Monthly Archives: julho 2018

Deputado Joel da Harpa se diz aliviado com cancelamento de peça teatral em Garanhuns

Resultado de imagem para deputado joel da harpa pernambuco

O deputado estadual, Joel da Harpa, se disse aliviado pelo cancelamento de uma peça teatral que seria realizada em Garanhuns dentro das festividades do Festival de Inverno de Garanhuns. Ele publicou um texto nas redes sociais e disse que tal peça é um desrespeito e afronta religiosa.

Não é preciso assistir. Somente a estrutura já é um desrespeito e afronta religiosa. A família pernambucana não merecia tamanha violência por parte do Governo do Estado, que finalmente desistiu em levar a peça teatral “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, para um evento tradicional como Festival de Inverno de Garanhuns, cuja 28ª edição tem como tema a liberdade.

É lamentável que a ideia de liberdade ou tradição libertária esteja relacionada a deturpação de valores morais e religiosos, debandando para a libertinagem e desrespeito, tudo isso com o apoio de uma minoria que consideram a si mesmos como a elite intelectual. Uma peça teatral que retrata Jesus Cristo como uma mulher transgênero e os apóstolos como homossexuais jamais poderia sequer ser imaginada.

Não se trata de homofobia, misoginia, transfobia e muito menos de censura, mas a peça é atentatória à dignidade da fé cristã. Por onde passou, trouxe discórdia, polêmica e transtorno. Em Porto Alegre e em Salvador, por exemplo, foi alvo de ações na Justiça pedindo (sem sucesso) o seu cancelamento. Em Jundiaí (SP), a apresentação foi suspensa por ordem judicial. Já no Rio de Janeiro, o prefeito e pastor Marcelo Crivella cancelou uma apresentação, mandando fechar o espaço teatral onde iria acontecer.

Fiquei perplexo e decepcionado. No momento em que lutamos por melhores dias para a sociedade pernambucana, criando projetos para o resgate da família e diminuição da violência, nos vimos diante de uma atitude quase impensada do Governo. Desde já, parabenizo o prefeito Izaías Régis que já declarou que não iria ceder o Centro Cultural de Garanhuns para a apresentação do espetáculo.

Torcedores brasileiros agridem repórter pernambucano, da Globo, na Rússia

Resultado de imagem para andre galindo é agredido na russia

O jornalista da Rede Globo André Gallindo foi vítima de agressões nesta segunda-feira (2) enquanto trabalhava no estádio em Samara, na Rússia, onde o Brasil venceu por 2 a 0 o México. Torcedores brasileiros, um deles com a camisa do Flamengo, tentaram atrapalhar a gravação do repórter pernambucano e depois  jogaram um copo com cerveja nele. O copo teria provocado um corte no punho dele.

Resultado de imagem para andre galindo é agredido na russia

No ano passado, Gallindo lançou o livro "1987 – De fato, de direito e de cabeça", que fala sobre o polêmico título do Brasileirão daquele ano. Após várias disputas judiciais, o título foi reconhecido como sendo para o Sport. No entanto, flamenguistas sempre brigaram pelo título.

Agência da Caixa Econômica Federal de Limoeiro é explodida por criminosos

Imagens: PF/Divulgação

A Polícia Federal de Pernambuco detalhou nesta segunda-feira (2) uma ação criminosa contra a agência da Caixa Econômica Federal de Limoeiro, no Agreste, ocorrida no último sábado (30). Dez homens armados invadiram o prédio do estabelecimento bancário e acionaram explosivos com o objetivo de arrombar os caixas eletrônicos para roubar o dinheiro. A explosão aconteceu por volta das 3h, e como estava havendo festividades juninas na cidade, a Polícia Federal, acredita que o grupo usou também fogos de artifício para confundir os policiais militares, que estavam de plantão fazendo a segurança pública no município.

De acordo com imagens captadas pelo circuito de segurança no local, o grupo, formado por cerca de dez homens, chegou à agência da CEF, no Centro do município, dividido em dois carros, uma Hilux Prata e uma Fiat Toro Branca. Eles teriam se dirigido aos terminais eletrônicos, onde demoraram cerca de vinte minutos até detornar o dinamite. Após, a explosão, eles fugiram em seguida.

Para dificultar a ação dos policiais militares, a quadrilha colocou grampos nas vias principais e na saída da estrada. Policiais militares foram acionados estiveram no local e fizeram algumas incursões com vistas a capturar os suspeitos, porém, não lograram êxito em suas prisões.

Registro de pesquisas eleitorais cai 37%

Resultado de imagem para urna eletrônica

A pré-campanha este ano está sendo feita com menos dados disponíveis sobre a intenção de voto do eleitor. Os registros de pesquisas públicas relacionadas à eleição presidencial no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) tiveram queda de 37% em relação a 2014. De 1.º de janeiro a 26 de junho de 2018 foram registradas 88 pesquisas em âmbito nacional sobre a eleição presidencial. Há quatro anos eram 139 neste mesmo período.

O número não inclui pesquisas realizadas apenas para uso interno, embora alguns dos levantamentos registrados no TSE tenham sido feitos a pedido de partidos políticos. Conforme relatos colhidos pelo jornal O Estado de S. Paulo, o número de pesquisas eleitorais este ano será menor por dois motivos: a mudança no financiamento eleitoral – que agora proíbe contribuição de empresas – e o momento econômico do País.

Bispo da diocese de Garanhuns divulga Nota sobre peça teatral que seria realizada no município

Resultado de imagem para peça teatral em garanhuns pernambuco

1. Nesses dois últimos dias, a cidade de Garanhuns foi tomada por uma discussão em torno de uma peça teatral que está na programação do Festival de Inverno de Garanhuns — 2018. Trata-se da peça "O Evangelho segundo Jesus, rainha dos céus" (IIE GOSFI according to Jesus, queen of heaven): escrita pela atriz transexual escocesa Jo ClifTord; dirigida, no Brasil, por Natália Mallo; e encenada pela atriz transexual Renata Carvalho.

2. Estão em jogo dois grandes valores presentes na Constituição Federal da República do Brasil: l) a liberdade de expressão intelectual, artística, científica e de comunicação, conteúdo do Art. 50, IX; 2) e a inviolabilidade da fé e da crença, estabelecida no mesmo artigo quinto, inciso VI, e ratificada no Código Penal Art. 208, quando trata dos crimes contra o sentimento e contra o desrespeito aos mortos. O Art. 208, do Código Penal, normatiza claramente o crime de vilipêndio público às religiões e especificamente contra um ato religioso. Isso acontece, na peça, em relação à imagem de Jesus Cristo e à Eucaristia. Compreendemos que a liberdade de expressão artística não pode ferir o sentimento religioso e a identidade cristã de uma inteira população.

3. O título da peça apresenta dois evidentes equívocos, que nem a liberdade artística poderia permitir: 1) o Evangelho nunca é "segundo" Jesus, pois Jesus mesmo é o Evangelho e o mensageiro dessa boa e esperançosa noticia a humanidade; 2) apresentar Jesus como rainha dos céus. Ora, Jesus era homem. Em nenhuma fonte bíblica ou historiográfica jamais se ousou apresentá-lo como mulher, e muito menos como transexual. Não seria razoável, por exemplo, apresentar a rainha Cleópatra como homem, vivendo um caso homossexual com Júlio César ou Marco Antônio. A pergunta que se deve fazer é: até onde a arte tem a liberdade para ressignificar papéis? Escrever palavrões em hóstias é arte? Está ressignificando alguma coisa? Um homem nu que rala uma imagem de Nossa Senhora Aparecida com um ralo de cozinha e recolhe os fragmentos numa gamela, isso é arte? O que estaria ressignificando? O que seria razoável para a arte na tarefa da ressignificação e, ao mesmo tempo, no respeito às pessoas e às suas sensibilidades?

4- Creio que tanto o Governo do Estado de Pernambuco por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, quanto o Governo Municipal de Garanhuns perdem a oportunidade de impostar a discussão sobre outra perspectiva. O nosso país é o que mais mata homossexuais, travestis e transexuais no mundo. Ao mesmo tempo, é o país que mais consome sexo e pornografia. O Município de Garanhuns está entre os campeões no quesito "violência contra a mulher". A nossa terra é uma terra que covardemente mata mulheres. O que o Governo Estadual e o Governo Municipal podem fazer pra amenizar e, em médio e longo prazos, resolver essa triste realidade? Trazer peça teatral que fere a sensibilidade das pessoas simples da nossa terra? É isso que vocês podem fazer? É respeitoso pra com a Cidade de Garanhuns o discurso do Secretário de Cultura? Isso constrói uma cultura de paz e diálogo? E respeitoso o modo como a Fundarpe trata a preparação do Festival de Inverno e o diálogo com as instituições parceiras, inclusive com a Diocese de Garanhuns por meio da Paróquia da Catedral, onde o Palco de Música Clássica Instrumental?

5. Lamentamos também profundamente que essa discussão possa ser utilizada para fins eleitoreiros. Já basta! O conflito entre o Governo Estadual e o Governo Municipal de Garanhuns, e vice-versa, só vem diminuindo a nossa terra, só tem nos prejudicado, só tem inviabilizado investimentos e a resolução dos graves problemas do nosso povo que tanto sofre. É hora de serem estadistas! Olhem para o nosso povo sofrido, humilhado, vivendo uma das piores crises sociais, econômicas e éticas de todas as épocas. Não olhem para as situações com os mesquinhos de uma sigla partidária e de uma campanha eleitoral. E vou até adiante: é a hora de pensar Garanhuns. E razoável, por exemplo, que uma cidade de 140 mil habitantes não tenha um Deputado Estadual e um Deputado Federal? É hora de pensar o Município de Garanhuns e as redondezas. Paramos no tempo. Temos perdido oportunidades.

6. Por tudo isso, não concordamos de nenhum modo que a peça seja apresentada em Garanhuns no Festival de Inverno. Não é disso que necessitamos. Ao mesmo tempo, já afirmo: não entraremos em nenhuma frente para impedir que a peça seja apresentada. Se for, Senhor Governador, o senhor está ferindo profundamente a nossa gente. Duas únicas coisas, eu posso fazer como bispo da Diocese de Garanhuns: conclamar o povo católico a não tomar parte nesse acinte e proibir que a Igreja Catedral seja utilizada como um dos palcos do Festival de Inverno 2018.

7. Que o Espírito Santo de Deus nos ilumine para encontrarmos soluções dialogadas e que gerem verdadeiramente uma cultura de paz.

Dom Paulo Jackson Nóbrega de Souza
Bispo da Diocese de Garanhuns

Menina fantasma em shopping era ação de marketing

No vídeo, menina sobe escada rolante, como se fosse uma assombração, durante a madrugada. Tudo jogada de marketing / Foto: Divulgação

O vídeo da menina fantasma que aparecia durante a madrugada no Shopping Difusora, em Caruaru, era uma ação de marketing do mall para atrair o público para sua nova atração, a Casa do Terror, que estreia no próximo dia 6 de julho. O vídeo, divulgado nas redes sociais, mostrava um suposto vigilante do shopping assustado com uma menina fantasma que subia a escada rolante.

"Usamos essa estratégia para pode aguçar a curiosidade do público e atrair mais gente para a Casa do Terror, que estreia dia 6. Mas não esperava que a história fosse tomar uma proporção nacional como tomou", confessou, safisteiro, Welter Duarte, gerente de marketing do Shopping Difusora.

Mais uma ação: Bandidos explodem agência do Bradesco em Itacuruba

Agência ficou completamente destruída / Foto: Reprodução / Whatsapp

Uma agência do Bradesco localizada na Avenida Patriarca Aníbal Alves Cantarelli, em Itacuruba, foi explodida na madrugada deste domingo (1º). Dez homens fortemente armados teriam participado do crime. Policiais militares da 1ª Companhia Independente realizaram buscas pelas redondezas, mas ninguém foi preso.

Por volta das 2h da manhã, quatro veículos estacionaram em frente à agência. Os homens armados desceram dos carros e iniciaram a ação criminosa. Tiros foram disparados para dispersar curiosos. Após a explosão, os bandidos partiram nos carros. Grampos foram jogados nas vias para evitar perseguições.

Ainda não há informações sobre valores ou objetos roubados da agência do Bradesco. Nenhum suspeito de ter participado da ação foi identificado. A Polícia Civil está investigando o caso.

Presidente da Alepe Guilherme Uchoa está hospitalizado no Recife

Resultado de imagem para guilherme uchoa

O deputado estadual Guilherme Uchoa (PSC), presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), está internado da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, no Recife. De acordo com a assessoria da Alepe, o político teve um mal estar na madrugada deste domingo (1º) e foi hospitalizado.

Uchoa, de 71 anos, teria passado mal e sido levado para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) de Cruz de Rebouças, em Igarassu. Depois, teria desmaiado e conduzido para o Hospital Português. Familiares do deputado não quiseram se pronunciar sobre o ocorrido. As informações preliminares dão conta de que Uchoa teria tido um princípio de infarto. De acordo com a assessoria do hospital, o político está sedado e exames estão sendo realizados para diagnosticar o problema de saúde.

Cantor Wallas Arrais não toca na Expoagro e Prefeitura diz que não pagará

Resultado de imagem para wallas arrais

Em decorrência do cancelamento do show do cantor Wallas Arrais, a Prefeitura de Afogados da Ingazeira informa que:

1. É norma da Prefeitura de Afogados contratar apenas artistas que tenham, no máximo, um show por noite, e em local e horário que assegurem o tempo necessário para o deslocamento do mesmo de forma a assegurar que seja honrado o seu compromisso em nossa cidade e a realização integral do show para o qual foi contratado;

2. Quando assinou contrato para tocar na Expoagro, Wallas Arrais tinha apenas mais um show, em Água Branca, na Paraíba. Após o contrato assinado, o mesmo fechou contrato para outro show, dessa vez em Campina Grande.  

3. O resultado foi um atraso significativo para a realização do seu show em Afogados da Ingazeira. Mesmo com a Banda Flor de Mandacaru, de forma profissional e parceira, tendo alongado o tempo do seu show em cerca de 50 minutos. Ainda assim, Wallas Arrais chegou faltando pouco mais de vinte minutos para o tempo estipulado pela PM, e de acordo com a lei, para o término dos shows da nossa Expoagro. Não faria sentido, tendo em vista o tempo que seria gasto com a montagem da banda, pagar por apenas 10 minutos de show. Não restou outra saída senão cancelar o show que seria realizado pelo cantor Wallas Arrais.

4. A Prefeitura pede desculpas a todos os afogadenses pelo dissabor, a todos os que se dirigiram para o centro desportivo e esperaram por Wallas Arrais, e informa que não pagará por um show que não foi realizado. O pagamento da primeira parcela do cachê seria efetuado na próxima segunda-feira. A informação repassada pelo Secretário de Finanças de Afogados, Ney Quidute, é que esse e os demais pagamentos previstos para o cantor foram expressamente cancelados. No mais, convidamos a todos para prestigiarem a última noite de shows, com Geraldo Azevedo, Limão com Mel, Artistas Afogadenses, e Eduardo Costa, a grande atração da XIV Expoagro.

Peça ‘O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu’ é cancelada no Festival de Inverno de Garanhuns

De acordo com a assessoria, a decisão foi tomada por conta da polêmica causada pela atração e da possibilidade de prejuízos das parcerias estratégicas e nobres que o viabilizam. Foto: Ligia jardim/Divulgação

Por meio de nota, o Governo do Estado de Pernambuco, junto à Secretaria de Cultura e da Fundarpe, anunciou que resolveu cancelar a apresentação O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu  da Mostra de Teatro Alternativa do Festival de Inverno de Garanhuns de 2018. De acordo com a assessoria, a decisão foi tomada por conta da polêmica causada pela atração e da possibilidade de prejuízos das parcerias estratégicas e nobres que o viabilizam.

Para o Governo do Estado, o "Festival de Inverno de Garanhuns foi criado para unir e divulgar expressões culturais e não para dividir e estimular a cultura do ódio e do preconceito". Segundo a nota, o Governo de Pernambuco também repudia todas tentativas de exploração eleitoreira feitas do episódio.

Em postagem no Facebook, o atual secretário de cultura de Pernambuco se posicionou em relação à decisão:

"Infelizmente a intolerância que permeia os diferentes pontos de vista sobre política, arte e cultura, misturado com reacionarismo e exploração política da religiosidade do povo, em especial a atitude oportunista e eleitoreira de setores da oposição ao Governo Estadual na cidade de Garanhuns, ameaçaram a própria realização do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), com a possibilidade de perda de parcerias estratégicas e nobres do Festival, como a Catedral e outros espaços, razão pela qual, mesmo reafirmando o respeito a autonomia da Curadoria do Festival, a defesa da liberdade de expressão artística, política e religiosa, não teremos a apresentação do monólogo "O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu", obra cristã e humanista que promove a tolerância e a solidariedade.

Faz parte. A luta é dura e continua!"
Marcelino Granja.

Incêndio no Parque do Povo, em Campina Grande, cancela shows deste sábado

Resultado de imagem para incendio no parque do povo em campina grande

Um incêndio no Parque do Povo, em Campina Grande, assustou quem estava no local no início da noite deste sábado (30). De acordo com informações de moradores locais, um botijão de gás de uma barraca teria explodido iniciando o incêndio. Não há registro de vítimas, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Ao menos oito barracas foram destruídas.

Resultado de imagem para incendio no parque do povo em campina grande

Além do controle das chamas, os bombeiros também fizeram a evacuação da população local, já que a fumaça era muito densa e tóxica. A causa real para o incêndio será avaliada depois dos levantamentos periciais. Ainda conforme o Corpo de Bombeiros, a situação já foi controlada.

Resultado de imagem para incendio no parque do povo em campina grande

No momento da explosão, as pessoas se assustaram e saíram correndo. Conforme pode ser visto nas imagens enviadas por quem estava nas proximidades do local, o fogo atingiu um perímetro alto e começou a se espalhar por outras barracas.

Por conta do incêndio, os shows desta noite foram cancelados. Avine Vinny, Amazan, Rapha Mello e Forró da Barka eram as atrações do Parque do Povo para este sábado.