Encerrada 114ª Festa de Nossa Senhora dos Remédios, em Jabitacá

Terminou na tarde/noite desta terça (15) mais uma edição da Festa de Nossa Senhora dos Remédios, em Jabitacá, distrito de Iguaraci. Essa foi 114ª festa que por mais um ano contou com a participação de um grande número de fieis e devotos de Nossa Senhora dos Remédios.

Por volta das 17h aconteceu a procissão pelas ruas de Jabitacá e logo em seguida Concelebração Eucarística presidida pelo Vigário Geral da diocese, Monsenhor João Carlos Acioly Paz.

O Monsenhor falou durante a homilia que a nossa vida é um exercício constante de conseguirmos construir a santidade num processo de conversão porque todos nós necessitamos da conversão e também sobre a importância da presença de todos durante aquele momento de celebração. “Estamos aqui para proclamar as maravilhas de Deus que ele realizou em Maria, Mãe de Deus e nossa Mãe. Vamos sair daqui alegres, animados, felizes, fortalecidos para continuarmos uma semana cheias de bênçãos”, disse.

O Vigário Geral parabenizou a organização da festa que não utilizou o nome da Festa de Nossa Senhora dos Remédios para a divulgação da festa profana, permanecendo com o nome de Festa de Agosto como já vinha ocorrendo, e pelas atrações musicais que se apresentaram que não foram de encontro aos princípios religiosos. Ele criticou severamente os gestores que contratam bandas musicais com dinheiro público e que cantam músicas que não edificam as famílias.

O administrador paroquial da Paróquia de São Sebastião, em Iguaraci, Pe. Antônio Rogério Veríssimo, agradeceu pela colaboração de todos que se empenharam desde o início da festa até o dia do encerramento. O padre disse que ficou surpreso com a quantidade de pessoas que participaram durante todo o novenário e, principalmente, no encerramento. Esse foi o primeiro ano em que o padre participou e esteve à frente da festa.

MPPE recomenda ao município de Santa Cruz da Baixa Verde prover melhores condições de funcionamento ao Conselho Tutelar

Resultado de imagem para mppe

Com a finalidade de assegurar o bom funcionamento do Conselho Tutelar de Santa Cruz da Baixa Verde, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito Tassio Bezerra que disponibilize insumos básicos para que os conselheiros tutelares possam desempenhar suas funções em defesa de crianças e adolescentes.

As providências mais urgentes são efetuar a recarga de crédito nos telefones celulares funcionais à disposição do Conselho Tutelar; fornecer um veículo para uso dos conselheiros no expediente da manhã e da tarde, sempre que for necessária a realização de visitas programadas, tendo em vista que hoje a falta de transporte gerou um acúmulo de visitas não realizadas; e a disponibilização de um veículo para ficar de sobreaviso, em caso de emergências, com um motorista dedicado. Essas medidas devem ser providenciadas em até cinco dias.

Já no prazo de 30 dias, o MPPE recomendou instalar uma linha telefônica fixa, com aparelho de fax; providenciar um segundo computador para o uso dos conselheiros tutelares; realizar a manutenção do computador e da impressora já existentes; bem como fornecer uma nova impressora e instalar placa identificando a sede do órgão.

De acordo com o promotor de Justiça Felipe Akel de Araújo, as deficiências nas condições de funcionamento foram informadas ao MPPE pelos próprios conselheiros tutelares.

Terezinha Nunes defende reserva para artistas do Estado em apresentações

Atividades culturais custeadas por convênios entre o Governo Estadual e municípios devem obedecer à reserva de 60% das apresentações para artistas e grupos que expressem a cultura pernambucana, defendeu a deputada Terezinha Nunes (PSDB) nesta terça (15). A reserva é prevista na  Lei Estadual nº 14.679/2012, e se refere às áreas de música, teatro, dança, literatura e outras afins.

“Toda a celeuma criada neste ano no São João só ocorreu porque não está sendo cumprida uma lei aprovada nesta Casa em 2012”, considerou a parlamentar. “Estou remetendo hoje uma representação ao Ministério Público Estadual (MPPE) para que o órgão se pronuncie sobre todos os casos de shows pagos com dinheiro público alcançados por essa norma”, anunciou.

A deputada lembrou que o percentual de 60% pode ser diminuído apenas se houver alguma justificativa por autoridade competente. “Mas essa exceção não pode ser aplicada nos grandes ciclos de Carnaval, São João e Natal”, ressaltou. “Espero que os prefeitos comecem a obedecer à lei no próximo grande ciclo”, declarou.

O deputado Edilson Silva (PSOL) registrou que a norma citada por Terezinha Nunes foi alterada pela Lei Estadual nº 16.044/2017, de autoria dele. “Propus a inclusão do brega entre os ritmos que são considerados expressões populares pernambucanas”, explicou.

Delegado e ex-chefe da Polícia Civil de PE é assaltado e tem arma roubada em Caruaru

Resultado de imagem para DELEGADO ANTONIO BARROS PE

O delegado Antônio Barros, ex-chefe da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), foi abordado por criminosos e teve a pistola .40, de uso restrito, roubada na última segunda-feira (14), em Caruaru. No momento do crime, ele estava com a família na cidade e se preparava para voltar para o Recife.

Após deixar a chefia da PCPE, em fevereiro deste ano, Barros assumiu o Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), mas está de licença-prêmio. Apesar do susto, o delegado e os familiares dele passam bem. Até o momento, ninguém foi preso.

Segurança pública volta a ser alvo de discursos no Plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco

O crescimento da violência em Pernambuco e as medidas adotadas na área de segurança pública foram temas de pronunciamentos no Pequeno Expediente da Reunião Plenária desta terça (15). O deputado Antônio Moraes (PSDB) alertou para o aumento da presença do crime organizado em Lagoa de Itaenga, na Mata Norte, enquanto Edilson Silva (PSOL) pediu mais diálogo para a redução dos crimes violentos. Joel da Harpa (PTN), por sua vez, destacou a graduação de mais de 1,5 mil profissionais no curso de formação de sargentos.

Moraes disse que tratou do caso do município da Mata Norte em reunião na última segunda (14), com o chefe de Polícia Civil, delegado Joselito Kehrle do Amaral. De acordo com ele, quadrilhas de fora do Estado se estabeleceram na cidade, de onde controlam o tráfico de drogas na região. “Vamos ajudar a polícia no trabalho de investigação para chegar aos elementos que estão colocando em polvorosa a população, praticando homicídios, assaltos, roubos e furtos”, afirmou.

Na sequência, Joel da Harpa destacou a conclusão do curso de formação de 1.529 novos sargentos da Polícia Militar de Pernambuco, marcada por solenidade no quartel do Derby, na área central do Recife, na última segunda (14). O parlamentar avaliou que os sargentos vão contribuir no combate à criminalidade como comandantes das guarnições que estarão policiando as ruas. O deputado também comentou sobre a lei que trata da carreira dos militares em Pernambuco. “Quero parabenizar os novos integrantes. Este momento vem de uma luta da categoria que começou em 2015, defendendo a importância de haver promoções dentro da corporação. Eu me sinto honrado de participar dessa discussão na Casa e de ter acompanhado as negociações”, disse.

Já Edilson Silva (PSOL) repercutiu reportagem publicada pelo Jornal do Commercio no sábado (12), antecipando dados da Secretaria de Defesa Social (SDS) sobre o número de homicídios em Pernambuco. Segundo o parlamentar, as ocorrências cresceram em julho e a média chega a 16 homicídios por dia. “Nesse ritmo, vamos fechar 2017 com aproximadamente 6 mil homicídios. Não podemos aceitar o silêncio a que o Governo está tentando submeter a questão”, expressou, ressaltando que, na maioria, as vítimas são jovens negros de baixa renda. O parlamentar voltou a pedir ao governador Paulo Câmara “humildade” para discutir o problema com a sociedade, por meio de uma Conferência Estadual de Segurança Pública. “Por que não ouvir a sociedade e garantir seu engajamento na busca de soluções?”, questionou.

Yane Marques recebe homenagem durante comemoração dos 195 anos do TJPE

Público assiste às solenidades

Os eventos em comemoração aos 195 anos do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) seguiram pela manhã desta segunda-feira (14) com as homenagens a personalidades que contribuíram com ações de forma efetiva coma evolução da Justiça e melhoria da sociedade. A solenidade ocorreu no Salão dos Passos Perdidos, no 1º andar, do Palácio da Justiça, no bairro de Santo Antônio, no Recife. Confira as fotos no álbum do TJ pernambucano no Flickr.

O Quinteto da Orquestra Criança Cidadã abriu o evento executando o Hino Nacional, e as músicas Por una Cabeza, de Carlos Gardel; e Asa Branca, de Humberto Teixeira e Luiz Gonzaga. Em seguida, o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Leopoldo Raposo, falou da função do Judiciário, que vai além do julgamento de lides e conflitos.

“A missão institucional atribuída ao Judiciário é a de assumir um papel preponderante no enfrentamento a questões de desigualdade social. Por isso, na defesa de uma atitude dinâmica, progressista e reformadora, temos de afirmar, perante os cidadãos, nosso compromisso de colaborar com as transformações sociais. Então, promover justiça significa possibilitar oportunidades a todos. Para isso, é fundamental que o Judiciário conscientize as pessoas sobre seus direitos de cidadania. Quando conhecemos os nossos direitos, podemos buscar melhorias. A promoção do acesso à Justiça representa permitir que cada cidadão tenha os seus direitos garantidos”, afirmou.

Após o discurso do chefe do Judiciário estadual teve início a entrega da Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado. No total, 25 pessoas foram agraciadas com a medalha e 31 homenageados com o Diploma de Honra ao Mérito.

Entre os agraciados com a Medalha do Mérito Judiciário Desembargador Joaquim Nunes Machado, esteve presente a Afogadense e secretária de Esportes do Recife e desportista olímpica do pentatlo moderno, Yane Marques.

Vereador que estava preso volta a Câmara em Garanhuns

Vereador Marinho da Estiva estava afastado (Foto: Reprodução/TV Asa Branca)

O vereador Marinho da Estiva (PHS) retornou na manhã desta segunda-feira (14) à Câmara de Vereadores de Garanhuns de onde estava afastado há três meses. Ele foi preso em maio deste ano quando estava em uma sessão por ser um dos investigados da operação Sem Fronteiras.

A operação apontou uma suspeita de organização criminosa que praticaria assaltos e roubos de cargas em Pernambuco e Alagoas. Na época, a polícia disse que o vereador seria responsável por armazenar e negociar produtos roubados pelo grupo.

Mario foi solto na última sexta-feira (11) e nesta segunda (14) participou de uma coletiva de imprensa e falou sobre os 94 dias em que esteve na prisão, em Alagoas, e também sobre como deve ser o retorno à câmara. O advogado de defesa disse que a inocência do parlamentar será comprovada.

Do G1 Caruaru

Bezerra Coelho fala pela primeira vez que seu grupo político pode ter candidato ao governo estadual

Fernando Bezerra visitou os municípios de Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó. Fotos: divulgação

Em visita a municípios do Sertão do São Francisco, seu principal reduto eleitoral, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) expôs, pela primeira vez, a possibilidade de seu grupo político lançar um candidato ao governo do estado em 2018. Em entrevista a rádios e blogs da região sertaneja, ele disse que Pernambuco hoje vive um clima de “mudança” semelhante ao de 2006, quando Jarbas Vasconcelos (PMDB) estava no poder há oito anos e a oposição venceu a disputa estadual, emplacando Eduardo Campos (PSB) para o Palácio das Princesas. Fernando Bezerra visitou os municípios de Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó e Cabrobó. “Não tem nada decidido, claro que existem outros nomes, mas a gente caminha para apresentar um nome do nosso grupo político e eu estou muito animado”, confessou, mas sem cravar nomes.

Em Lagoa Grande, onde foi recebido pelos ex-prefeitos Robson Amorim e Dhoni Amorim, ambos do PSB, Fernando Bezerra admitiu que tem ouvido queixas sobre o governo de Paulo Câmara (PSB). Os dois informaram ao senador, inclusive, que estão dispostos a mudar de legenda, caso ele saia do PSB. “O momento político que nós estamos vivendo aqui no estado é muito parecido com 2006. Em 2006, você tinha oito anos de governo do PMDB, havia um sentimento de mudança. Em Pernambuco, você começa a ver uma série de críticas em relação à atua administração e tem, portanto, um clima de mudança que é possível ser identificado não só conversando com a população, mas, sobretudo, nas pesquisas que estão sendo feitas”.

Ao longo da semana, as viagens de Fernando Bezerra também vão se estender ao sertão do Araripe e ao Sertão Central. Oficialmente, ele está ouvindo demandas dos prefeitos, recolhendo sugestões e prestando contas de seu mandato. As conversas realizadas pelo senador, ontem, incluíram lideranças políticas do PSB, PT e PTB, sendo que os dois últimos partidos estão em campos opostos ao do senador, que deve se filiar ao Mude, novo nome cogitado para o Democratas.

Embora Fernando Bezerra não tenha descartado a hipótese de continuar no PSB, os aliados dão como certa a saída dele e do seu grupo político do partido. Já há três deputados federais, por exemplo, que podem seguir o caminho a ser escolhido pelo senador. Bezerra Coelho, no momento, está trabalhando com a possibilidade de emplacar o nome do seu filho, o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, como candidato. Mas ele mesmo pode ser o candidato.

Gonzaga Patriota - Filiado ao PSB e também com reduto eleitoral em Petrolina, Gonzaga Patriota tem cogitado sair do PSB, segundo informações de bastidores, bem como João Fernando Coutinho e Marinaldo Rosendo. Patriota não faz parte do grupo de Fernando Bezerra Coelho - por muito tempo, inclusive, foram adversários políticos. Sendo que, desde que Miguel Coelho ganhou a eleição para prefeito de Petrolina, Gonzaga tem se aproximado do prefeito e vestido camisa azul, cor usada na campanha de Miguel Coelho. No interior, uma cor de camisa tem um efeito simbólico sobre as pessoas porque as identifica como sendo de um lado ou de outro. Dificilmente Gonzaga se filiaria ao DEM, partido que deve abrigar a família Coelho, mas o nome do DEM será mudado nesse processo de reforma política. Gonzaga estuda opções partidárias, mas não tomou nenhuma decisão.

Quem está articulando a mudança partidária dos Coelho é o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Maia tem conversado frequentemente com a família Coelho, que passou a ter muita força política no Sertão. O presidente da Câmara chegou a prestigiar o casamento de Miguel Coelho no mês passado. Na época, Maia estava como presidente interino do Brasil.

Diario de Pernambuco

Mulher morre durante gravações do filme Deadpool 2

Acidente ocorreu na manhã desta segunda-feira, em Vancouver. Fotos: Fox Film/Divulgação e Twitter/Reprodução

Uma dublê morreu, na manhã desta segunda-feira (14), em um acidente de moto durante as gravações do filme Deadpool 2, em Vancouver, no Canadá. Segundo a imprensa internacional, a mulher, que ainda não teve a identidade divulgada, se chocou com a janela da Shaw Tower, no centro de Vancouver, enquanto filmava uma sequência para o longa-metragem protagonizado por Ryan Reynolds.

"A polícia de Vancouver confirma que uma dublê de piloto morreu no set de Deadpool durante uma cena numa motocicleta", disseram os oficiais em nota divulgada nas redes sociais. Segundo o jornal The sun, testemunhas afirmaram que a mulher aparentou "perder o controle" da moto antes de se dirigir ao Jack Poole Plaza, onde se localiza o edifício.

"As pessoas estavam correndo na calçada, a motocicleta veio voando do outro lado da rua, parecia vir de uma rampa porque estava no ar", comentou um transeunte. Ainda segundo a publicação, detetives se encontram no local para investigar o ocorrido. Ao Entertainment weekly, testemunhas disseram ver uma mulher caracterizada como a mutante Dominó, personagem da atriz Zazie Beetz na produção, dirigindo uma motocicleta preta na área dias antes. 

Lei determina que crianças recebam pulseiras de identificação em eventos

Resultado de imagem para crianças receberao pulseiras de identificaçao em eventos

Uma lei pretende obrigar organizadores de grandes eventos públicos a fornecer gratuitamente pulseiras para crianças de até 12 anos. Não é por menos, já que 126 crianças desapareceram no primeiro semestre deste ano em Pernambuco, em situações diversas e, muitas vezes, a questão ocorre em grandes eventos. Doze delas nunca foram encontradas, de acordo com a Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA). O problema é que, sem regulamentação pelo executivo, não fica definida como deve ocorrer o fornecimento na prática e as prefeituras ainda estão estudando como cumprir a lei. A definição não ocorreu ainda, mesmo com a lei em vigor desde fevereiro.

Segundo o deputado estadual Álvaro Porto, autor da norma, ela deve garantir a integridade das crianças. “Muitas vezes noticia-se o desaparecimento em eventos. Nosso interesse é evitar que isso aconteça.” A ideia é disponibilizar braceletes em lugares com pelo menos 150 pessoas.

A pulseira deve trazer o nome da criança e dos responsáveis, além do número de telefone para contato. Deverão ser produzidas em material hipoalergênico, resistente a água e inviolável, sendo impossível uma reutilização. O custo e a dificuldade do projeto atrasam o executivo.

Presidente da Compesa descarta privatização em audiência na Alepe

O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, negou a possibilidade de privatização da empresa pelo Governo do Estado. A declaração foi dada em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa, nesta segunda (14), no âmbito da Comissão de Desenvolvimento Econômico. O gestor defendeu que a estatal continue fazendo parcerias com a iniciativa privada para expandir o saneamento básico no Interior, nos moldes do Programa Cidade Saneada, implantado na Região Metropolitana do Recife (RMR).

“Não podemos demonizar o capital privado, mas, sem controle estatal, esse investimento pode buscar apenas o lucro pelo lucro, sem contrapartidas sociais”, afirmou Tavares. Para o presidente da Compesa, as parcerias são necessárias para antecipar para a população os benefícios da expansão da cobertura do saneamento básico e do abastecimento de água. “Não podemos esperar o dinheiro do Orçamento da União, que depende de uma recuperação econômica que pode demorar dez, quinze ou mesmo vinte anos”, argumentou.

A audiência pública foi convocada por solicitação da deputada Teresa Leitão (PT), atendendo a pedido do Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco (Sindurb). “A criação de um fundo de parcerias com empresas privadas gerido pelo Governo Federal e a adesão da Compesa a esse mecanismo criou muitas dúvidas sobre a gestão da água no Brasil”, explicou a petista, citando o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).  “A afirmação que a Compesa não vai ser privatizada é muito boa, mas desse discurso deve vir alguma ação”, cobrou.

TCE suspende contratação de empresa para montagem de festa em Itacuruba

O conselheiro Ranilson Ramos determinou nesta segunda-feira (14) à Prefeitura de Itacuruba, em caráter liminar, que suspenda todos os atos decorrentes do Pregão Presencial nº 031/2016, cujo objeto é a contratação de empresa para montagem da estrutura de palco e som visando à realização da Festa do Sagrado Coração de 20 a 27 deste mês de agosto. O prazo para o recebimento das propostas se encerra nesta terça-feira (15) e o prefeito Bernardo de Moura Ferraz já foi notificado pelo TCE para apresentar suas contrarrazões.

A Medida Cautelar determinando a suspensão do Pregão originou-se de uma auditoria de acompanhamento realizada pelos técnicos da Inspetoria de Petrolina. Eles constataram, “in loco”, recolhimento e repasses previdenciários em atraso, inadimplência de folhas de pagamento dos servidores públicos municipais, contratação de despesas não essenciais, comprometendo o equilíbrio das contas públicas, e a divulgação de material publicitário contendo o nome de autoridades.

AGRAVAMENTO - Caso o município venha executar o contrato decorrente do Pregão e contratar profissionais do setor artístico - entre eles Gabriel Diniz, Dorgival Dantas e Luan Estilizado -, diz o relatório de auditoria, agravará mais ainda a situação dos servidores, que estão com vários meses de salário em atraso, bem como o desequilíbrio previdenciário decorrente do não recolhimento das contribuições patronal e dos funcionários.

EMERGÊNCIA – Influenciou também a decisão do conselheiro Ranilson Ramos o fato de o município encontrar-se em “situação de emergência”, em razão da seca, decorrente do Decreto Estadual nº 44.278/2017.

Segundo ele, em situações de fiscalização de gastos públicos, o TCE tem atuado, de forma preventiva, paralisando ato ou contrato administrativo que atente contra os princípios constitucionais da Administração Pública. Frisou que soa “irrazoável” a contratação de artistas para a realização do evento festivo no momento em que o município não está em dia com a folha de pagamento nem com suas obrigações previdenciárias.

“Ressalvo que a Medida ora exarada não fere os princípios da ampla defesa e do contraditório, os quais serão devidamente oportunizados ao gestor”, diz a Cautelar do conselheiro.

Esta é a segunda vez nos últimos 15 dias que o TCE determina a suspensão de eventos festivos pelo fato de a prefeitura não estar em dia com suas obrigações perante os servidores. A primeira foi São Lourenço da Mata, cuja festa do padroeiro, São Lourenço, tinha um orçamento não compatível, segundo o conselheiro Dirceu Rodolfo, com a saúde fiscal do município.

A Medida Cautelar será enviada posteriormente à Primeira Câmara do TCE para ser referendada.

Pernambuco adere ao Protocolo de Investigação de Feminicídio

Resultado de imagem para femicidio

Ocupando a 17ª posição no ranking nacional de violência contra a mulher, em taxas de homicídio, segundo o Atlas da Violência 2017, Pernambuco vai aderir ao Protocolo de Investigação de Feminicídio.

Com a medida, o estado se antecipa para implementar as diretrizes e seguir o Modelo de Protocolo Latino-Americano de Investigação de Mortes Violentas  de Mulheres por Razões  de Gênero. O início do processo de adesão acontece nesta segunda-feira, durate o Seminário "Onze anos da Lei Maria da Penha: Da Lei ao Protocolo de Feminicídio. O evento acontece às 14h, no auditório Banco do Brasil, na Avenida Rio Branco e faz parte das ações da Secretaria da Mulher de Pernambuco em comemoração ao aniversário da Lei 11.340/2006.

Apesar da lei de feminicídio (13.104) existir desde 2015, em Pernambuco a Polícia Civil ainda não registra ocorrências com o subtítulo feminicídio, o que dificulta o controle de dados sobre o crime e a implementação de políticas públicas.

Motorista e paciente morrem após ambulância bater em caminhão na BR-423 em PE

Acidente aconteceu na cidade de São Caetano (Foto: Divulgação/PRF)

Duas pessoas morreram na noite deste sábado (12) em um acidente na BR-423 em São Caetano, no Agreste de Pernambuco, após uma ambulância bater em um caminhão. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as vítimas eram o motorista, de 45 anos, e o paciente da ambulância, de 68 anos, que estava sendo transferido de Garanhuns para Recife.

Ainda de acordo com a PRF, o caminhão teve um problema mecânico e o motorista decidiu parar na pista de rolamento. Ele decidiu dormir no veículo e não sinalizou o local. A ambulância bateu na traseira do caminhão. Mais duas pessoas que estavam na ambulância ficaram feridas e foram socorridas em estado grave para o Hospital Regional do Agreste, em Caruaru.

Segundo a PRF, mesmo com o impacto do acidente, o motorista do caminhão continuou dormindo. Ele passou pelo teste do bafômetro que registrou 0.63 mg/l, foi preso e levado para a delegacia em Belo Jardim. O veículo foi recolhido por diversas infrações de trânsito. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Do G1 Caruaru

Derrotado em 2006, Geraldo Alckmin diz querer 'tira-teima' com Lula

Resultado de imagem para alckmin e lula

Em uma clara reação à movimentação em campo aberto do prefeito João Doria para se cacifar como candidato a presidente da República nas eleições de 2018, o governador Geraldo Alckmin disse que “não seria ruim fazer um tira-teima contra Lula em 2018”. Em 2006, O tucano enfrentou o petista na disputa presidencial, mas foi derrotado no segundo turno. A declaração do governador foi feita em um encontro suprapartidário na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, organizado pelo Instituto Teotônio Vilela, braço teórico do PSDB, e que reuniu também líderes do PP e PMDB do estado.

No evento, o governador fez um discurso que, em alguns momentos, parecia endereçado ao prefeito de São Paulo. Além de citar o desejo de um “tira-teima de 2006”, Alckmin fez questão de se posicionar de forma conciliadora: “Vejo aqui a civilidade que a política deve ter. Política não é campo de boxe”. A fala foi interpretada como uma oposição aos ataques que Doria tem feito aos seus adversários políticos. No mês passado, em um evento realizado em São Bernardo, o prefeito se referiu ao ex-presidente Lula como “mentiroso” e “sem-vergonha” e chamou a presidente cassada Dilma Rousseff de “anta”.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE