Monthly Archives: fevereiro 2017

Padre Erinaldo Sultério assumiu Paróquia de Mirandiba

Tomou posse na noite desta quinta (23) na Paróquia de São João Batista, em Mirandiba, o padre Erinaldo Sultério. O padre permanecerá por oito anos a frente da referida Paróquia como pároco.

Como vem acontecendo durante as posses, padre Erinaldo foi recepcionado na entrada da cidade pelas autoridades e em seguida missa de posse na Matriz. Dom Egidio, bispo da diocese de Afogados da Ingazeira, presidiu a missa de posse do padre que foi concelebrada por vários padres que se fizeram presentes.

Dom Egidio disse que o papel do padre é rezar pelo seu povo, oferecer sacrifício pelo seu povo e animar também a oração de seu povo, porque isso permite que o padre e o povo permaneçam unidos no amor de Deus.

Padre Erinaldo agradeceu a comunidade de Mirandiba pela acolhida e disse que quer estar entre todos como amigo e como aquele que serve. “Eu quero estar no meio de vocês como o próprio Evangelho nos lembrou no dia de hoje, não como um senhor que vai estar na relação com os seus servos, mas numa relação de amigos, uma relação de amizade. Quero viver com vocês, buscando a vivência de muita fé, uma vivência de muita esperança, mas também uma vivência de muita caridade”, concluiu o padre Erinaldo.

CNBB lança Campanha da Fraternidade 2017 na quarta-feira de Cinzas em Brasília

Resultado de imagem para cnbb campanha da fraternidade 2017

Com o tema "Biomas Brasileiros e a Defesa da Vida", a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), abre oficialmente na quarta-feira de Cinzas (01) a Campanha da Fraternidade 2017. O lançamento será na sede da entidade em Brasília e será transmitido ao vivo a partir das 10h45 pelas emissoras de tv católicas.

A campanha que tem como lema “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2.15), alerta para o cuidado da criação, de modo especial dos biomas brasileiros. Segundo o bispo auxiliar de Brasília (DF) e secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Ulrich Steiner, a proposta é dar ênfase a diversidade de cada bioma e criar relações respeitosas com a vida e a cultura dos povos que neles habitam, especialmente à luz do Evangelho. Para ele, a depredação dos biomas é a manifestação da crise ecológica que pede uma profunda conversão interior. “Ao meditarmos e rezarmos os biomas e as pessoas que neles vivem sejamos conduzidos à vida nova”, afirma.

Ainda de acordo com o bispo, a campanha deseja, antes de tudo, levar à admiração, para que todo o cristão seja um cultivador e guardador da obra criada. Tocados pela magnanimidade e bondade dos biomas, seremos conduzidos à conversão, isto é, cultivar e a guardar”, salienta.

A cerimônia de lançamento contará com as presenças do arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, cardeal Sergio da Rocha, do secretário-geral da conferência, dom Leonardo Ulrich Steiner e do secretário de articulação institucional e cidadania do ministério do Meio Ambiente, Edson Duarte.

No Brasil, a Campanha já existe há mais de 50 anos e sua abertura oficial sempre acontece na quarta-feira de cinzas, época na qual a Igreja convida os fiéis a experimentarem três práticas penitenciais: a oração, o jejum e a esmola.

Material

Para ajudar nas reflexões sobre a temática são propostos subsídios, sendo o texto-base o principal. Dividido em quatro capítulos, a partir do método ver, julgar e agir, o texto-base faz uma abordagem dos biomas existentes, suas características e contribuições eclesiais. Também traz reflexões sobre os biomas e os povos originários, sob a perspectiva de São João Paulo II, Bento XVI e o papa Francisco. Ao final, são apresentados os objetivos permanentes da Campanha, os temas anteriores e os gestos concretos previstos durante a Campanha 2017.

Todo o material da CF 2017 está disponível  no site das Edições CNBB. Também é possível fazer o download do arquivo com todas as músicas do CD, entre elas o Hino Campanha, de autoria do padre José Antônio de Oliveira e Wanderson Freitas.

Matadouro de Floresta é interditado pelo Ministério do Trabalho e Emprego

Matadouto interditado em Floresta não tem estrutura, segundo MTE (Foto: Divulgação / Assessoria)

O Ministério do Trabalho e Emprego interditou na tarde desta quinta-feira (23) o matadouro de Floresta. De acordo com o auditor do MTE no interior, Francisco Reginaldo, a paralisação das atividades ocorreu devido as condições de trabalho oferecerem riscos de acidentes de trabalho.

Ainda de acordo com ele, o curral dos animais não possui passarelas ou plataformas, expondo os trabalhadores a riscos, pelo movimento dos animais. "Não houve comprovação de fornecimento de qualquer equipamento de proteção individual, expondo os trabalhadores a contaminação por agentes biológicos, especialmente no setor de vísceras", diz.

O MTE constatou ainda que não há isolamento no local de trabalho, de mecanismos que impeça o acesso de pessoas, o que pode causar acidentes. "As plataformas de abate encontram-se sem proteção, tipo guarda-corpo e corrimão, com riscos de quedas", informou.

Outro problema apontado diz respeito as instalações elétricas, que segudo Francisco Reginaldo, encontravam-se precárias, expondo os trabalhadores a choques elétricos. "Além do mais, não foi comprovado que os trabalhadores estão devidamente qualificados para essa atividade", diz.

O MPE informou ainda que o matadouro só voltará a funcionar, após nova vistoria, e desde que o município faça as adequações necessárias. A prefeitura de Floresta não quis se pronunciar sobre o assunto.

Ministro Marco Aurélio concede habeas corpus ao goleiro Bruno

o-goleiro-bruno-segura-a-chave-da-prisao

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, concedeu nesta sexta-feira (24) habeas corpus para soltar o goleiro Bruno Fernandes de Souza, 32 anos, preso desde 2010.

Bruno foi condenado a 22 anos de prisão em 2013 pela morte da namorada, Eliza Samudio.

Segundo o entendimento do ministro, o goleiro tem o direito de responder em liberdade já que é réu primário e possui bons antecedentes criminais. “Colocou-se em segundo plano o fato de o paciente ser primário e possuir bons antecedentes. Tem-se a insubsistência das premissas lançadas. A esta altura, sem culpa formada, o paciente está preso há 6 anos e 7 meses. Nada, absolutamente nada, justifica tal fato”, escreveu Marco Aurélio.

Com a decisão, o goleiro poderá aguardar a apreciação dos recursos em liberdade. O habeas corpus foi um pedido impetrado pela defesa de Bruno alegando bons antecedentes, residência fixa e ocupação lícita.

Alepe cria Comissão Especial para acompanhar Reforma da Previdência

Reunião Plenária

A instalação de uma Comissão Especial sobre a Reforma da Previdência na Assembleia foi aprovada na Reunião Plenária desta quinta (23). Segundo o Requerimento nº 2.746/2017, de autoria do deputado Sílvio Costa Filho (PRB), o colegiado terá como objetivo “estudar as alterações da Previdência Social defendendo o direito do trabalhador”.

“A reforma previdenciária é importante para o Brasil, mas não da forma como foi enviada para a Câmara Federal. Por isso, é importante abrir na Assembleia um canal de debate com vários atores da sociedade civil para apresentar a visão do Legislativo pernambucano sobre o tema”, avaliou. “Apesar da competência sobre o assunto ser do Congresso Nacional, logo essa discussão chegará aos Estados, dada a grave crise dos sistemas de previdência estaduais”, justificou.

A Comissão será composta por dez deputados, sendo cinco titulares e cinco suplentes, e terá 90 dias de duração. “Esperamos já na primeira quinzena de março fazer uma grande audiência pública sobre a reforma”, afirmou Costa Filho. O deputado também informou que o colegiado irá substituir o trabalho da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência.

Estados terão de privatizar para contar com ajuda federal

De acordo com o documento enviado à Agência Brasil pela Casa Civil, fica estabelecido que, para aderirem ao regime de recuperação fiscal, os estados terão de implementar medidas como autorizar a privatização de empresas dos setores financeiro, de energia e de saneamento.

Os Estados interessados em aderir ao regime de recuperação fiscal precisarão apresentar contrapartidas relacionadas a privatizações e aumento de alíquotas previdenciárias de servidores ativos, inativos e pensionistas. Isso, caso o Congresso aprove a matéria na forma como foi encaminhada pela Presidência da República.

De acordo com o documento enviado à Agência Brasil pela Casa Civil, fica estabelecido que, para aderirem ao regime de recuperação fiscal, os estados terão de implementar medidas como autorizar a privatização de empresas dos setores financeiro, de energia e de saneamento.

O projeto apresenta também como contrapartida dos Estados a elevação da alíquota de contribuição previdenciária dos servidores públicos ativos, inativos e pensionistas para, no mínimo, 14%. Se necessário, acrescenta o projeto, serão cobradas também alíquotas extraordinárias e temporárias desses servidores.

Ainda dentro das contrapartidas está a redução de incentivos ou benefícios tributários; a revisão do regime jurídico único de servidores estaduais da administração pública direta, autárquica e fundacional; a instituição, se cabível, do regime de previdência complementar; a proibição de saques em contas de depósitos judiciais; e a realização de leilões de pagamento considerando prioridade para pagamentos com maior desconto.

O projeto apresenta também as condições financeiras necessárias e as proibições que caberão aos Estados para que possam aderir ao regime de recuperação fiscal, bem como as prerrogativas que caberão ao Estado (governo federal).

Além disso, detalha como serão feitos e quais serão as finalidades dos financiamentos e das operações de crédito a serem contratados e como serão os processos de encerramento e de extinção do regime de recuperação fiscal. O projeto explica ainda como será a feita a supervisão de todo o processo e quais serão as atribuições do conselho responsável por essa supervisão.

Oito são condenadas por desvios de verba que seria para carnaval no interior de Pernambuco

Resultado de imagem para carnaval pe

Oito envolvidos na destinação irregular de R$ 1,1 milhão foram condenados pela Justiça Federal em Pernambuco. O dinheiro, vindo do Ministério do Turismo e da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), deveria ter sido utilizado no projeto "Festividades Carnavalescas", mas os festejos não ocorreram, segundo o Ministério Público Federal (MPF). Ainda cabe recurso.

O caso é de 2009. Os eventos deveriam ter ocorrido em São José, Itambé, Cupira, Ipubi, Jucati e Belém de Maria. A investigação aponta que havia um esquema ilícito para favorecer empresas e seus sócios por meio de contratações ilegais feitas pela Empetur e pagas, principalmente, com recursos públicos federais.

Para fraudar as licitações, o MPF apontou que o grupo utilizava manipulação das datas dos contratos, uso de declarações forjadas de autoridades municipais e apresentação de notas fiscais fraudulentas. O órgão aponta ainda que não houve também a prestação de contas do convênio do Ministério Público, que destinou R$ 990 mil para as Festividades Carnvalescas, e a Empetur, cuja contrapartida foi de R$ 110 mil.

Foram condenados o ex-presidente e ex-superintendente administrativo e financeiro da Empetur à época, respectivamente José Ricardo Diniz e Elmir Leite de Castro, bem como três empresas promotoras de eventos e seus representantes: Walter Henrique Schneider Cavalcanti Malta-ME e Walter Henrique Schneider Cavalcanti Malta; Simone Cibelle da Silva Souza-ME e Simone Cibelle da Silva Souza; Márcia Roberta Alvez Paiva-ME e Márcia Roberta Alvez Paiva. O G1 tentou, mas não conseguiu, localizar a defesa dos envolvidos.

A decisão da 3ª Vara Federal em Pernambuco, determina o ressarcimento integral do prejuízo causado aos cofres públicos, corrigido monetariamente; suspensão dos direitos políticos por cinco anos; proibição de contratar com o poder público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, também por cinco anos; e pagamento de multa nos valores de R$ 2,2 milhões para José Ricardo Diniz e Elmir de Castro, cada um; R$ 978 mil para Walter Henrique Schneider Cavalcanti Malta; R$ 788 mil para Simone Cibelle da Silva Souza; e R$ 434 mil para Márcia Roberta Alvez Paiva.

O MPF aponta que os condenados também são réus em outro processo, também por suspeita de desvios do Ministério do Turismo, no valor de R$ 2,13 milhões, que deveriam ter sido destinados ao projeto Festejos Natalinos, em 2008.

Policiais civis aposentados voltarão ao trabalho para reforçar segurança pública no estado

Resultado de imagem para policia civil pe

A crise na segurança pública deixa rastros diários de violência no estado e reduzir os índices se tornou um dos principais desafios do governo Paulo Câmara. Para tentar contornar o problema, o governador assinou, nesta quinta-feira, um decreto que vai possibilitar a volta dos policiais civis aposentados ao exercício de suas funções. Agora, os policiais que não estão mais na ativa vão reforçar o trabalho da Polícia Civil, como as investigações criminais. A expectativa é de que até 800 servidores sejam chamados para trabalhar após passarem por um processo seletivo.

De acordo com o governador, o decreto no. 44.146 ajudará no combate aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) e aos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP). "Nós reforçaremos as atividades de natureza administrativa e vamos direcionar os servidores ativos para as atribuições finais. Com isso, haverá uma maior efetividade nas investigações e no exercício das funções de polícia judiciária e administrativa", explicou Paulo Câmara.

Com o decreto, os policiais civis aposentados poderão desempenhar os cargos de comissário, agente e escrivão de polícia. Dentre as funções, os servidores poderão atender o público dentro das delegacias e lavrar boletins de ocorrência. O prazo para desempenhar as funções será de três anos, prorrogável por igual período. O decreto é regulamentado pela Lei Complementar no. 340, de 22 de dezembro de 2016.

Contas de gestão de São José do Egito são julgadas irregulares; ex-prefeito, Romério Guimarães, terá que devolver mais de R$ 26 mil

Em sessão realizada na terça-feira  (21), a Primeira Câmara do TCE julgou irregulares as contas do ex-prefeito e ordenador de despesas do município de São José do Egito, Romério Augusto Guimarães, relativas ao exercício financeiro de 2013. Em seu voto, o relator do processo, conselheiro João Carneiro Campos, determinou ainda aplicação de multa ao gestor no valor de R$ 9.000,00, bem como devolução da quantia de R$ 26.261,74 aos cofres municipais.

A decisão do relator, aprovada por unanimidade pela Primeira Câmara, se baseou no relatório de auditoria do TCE que apontou diversas irregularidades na prestação de contas, a saber, recolhimento parcial das contribuições previdenciárias do segurados e patronais devidas ao RGPS/INSS; indícios de superfaturamento de preço na contratação de grupo musical para a festa de Reis do município; realização de despesas sem licitação; ausência de pesquisa de preços em processos licitatórios; realização de processos de inexigibilidade para contratação de shows artísticos sem a adoção dos controles internos pertinentes e das exigências contidas na lei; realização de despesas indevidas com refeições e passagens aéreas, sem evidências da finalidade pública das mesmas, entre outras.

Os interessados apresentaram defesa conjunta ao TCE, mas os argumentos não foram suficientes para justificar as falhas apontadas pelos auditores. Sendo assim, o processo TC nº 1470104-2 foi julgado irregular. O relator aplicou multa aos intregrantes da Comissão de Licitação à época, Erasmo Siqueira Neto, Fredson André Louredo de Brito, Fábio Wegney Anjos de Morais, e ao Controlador Geral do município, Kleyton Lucena de Queiroz Barboza, no valor de R$ 4.000,00, nos termos do artigo 73 da Lei Estadual nº 12.600/04.

DETERMINAÇÕES –  O voto também traz algumas determinações que devem ser adotadas pelo atual gestor de São José do Egito, ou quem vier a sucedê-lo, sob pena de aplicação de multa, sendo elas, providenciar, tempestiva e integralmente, a retenção, a correta contabilização e o recolhimento das contribuições previdenciárias (dos servidores e patronais) devidas ao RGPS; realizar os procedimentos licitatórios em consonância com as normas da Lei de Licitações e Contratos (Lei Federal nº 8.666/93), tendo especial atenção quanto aos processos de dispensas e inexigibilidades de licitação; instruir todos os processos de adesão a registro de preços com todos os documentos necessários; incluir planilha orçamentária como anexo dos editais; realizar a prestação de contas das despesas com passagens aéreas e viagens, indicando os órgãos de destino e objetivo dos deslocamentos dos servidores, entre outras.

Padre Otaviano é novo pároco de Triunfo

Na noite desta quarta (22) tomou posse na Paróquia Nossa Senhora das Dores, em Triunfo, o novo pároco da cidade, Pe. Otaviano Bezerra. A acolhida aconteceu no coreto situado a Praça Carolino Campos.

O padre Otaviano foi recepcionado com uma apresentação dos caretas, pelo prefeito da cidade e por uma banda marcial. Em seguida, caminhada até a Matriz de Nossa Senhora das Dores onde aconteceu a missa de posse presidida pelo bispo da diocese de Afogados da Ingazeira, dom Egidio Bisol.

A missa de posse contou com a participação de quase todo o clero da diocese, já que os padres se encontravam em reunião no Centro Pastoral Stella Maris.

Dom Egidio falou sobre o Evangelho do dia (Mt 16, 13-19) e também sobre a Solenidade da Basílica de São Pedro que se comemora nesta data. Ele falou sobre o perdão, afirmando que se todos devem perdoar, os padres tem esse comprometimento maior ainda. “Se isso vale pra todo mundo (perdoar), muito mais pra nós, os padres, que dentro da comunidade somos chamados a ser sinais do amor de Deus. Nós precisamos ser cada vez mais modelo, espelho de vida. Eu acho que a comunidade deveria pedir isso, exigir isso do padre, seja modelo”, disse dom Egidio.

Padre Otaviano disse que está para ajudar e colaborar com a caminhada. “O filho zeloso na casa da Mãe, é isso que eu também quero fazer aqui de forma plena aquilo que eu tenho de bom, é isso que eu quero e peço a Deus que me ajude realmente a cumprir essa missão”, disse Pe. Otaviano.

Suspeito de participar de assalto contra a Brinks é detido para averiguação

Resultado de imagem para assalto a brinks no recife

Um homem suspeito de envolvimento no assalto contra a empresa de segurança de valores Brinks, que aterrorizou a Zona Oeste do Recife na madrugada dessa terça-feira, foi detido para averiguação. A polícia não cravou a participação dele e nem detalhou qual seria seu papel durante a investida, mas confirmou que há um suposto membro da quadrilha sob custódia para prestar depoimento.

A resposta da polícia foi anunciada durante a posse do novo chefe de Polícia Civil de Pernambuco, delegado Joselito Kehrle, na tarde desta quarta-feira. "Uma pessoa foi detida, mas a gente não tem a comprovação da participação dele ainda. É preciso que o material que foi recolhido e encamimhado para a perícia retorne e, atraves do confronto dessas impressões digitias e material orgânico, a gente poderá se posicionar com uma certeza maior. Ainda é prematuro", explicou o delegado.

Segundo o novo gestor, não está descartada a participação de Paulo Donizetti no crime. Ele é apontado como um dos maiores assaltantes de banco do país e foi preso no último dia 07, em um lava-jato em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. "Nós temos uma força-tarefa dedicada exclusivamente para crimes violentos patrimoniais. O Paulo Donizetti, obviamente, está sendo investigado. Se houve ou não a participação dele ou de outros integrantes da associação criminosa liderada por ele, vamos descobrir", complementou Joselito Kehrler. "O que houve foi a prisão do Donizetti há alguns dias e, como a gente sabe que ele não atua sozinho, mas com grande articulação, se houver algum remanescente, será foco da nossa investigação também".

Os detalhes da investigação sobre o assalto seguem em sigilo, mas a polícia adiantou que vai ouvir os moradores da área para tentar encontrar respostas sobre a forma de atuação da quadrilha e seu paradeiro.

WhatsApp Status, com imagens que somem em 24 horas, chega ao Brasil

 Resultado de imagem para whatsapp status

O WhatsApp Status, recurso do app que permite postar imagens que somem em 24 horas, chegou ao Brasil na noite desta quarta-feira (22). A atualização estava disponível tanto em aparelhos Android como iOS.

Com a novidade, o Facebook faz do aplicativo de mensagens um novo concorrente do Snapchat, depois de já ter colocado o Instagram em rota de colisão com o app do fantasminha.

Os usuários podem compartilhar com os amigos fotos, vídeos e GIFs que se autodestroem em 1 dia. Esses conteúdos não são enviados nas mensagens e ficam armazenados na aba Status, que aparece no lugar da aba de Contatos. Basta tocar na foto de algum amigo para vê-los.

Um ícone de câmera também foi incluído na entrada do app para que os usuários possam produzir imagens de forma mais rápida, seja para publicar como Status ou para enviá-las diretamente a algum contato.

Também é possível editar essas imagens antes de publicá-las. Emojis, textos e palavras manuscritas podem ser incluídas.

Agentes apreendem celulares e droga na cadeia de Serra Talhada

Agentes penitenciários apreenderam celulares, carregadores e droga na noite de terça-feira (21) na Cadeia Pública de Serra Talhada. De acordo com a Polícia Militar, o material foi encontrado durante uma revista de rotina na cela 4.

Ainda segundo a polícia, com os detentos foram encontrados três celulares, dois chips, carregadores e uma porção de maconha. Os seis detentos foram levados à Delegacia de Polícia Civil local junto com o material apreendido.

Ministro diz que faltam 4% para obras do São Francisco serem concluídas

Imagem área das obras da Transnordestinas, ladeadas pelos canais da transposição do São Francisco, em Salgueiro, Sertão de Pernambuco (Foto: Eduardo Ricken/TV Globo)

Em visita ao município de Custódia, no Sertão, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, afirmou nesta quarta-feira (22) que "faltam apenas 4% para conclusão das obras do Projeto São Francisco". O projeto irá beneficiar mais de 12 milhões de pessoas em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Na ocasião, o ministro vistoriou o eixo leste das orbas. "A água chegará ao estado da Paraíba até o início de março", destacou. Ainda segundo Helder Barbalho, em seguida, a água segue para o alude Camalaú, pelo rio Paraíba, abastecendo em especial a área de Campina Grande.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, também participou da visita. Para o ministro, a parceria com o governo paulista "garantiu o enchimento do reservatório de Braúnas, antecipando o prazo de passagem da água".

Segundo Alckmin, as bombas – cedidas em dezembro do ano passado – foram utilizadas em 2014, durante a seca prolongada que atingiu a região metropolitana de São Paulo, no Sistema Cantareira. "São superbombas, potentes", ressaltou.

Eixo Norte

De acordo com o Ministério da Integração Nacional, com 94,5% de obras físicas executadas, o Eixo Norte está previsto para ser concluído no segundo semestre deste ano. Para garantir o abastecimento de água a outras regiões da Paraíba, que serão atendidas pelo Eixo Norte do Projeto São Francisco, o ministro Helder Barbalho assegurou que o Governo Federal destinará recursos da Defesa Civil para a implantação de adutoras.

"Receberemos da companhia de saneamento do estado da Paraíba o projeto para uma adutora de engate rápido do reservatório Coremas Mãe/D’agua até Patos e, assim, minimizar os efeitos da seca na região, beneficiando o mais rápido possível cerca de 100 mil paraibanos", acrescentou.

Do G1 Caruaru

Justiça decide não acatar o pedido de prisão das lideranças sindicais da PM

Resultado de imagem para manifestaçao dos pms em pe

A Justiça decidiu não aceitar a decretação do pedido de prisão preventiva para as lideranças do movimento dos policiais militares em Pernambuco. Os desembargadores votaram durante uma reunião do Conselho Especial de Justiça e, por três votos a dois, o pedido de decretação foi indeferido. Após a decisão, a II Marcha da Família Policial e Bombeiro Militar chegou ao fim após passeata e protesto em frente ao Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, na Ilha de Joana Bezerra.

O pedido para decretação de prisão preventiva foi feito em desfavor de Alberisson Carlos e Nadelson Leite, presidente e vice-presidente, respectivamente, da Associação de Cabos e Soldados, do tenente Vladimir Assis, da Associação dos Militares do Estado de Pernambuco, e do sargento Glaustony Wanderley Galvão. Eles são apontados como os líderes do movimento deflagrado pela corporação por melhores condições de trabalho, equiparação salarial com a Polícia Civil e também estão sendo responsabilizados por incitar a paralisação da categoria.

A ação criminal foi ajuizada pelo Ministério Público de Pernambuco, através da Promotoria de Justiça Criminal da Capital, no último dia 1º. O promotor Diego Pessoa Costa denuncia os militares pelos crimes do Código Penal Militar de motim, reunião ilícita, revolta, conspiração, calúnia, injúria e publicação ou crítica indevida.

II Marcha da Família Policial e Bombeiro Militar

Na tarde desta quarta-feira, esposas e maridos de policiais e bombeiros militares faziam um ato público na região central do Recife por melhores condições de trabalho e remuneração quando souberam da votação no Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano. A mobilização pretendia seguir para o Palácio Campo das Princesas, sede do Governo de Pernambuco, mas mudou a rota e levou o protesto para frente do judiciário como forma de pressionar a Justiça em prol das lideranças do movimento. Aos gritos de "Fora Gioia", o secretário de Defesa Social de Pernambuco, eles tomaram a Avenida Agamenon Magalhães, um dos principais corredores de tráfego do Recife, pedindo a saída do secretário de Defesa Social de Pernambuco e denunciando a postura ditatorial do gestor e a falta de diálogo com a tropa.

Rádio Web Acauã HD Full

Provedor de Internet em Afogados da Ingazeira – PE

Carlos Master Developer
Hospedamos Sites e Rádios Web. Desenvolvemos Sites, Logo-Marcas e Tampletes. Recuperamos Arquivos de HDs” e Pendrives Danificados. Assistência Técnica em Todos os Tipos e Marcas de Computadores.