Ala tucana quer trocar relator de denúncia contra Temer

Resultado de imagem para bonifacio andrada

A cúpula do PSDB entrou em campo para pressionar o deputado tucano Bonifácio de Andrada (MG) a abandonar a relatoria da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. O que se discute é uma possível destituição da comissão caso o deputado se recuse a deixar a função.

O clima de animosidade chegou ao presidente em exercício do PSDB senador Tasso Jereissati (CE), que conversou com o líder da bancada na Câmara, Ricardo Tripoli (SP), sobre o caso. Interlocutores afirmam que Tasso e Tripoli estão alinhados sobre a questão. Tasso ouviu a opinião do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), que tem sido um dos representantes dos cabeças-pretas no Senado.

“O incômodo é muito grande, parece que a escolha do Bonifácio foi para provocar um segmento do partido que defende a saída do PSDB do governo. Se o partido está dividido em relação ao tema, o mais recomendado é que não fosse alguém do PSDB pra fazer o relatório. Isso me parece uma brutal provocação e um desrespeito às divergências que existem no PSDB”, afirmou Ferraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *