PF interceptou conversas telefônicas de Temer e de Gilmar Mendes

Resultado de imagem para temer e gilmar mendes

Com ordens judiciais emitidas pelo STF (Supremo Tribunal Federal) na Operação Patmos, a Polícia Federal interceptou pelo menos uma conversa telefônica entre o presidente Michel Temer e seu ex-assessor e homem de confiança, o atual deputado federal Rodrigo Loures (PMDB-PR).

Na conversa, Temer conversa com Loures sobre uma expectativa que o deputado federal tinha a respeito de novas regras para o setor de portos.

Outra ligação interceptada ocorreu entre o ministro do STF Gilmar Mendes e o senador Aécio Neves (PSDB).

Segundo o relatório policial sobre essa conversa, ocorrida no dia 26 de abril, Aécio "pediu ao ministro [Mendes] para que telefonasse para o senador Flexa Ribeiro. Neste diálogo, o senador investigado [Aécio] pede que o magistrado converse com Flexa Ribeiro para que este siga a orientação de voto proposta por Aécio". A referência é a votação do projeto que tratava de "abuso de autoridade" em discussão no Congresso Nacional.

Os documentos revelam que os aparelhos telefônicos de Aécio e de Loures estavam sob interceptação judicial - ou seja, os grampos não ocorreram nos telefones de Gilmar Mendes e de Michel Temer.

Relatórios sobre essas ligações constam de documentos liberados por ordem do ministro do STF Edson Fachin nesta sexta-feira (19).

JBS ajudou campanhas de 1.829 candidatos de 28 partidos

O delator não deixa claro quais pagamentos foram feitos via caixa 2 e quais foram doações oficiais

Apostando em um futuro bom relacionamento com prováveis candidatos que fossem eleitos em 2014, a J&F (holding controladora do grupo JBS) destinou mais de R$ 500 milhões para ajudar a eleger governadores, deputados estaduais, federais e senadores de todo o País, segundo os delatores.  Em um dos depoimentos que prestou ao Ministério Público Federal (MPF), com quem firmou acordo de delação premiada já homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o diretor de Relações Institucionais e Governo da J&F, Ricardo Saud, entregou um levantamento detalhado em que aponta todos os candidatos financiados pela empresa.

Joaquim Barbosa diz que brasileiros devem ir às ruas por saída de Temer

Resultado de imagem para joaquim barbosa

O ex-presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa afirmou nesta sexta-feira (19) que os brasileiros devem ir às ruas e pedir a renúncia do presidente Michel Temer.

"Não há outra saída: os brasileiros devem se mobilizar, ir para as ruas e reivindicar com força a renúncia imediata de Michel Temer", afirmou Barbosa, em sua conta no Twitter.

Joaquim Barbosa disse ainda que as notícias que vieram a público nesta quinta-feira (18) com a delação de um dos donos da JBS, Joesley Batista, são estarrecedoras e gravíssimas. "Agora vieram a público as estarrecedoras revelações do sr Joesley Batista sobre o mesmo personagem, Temer. São fatos gravíssimos."

Secretário de Saúde destaca despesas com acidentes de moto em prestação de contas na Assembleia Legislativa de Pernambuco

Os acidentes de moto são o principal problema de saúde de Pernambuco. A afirmação foi feita pelo secretário de Saúde do Estado, Iran Costa, durante a apresentação do Relatório de Gestão do setor referente ao último quadrimestre de 2016, em audiência pública da Comissão de Saúde, nesta quinta (18). Segundo o gestor, os custos totais com esse tipo de acidente representam quase o dobro de todo o orçamento da Universidade de Pernambuco (UPE).

“Em 2015, essa despesa chegou a R$ 917 milhões. Desse valor, cerca de R$ 500 milhões vêm do orçamento da Secretaria de Saúde. Para se fazer uma comparação, o Governo gasta R$ 380 milhões por ano com a UPE”, ressaltou Costa. Segundo ele, são mais de 700 mortes e mais de três mil pessoas mutiladas a cada ano. “São números alarmantes, mas a atuação que a Secretaria de Saúde pode ter é apenas a de atender os acidentados. Para mudar isso, é preciso uma reação forte da sociedade, além de alterações na legislação de trânsito”, declarou.

Professora morre no HR após se assustar com bomba junina disparada dentro da escola

Resultado de imagem para hr do recife

Será sepultado às 16h desta sexta-feira, em Carpina, o corpo da professora Josefa Jaqueline Silva dos Santos, de 40 anos. Ela morreu na manhã desta quinta-feira, no Hospital da Restauração (HR), no Recife, onde estava internada desde a noite da terça-feira passada e onde foi atendida pela equipe de neurologia da unidade de saúde.

A professora passou mal após se assustar com a explosão de uma bomba junina na Escola Municipal São Joaquim, na comunidade de Caraúba Torta, Zona Rural de Carpina. O fato aconteceu na manhã da terça-feira passada. O artefato teria sido disparado por um adolescente de 16 anos que seguia em um ônibus que transporta estudantes da comunidade para o centro de Carpina. A professora teria tentado proteger uma aluna de cinco anos de idade e, em seguida, sentiu-se mal, sendo socorrida para a Unidade Mista de Saúde de Carpina. De lá, a paciente foi transferida para o HR. Familiares de Joseja informaram que ela sofreu uma alteração da pressão arterial e, em consequência, teve um aneurisma cerebral, vindo a falecer. O caso foi registrado no Conselho Tutelar e na Delegacia de Polícia de Carpina.

A Prefeitura e a Secretaria Municipal de Educação de Carpina divulgaram um nota de pesar pelo falecimento da servidora pública municipal que atuava há 13 anos no magistério e ensinava crianças na modalidade de Educação Infantil Pré II.

Candidatos têm até hoje para se inscrever no Enem

Resultado de imagem para inscrições enem 2017

Hoje (19) é o último dia de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados têm até as 23h59, no horário de Brasília, para se inscrever pela internet, no site do Enem. Aqueles que já fizeram a inscrição têm até o fim do prazo para fazer alguma alteração no cadastro, como por exemplo, a cidade em que desejam fazer as provas.

Até a noite de ontem (18), segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 5,62 milhões haviam concluído a inscrição. A expectativa é que os inscritos cheguem a 7 milhões. As provas serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro.

Para concluir a inscrição, o candidato deve pagar a taxa de R$ 82. O prazo para pagamento vai até o dia 24 deste mês. Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

Ator de "Sol Nascente" morre aos 49 anos, em São Paulo

Claudia Raia homenageou o amigo Marcos Tumura no Instagram

Intérprete do vilão Massao na novela "Sol Nascente", da Globo, Marcos Tumura morreu em São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (18), após passar mal em um encontro com amigos.

O ator estava jogando uma partida de vôlei e não se sentiu bem. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital 9 de Julho, mas não resistiu, segundo a revista "Quem".

Apesar de passagens pela TV, o artista era bastante reconhecido pelo extenso currículo de espetáculos musicais. Dentre eles os sucessos "Forever Young", "O Fantasma da Ópera" e "Os Miseráveis".

Claudia Raia utilizou o Instagram para lamentar a morte do amigo, com quem já dividiu o palco em diversas ocasiões. "Parceria de uma vida inteira! Que seu caminho seja de muita luz, meu irmão", publicou.

Carnaíba: entre ressarcimento e multa, Anchieta Patriota terá que pagar mais de R$ 20 mil; determinação é do TCE

Resultado de imagem para primeira camara do tce pe

Trata-se da Prestação de Contas da Prefeitura Municipal de Carnaíba, julgada pela Primeira Câmara do Tribunal de Contas (TCE) no último dia 09 de maio, referente às contas do gestor municipal, do exercício financeiro de 2012. Os interessados são: José de Anchieta Gomes Patriota (Prefeito), Arigean Cristina Siqueira Silva (Presidente da Comissão de Licitação), Lenilda Gomes da Silva (membro da Comissão de Licitação), Mª de Fátima Rodrigues de Medeiros Andrade (membro da Comissão de Licitação), FJF Contabilidade e Assessoria Ltda.

O Relator VOTOU que se julgue IRREGULARES as contas de Anchieta Patriota, Prefeito do Município de Carnaíba e Ordenador de Despesas, à época, relativas ao exercício financeiro de 2012, imputando-lhe o ressarcimento ao erário do montante de R$12.633,92.

DETERMINOU que se aplique a Anchieta Patriota, multa no valor de R$ 8.731,45, e às Sras. Arigean Cristina Siqueira Silva, Lenilda Gomes da Silva e Maria de Fátima Rodrigues de Medeiros Andrade, membros da Comissão de Licitação, multa individual no valor de R$ 3.492,58.

Presidente Michel Temer diz que não renuncia

Michel Temer

O presidente Michel Temer faz um pronunciamento, nesta quinta-feira (18), do Palácio do Planalto, em Brasília. É a primeira fala de Temer após reportagem do jornal O Globo ter antecipado, na noite de ontem (17), o conteúdo da delação premiada de Joesley e Wesley Batista, do grupo JBS, à Procuradoria-Geral da República (PGR).

Segundo reportagem do jornal O Globo, em encontro gravado em aúdio, em março deste ano, pelo empresário Joesley Batista, Temer teria sugerido que se mantivesse pagamento de mesada ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e ao doleiro Lúcio Funaro para que estes ficassem em silêncio. O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, no Supremo Tribunal Federal (STF) homologou hoje as delações. O conteúdo dos textos estão sob sigilo. Fachin também autorizou a abertura de inquérito para investigar o presidente da República.

Em nota, a Presidência da República informou, ainda ontem, que o presidente Michel Temer "jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha", que está preso em Curitiba, na Operação Lava Jato. A nota diz ainda que o presidente "não participou e nem autorizou qualquer movimento com o objetivo de evitar delação ou colaboração com a Justiça pelo ex-parlamentar". Segundo a Presidência, o encontro com o dono do grupo JBS foi no começo de março, no Palácio do Jaburu. "Não houve, no diálogo, nada que comprometesse a conduta do presidente da República".

Bruno Araújo desembarca do governo Temer

Resultado de imagem para bruno araujo ministro

O ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), é o primeiro ministro do Governo Michel Temer a deixar a equipe do peemedebista. A informação foi divulgada, há pouco, pela GloboNews. A assessoria do ministro, no entanto, não confirma a informação.

Antes de assumir o Ministério das Cidades, Araújo ocupava uma cadeira na Câmara Federal. Foi dele o voto 342 pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), há pouco mais de um ano.

Irmã do senador Aécio Neves é presa pela Polícia Federal

Foto: (Agência MG/Arquivo)
A irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Andréa Neves, foi presa por agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na manhã desta quinta-feira (18) em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais.
 
A operação também faz buscas em endereços ligados a Aécio em vários estados. No Rio, um chaveiro foi chamado para os agentes cumprirem o mandado de busca e apreensão no apartamento de Andréa em Copacabana, na Zona Sul.

STF determina afastamento de Aécio Neves do Senado

Senador Aécio Neves durante sessão do impeachment no Senado

O ministro Edson Fachin do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou o afastamento das funções do senador Aécio Neves (PSDB-MG) após o escândalo revelado por delatores da empresa JBS. Além de Aécio, o deputado Rocha Loures (PMDB-PR) também foi afastado. Ele foi flagrado pegando uma mala de propina de delator da empresa frigorífica.

O magistrado, no entanto, optou por não decretar monocraticamente o pedido apresentado pela Procuradoria Geral da República (PGR) para prender o parlamentar tucano.

No despacho, conforme apurou a TV Globo, Fachin decidiu submeter ao plenário do Supremo o pedido de prisão de Aécio solicitado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Serra Talhada e Camaragibe recebem Prêmio Prefeitura Amiga da Biblioteca


Vice-prefeito de Serra Talhada disse ter recebido homenagem com orgulho e alegria

A Assembleia Legislativa concedeu, em Reunião Solene nesta quarta (17), o Prêmio Prefeitura Amiga da Biblioteca aos municípios de Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, e a Serra Talhada. A iniciativa foi criada por proposta de autoria da presidente da Comissão de Educação e Cultura da Alepe, deputada Teresa Leitão (PT), e prevê a entrega de diploma e troféu aos municípios que promovem a instalação e manutenção de bibliotecas públicas e escolares. Para receber a premiação, as gestões das cidades preencheram requisitos estabelecidos na Resolução nº 1317/2015.

