Deputado Odacy Amorim parabeniza Salgueiro pelo vice-campeonato pernambucano

O Salgueiro Atlético Clube mereceu homenagem do deputado Odacy Amorim (PT), na Reunião Plenária desta quinta (29), por conquistar, pela segunda vez, o título de vice-campeão de Pernambuco. O time foi derrotado pelo Sport na partida final do Campeonato Pernambucano de 2017, realizada em Salgueiro, no Sertão Central, na noite dessa quarta (28). “O empenho da equipe deve ser elogiado, pois estimula o investimento no esporte do Interior”, destacou o parlamentar.

O petista questionou, no entanto, a anulação de um gol do time sertanejo durante o jogo. “A decisão do juiz é questionável. Segundo um comentarista de televisão, que estava narrando a partida, na jogada em questão a bola não saiu de campo no escanteio”, opinou. Para Amorim, “não é justo atropelar desse jeito o sonho do povo sertanejo”.

Nova sede da Alepe entrará em funcionamento a partir de agosto

“O possível, a gente faz. O impossível, o povo nos ajuda a fazer”. Frases emblemáticas como essa, ditas por Miguel Arraes, pontuaram discursos feitos durante a inauguração do novo prédio-sede da Assembleia Legislativa, que recebeu o nome do ex-governador. A partir de 1° de agosto, as atividades parlamentares da Casa serão realizadas no Edifício Governador Miguel Arraes de Alencar, inaugurado na tarde desta quinta (29).

Após o desenlace da fita inaugural, ao discursar em nome da família do homenageado, Luiz Cláudio Arraes, filho do ex-governador, rememorou a atuação do pai em duas legislaturas na Alepe e as posses para o comando do Poder Executivo, perante o Poder Legislativo, em 1963, 1987 e 1995. Para ele, ao escolher o nome de Miguel Arraes para denominar a sede do Poder, os deputados tornaram permanente a relação do político com o Legislativo pernambucano.

Em agosto, após o recesso parlamentar, as Reuniões Plenárias ocorrerão no novo prédio, localizado na Rua da União, no bairro da Boa Vista (Recife). Nele funcionarão o novo Plenário, intitulado Governador Eduardo Campos, os três plenarinhos, para reuniões de comissões técnicas, e o auditório senador Sérgio Estelita Guerra. Ao todo, os espaços terão capacidade para receber cerca de 500 pessoas.

Estrutura – O Edifício Governador Miguel Arraes tem área total de 5.715 m² e é interligado ao Anexo 2 da Casa, onde funcionam os gabinetes dos 49 deputados. O coração do prédio é o Plenário, com 294 lugares disponíveis ao público, dispondo, ainda, de cadeiras adaptadas para pessoas com deficiência, mobilidade reduzida e obesos. Também foram construídas rampas para cadeirantes. No local, estão situados os serviços de apoio à Mesa Diretora e o setor de imprensa.

O novo Plenário contará com outra novidade: todas as votações serão monitoradas via painel eletrônico, nos mesmos moldes do sistema utilizado pela Câmara dos Deputados, Senado e outras assembleias legislativas. Para votar, os deputados terão que se identificar usando biometria e senha. A iluminação do prédio é em LED, e será automatizada para reduzir o consumo de energia. Projetada pelo arquiteto Carlos Fernando Pontual, a construção integra os diversos espaços de discussão e decisões legislativas e políticas, e amplia a capacidade de participação do público nos eventos da Alepe.

Secretário de Defesa Social toma posse e governo anuncia contratação de quase 4 mil policiais

Paulo Câmara (D) apresenta oficialmente o novo secretário de Defesa Social de Pernambuco, Antônio de Pádua (E)

Voltando a anunciar investimento de R$ 290 milhões na segurança pública dentro dos próximos meses, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, empossou Antônio de Pádua como novo secretário de Defesa Social em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, na manhã desta sexta-feira. O plano de investimento que será aplicado na nova gestão inclui a contratação de 2,8 mil policiais militares, 900 policiais civis, 400 agentes da polícia científica e 140 novos delegados.

De acordo com Pádua, a SDS irá intensificar as investigações de homicídios ocorridos no estado. Segundo dados da secretaria, de janeiro a maio deste ano, a PM apreendeu 1.353 armas, efetuou 7.568 prisões, atendeu a 78.971 ocorrências, recuperou 2.381 veículos e apreendeu 1.644 menores infratores. "Vamos dar atenção especial às operações de repressão qualificadas, às investigações de homicídios, tráfico de drogas, assaltos e outros crimes. Continuaremos reforçando o efetivo, capacitando para o enfrentamento diário nas ruas", detalhou.

Além de reforçar que vai manter o modelo de gestão do delegado federal Angelo Gioia, que se afastou do cargo alegando questões pessoais, Antônio de Pádua revelou que não haverá substituição nos comandos policiais do estado. "Estamos assumindo hoje e os comandos da polícia militar, civil, corpo de bombeiros, da gerência de polícia científica e da corregedoria vão continuar atuando. A corregedoria é um braço forte, disciplinar na Secretaria de Defesa Social. Os policiais, servidores armados, devem se conduzir pautados na legalidade e disciplina", disse.

Ministro do STF devolve mandato de Aécio e nega prisão do senador

Resultado de imagem para aecio neves e marco aurelio

O ministro Marco Aurélio, do STF (Supremo Tribunal Federal), devolveu nesta sexta (30) o mandato do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e negou pedido de prisão feito pela PGR (Procuradoria-Geral da República).

Na decisão, Marco Aurélio informa que restabelece "a situação jurídico-parlamentar então detida, afastando as demais restrições implementadas".

Com isso, o ministro retirou as medidas cautelares que haviam sido impostas ao tucano, tais como restrição de contatar investigados ou proibição de deixar o país, assim como a retenção de seu passaporte.

"Provejo o agravo para afastar as medidas consubstanciadas na suspensão do exercício de funções parlamentares ou de qualquer outra função pública, na proibição de contatar outro investigado ou réu no processo e na de ausentar-se do país, devolvendo ao agravante a situação jurídica que lhe foi proporcionada pelos eleitores no sufrágio universal", escreveu o ministro.

Exclusões de Albérisson e Nadelson repercutem no Congresso Nacional

As exclusões arbitrárias do Presidente e Vice da Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados – ACS/PE, Albérisson Carlos e Nadelson Leite, foram repercutidas em Sessão Plenária no Congresso Nacional, na última quarta-feira (28).

As informações sobre a calamidade pública vivida na Segurança Pública de Pernambuco foram registradas pelo Deputado Federal, Daniel Coelho (PSDB/PE) que denunciou à referida Casa Legislativa, o grande e desenfreado aumento da violência no Estado. Na ocasião, Coelho também informou aos demais deputados presentes os atos abusivos do Governo de Pernambuco e pediu a Câmara dos Deputados que tome providências sobre os fatos.

“Só esse ano já são mais de 2.500 homicídios, 2.000 assaltos a ônibus, quase 1.000 estupros e 2.000 casos de violência contra a Mulher. O Governador de Pernambuco tem mostrado incapacidade em dialogar com as forças policias e esse episódio recente das exclusões dos líderes da ACS/PE: Albérisson e Nadelson, mostra a incapacidade do Governo, em dialogar com aqueles que podem ajudar Pernambuco a sair da situação de insegurança que estamos vivendo.”, exclamou o Deputado Federal, Daniel Coelho.

“Excluir aqueles que fazem parte do movimento de lutas por melhores condições de trabalho para os Policiais, não é o caminho para a solução de Segurança Pública em Pernambuco. Há uma revolta da população e dos PMs por falta de sensibilidade do Governo do Estado. Solicitamos providências!”, concluiu Coelho.

Claudia Leitte anuncia mudança de nome artístico

Resultado de imagem para claudia leitte

Claudia Leitte anunciou, por meio do Instagram, que fez uma mudança no nome artístico. A cantora retirou o sobrenome Leitte e será chamada apenas como Claudia a partir de agora. "Pessoal! Eu tô pronta para subir no salto. E estou tirando o Leitte do meu nome e vou lançar uma nova tour só com Claudia, sem 'Leitte'! Não é massa? O que vocês acham?'', disse ela na legenda da publicação, que reuniu elogios e críticas.

Alguns fãs compararam a mudança com a de Wanessa Camargo, que deixou de usar o sobrenome do pai quando tentou alavancar uma carreira na música pop mas recentemente voltou ao nome completo, tentando enveredar pela música sertaneja. . ''Não tem como pensar em você sem o 'Leitte', é sua marca'', comentou uma seguidora. ''Que estranho, sem o Leitte você vai ser só mais uma Claudia'', apontou outro fã.

Cabos Alberisson Carlos e Nadelson Leite são alvos de novos processos da Corregedoria

Resultado de imagem para cabo alberrison pmpe

Na véspera de deixar o cargo, o secretário de Defesa Social de Pernambuco (SDS), Angelo Gioia, assinou, nesta quinta-feira (29), a conclusão de novos processos administrativos disciplinares (PADs) que também solicitam a exclusão da PM do presidente e o vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados (ACS), os cabos Alberrison Carlos da Silva e Nadelson Leite Costa, respectivamente. Também nesta quinta, Gioia subscreveu a perda da farda do tenente Vlademir José Assis. As exclusões foram solicitadas pela Corregedoria Geral da SDS, comandada por Antônio de Pádua, sucessor de Gioia na pasta.

Nos novos processos, eles são punidos por infração ao Código de Ética Militar, ao divulgarem vídeos, incitação à paralisação da tropa, descumprimento de ordem do comandante e de decisão judicial. No último dia 17, Alberisson Carlos e Nadelson Leite haviam sido condenados em processos disciplinares.

Já o tenente Vlademir Assis está sendo punido por incitação à paralisação, desrespeito às autoridades de segurança e descumprimento de ordem do comandante ao participar de assembleias nos dias 6 e 9 de dezembro. A portaria será publicada no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira (30).

O secretário Angelo Gioia ainda assinou, nesta quinta, a conclusão de processos administrativos disciplinares contra oito PMs que participarem da chamada Operação Padrão. Os policiais terão penas que variam de 12 a 30 dias de prisão.

Fabio Assunção pede para enfermeira ser recontratada em Arcoverde

Resultado de imagem para fabio assunçao

Uma enfermeira foi afastada do Hospital Memorial Arcoverde na última terça-feira (27), depois de filmar Fabio Assunção alterado na unidade de saúde. Depois de saber do ocorrido, o ator, autuado por desacato, resistência à prisão e dano ao patrimônio, ligou diretamente para o diretor do hospital e pediu a recontratação da funcionária, segundo informação do colunista Leo Dias, do programa "Fofocalizando". Em nota, o estabelecimento disse que a profissional gravou Assunção "sem o consentimento e ou conhecimento da diretoria".

Globo quer que artista faça tratamento fora do país

A TV Globo deu um ultimato a Assunção e pediu que ele faça um tratamento contra drogas depois do episódio em Pernambuco para permanecer com o contrato com a emissora. Inclusive, o canal pediu que Fabio passe um ano em tratamento em uma clínica na Argentina. No local, o paciente precisa assinar um documento para mostrar que está ciente do regulamento. Entre eles, está o período mínimo de um ano para internação e revista completa aos visitantes. No começo do processo, os parentes são proibidos de ir até o local por vários meses.

Ministro do STF pede que Maia explique não andamento de pedidos de impeachment

Resultado de imagem para rodrigo maia

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), solicitou explicações do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a respeito da não apreciação dos pedidos de impeachment contra o presidente Michel Temer (PMDB), diante do questionamento feito por quatro deputados federais em um mandado de segurança apresentado ao Supremo. O ministro fixou um prazo de 10 dias para a resposta.

Alegando omissão por parte de Rodrigo Maia, os deputados Alessandro Molon (Rede-RJ), Aliel Machado (Rede/PR), Henrique Fontana (PT-RS) e Júlio Delgado (PSB-MG) protocolaram a ação na noite da quarta-feira, 28, no STF pedindo que a Corte concedesse uma liminar obrigando o presidente da Câmara a dar andamento aos pedidos de impeachment. Eles apontaram que a Câmara recebeu, nos últimos 40 dias, 21 denúncias por crime de responsabilidade contra Temer, “sem que nenhum andamento fosse tomado”.

Prazo para saque do PIS/Pasep termina nesta sexta, mas será reaberto

Resultado de imagem para pis pasep

Quem não tiver possibilidade de sacar hoje (30) o abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação de Patrimônio do Servidor Público (Pasep,) referente ao ano-base 2015, terá nova chance. Em vez de ser encerrado definitivamente nesta sexta-feira, como estava previsto, o prazo será reaberto em 27 de julho e o trabalhador terá até 28 de dezembro para sacar o dinheiro.

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou nesta quinta (29) a reabertura do prazo. A proposta foi apresentada pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que atendeu a pedidos feito pelo representante dos trabalhadores no colegiado. Segundo o ministro, 1,57 milhão de pessoas – 6,5% do total com direito ao abono – ainda não fizeram o saque do benefício referente a 2015. Na mesma reunião, o Codefat aprovou o calendário para saque do abono referente ao ano-base 2016, que também começará em 27 de julho.

Caxito comemora "artilharia" do Campeonato Pernambucano 2017

Caxito marcou nove gols com a camisa do Afogados (Foto: Romário Silva / Ascom Afogados)

O campeão do Campeonato Pernambucano 2017 foi conhecido nesta quarta-feira: o Sport bateu o Salgueiro por 1 a 0, no estádio Cornélio de Barros, e ficou com a taça. Mas, o artilheiro da competição não entra em campo desde o dia 8 de março. Caxito, ex-Afogados da Ingazeira, marcou 9 gols durante todo o Estadual - somando primeiro turno e hexagonal da Permanência.

Apesar de Caxito ser o goleador geral, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) só reconhece os tentos feitos no hexagonal do Título. Com isso, Everton Santos, do Santa Cruz, fica com o prêmio individual, mesmo marcando quatro gols a menos. Longe da discussão, o hoje atacante do Penapolense comemorou a artilharia.

- Fico muito feliz. Foi com muito trabalho, dedicação e ajuda dos companheiros de Afogados da Ingazeira. Eles que me ajudaram a conquistar o objetivo pessoal. Também conseguimos o principal objetivo, que era manter o time na primeira divisão. Para mim foi um presente. Graças a Deus termino como artilheiro geral. Mesmo a federação não reconhecendo, para mim é muito importante.

Grato ao Afogados, o goleador afirmou que pretende voltar ao clube no futuro. Mas, o objetivo hoje é fazer uma boa temporada pelo Penapolense.

- Meu desejo é sempre buscar o melhor. Se Deus quiser, vão aparecer oportunidades melhores para mim. Agradeço muito ao Afogados. É um clube um sempre fui bem acolhido. Estou buscando meu espaço no futebol. Espero fazer uma boa Copa Paulista para crescer no futebol com muita humildade e trabalho.

Do Globo Esporte.com

Prefeito Sávio Torres a um voto de ser cassado ou não

Resultado de imagem para tse

Trata-se do pedido de registro de candidatura de DOMINGOS SÁVIO COSTA TORRES, para o cargo de prefeito do Município de Tuparetama - PE, que sofreu ação de impugnação pela COLIGAÇÃO FRENTE POPULAR DE TUPARETAMA e o PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL - PC do B.

A coligação Frente Popular e o Partido Comunista do Brasil afirmam, em síntese, que o candidato, ora impugnado, teve a sua prestação de contas relativa ao Fundo de Previdência do Município de Tuparetama rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, por meio do processo nº 0802493-5, bem como foi condenado à suspensão dos direitos políticos por atos dolosos de improbidade administrativa nos autos das Ações Civis Públicas nº 0000492-34.2010.8.17.1540 e 0000053-28.2007.8.17.1540, que tramitaram na Vara Única da Comarca de Tuparetama e condenações penais nos autos dos Processos nº 0000440-15.2015.4.05.8303 e 0000447-20.2014.4.05.8310, na 18ª Vara da Justiça Federal e nos Processos nº 0000516-67.2014.8.05.8305 e 0000446-35.2014.4.05.8310, na 38ª Vara da Justiça Federal, incorrendo nas causas de inelegibilidade previstas no art. 1º, inciso I, alíneas "e" "g" e "l", da Lei Complementar nº 64/90.

O julgamento teve início no dia 07 de março deste ano, quando o relator do Processo, ministro Luiz Fux, votou pela cassação do prefeito Sávio Torres, foi quando o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, pediu vistas do processo.

Na manhã desta quinta (29) o julgamento foi retomado, com voto do presidente Gilmar Mendes pelo desprovimento da ação de cassação, que foi seguido por mais dois ministros. Outros dois seguiram o voto do relator pela cassação. Estando empatado em 3 a 3, o ministro Tarcísio Vieira pediu vistas do processo.

Votaram pela cassação: Luiz Fux (relator), Admar Gonzaga e Rosa Weber.

Votaram pela absolvição: Gilmar Mendes, Napoleão Maia e Herman Benjamin.

O ministro Herman mesmo tendo votado pela não cassação, disse que, já como o ministro Tarcísio pediu vistas, ele também fará uma nova avaliação e que com isso poderá “refluir” do voto.

Mudança em edital gera economia de mais de R$ 1,7 milhão em Itapetim

Resultado de imagem para tce pe

A análise de uma licitação realizada em abril pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), gerou uma economia de mais de R$ 1,7 milhão ao município de Itapetim, no Sertão de Pernambuco. O objetivo foi avaliar o edital da Tomada de Preços, publicado em março, que previa a contratação de uma empresa para execução da limpeza urbana.

De acordo com o relatório, a equipe técnica da Gerência de Auditorias de Obras Municipais constatou diversas irregularidades no edital, com riscos à competitividade e à economia da licitação. Entre elas, proibição da participação de empresas em consórcio sem justificativa razoável e a comprovação de capacidade técnico profissional dos engenheiros responsáveis para a supervisão dos serviços a serem contratados, que são de natureza comum.

Ainda segundo o TCE, o edital exigia que a empresa disponibilizasse um terreno com perímetro máximo de sete quilômetros e área mínima de um hectare, distante três quilômetros do centro urbano, para o depósito e manejo provisório dos despejos coletados. O TCE entendeu que a solicitação caracteriza fuga do objeto principal.

A Comissão de Licitações do município suspendeu a Tomada de Preços, de modo a promover os ajustes necessários no edital e a revisão do projeto executivo e do termo de referência. Os valores da coleta e varrição mensais foram reduzidos para R$ 19.4 mil e R$ 23,1 mil, respectivamente. De acordo com o Tribunal, essas alterações permitiram diminuir em R$ 42,7 mil o orçamento inicial de R$ 119,6 mil, fixando em R$ 76,8 mil o preço máximo da licitação.

Plenário do TSE aprova registros de três candidatos a vereador em Pesqueira

Sessão plenária jurisdicional do TSE

Três candidatos a vereador em Pesqueira tiveram os registros aprovados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na sessão desta manhã (29). O Plenário acompanhou, por unanimidade, os votos do ministro Admar Gonzaga, que deferiu os registros de Lenivaldo dos Santos, João Galindo Cavalcanti e Sebastião Ancelmo.

Ao relatar os recursos sobre o caso, o ministro Admar Gonzaga afirmou que não ficou configurada a causa de inelegibilidade dos candidatos pela alínea “g” do inciso I do artigo 1º da Lei Complementar n° 64/90. Segundo o ministro, o ordenador das despesas questionadas no processo era o então presidente da Câmara de Vereadores.

“Com efeito, diante da dúvida relativa à efetiva responsabilidade dos vereadores, descabe subsistir a conclusão de que a irregularidade, ainda que em tese insanável, se amolda à hipótese do ato doloso de improbidade administrativa, com relação a todos os vereadores que figuravam na prestação de contas da Câmara Municipal de Pesqueira”, afirmou o ministro.

Oposição aponta “promessas não cumpridas” pelo Governo Paulo Câmara após 30 meses de gestão

Levantamento da Oposição apurou que 60 ações do Programa de Governo da administração estadual não foram implementadas até o momento. Líder da bancada, o deputado Sílvio Costa Filho (PRB) apresentou, nesta quarta (28), o resultado da sondagem, divulgada 30 meses após o início do mandato do governador Paulo Câmara (PSB).

Entre os itens listados, Costa Filho destacou compromissos assumidos em campanha pela gestão, como a construção de 20 Centros Comunitários da Paz (Compaz), a entrega do Complexo Prisional de Itaquitinga, a ampliação do Programa Atitude (atenção a usuários de drogas) e a construção de seis novas Unidades Pernambucanas de Atendimento Especializado (Upaes). “Até agora, nada saiu do papel”, criticou.

O parlamentar também citou o atraso na entrega de unidades de saúde em Carpina e Goiana, na Mata Norte; Caruaru e Garanhuns, no Agreste; Serra Talhada, no Sertão do Pajeú; e Petrolina, no Sertão do São Francisco. “Também prometeram construir 20 mil unidades habitacionais, mas a Secretaria de Habitação não ergueu praticamente nenhuma casa em Pernambuco até hoje”, acrescentou.

Em apartes, alguns deputados endossaram as palavras do líder da bancada. Teresa Leitão (PT) chamou atenção para os compromissos de expandir o programa de bolsas de estudos no Exterior Ganhe o Mundo e de aumentar as escolas em tempo integral, também não cumpridos, segundo o levantamento. “Não é difícil apontar as falhas desse Governo”, comentou.

Para Augusto César (PTB), as promessas da administração são “eleitoreiras”. Júlio Cavalcanti (PTB) pediu que a gestão reconheça o que deixou de cumprir. “São 30 meses de ‘desgoverno’”, ironizou. Socorro Pimentel (PSL) cobrou a entrega de hospitais, e Álvaro Porto (PSD) alertou para o aumento da violência. “Vamos divulgar esses dados em cada canto de Pernambuco. Essa é a verdade do Estado, não a propaganda enganosa do Governo”, disparou Porto.

Defesa Social – No tempo destinado à Comunicação de Lideranças, Sílvio Costa Filho repercutiu o anúncio da saída de Angelo Gioia do comando da Secretaria de Defesa Social (SDS). Ele será substituído pelo atual corregedor-geral da SDS, Antônio de Pádua Vieira Cavalcanti.

“É o segundo secretário em pouco mais de 30 meses de gestão. Isso mostra a falta de planejamento e de liderança de Paulo Câmara. Ele ‘terceirizou’ o comando do Pacto pela Vida ao secretário de Planejamento”, declarou. “O resultado que tivemos foi o Carnaval e o São João mais violentos dos últimos anos, e o ‘imposto do medo’ sendo pago pelo povo”, emendou.

O deputado Waldemar Borges (PSB) respondeu às críticas, dizendo que “a forma exaltada como a Oposição coloca o Estado para baixo deve estar irritando os pernambucanos”.  “Uma prova disso foi a derrota que eles tiveram nas eleições municipais, pois o discurso que apresentam não tem aderência na sociedade”, salientou.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE