Homem preso em Lagoa Grande é investigado por ligação com caso da menina Beatriz

Suspeito de crimes é preso em Lagoa Grande

Um homem, que ainda não teve a identidade revelada, foi preso nesta segunda-feira (30), suspeito de matar um funcionário público da Prefeitura de Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco. A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) investiga uma possível ligação dele com o assassinato da menina Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, morta a facadas no dia 10 de dezembro de 2015, durante uma festa em uma escola em Petrolina.

De acordo com o titular da Delegacia de Lagoa Nova, Wagner Volpe, o suspeito, de 27 anos, foi transferido para a Delegacia de Petrolina devido a revolta dos moradores da região. Ainda segundo o delegado, o suspeito já teve passagens anteriores pelas Delegacias de Caruaru e Petrolina por tráfico de drogas.

A saliva do suspeito foi coletada para comparar com o material genético encontrado na faca usada para matar Beatriz. O material recolhido deve chegar nesta terça (31) ao Laboratório de Perícia e Pesquisa em Genética Forense, localizado no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes. Em nota enviada à imprensa, a PCPE informa que o resultado do DNA deve sair em até 10 dias.

Parentes da menina Beatriz afirmaram à reportagem da Folha que já foram contactados pela Polícia para informar sobre a possível ligação entre os casos. O suspeito nega envolvimento nos dois crimes.

Caso Jean

O funcionário público morto foi identificado como Jean da Silva Santos, de 29 anos. De acordo com a Delegacia de Lagoa Grande, que investiga o caso, Jean foi apedrejado na madrugada deste sábado (28), enquanto caminhava pela Rua da Tristeza, no centro da cidade. O crime foi registrado na Delegacia de Lagoa Grande, no Sertão de Pernambuco.

Entenda o caso

Beatriz Mota, 7, foi encontrada morta dentro do Colégio Maria Auxiliadora, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, no dia 10 de dezembro de 2015. Após se afastar da família para beber água, a garota desapareceu e seu corpo foi encontrado cerca de 40 minutos depois, vítima de 42 golpes de faca dentro de um depósito de material esportivo. A delegada Gleide Ângelo preside as investigações sobre o caso.

Pernambuco é o quarto estado com mais mortes no país

Resultado de imagem para violencia em pernambuco

O Brasil registrou 61,6 mil mortes violentas em 2016, de acordo com o Anuário Brasileiro da Segurança Pública divulgado nesta segunda-feira. O número, que contabiliza latrocínios, homicídios e lesões seguidas de morte, representa um crescimento de 3,8% em comparação com 2015, sendo o maior patamar da história do país. Em média, foram contabilizados sete assassinatos por hora. Com o crescimento do número de mortes intencionais, a taxa de homicídios no Brasil por 100 mil habitantes ficou em 29,9.

Pernambuco foi o quarto estado do país com a maior taxa de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), segundo o levantamento. Os números apresentados pelo Anuário são referentes aos anos de 2015 e 2016. De acordo com a publicação, Pernambuco só perdeu para os estados do Amapá, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. As taxas de mortes por 100 mil habitantes nesses estados foi de 52, 24,3 e 18, respectivamente. Pernambuco aparece na tabela com 14,4. Em números absolutos, o estado registrou 3.889 CVLIs no ano de 2015 e 4.479 no ano passado. O aumento da violência em Pernambuco tem deixado a população assustada. Somente nos nove primeiros meses deste ano, 4.145 pessoas foram assassinadas no estado, segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS).

Salário mínimo será de R$ 965 em 2018

Resultado de imagem para salario mínimo 2018

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse nesta segunda-feira (30), que a manutenção da estimativa de alta do PIB em 2,0% no próximo ano na mensagem modificativa para o Projeto de Leio Orçamentária Anual de 2018 se deu porque o governo foi "conservador".

Ele explicou que a redução da estimativa do salário mínimo de 2018 de R$ 969 para R$ 965 se deveu à menor projeção do INPC para o próximo ano, conforme a fórmula de reajuste determinada em lei.

"Essa é uma projeção, o governo não está fixando o salário mínimo. O valor do salário mínimo será definido em janeiro com base nas estimativas de inflação feitas em dezembro. O governo não tem a liberdade de escolher o salário mínimo, deve aplicar a variação do INPC. O governo não pode conceder nem a menos e nem a mais", argumentou.

Dyogo disse também que, como o mercado de trabalho tem reagido de maneiro positiva, a projeção para a alta da massa salarial em 2018 também ficou maior.

Ministro de Energia admite que conta de luz poderá ficar ainda mais cara

Resultado de imagem para fernando filho minas e energia

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, revelou nesta segunda-feira que o governo de Michel Temer estuda a compra de energia elétrica mais cara. Na prática isso deve elevar o valor da tarifa para os consumidores. “Está sendo cogitado; decidido, não. A gente tem, sim, uma preocupação com a situação”, admitiu.

Coelho Filho lembrou que já vem alertando há algum tempo que não há risco mais severo de desabastecimento, mas que haverá impacto, “como já vem ocorrendo”, nas tarifas para o consumidor. O ministro participou hoje de encontro com participantes do seminário sobre Matriz e Segurança Energética Brasileira promovido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro.

O ministro comentou que mantém encontros periódicos com autoridades do setor elétrico para acompanhar a situação, mas ainda não há nenhuma deliberação sobre despacho por fora de ordem de mérito. Acrescentou ainda que o ministério está conversando com a Petrobras para viabilizar a operação de usinas térmicas que estão disponíveis, mas ainda não entraram em funcionamento por falta de combustível. “Estamos conversando”.

O ministro adiantou que cada térmica tem uma situação diferente da outra. “Nós estamos endereçando na medida do possível, porque é importante para o sistema contar com elas operando”, disse.

Vinte e cinco ônibus assaltados nas últimas 72 horas na Região Metropolitana do Recife

Resultado de imagem para assaltos a onibus no recife

Vinte e cinco ônibus foram assaltados nas últimas 72 horas, da manhã de sexta-feira à manhã desta segunda-feira, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Nas últimas 24 horas foram nove registros, de acordo com o Sindicato dos Rodoviários. Em duas investidas no município de Jaboatão dos Guararapes, os suspeitos foram detidos.

Em frente à garagem da empresa de ônibus Progresso, na BR-408, bairro do Curado 4, Jaboatão, um coletivo que fazia a linha TIP/ Conde da Boa Vista. Momentos depois da investida, policiais militares do 25º Batalhão apreenderam dois adolescentes suspeitos de envolvimento no crime. Com eles foram apreendidos uma faca e um facão e produtos do roubo. Os dois também foram reconhecidos pelo motorista e pelo cobrador e foram encaminhados para a Delegacia de Jaboatão, onde foram autuados por ato infracional relativo a roubo.

De acordo com o balanço do Sindicato dos Rodoviários, o mês de outubro já soma 260 casos de assaltos a ônibus no Grande Recife. O ano, de 1º de janeiro a 30 de setembro, traz 3.246 ocorrências.

Senado vota nesta terça-feira lei que barra funcionamento de transportes por aplicativos

Resultado de imagem para uber

O Senado deve votar nesta terça-feira (31), em caráter de urgência, lei que barra o funcionamento de aplicativos como o UBER, o Cabify, o 99 e o Lady Driver.

Em protesto, usuários e motoristas dos serviços fizeram uma série de comentários contra a ação nas páginas dos senadores no Facebook. Gerando repercussão nas redes sociais. Entre as justificativas dos internautas está a questão empregatícia.

“Sou motorista de aplicativo há mais de um ano, estou desempregada e há 5 meses tive a oportunidade de trabalhar como motorista de aplicativo e assim poder honrar com as contas do meu lar. Peço por favor que na próxima terça (31/10) que o senhor nos ajudasse (sic) votando NÃO a PLC 28”, escreveu uma usuária em um post feito pelo senador José Serra (PSDB-SP) a respeito da inclusão de consumidores no cadastro positivo de crédito.

Dados

No Brasil, o número de motoristas no aplicativo Uber aumentou 10 vezes em relação a outubro de 2016, passando de 50 mil para 500 mil em um ano. Os números foram divulgados pela própria empresa.

O serviço atua em mais de 100 cidades do Brasil, contabilizando 17 milhões de usuários ativos no país.

Investigações apontam que quadrilha tentava fraudar todos os concursos públicos

Resultado de imagem para fraudes em concursos públicos

A Divisão Especial de Repressão ao Crime Organizado (Deco), da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), informou que a quadrilha investigada na segunda etapa da Operação Panoptes, deflagrada nesta segunda-feira (30), tentou fraudar concursos públicos e vestibulares de todas as bancas, não se restringindo apenas aos concursos promovidos pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe) - o antigo Cespe, da Universidade de Brasília. Há suspeitas de que eles tentariam fraudar também o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas até o momento isso ainda não foi oficialmente confirmado.

De acordo com os investigadores, no caso de vestibulares, a quadrilha cobrava entre R$ 80 mil e R$ 160 mil. Já no caso dos concursos públicos, o valor cobrado era de 20 vezes o valor do salário a ser recebido. “Muitos davam um sinal entre R$ 10 mil e R$ 20 mil e, depois de assumirem o cargo, faziam empréstimos consignados para pagar o restante”, explicou o delegado Maurilio Coelho Lima, da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Deco).

Segundo o delegado-chefe adjunto da Deco, Adriano Valente, o chefe da quadrilha é Hélio Ortiz, preso desde a primeira etapa da operação. “Eles tentavam fraudar todos os concursos, não apenas o Cebraspe. Todas as bancas de todos os concursos sofreram tentativas de fraudes. Todos serão objetos de medidas mais duras pela Polícia Civil do Distrito Federal”.

Até o final da manhã de hoje (30), três dos cinco mandados de prisão preventiva já haviam sido cumpridos. Um deles é Ricardo da Silva Nascimento, um ex-funcionário do Cebraspe que já havia sido demitido por suspeitas de participação nessa organização. Ricardo trabalhava no Cebraspe desde 2014, e vinha sendo investigado desde 2016.

Pesquisa Ibope aponta 2º turno entre Lula e Bolsonaro

Resultado de imagem para lula e bolsonaro

Lula x Bolsonaro. Esse seria o cenário do segundo turno caso as eleições presidenciais brasileiras fossem hoje de acordo com pesquisa realizada pelo Ibope e que foi publicada na edição deste domingo (29) do jornal O Globo.

A pesquisa, realizada entre 18 e 22 deste mês, ouviu 2.002 em todo o País e tem margem de erro de dois pontos percentuais. Foi a primeira realizada pelo instituto sobre a eleição presidencial de 2018.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores, o ex-presidente petista teria 35% das intenções de voto contra 13% do deputado federal do PSC-RJ.

Através de Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro, viriam a ex-senadora Marina Silva (Rede), com 8%; e, com 5%, o governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB), e o apresentador de televisão Luciano Huck (sem partido). O prefeito de São Paulo, João Doria, aparece com 4% e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) com 3%.

Adolescente de 14 anos é suspeito de matar pai para defender a mãe de agressões em Pesqueira

Um adolescente de 14 anos se entregou à polícia depois de matar o pai a tiros. O caso ocorreu no sábado passado, mas foi divulgado nesta segunda-feira.

Depois de ver o pai de 38 anos agredir a mãe, o adolescente teria pego a arma do pai para defendê-la das agressões e efetuado quatro disparos, dentro da casa da família, em Pesqueira. O homem chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

O suspeito se entregou à polícia. Após confessar o crime, ele foi apresentado ao Ministério Público e encaminhado à unidade Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Arcoverde.

Brasil tem recorde de assassinatos, com 171 mortes por dia

Resultado de imagem para assassinatos com arma de fogo

O Brasil registrou 61.619 mortes violentas intencionais, como assassinatos, em 2016, maior volume absoluto já registrada no País.

São 171 casos por dia e um crescimento de 3,8% em relação a 2015 chegando a uma taxa de 29,9 por 100 mil habitantes. Os dados divulgados nesta segunda-feira, 30, são do 11° anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

"É como se o Brasil sofresse um ataque de bomba atômica por ano. São dados impressionantes, que reforçam a necessidade de mudanças urgentes na maneira como fazemos políticas de segurança pública no Brasil. Não é possível aceitar que a sociedade conviva com esse nível de violência letal", diz Renato Sérgio de Lima, diretor-presidente do Fórum.

As maiores taxas foram registradas em Sergipe (64 a cada 100 mil habitantes), Rio Grande do Norte (56,9) e Alagoas (55,9).

Rodrigo Maia afirma que vai rejeitar os pedidos de impeachment

Resultado de imagem para rodrigo maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou em entrevista ao 'O Estado de S. Paulo' que vai rejeitar todos os 25 pedidos de impeachment contra o presidente Michel Temer que estão parados em sua gaveta. Segundo a sua argumentação, após ter sido leal a Temer nas duas denúncias, não faz sentido atuar agora contra o governo. Maia também disse que o presidente tem que "agradecer muito" pelo fato de ele não ter agido para derrubá-lo do Palácio do Planalto.

Como fica a sua relação com o Palácio do Planalto no pós-denúncia?

A minha primeira eleição na presidência da Câmara foi independente e o Michel tem de agradecer muito de eu ter sido eleito e não ter feito o que eu podia ter feito. Eu poderia, na minha primeira legislatura, ter trabalhado dizendo o tempo todo que o governo não me ajudou, porque ele só apoiou a minha candidatura nas últimas 24 horas. Mas eu abracei a agenda do governo porque eu acredito na agenda da equipe econômica. Não foi uma questão de "eu sou governo". Agora, eu não misturo as coisas: o presidente da República e o presidente da Câmara têm uma relação institucional muito boa e essa relação se mantém boa. Mas, o que eu estou dizendo, como presidente da Câmara, é que a relação não será uma relação amanhã igual a que foi antes das duas denúncias se o governo não reorganizar a base.

E o que Temer precisa fazer para reorganizar a base?

Tem vários caminhos para resolver. O que você não pode é achar que o resultado da denúncia gerou uma base de 250 votos. Ter base é ter base que confia no governo, na agenda do governo, mesmo quando vem uma pauta árida para a Câmara. Acho que numa pauta árida, o governo hoje não tem maioria.

Para o sr., qual seria o melhor caminho?

Se eu começar a falar vão dizer que eu estou querendo interferir no caminho que ele (Temer) vai decidir. Eu já falei muito. Tem partidos que se consideram sub-representados, tem partidos que acham que outros estão super representados. Se o governo discorda dessa opinião, tem de chamar os presidentes (das siglas) e seus líderes e dizer: você não está sub-representado. Você está bem representado por isso e por isso.

Advogado criminalista é morto a tiros em Lagoa de Itaenga

Resultado de imagem para advogado é morto em lagoa do itaenga

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) acaba de informar que investiga a morte do advogado criminalista Fábio Jorge Coelho Farias, 36 anos, assassinado na noite deste sábado, em Lagoa do Itaenga, Zona da Mata Norte de Pernambuco. Segundo nota distribuída à Imprensa, o advogado o assassino atirou pelas costas e continuou efetuando disparos mesmo depois que o advogado caiu no chão e saiu em direção à esquina, na garupa de uma motocicleta e fugiu.

Ainda segundo a PCPE, o advogado criminalista Fábio Farias estava em uma lanchonete e foi alvejado na nuca. As investigações serão comandadas pelo delegado Eronildes Alves, titular da delegacia de Lagoa de Itaenga.

A nota da PCPE indica que “não há informações suficientes para definir a motivação crime”, mas informações atribuídas ao delegado Rommel Ricardo indicam que o crime teria relação com a atividade profissional da vítima.

Presidente da Subseccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB/PE) em Carpina, Luiz Flávio Rodrigues adiantou por rede social que vai acompanhar as investigações para que a perda não seja mais um número das estatísticas. “Fábio foi nosso estagiário no início da sua faculdade, além de ser um grande músico. Comparecemos ao local para acompanhar as investigações preliminares”, registrou.

Governo publica 'lista suja' do trabalho escravo

Resultado de imagem para trabalho escravo

O Ministério do Trabalho publicou, na sexta-feira, 27, a "lista suja" com 131 empregadores que submeteram empregados a condições análogas à escravidão. O documento está no site da pasta (clique aqui para conferir).

O Ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira e a União foram obrigados, por decisão da Justiça do Trabalho do Distrito Federal, a publicar a "lista suja" do trabalho escravo.

Segundo a Justiça, transitou em julgado decisão proferida no dia 21 de junho pelo juiz titular da 11ª Vara do Trabalho Rubens Curado Silveira. A informação foi publicada no site do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região.

O juiz federal determinou a publicação imediata do Cadastro de Empregadores, com a inclusão de todos os administrados que detenham contra si decisão administrativa final de procedência do auto de infração capitulado no artigo 444, da CLT, decorrente de exploração de trabalho análogo ao de escravo desde a data de 1º de julho de 2014.

O magistrado ainda impôs que fosse oportunizada, em caráter excepcional, a celebração de acordo judicial ou TAC com os administrados que venham a ser incluídos na primeira publicação da "lista suja" e que tenham contra si decisão administrativa final de procedência do auto de infração proferida antes da vigência da Portaria Interministerial nº 4/2016. Com isso, a publicação da "lista suja" passa a ser obrigatória e deve incluir "todos" os empregadores autuados, sem exceção.

Em 180 dias, pedestres e ciclistas poderão ser multados em todo o País

Resultado de imagem para faixa de pedestre

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou na última sexta-feira, 27, resolução regulamentando a aplicação de multas a ciclistas e pedestres que desrespeitarem as leis de trânsito em todo o País. As multas já eram previstas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), de 1998, mas nunca haviam sido normatizadas. Quando as regras estiverem em vigor - dentro de 180 dias -, quem atravessar fora da faixa e for autuado terá de desembolsar R$ 44,19, metade do valor de uma multa leve aplicada a motoristas de carro.

A resolução prevê que cada autoridade de trânsito do País (municípios ou Estados, no caso das rodovias, ou mesmo a Polícia Rodoviária Federal) deverá elaborar seu próprio modelo de autuação. Também será solicitado o endereço do infrator, mas a informação não será obrigatória para a anotação da infração. Na capital paulista, o serviço ficará a cargo da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), que não respondeu aos questionamentos feitos na sexta pelo jornal O Estado de S. Paulo sobre o tema.

O texto federal prevê que o pedestre ou ciclista autuado terá de ser identificado, com o preenchimento obrigatório do nome e dos dados de um documento, além da identificação do agente responsável por aplicar a multa. No caso dos ciclistas, além da multa de R$ 130,16, há previsão de anotação de dados da bike e do número de identificação, “sempre que possível”, segundo a resolução. O texto não esclarece como será feita a cobrança da infração - algo que também ficará a cargo das autoridades locais de trânsito.

Fazem parte das infrações passíveis de punição atravessar fora de passarelas, transitar em túneis e viadutos (salvo em locais onde há permissão para o trânsito de pedestres). Já os ciclistas serão autuados se conduzir "onde não seja permitida a circulação" ou guiar "de forma agressiva", segundo nota do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Reunião com clientes da Eletropetromotos acontece segunda (30) na sede do MPPE de Afogados da Ingazeira

Resultado de imagem para ministerio publico de pernambuco

Na próxima segunda-feira (30) acontecerá na sede do Ministério Público em Afogados da Ingazeira para os clientes da Eletropetromotos. O promotor de Justiça, Lúcio Luiz de Almeida, disse que a primeira providência do MP foi solicitar a individualização do crédito, para saber quanto cada pessoa teria direito pelo que pagou e de quantas já havia quitado o consórcio e de quantas tinham sido sorteadas e que não tinham recebido o prêmio (moto ou dinheiro).

De acordo com o promotor, no levantamento feito pela empresa (Eletropetromotos) o valor das pessoas que foram contempladas chega a R$ 650 mil e que a outra soma que são os chamados clientes ativos (os que vinham pagando) chega a casa de R$ 2.800.000,00 (dois milhões e oitocentos mil reais). Ainda no levantamento da empresa, foi informado que há patrimônios suficientes para saldar as dívidas e que indicou alguns imóveis.

O promotor afirmou que durante a audiência com o responsável, a todo momento ele disse estar interessado em resolver o problema, se mostrando de acordo a se desfazer de bens para quitar esse débito.

A reunião acontecerá na próxima segunda, as 15h, na sede do MPPE de Afogados da Ingazeira onde será formada uma comissão composta por clientes que poderá até se deslocar até Petrolina para observar esses imóveis, verificar toda a documentação junto aos cartórios e imobiliárias como é que seria o processo de venda, transformando esse patrimônio imóvel em um patrimônio líquido.

O promotor disse que esse não é uma solução definitiva, mas um caminho a ser percorrido.

Pesquisa no Blog

Rádio Web Acauã HD Full

Nosso Aplicativo

EM  TESTE...
Baixe Nosso aplicativo em:

 

 
BAIXAR

 

        

 

Link´s Para Rádio Web

     

Publicidade

 

 

 

 

Provedor de Internet em
Afogados da Ingazeira - PE