As prefeituras indicadas ao prêmio são avaliadas pelas comissões de Justiça e de Educação e depois, submetidas à aprovação do Plenário. Para isso, são analisados critérios como o número de bibliotecas escolares em funcionamento, o investimento num maior acervo de autores locais e a quantidade de imóveis cedidos para instalação de bibliotecas, entre outros aspectos.

Na abertura da cerimônia, a deputada Terezinha Nunes (PSDB) parabenizou os municípios pela conquista. Segundo a parlamentar, ler é a maneira mais direta de obter conhecimento, constituindo a base para a formação educacional e cultural. “Parabenizamos os gestores pela iniciativa de fomentar a prática da leitura entre seus habitantes, contribuindo para o fortalecimento da cidadania”, frisou.

A indicação de Camaragibe foi proposta pelo deputado Aluísio Lessa (PSB).

Serra Talhada recebeu o prêmio por sugestão de Teresa Leitão. A deputada informou que o município vem oferecendo condições para democratizar o acesso ao livro. De acordo com a parlamentar, a cidade tem uma biblioteca pública e está instalando outra, além de manter esses equipamentos nas escolas, com pessoal qualificado. “As iniciativas comprovam que Serra Talhada tem se empenhado nessa questão”, enfatizou.

O vice-prefeito de Serra Talhada, Márcio Oliveira, fez seu agradecimento. “Recebemos a homenagem com orgulho e alegria, pois é um reconhecimento pelo esforço que temos feito nesse segmento.”

Reformas não têm mais condição de serem tocadas, afirma Paulinho da Força

Resultado de imagem para deputado paulinho da força
Deputado pediu o impeachment da presidente Dilma

Integrante de um partido da base aliada, o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP) afirmou nesta quinta-feira que as reformas trabalhista e da Previdência não têm mais condições de serem tocadas, após a divulgação de notícias de que o empresário Joesley Batista, dono da JBS, gravou o presidente Michel Temer dando aval para "compra de silêncio" do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

"As reformas não têm mais condições de serem tocadas", afirmou Paulinho da Força, como é conhecido o deputado, que é presidente da Força Sindical. Apesar de ser da base aliada, o parlamentar já era contrário às reformas da Previdência, que tramita atualmente na Câmara dos Deputados, e trabalhista, que já foi aprovada pelos deputados e está atualmente sendo analisada pelo Senado.

Paulinho da Força avaliou que as denúncias contra Temer são "graves" e, por atingirem o presidente da República, devem ser "avaliadas com calma"."É muito cedo para falar de impeachment. Vou deixar isso para amanhã", afirmou o parlamentar paulista, cujo partido comanda a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do governo Temer.

Primeiro pedido de impeachment com base em caso JBS é protocolado contra Temer

Plenário da Câmara, nesta quarta-feira

O deputado federal Alessandro Molon (Rede-RJ) foi o primeiro a protocolar um pedido de impeachment baseado na suposta gravação em que o presidente Michel Temer teria apoiado o pagamento de uma mesada a Eduardo Cunha para que ele se mantivesse "em silêncio" sobre casos de corrupção envolvendo o governo.

"Isso fere direta e claramente a lei dos Crimes de Responsabilidade, que diz que ter comportamento incompatível com decoro do cargo é causa para cassação do mandato", afirmou Molon a jornalistas na Câmara dos Deputados.

O pedido se baseia no artigo nono da Lei 1079, que trata sobre crimes contra a probidade da administração.

Segundo o jornal O Globo, Temer teria sido gravado por executivos da JBS, que negociam acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República.

O Supremo Tribunal Federal não confirma se as delações da JBS foram homologadas. As portas do gabinete do ministro Edson Fachin, responsável pelos processos da operação Lava Jato, segundo jornalistas, foram fechadas.

"O pedido de impeachment de Michel Temer tem base nesta denúncia, nesta delação, que trata do pedido de manutenção do pagamento de propina a Eduardo Cunha para que ele mantenha o seu silencio", afirmou o deputado do Rio de Janeiro.

"É o primeiro pedido de impeachment de Michel Temer com fundamentação nesses fatos, que devem levar a sua cassação o quanto antes", completou Molon.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE