Governador afirma que secretários-deputados não devem retornar à Câmara

Resultado de imagem para paulo camara pernambuco

O governador Paulo Câmara (PSB), disse nesta segunda-feira (10), que espera "não haver necessidade” dos secretários de Turismo, Felipe Carreras (PSB), e de Transporte, Sebastião Oliveira (PR), que são deputados federais licenciados, retornarem à Câmara com a finalidade de votar no plenário a denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB).

“No tocante a Felipe Carreras, que é do nosso partido, com certeza não vai haver nenhuma solicitação do PSB para que ele volte a Brasília. Também conversei com Sebastião. Ele também disse que não há nenhum indicativo (do partido)”, ressaltou o governador, que também é vice-presidente nacional do PSB.

Paulo Câmara destacou, ainda, que “os suplentes que estão lá (na Câmara), representando Pernambuco e os deputados federais, são pessoas que têm muita responsabilidade com o nosso estado e com o Brasil. Eles vão analisar de maneira muito serena, com responsabilidade para tomar a decisão que sabem ser melhor para o Brasil”, avaliou o socialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *