Barragem do Rio São Francisco está funcionando com uma motobomba

A estação de bombeamento 6 do Eixo Leste do reservatório Barreiro em Sertânia está funcionando com apenas uma motobomba. Mas, a estrutura é composta por duas motobombas. A barragem faz parte do Projeto de Integração do Rio São Francisco e foi inaugurada em fevereiro deste ano.

De acordo com o Ministério da Integração Nacional, "a EBV-6 está operando com uma motobomba que possui capacidade para liberar uma vazão de 4,5 m3/s, o equivalente ao volume necessário para atender a uma população de aproximadamente 2 milhões de pessoas e suficiente para que a água do rio São Francisco chegue ao reservatório Boqueirão".

O Ministério ainda afirma que "o funcionamento de uma das motobombas pode ser interrompido para ajustes previstos, uma vez que o processo de bombeamento foi iniciado há poucos dias".

Do G1 Caruaru

PMs impedem assalto a carro forte em Cabrobó

Resultado de imagem para PMs impedem assalto a carro forte em Cabrobó

Uma ação que envolveu a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) e a Polícia Federal (PF) evitou um assalto a carro forte em Cabrobó, no Sertão do São Francisco. Segundo informações da PMPE, ao perceber atitudes suspeitas de integrantes de um veículo no momento em que um carro forte recolhia dinheiro, PMs do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) acompanharam o veículo à distância e acabaram impedindo o assalto num confronto em que um dos suspeitos acabou morrendo.

Ao passar pelo Trevo do Ibó, os suspeitos realizaram a interceptação, mas o motorista da empresa de segurança arremessou o veículo em que estavam para fora da pista e ocorreu um capotamento. A equipe do Bepi agiu e houve confronto e tiroteio. Um dos suspeitos foi alvejado e morreu, tendo sido identificado como Jailson Freire da Silva. Ainda segundo a PMPE foram apreendidos explosivos, um fuzil 762, uma pistola 9 mm, um revólver e farta munição.

Os demais suspeitos fugiram pela vegetação, sendo que aparentemente um deles foi ferido. Nada foi levado do carro forte. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da PF de Salgueiro, enquanto PMs tentam capturar os demais suspeitos.

Prestação de Contas da Empetur é julgada irregular pelo TCE; pagamentos por shows inexistentes em São José do Egito e Triunfo são apontados

Em sessão realizada nesta terça-feira (14), a Primeira Câmara do TCE julgou irregulares as contas da Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), referentes ao exercício financeiro de 2009, imputando débito aos responsáveis pela gestão, sendo eles, José Ricardo Diniz, então diretor-presidente, Elmir Leite de Castro, superintendente administrativo-financeiro e Gilberto Jerônimo Pimentel Filho, diretor-presidente e ordenador de despesas no período de 07/12/2009 a 31/12/2009.

O voto do relator, conselheiro substituto Carlos Pimentel, se baseou no resultado de uma auditoria feita pela equipe técnica do Tribunal, que identificou 48 irregularidades na gestão, sendo as mais graves, indícios e evidências de fraudes em licitações; contratação sem o devido processo licitatório;  concessão indevida de gratuidade na locação de espaços e pagamentos por shows inexistentes de artistas e grupos musicais para apresentação nas cidades de São José do Egito, Triunfo, Taquaritinga do Norte, Cabo de Santo Agostinho, Garanhuns, Goiana, Santa Cruz do Capibaribe e Petrolina. 

De acordo com o voto, a defesa apresentada pelos responsáveis não foi capaz de explicar as falhas apontadas pela auditoria, pois não trouxe qualquer elemento relevante ao processo, configurando-se apenas como alegações genéricas.

Diante dos fatos, o relator do processo TC nº 1002185-1, Carlos Pimentel, em substituição ao conselheiro Marcos Loreto, decidiu pelo julgamento irregular das contas, determinando aos gestores e aos representantes das empresas contratadas irregularmente, a obrigação de restituir aos cofres municipais a quantia de R$ 1.055.681,20, com a devida correção monetária.

O voto teve aprovação unânime na Primeira Câmara. O Ministério Público de Contas foi representado na sessão pela procuradora Maria Nilda da Silva.

Temer sanciona lei que regulamenta rateio de gorjetas

Resultado de imagem para lei da gorjeta

O presidente Michel Temer sancionou o  projeto de Lei 252/2007, que regulamenta a proposta para a cobrança e distribuição de gorjetas. A lei, aprovada no Congresso Nacional, foi sancionada sem vetos e entra em vigor nos próximos dois meses.

Com isso, a medida altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) quanto ao rateio das gorjetas. A lei considera como gorjeta não só os valores pagos de maneira espontânea pelos clientes, como também o valor cobrado pela empresa, como serviço ou adicional, a qualquer título, e destinado à distribuição aos empregados.

A forma de distribuição desses recursos deve ser diretrizes da convenção ou acordo coletivo, ou ainda pela assembleia dos trabalhadores.

Os empregadores devem anotar na Carteira de Trabalho e Previdência Social e no contracheque de seus empregados o salário contratual fixo e o percentual percebido e a média dos valores das gorjetas referente aos últimos doze meses

Além disso, se depois de mais de um ano cobrando as gorjetas o empregador decidir deixar de cobrá-las, o valor médio das gorjetas arrecadas deverá ser incorporado ao salário dos garçons.

Nos restaurantes, bares, hotéis, motéis e estabelecimentos similares em que houver mais de 60 funcionários, será formada uma comissão de empregados para fiscalizar a cobrança e o rateio das gorjetas.

As empresas que descumprirem os acordos de pagamento estarão sujeitas ao pagamento de multa.

Parlamentares repercutem inauguração do eixo leste das obras de transposição; Teresa Leitão destaca visita do ex-presidente Lula à transposição

A inauguração do eixo leste do projeto de Transposição do Rio São Francisco, marcada pela vinda do presidente Michel Temer a Pernambuco e à Paraíba, na última semana, repercutiu na Reunião Plenária desta segunda (13) na Assembleia Legislativa de Pernambuco. O foco do pronunciamento do deputado Lucas Ramos (PSB) foi a contradição vivida por pernambucanos que observam as obras em seus municípios, mas ainda não se beneficiam delas. Já a deputada Teresa Leitão (PT) ressaltou a importância do ex-presidente Lula para que o projeto se tornasse, finalmente, real.

Segundo o governista, enquanto as águas do Rio São Francisco abastecem a Paraíba e, em breve, chegarão aos açudes e barragens do Rio Grande do Norte, populações pernambucanas às margens dos canais não estão sendo beneficiadas. “Imaginem a dor e a tristeza de uma família que vive a um par de quilômetros do canal e, mesmo assim, não pode retirar de lá a água essencial para seu sustento”, lamentou Ramos, pedindo que a União atue em parceria com os Estados nordestinos para solucionar a questão.

O socialista destacou, ainda, ações adotadas pelo governador Paulo Câmara, como a visita ao Ministério do Planejamento para tratar da liberação de recursos da bancada de deputados federais pernambucanos. “Não estamos esperando de braços cruzados. O Governo do Estado está fazendo a sua parte, com responsabilidade e compromisso. Precisamos contar com a sensibilidade da União para vermos o Semiárido nordestino ser contemplado com a água do Velho Chico”, concluiu Ramos.

Em seguida, Teresa Leitão defendeu o projeto de transposição como “uma política de assistência social e de afirmação de direitos”, destacando que hoje se colhem os frutos de um processo iniciado ainda no segundo mandato de Lula. “Não é uma questão de cobrar paternidade ou DNA da obra, que é de todos os brasileiros. Mas é importante traduzir na verdade histórica os posicionamentos administrativos que são, também, posicionamentos políticos”, afirmou.

Por fim, a parlamentar anunciou e comemorou a visita, no próximo dia 19, do ex-presidente Lula e do ex-ministro da Integração Ciro Gomes às obras da transposição. Eles irão, inicialmente, ao município de Monteiro, na Paraíba. “Deixando de lado questões partidárias, todos temos que comemorar. Enfim, o Rio São Francisco será, de fato e de direito, o Rio da Integração Nacional”, concluiu.

Deputados apresentam 69 emendas à proposta de reforma da Previdência

Resultado de imagem para reforma na previdencia 2017

Apesar dos apelos do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para que os deputados da base do governo não alterem os principais artigos do texto original da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287 da reforma da Previdência, parlamentares de todas as vertentes políticas apresentaram sugestões de mudanças na Comissão Especial que analisa a matéria. O prazo para sugestão de emendas acabou nesta terça-feira, 14, e houve 69 propostas de mudança, inclusão ou retirada de artigos da reforma. O próprio relator da PEC na Comissão, Arthur Maia (PPS-BA), já afirmou que, "do jeito que está, a reforma não passa" na Câmara.

A PEC estipula a idade mínima de 65 para a aposentadoria de todos os trabalhadores, mas diversos deputados apresentaram outras fórmulas. Uma das alternativas propostas é de 65 anos para homens e 60 anos para mulheres. Uma emenda ainda possibilita homens de 60 anos se aposentarem, desde que tenham contribuído por 35 anos, e mulheres de 55 anos que tenham pago a Previdência por 30 anos.

Paulo Pereira da Silva (SD-SP), por exemplo, propôs a aposentadoria aos 58 anos para mulheres e aos 60 anos para homens. O parlamentar ainda deseja alterar a regra de transição, que na PEC vale para mulheres a partir de 45 anos e homens a partir de 50 anos. Essa emenda cria uma contribuição adicional de 30% do tempo que falta para a aposentadoria, para todos os trabalhadores, independentemente da idade.

Uma outra emenda, de iniciativa de Domingos Neto (PSD-CE), propõe que a idade mínima de corte para o regime de transição seja igualada em 45 anos, valendo tanto para homens quanto para mulheres, "por ser mais justo do que a proposta do governo de 50 anos para homens e 45 anos para mulheres".

E, enquanto as regras da PEC forçam o trabalhador a contribuir por 49 anos para receber 100% do benefício ao se aposentar, vários deputados tentam mudar a regra para uma fórmula que garanta 60% mais 1% a cada ano trabalhado. Dessa maneira, a remuneração máxima seria alcançada com 40 anos de trabalho.

Também há emendas com regras especiais para profissões de risco, como policiais, e para atividades que tragam risco à saúde ou à integridade física dos segurados, como mineradores com trabalho permanente no subsolo. Vários parlamentares propõem ainda regras especiais para a aposentadoria de professores, por exemplo, aos 55 anos para homens e 50 anos para mulheres.

PSB abre consulta pública para embasar posição sobre reforma da Previdência

Resultado de imagem para reforma na previdencia 2017

O PSB abriu nesta terça-feira, 14, uma consulta pública na internet sobre a Reforma da Previdência enviada pelo governo Michel Temer ao Congresso Nacional. Poderão opinar sobre o assunto tanto os filiados ao partido quanto a população em geral.

Segundo o PSB, o resultado do levantamento, junto com a opinião dos parlamentares e dirigentes da sigla, servirá de "subsídio" para a posição da Executiva Nacional da legenda sobre o tema.

Dono da sétima maior bancada da Câmara (35 deputados), o PSB resiste a aprovar o texto da Reforma da Previdência enviado pelo governo. Como mostrou o Broadcast Político (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado) na semana passada, o partido discute uma proposta alternativa, focada em manter as regras atuais para aposentadoria rural, diminuir o tempo de contribuição para aposentadoria integral e caminhos para combater a sonegação. Caso as alterações não sejam votadas, a legenda ameaça fechar questão contra a proposta.

Ciente da resistência do PSB à reforma, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, se reúne na tarde desta terça-feira com a bancada do partido na Câmara para discutir a proposta.

O Palácio do Planalto está cobrando lealdade de parlamentares de partidos da base aliada que possuem cargos no governo, como o PSB, que está no comando do Ministério de Minas e Energia, atualmente ocupado pelo deputado Fernando Coelho Filho (PE).

CrossFox é tomado de assalto na Itã

O policiamento foi solicitado por volta das 11h30 desta segunda (13) pela Central de Operações que informou ter ocorrido um roubo de um veículo tipo Crossfox, cor branca, ano 2012, placa OEZ 5784, no povoado da Itã, município de Carnaíba e que as vítimas tinham sido deixadas no sítio Queimadas, zona rural de Iguaraci, e que o veículo tinha tomado destino ignorado. De imediato, foi feito bloqueio pelo policiamento na PE-320 em Iguaraci, para possível interceptação pelo policiamento, porém, não se observou nenhum automóvel com as características mencionadas.

As vítimas haviam sido socorridas por populares para a delegacia de Afogados da Ingazeira, onde uma das vítimas passou a relatar à guarnição que estava no campo de futebol da Itã com a sua namorada, quando três indivíduos em um carro modelo Gol, de cor branca, placa não anotada, atravessou o carro na frente da vítima e anunciaram o assalto. Os indivíduos estavam cada qual com um revólver e seguiram com os dois veículos no sentido do município de Iguaraci, com as vítimas, e informou que durante o trajeto eram constantemente ameaçadas. Chegando no sítio queimadas, zona rural de Iguaraci, entraram em uma estrada vicinal, vindo a amarrar as vítimas e deixando-as no matagal. O policiamento da região foi acionado, contudo, não obtiveram êxito na captura dos meliantes. A ocorrência foi passada a disposição da DP.

O proprietário do veículo reside no bairro Sobreira, em Afogados da Ingazeira.

Acusado de tentar obstruir Lava Jato, Lula depõe hoje na Justiça Federal

Resultado de imagem para ex-presidente lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva presta depoimento hoje (14) ao juiz Ricardo Soares Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, na ação em que é acusado de tentar obstruir as investigações da Operação Lava Jato.

A defesa do ex-presidente confirmou sua presença na Justiça Federal, em Brasília, nesta terça-feira. Lula solicitou que o depoimento fosse prestado por meio de videoconferência, a partir de São Bernardo do Campo, onde mora, mas teve o pedido negado pelo juiz. 

Como essa ação penal é pública, o depoimento não é fechado, mas a Justiça Federal do Distrito Federal (DF) resolveu montar um esquema especial para o depoimento de Lula, com maior rigor no controle de entrada ao prédio.

Sertanejos Rick Sollo e Giovani anunciam parceria em projeto

Rick Sollo e Giovani revelaram a parceira nas redes sociais

Os cantores Rick Sollo e Giovani irão unir suas vozes em uma nova parceria. O sertanejos, que se separaram de suas respectivas duplas, anunciaram nesta segunda-feira (13), pelas redes sociais, que farão uma turnê juntos pelo Brasil.

"Vem aí um novo show. A turnê: ‘Dois Corações'. Eu e meu grande amigo irmão Rick Sollo juntos em um só palco, cantando juntos nossos grandes sucessos. Um projeto feito com muito amor pra vocês”, afirmou o irmão de Gian na web.

Já o ex-parceiro de Renner escreveu: "Um novo projeto onde eu e meu amigo irmão Giovani cantaremos nossos maiores sucessos pelos palcos do Brasil".

Vale lembrar que Rick anunciou o fim de sua dupla sertaneja, pela segunda vez, em janeiro de 2015, após seu antigo companheiro de palco ter sido detido embriagado pela polícia. Giovani, por sua vez, encerrou seu projeto com Gian em outubro de 2014.

Após denúncia de irregularidades, SDS terá que refazer exames em concurso da Polícia Civil e Científica

Resultado de imagem para sds pe

Após o Ministério Público de Pernambuco pedir a anulação da prova de avaliação psicológica aplicada no concurso público da Polícia Civil e Científica, a Secretaria de Defesa Social informou, nesta segunda-feira, que vai acatar a recomendação e fará novos exames para o preenchimento das 966 vagas disponíveis. O certame foi organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) e, entre as denúncias apontadas pelo MPPE, foram identificados até mesmo cartões de respostas já preenchidos durante a realização do psicotécnico.

Todos os candidatos que foram aprovados na prova de conhecimento e no teste de aptidão física participaram do exame psicológico no dia 23 de outubro de 2016 e terão que refazer a etapa. A nova prova ainda não tem data marcada, mas será organizada pelo mesmo instituto responsável pela edição anterior do teste. Ao todo, deverão refazer o exame 2.556 candidatos, sendo 1.809 para a Polícia Civil e 747 para a Polícia Científica. Segundo a Secretaria de Defesa Social, o cronograma dos novos exames será marcado a partir da próxima quinta-feira. Na data, haverá uma reunião dos integrantes da Comissão do Concurso composta por servidores da Secretaria de Administração, da Secretaria de Defesa Social, com o apoio da Procuradoria Geral do Estado e do Cebraspe.

A recomendação partiu da 25ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital e foi publicada no Diário Oficial de Pernambuco no último dia 3 sob responsabilidade da promotora Andréa Fernandes Nunes Padilha. Ainda segundo a SDS, a reunião da próxima quinta vai definir um cronograma para garantir agilidade, lisura, transparência e publicidade ao processo seletivo.

O concurso deverá suprir vagas e formar cadastro de reserva nos cargos de agente, delegado e escrivão de polícia do Grupo Ocupacional Policial Civil, além do provimento de vagas e cadastro de reserva nos cargos de auxiliar de legista, auxiliar de perito, perito papiloscopista, médico legista e perito criminal do Grupo Ocupacional Policial Científica da SDS.

DENÚNCIAS

A recomendação apresentada pelo Ministério Público foi embasada nas denúncias feitas por candidatos sobre as irregularidades durante a realização da prova. Há informações a respeito de cadernos de exames já preenchidos com as respostas das questões na sala de avaliações, o que motivou a instauração de um inquérito civil. Nas considerações da recomendação, foi informado que o Cebraspe se manifestou em ofício sobre o ocorrido e admitiu que verificou que, das 76 salas onde foram aplicados os testes da avaliação psicológica, houve o registro da ocorrência de cadernos riscados, marcados ou rasurados em seis salas. Ainda houve o registro de mais de cinco cadernos de provas riscados, marcados ou rasurados em cada uma dessas seis salas.

"Só o fato deste contingente de candidatos ter tido acesso às anotações no caderno de questões já afeta a isonomia entre os concorrentes, uma vez que é impossível determinar quantas e quais pessoas foram beneficiadas no decorrer da prova com o acesso a tais informações", justificou Andréa Nunes. "Ainda há de se considerar que tal número de incidentes diz respeito apenas às salas onde tal fato foi registrado em ata, havendo relato nesses autos de que o fato se repetiu em diversas outras salas, onde não chegou a ser registrado em ata, atingindo um número indiscriminado de candidatos", avaliou a promotora.

Iguaracy, Jabitacá e Irajaí podem ter o cancelamento de obras no valor de R$ 850.000,00

Resultado de imagem para ordem de serviço para pavimentação

O empresário Cayo Piancó, da cidade de Itapetim-PE,  é o titular da Construtora Canteiro de Obras Ltda., vencedora dos processos de licitação realizados no final de 2016, visando a realização das obras de calçamento nas Ruas Odilon Rodrigues, Projetada Irajaí e Luiz Quaresma em Jabitacá, só aguarda apenas a ordem de serviço da prefeitura de Iguaracy-PE para iniciar as obras. Os recursos, da ordem de R$ 850.000,00, estão assegurados junto à Caixa Econômica Federal. A demora para iniciar a obra preocupa a população, que teme a possibilidade de ver os contratos cancelados face da inércia do município.

Do blogdomurilo.com

'Bancada da bala' quer urgência em alteração do Estatuto do Desarmamento

Resultado de imagem para deputado federal laudivio carvalho da bancada da bala

Deputado Laudívio Carvalho é o relator do projeto

A chamada bancada da bala na Câmara está focada em alterar o Estatuto do Desarmamento o mais rápido possível. Com o objetivo de afrouxar as regras para compra, registro e porte de armas de fogo no país, o deputado Alberto Fraga (DEM-DF) conseguiu 257 assinaturas de deputados para pedir ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), “urgência urgentíssima” na votação do projeto de lei nº 3.772, que muda a legislação. O requerimento será apresentado amanhã na reunião de líderes. Se aprovado, a inclusão da matéria na pauta do dia fica nas mãos de Maia.

Se dependesse somente da vontade de Fraga, o projeto seria votado no plenário ainda nesta semana — probabilidade que ele mesmo considera mínima. “Acho improvável que vá para votação ainda nesta semana, porque a prioridade, atualmente, é votar as reformas. Não acredito que será assim tão urgente”, disse. Se fosse pautado pela opinião popular, no entanto, o deputado acredita que o projeto seria votado sem demora. “A sociedade brasileira quer que o tema seja resolvido o mais rápido possível. A violência tem aumentado depois que o Estatuto foi criado. Não tem o que defender em um Estatuto que só tirou o direito de escolha das pessoas”, declarou.

Cobrança

A expectativa do relator do projeto, deputado Laudívio Carvalho (SD-MG), é que as mudanças sejam votadas, no máximo, até o meio do ano. Esse foi o posicionamento apresentado por ele em uma reunião com Maia, na última quarta-feira. O presidente da Câmara, que não se posicionou oficialmente sobre o assunto na ocasião, ficou de se encontrar com 10 representantes da bancada amanhã. “Já estamos em março, então, até o meio do ano não é um período muito longo. Considero o tema urgente, porque entendo que essa é a vontade do povo brasileiro. Todo lugar que vou me perguntam quando vai ser votado”, justificou.

Se aprovado, o projeto de lei passará a permitir o porte de armas a qualquer brasileiro, a partir de 21 anos de idade, desde que não tenha antecedentes criminais e seja aprovado em teste de sanidade mental. Atualmente, o registro só é liberado a categorias específicas e a pessoas que precisam, comprovadamente, andar armadas. Para o coordenador de relações institucionais do Instituto Sou da Paz, Felippe Angeli, o PL é um retrocesso. “A violência letal está associada, em 75% dos casos, à arma de fogo, enquanto, no mundo, essa estatística é de 40%. No Brasil, falar de violência é falar de arma de fogo. Esse projeto é feito para vender armas no comércio”, criticou. Em 2014, segundo dados do Mapa da Violência, o país teve 44.861 vítimas fatais por arma de fogo.

Governador de Pernambuco desmente balanço extra-oficial de 80 assassinatos no fim de semana

Resultado de imagem para governador paulo camara coletiva

O governador Paulo Câmara desmentiu, na manhã desta segunda-feira, a informação extraoficial que estaria circulando no estado, de que Pernambuco teria vivido o final de semana mais violento dos últimos anos, com 80 assassinatos registrados. "Não procede. Os dados oficiais serão divulgados no momento certo. Estamos trabalhando muito para ter um estado seguro. O momento não é fácil. A situação não tá boa. Mas temos a certeza que o trabalho iniciado e que está buscando desarticular o crime organizado, combater o tráfico de drogas, evitar o número de homicídios e roubos, está acontecendo. A gente tem certeza que Pernambuco vai reverter os números. Mas é importante não cair nessa onda de boato, como aconteceu no carnaval. Vamos esperar os dados oficiais", ponderou o gestor, quando questionado sobre o assunto, durante a solenidade de descerramento da pedra fundamental da InBetta, fábrica de produtos para utilidades e produtos domésticos e industriais, em Paulista.

Perguntado se haveria a possibilidade de novas mudanças na gestão da segurança pública, Câmara disse: "As mudanças ocorreram e estão ocorrendo ainda a partir do trabalho dentro dos méritos que o coronel Vanildo Maranhão e o delegado Joselito Amaral, acharem importantes", adiantou.

O governador aproveitou para reforçar a confiança no programa Pacto pela Vida. "É um programa que muda o tempo todo. está em constante transformação. Nos reunimos toda semana para mostrar onde estão ocorrendo os problemas e onde estamos avançando. Como não está acontecendo essa diminuição, ele está sendo questionado. Os resultados não vieram ainda, mas vão vir e a bandidagem não vai prevalecer no nosso estado. Nós vamos enfrentar como estamos enfrentando", garantiu.

Cantor de PE, Valdir Santos é indicado para o Prêmio da Música Brasileira

valdir santos no são joão de caruaru (Foto: Lafaete Vaz/G1)

O cantor e compositor Valdir Santos está participando do Prêmio da Música Brasileira 2017, com o álbum duplo "Celebração". Natural de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, o artista ainda apresenta o quadro "Coisas da Terra", na TV Asa Branca.

Na primeira fase de pré-seleção, os artistas participam de uma audição no site do prêmio, onde os trabalhos ficam disponíveis para o público. Três artistas passam para próxima fase, onde o voto é aberto.

Para Valdir Santos, o álbum foi selecionado pela qualidade do trabalho em grupo. "Dos seis discos lançados na minha carreira, esse é o mais maduro. Eu digo que sou um ser coletivo, tratamos com maturidade a gravação, mixagem, seleção de repertório. Consegui reunir grandes nomes do forró num disco só", disse.

Os discos do Celebração têm participações de artistas como Xangai, Petrúcio Amorim, Pecinho, Azulão e Azulinho, Maciel Melo, Heleno dos 8 Baixos, Joanatan Richard, Junio Barreto, Almério, Pablo Patriota, Pedro Luís, Ivison, Ortinho e Dja Vasconcelos.

Segundo Valdir, a indicação e torcida do público são importantes. "Estar ladeado de grandes nomes da música brasileira e meus ídolos, é muita felicidade. Seria verdadeiramente uma celebração, seria um grande presente chegar na próxima fase. Quando publiquei nas redes sociais virou uma campanha, muito carinho", comentou.

A segunda fase começa no mês de abril, reunindo três artistas em cada categoria selecionados nas audições. O público poderá votar e quem for o primeiro, entra na última etapa já com um voto, do total de quatro possíveis. Também estão na fase de audições artistas como Alceu Valença, Adriana Calcanhoto, Lenine, Luan Santana, Maria Gadú, Maria Rita, Maria Bethânia e Roupa Nova.

Do G1 Caruaru

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE