convocação de novos juízes substitutos selecionados no último concurso da magistratura para compor o Judiciário pernambucano. O certame de provas e títulos foi realizado em 2015, e 24 aprovados e classificados restantes serão convocados no mês de junho e tomarão posse em 1º de julho. No período de validade, 63 juízes já tomaram posse no TJPE.

Os futuros magistrados empossados serão submetidos a um curso de preparação perante a Escola Judicial de Pernambuco (Esmape/TJPE) e a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam). A atividade é fase obrigatória ao vitaliciamento e ao ingresso no exercício da função.

Pleno do TCE responde consulta da Câmara de Tuparetama sobre remuneração

O Pleno do Tribunal de Contas, sob a relatoria do conselheiro João Carneiro Campos, respondeu nesta quarta-feira (31) uma consulta realizada pelo presidente da Câmara Municipal de Tuparetama, Danilo Augusto Oliveira.

A consulta, processo n° 1853834-4, foi dividida em 10 tópicos. Os dois primeiros questionavam se é correto um Município elaborar lei vinculando o percentual de aumento dado aos servidores efetivos da Câmara Municipal ao aumento do salário mínimo?. E se há possibilidade de aumento automático nos salários dos servidores efetivos, vinculado ao aumento do salário mínimo Nacional, sem lei específica e anual. Em ambas as questões o relator, baseado em um parecer do Ministério Público de Contas, respondeu que são inconstitucionais as ações.

A 3° e 4° perguntas eram relacionadas em caso de negativa das duas primeiras. E foram formuladas da seguinte forma: Objetivamente, caso responda que não: é permitida à Administração Pública a cobrança de devolução dos valores pagos a maior? e não sendo possível esse aumento salarial automático dos servidores sem lei específica, se é permitido à Administração Pública retroagir o salário do servidor, ou seja, voltar ao que era antes do aumento ou deverá ater-se ao princípio da irredutibilidade salarial?

Para a terceira questão o conselheiro respondeu que os valores indevidamente recebidos pelos servidores devem, em regra, ser devolvidos aos cofres públicos, e que a simples alegação de boa-fé do servidor não impede a devolução quando inexistir dúvida plausível sobre a interpretação, validade ou incidência da norma aplicável à situação ou, ainda, diante de erro grosseiro da Administração. Já o quarto questionamento foi respondido explicando que a retificação dos vencimentos pagos aos servidores com o intuito de excluir vantagens pecuniárias indevidas não representa ofensa a direito adquirido ou a irredutibilidade de vencimentos, pois ato administrativo contrário à lei não gera, para o servidor, o direito de continuar recebendo valores alcançados pela ilegalidade.

AUMENTO SALARIAL E DEVOLUÇÕES – As seguintes perguntas foram: caso não seja possível o aumento sem lei específica e necessária a devolução dos valores que foram pagos sem instrumento legal, a contribuição patronal à previdência deverá ser com base nos valores pagos sem lei ou no valor que deverá retroagir? e também, caso não for aplicada a parcela de irredutibilidade salarial, deverá esta contribuição patronal à previdência ser com base na parcela de irredutibilidade? E, caso sejam devolvidos aos cofres públicos os valores pagos através do aumento salarial automático e sem lei específica, esta devolução poderá ser utilizada para as despesas gerais do órgão público ou deverá ser depositado em conta específica e ter destinação específica?

Para as três questões o conselheiro respondeu, respectivamente que, regra geral, a base de cálculo da contribuição previdenciária patronal é o valor total da remuneração de contribuição prevista em lei, relativa à remuneração mensal dos servidores efetivos (parcelas permanentes). Nas situações em que ocorra contribuição a maior, em virtude de pagamento a maior feito ao servidor, tendo sido determinada a devolução do valor pago indevidamente aos cofres públicos, é cabível a compensação da contribuição.

Já os valores que retornarem aos cofres públicos em decorrência da devolução realizada pelos servidores dentro do mesmo exercício financeiro em que foram pagos, devem ser revertidos à dotação orçamentária correspondente. Porém, caso o ressarcimento dos valores a maior aconteça em outro exercício financeiro, os ingressos dos valores devem ser contabilizados como receita orçamentária nos cofres da prefeitura, em atenção ao princípio da unidade de caixa.

GRATIFICAÇÕES E REMUNERAÇÕES – O vereador também questionou se há possibilidade, legalidade e viabilidade de lei municipal versar sobre a incorporação de gratificações, bem como transformação de remuneração em parcela única (subsídio) a ser pago aos servidores efetivos? A resposta foi no sentido de que a incorporação de gratificações é possível, mediante lei específica municipal, devendo ser observado alguns tópicos que foram explicados no voto. Também é possível haver a transformação da remuneração dos servidores efetivos em parcela única, por ato legal específico, de iniciativa do chefe do Poder correspondente, no caso da Câmara, desde que observadas as disposições dos arts. 39, §§ 4º e 8º, e 135 da Constituição Federal.

Os últimos questionamentos foram que: supondo que um servidor foi aprovado para um cargo de nível médio, que integra a Administração Pública, há possibilidade de promoção do mesmo para o cargo de nível superior sem a realização de concurso público? E se é viável a promoção de servidor efetivo para cargo diverso do qual prestou concurso público, com mudança de nomenclatura e aumento da remuneração? Em ambos os casos o relator respondeu que é inconstitucional.

Diácono Andre Ferreira é ordenado sacerdote pela imposição das mãos de dom Egidio Bisol

Foi ordenado sacerdote na noite desta terça (30), o diácono André Ferreira da Cruz. A missa de ordenação aconteceu em sua cidade natal, Brejinho, e foi presidida pelo bispo da diocese de Afogados da Ingazeira, dom Egidio Bisol.

Muitas caravanas de diversas paróquias da diocese estiveram prestigiando esse momento de graça e felicidade para a Igreja no Pajeú.

Em seu discurso, André agradeceu em forma de versos, a todos que o acompanharam e o orientaram durante a sua formação, desde o bispo dom Egidio, padres da diocese de Afogados, bem como de padres de paróquias da capital pernambucana.

No dia 19 de novembro, será a vez do diácono Renato Pereira de Almeida ser ordenado sacerdote. A missa de ordenação acontecerá às 19h, na matriz de Nossa Senhora dos Remédios, em Tabira.

Com informações do site da diocese (www.dioceseafogadosdaingazeira.com.br)

Família de Daniel pede que parem de compartilhar fotos do jogador morto

Resultado de imagem para jogador daniel morto

A mãe do jogador Daniel entrou em choque ao saber a barbárie a qual o filho foi submetido. Agora o resultado de tamanha violência está circulando nas redes sociais e no WhatsApp em forma de fotos que já chegaram aos familiares do meia. Há duas imagens sendo compartilhadas que mostram o atleta depois de ter o pênis arrancado e com um ferimento imenso na parte de trás do pescoço.

A exposição pública da barbárie incomodou parentes e amigos que ainda lidam com o choque pelo assassinato brutal do jogador de 24 anos. Guilherme Pannain, assessor do atleta, pediu, em nome da família, que as pessoas parem de repassar este material.

"Eu conversei com alguns familiares. As fotos, como coisa ruim, se espalharam rápido. Elas já chegaram até a família. Na verdade, já se espalharam por vários locais. A gente tá pedindo o não-compartilhamento", suplicou.

O assessor do jogador reiterou que as pessoas repitam a atitude que ele teve ao receber as imagens. "Eu particularmente recebi, não tive coragem de ver. Apaguei do meu celular sem abrir e pedi para as pessoas que me mandaram que parem de repassar. Pode reforçar isso (aos leitores), de não-compartilhamento por respeito com a dor da família. É uma situação bem chata", lamentou.

Justiça determina que Regina Casé e Globo paguem R$ 2,5 milhões à família de menino entrevistado no “Esquenta!”

Regina Casé no Esquenta. Foto: Divulgação/TV Globo

De acordo com informações publicadas pelo Yahoo nessa terça-feira (30), Regina Casé e a Globo foram condenados a pagar cerca de R$ 2,5 milhões por danos materiais à família de um garoto por uso indevido da imagem. Imagens do garoto teriam sido utilizadas de forma indevida em 2015, durante o programa Esquenta!. Na época, o menino estava em estado terminal de câncer e faleceu dias depois da exibição da atração.

O juiz Renato Siqueira de Pretto, da 1ª Vara Cível de Campinas, teria exigido que um perito judicial determinasse o valor da indenização de acordo com alguns critérios, como o lucro da Globo no período no qual as imagens do garoto foram exibidas. O pedido da família teria sido R$ 4 milhões, uma vez que não teriam autorizado a entrevista com o filho

A participação do menino no programa Esquenta! teria ocorrido no dia 1 de novembro de 2015, tendo durado cerca de 12 minutos. O Yahoo conta que, na sentença, o juiz Renato Pretto diz que aconteceu uma “indevida exploração da imagem da criança para fins econômicos e comerciais em entrevista televisionada”.

De acordo com informações do RD1, Regina Casé, em depoimento, afirmou que a responsabilidade de verificação de autorização dos pais não é dela. Além disso, ela conta que, mesmo que houvesse problema com a autorização, entende que não houve oposição por parte dos responsáveis, uma vez que fizeram uma retrospectiva da história do filho. em participação no Esquenta! de fim de ano.

Operação erradica 10,9 mil pés de maconha em Cabrobó

Em Cabrobó, plantações foram encontradas na zona rural / Foto: divulgação

Uma operação conjunta entre as polícias Federal e Militar erradicou 10,9 mil pés de maconha na cidade de Cabrobó.

A droga estava em duas plantações na zona rural do município. Além dos pés de maconha, foram encontrados 15 quilos da droga pronta para o consumo no local da primeira plantação.

O material foi incinerado pela polícia. Uma amostra foi levada para a sede da Polícia Federal em Salgueiro, também no Sertão. Ninguém foi preso na ação.

‘Não queremos passar por isso outra vez’, diz Elza Soares sobre ditadura

"Passei por tudo isso e acho que a gente tem que ter muito medo. Medo não, coragem", afirmou. Foto: Divulgação

Cantora e compositora Elza Soares, um dos expoentes da Música Popular Brasileira, esteve no Programa do Porchat da segunda-feira (29) e falou sobre carreira, vida pessoal e a atual situação do Brasil. Durante a ditadura militar (1964-1985), ela e o marido, Mané Garrincha, tiveram que deixar o país após a casa em que viviam, no Rio de Janeiro, ter sido metralhada.

"Nós estávamos dentro da casa (na hora do ataque). Eu morava no Jardim Botânico e brincava com as crianças na rua. Depois, entramos e começamos a ouvir um barulho de tiroteio. Minha casa foi toda baleada. Fiquei completamente apavorada por causa dos filhos, das crianças. Eu tinha um piano na sala e o piano foi aberto no meio", conta a cantora.

Fábio Porchat perguntou sobre o que diria para as pessoas que gostariam do retorno da intervenção militar. "Passei por tudo isso e acho que a gente tem que ter muito medo. Medo não, coragem. Porque tudo passa", respondeu. Elza Soares também parafraseou Cazuza: "Eu ouço o Cazuza… 'Eu vejo o futuro repetir o passado'. Nada mudou, né?", disse.

Estudantes de Afrânio, no Sertão, são destaque na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

A estudante Suzana Rodrigues ficou com a medalha de prata. Foto: Divulgação.

Alunos da rede municipal de Afrânio, no Sertão do estado, foram destaque na 21ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). Os estudantes da escola municipal Rui Barbosa, localizada no distrito de Arizona, conquistaram uma medalha de prata e cinco de bronze. Eles disputaram com mais de 774 mil concorrentes distribuídos em mais de oito mil escolas de todo o Brasil.

Todos os alunos premiados são do 9º ano do ensino fundamental. A estudante Suzana Rodrigues ficou com a medalha de prata. Já os alunos Irineu Geraldo Rodrigues, Daniel Benedito Rodrigues, Ana Patrícia Cruz do Nascimento, Jamile dos Santos Rodrigues e Ana Clara Rodrigues Fernandes terminaram com o bronze.

"Afrânio está em festa com esse grande resultado obtido pelos nossos estudantes, que provaram ao Brasil o potencial da rede municipal de ensino da cidade. Nosso governo investe muito em Educação por entender que ela é o melhor instrumento para melhorar a vida nosso povo no futuro. E o resultado está aí", destacou o prefeito Rafael Cavalcanti.

Olimpíada

Organizada há 21 anos por uma comissão de astrônomos profissionais ligados à Sociedade Astronômica Brasileira e por engenheiros da Agência Espacial Brasileira, a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é realizada com alunos de escolas públicas e privadas de todo o país, com recursos oriundos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e patrocínio de entidades privadas.

A competição é responsável por selecionar as equipes de jovens que representarão o Brasil nas Olimpíadas Internacionais de Astronomia (IOAA) e na Olimpíada Latino Americana de Astronomia e Astronáutica (OLAA).

Sob protestos, Alepe aprovou projeto que extingue a delegacia de combate à corrupção e adota novas estruturas

GALERIAS %u2013 Pessoas manifestaram-se contra a proposta durante a Reunião Plenária. Foto: Jarbas Araújo

Numa sessão marcada por protestos, a Assembleia Legislativa aprovou, na tarde desta terça (30), o Projeto de Lei nº 2066/2018, de autoria do Poder Executivo, que prevê a criação, na Polícia Civil, do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco). Pela manhã, a Comissão de Justiça rejeitou duas emendas à proposta apresentadas pela deputada Priscila Krause (DEM). As sugestões pretendiam preservar, na estrutura do novo órgão, as delegacias de Polícia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) e de Crimes contra a Propriedade Imaterial (Deprim).

Durante a discussão da matéria na Reunião Plenária, alguns deputados pediram a retirada da proposição da pauta de votação. O objetivo do adiamento seria permitir a realização de audiências públicas sobre o assunto, solicitadas por representantes de órgãos públicos voltados ao enfrentamento da corrupção. O presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP), rejeitou a demanda e lembrou que a proposição tramita em Regime de Urgência.

“É importante discutir com a sociedade civil para não tomarmos decisões açodadas”, discordou Socorro Pimentel (PTB), no que foi seguida por Priscila Krause. “O que está em franco risco para justificar esse regime de urgência?”, questionou a democrata. “Coloca-se a proposta como um avanço no combate à corrupção, mas não é”, complementou. Também defenderam a ampliação do debate os deputados Edilson Silva (PSOL) e Teresa Leitão (PT).

Líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB) defendeu a aprovação do projeto nos termos enviados pelo Poder Executivo. Ele citou medidas do Governo para ampliar os quadros das polícias no Estado, e disse que o fortalecimento das instituições e do serviço público são premissas da atual gestão. “O que hoje é uma ação diminuta será mais um enfrentamento mais amplo à corrupção”, analisou. O projeto foi acatado com os votos contrários de Antônio Moraes (PP), Edilson Silva, Priscila Krause e Socorro Pimentel.

O texto aprovado prevê a abertura de duas delegacias especializadas no enfrentamento a organizações criminosas. Também passarão a integrar o novo departamento as unidades já existentes voltadas à investigação de ilícitos cibernéticos e contra a ordem tributária. A justificativa indica que a medida reproduz modelos de polícias de outros Estados, o que deve facilitar a integração entre os órgãos de segurança e “reforçar a capacidade institucional de repressão qualificada ao crime”.

PF deflagra a segunda fase da Operação Abismo

Resultado de imagem para policia federal

A Polícia Federal deflagou nesta quarta-feira (31) a segunda fase da Operação Abismo, que investiga esquema de fraude envolvendo o instituto de previdência dos servidores do Cabo de Santo Agotinho. No último dia 19, na primeira fase da ação, o prefeito do Cabo, Lula Cabral foi preso sob suspeita de ordenar a transferência de R$ 90 milhões do fundo do instituto para um fundo de origem duvidosa, que colocou em risco a aposentadoria dos servidores.  Além de Cabral, foram presas outras 21 pessoas e cumprido 42 mandados de busca e apreensão.

Nesta quarta, estão sendo cumpridos dez mandados de busca e apreensão, uma prisão preventiva, sendo nove em Pernambuco e uma no estado de Goiás. A prisão preventiva é de um empresário em Goiás. Um total de 80 policiais federais trabalham na operação. Estão sendo apreendidos nos locais, alvos das buscas, documentos, veículos, mídias de computador, dinheiro e todo o material vai subsidiar as investigações já em andamento.

Os locais de busca em Pernambuco são Cabo de Santo Agostinho, distrito industrial de Suape, Porto de Galinhas, Reserva do Paiva, Boa Viagem e Jaboatão dos Guararapes. As investigações da Operação Abismo tiveram início em março deste ano.

Reabertas inscrições do concurso para servidores do MPPE

Os interessados em disputar as vagas do concurso público para técnicos e analistas do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) têm mais dois dias para se inscrever. Foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (30) o edital de reabertura das inscrições, no período de 10h do dia 31 de outubro às 14h do dia 1º de novembro, exclusivamente pelo site da Fundação Carlos Chagas, que está organizando o certame.

Ao todo, estão sendo oferecidas 23 vagas imediatas, sendo 13 vagas para técnico ministerial e outras dez para analista ministerial, além de cadastro reserva para diversos cargos. Segundo o cronograma publicado no edital, as provas devem ser aplicadas no dia 2 de dezembro, no turno da manhã para o cargo de técnico ministerial e no turno da tarde para os cargos de analista. A previsão é que os resultados finais das provas objetivas, discursivas e de títulos sejam publicados em 1º de fevereiro de 2019.

Segunda Câmara do TCE rejeita Gestão Fiscal de Luciano Duque e aplica multa

Resultado de imagem para luciano duque serra talhada

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) esteve reunida nesta terça (30) e julgou a Gestão Fiscal da Prefeitura Municipal de Serra Talhada, relativa ao exercício financeiro de 2014, tendo por responsável o atual prefeito Luciano Duque.

No julgamento, A Segunda Câmara acolhendo as razões do voto do Relator, Conselheiro Dirceu Rodolfo, à unanimidade, julgou irregular a documentação em análise, referente ao Relatório de Gestão Fiscal da Prefeitura Municipal de Serra Talhada, relativo ao 1º quadrimestre do exercício financeiro de 2014, aplicando ao prefeito Luciano Duque , multa.

O valor da multa ainda será divulgado no Diario Oficial.

Obra de Maria completa 28 anos com grande show na Arena Pernambuco

Foto: Sávio Gabriel/ DP

A caminho de receber a aprovação pontifícia, último passo para o reconhecimento do papel internacional que cumpre dentro da fé católica, a comunidade Obra de Maria se prepara para comemorar os 28 anos de existência. Em meio à crise pela qual que passa a população brasileira, a comunidade convida os fiéis à reflexão e renovação da fé em evento que acontecerá no dia 4 de novembro. O show, que trará nomes nacionais como o padre Marcelo Rossi, acontecerá na Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata, e promete reunir 50 mil católicos.

O evento trará na programação, além de Marcelo Rossi, os padres Reginaldo Manzotti, Damião e João Carlos, que será responsável por iniciar a festa. Marcada para começar às 13h, a celebração terá apresentação da Orquestra Criança Cidadã, testemunhos de fé e momentos de louvor, além da participação do arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. Como no ano passado, quando houve um momento em que pétalas de rosas caíram do céu, neste ano a comunidade prepara um novo momento surpresa.

Esse será o quarto ano em que a Obra de Maria realiza o aniversário na Arena de Pernambuco. Os ingressos custam a partir de R$ 10 e podem ser adquiridos em pontos descentralizados e também nas sedes da Obra de Maria, na Várzea, Zona Oeste do Recife e na BR-408, no condomínio Obra de Maria, em frente à Arena. A comunidade pede que, quem for ao evento, leve um quilo de alimento não perecível. Todo o material arrecadado e a receita gerada pelo evento serão revertidos para a continuidade das obras sociais mantidas pela instituição. A doação não é obrigatória. A Obra de Maria está presente em 19 países  e reúne  3 mil missionários.